Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

Greve Geral dia 28

Greve Geral dia 28
Greve Geral

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Oi Fixo e Velox simplesmente não funciona, é uma fria.

    
Não se pode mesmo elogiar, quando você pensa que resolveu seu problema de Internet em Tucuruí, aí é que a coisa piora de vez. 
    
A felicidade de um de nossos editores durou pouco. Após vinte dias de Internet razoável, começou o calvário e os problemas. 
   
Primeiro foi o telefone fixo que começou a chiar e depois ficou mudo de vez, depois de uns três dias a Internet também pifou. 
   
Foi feita a reclamação e a solicitação no site da OI e nada. Foi feita a reclamação na loja representante da Oi que fica localizada na Av. Sete de Setembro, prometeram tomar providências e nada. Ao ligar para a Oi ficamos uns 40 minutos ouvindo aquelas musiquinhas chatas, depois fomos atendidos por uma senhora que após ouvir a reclamação, disse que iria passar a ligação para o departamento apropriado e lá se foram mais uns 30 minutos de musiquinha. 
   
No final fomos atendidos pelo técnico que ao iniciar a explicação e uma possível solução, a linha caiu, e voltamos à estaca zero. Pior é que é difícil cancelar a linha e serviços, aliás, só tem um serviço da Oi que funciona de forma competente e exemplar: O setor que faz e entrega a fatura, este é muito competente e funciona mesmo. 
   
Resumindo: O editor está há sete dias sem fixo e cinco dias sem internet, a não ser a do celular. É BRINCADEIRA. 
    
Olha quem quiser entrar nesta fria que entre, mas entra sabendo que não funciona e que a assistência técnica e o atendimento da OI é uma porcaria, além de não fazer o conserto SOLICITADO, não dão nenhuma satisfação ao cliente. 
   
Tudo gambiarra, uma verdadeira arapuca.
     

Previsão do nível do Tocantins em Tucuruí para os próximos três dias

Clique na imagem para ampliar.
 
Fonte: Assessoria de Comunicação Empresarial da Eletronorte Tucuruí.
    

Enquanto assaltava, ladrão foi assaltado e dá queixa na delegacia

Ladrão estaciona seu carro para assaltar uma farmácia, enquanto pratica o assalto seu carro é roubado e quando volta com o dinheiro do assalto foi assaltado por outro bandido.
    
Inconformado com a falta de profissionalismo e consideração dos colegas de profissão, ele foi dar queixa na delegacia e deu de cara com o dono da farmácia, resultado: Foi em cana e deu uma entrevista de desabafo para o repórter. 

- Falta de respeito, nem se pode mais ganhar a vida desonestamente neste país.
   
Será que este cara-de-pau vai se candidatar nas próximas eleições?
    
Se for candidato vai ganhar, o povo gosta...
     
Vejam o vídeo:
 


http://www.youtube.com/watch?v=YsXvpo_8axo

MP recomenda exoneração de secretário municipal de meio ambiente

   
Em Bonito, nordeste paraense, o Ministério Público do Estado (MPE) emitiu no último dia 30 recomendação pedindo que o prefeito Sílvio Mauro exonere, em até 10 dias, o secretário municipal de meio ambiente, Alex Souza da Silva. 
    
A promotora de justiça Louise Rejane de Araújo Silva argumenta que o secretário possui interesses que conflitam com as atribuições de seu novo cargo. Segundo o documento, Alex Silva é gerente da empresa Mejer Agroflorestal, proprietário de uma revendedora de Gás Souza e também do posto AS da Silva Comércio de Combustível. 
    
Na avaliação da promotora essas atividades exercidas por Silva são prejudiciais ao meio ambiente e “cujo funcionamento necessita de regulação e fiscalização constantes dos Órgãos Ambientais”, explica Louise Rejane. 
    
Além disso, a representante do MP informa que a constituição brasileira veda acumulação de cargos ou funções da Administração Pública Direta e Indireta, incluindo empresas públicas, sociedade de economia mista, suas subsidiárias, entre outras. 
   
Edson Gillet, Edyr Falcão, Eliana Souza, Jessica Barra.
Assessoria de Imprensa do MPE/PA
(91) 4006-3586 
(91) 4006-3487
    

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Veja eleitor panaca, as consequências de votar em bandido

Vejam o que daria para construir com o dinheiro público desviado e roubado em 2013 até agora, se alguns políticos canalhas e ladrões não nos roubassem impunemente como o fazem hoje:
 
Clique na imagem para ampliar
 
O dinheiro roubado do dia primeiro de janeiro de 2013 até hoje daria para:
 
01 - Contratar 928.290 professores de ensino médio.
02 - Asfaltar 1.164 Km de estradas.
03 - Contratar 632.448 policiais militares.
04 - Construir e equipar 5.051 postos de saúde.
05 - Construir 30.126 casas populares.
     
Você que votou em bandido e vendeu o seu voto é o único responsável por tudo isso. 
      
Foi você eleitor, que permitiu e permite que bandidos ladrões controlem e administrem o dinheiro público.
     
A culpa é só sua eleitor...
    
Se políticos ladrões não valem nada, o eleitor conivente e vendido vale muito menos ainda.
    
Vocês são uma vergonha para o Brasil.
       

10 características de um bom mentiroso


A revista Scientific American divulgou um recente estudo, liderado pelo psicólogo holandês Aldert Vrij, da Universidade de Portsmouth, que alerta para as 18 principais características de um mentiroso convicente. Confira as dez mais:
   
1 - MANIPULADORES 
   
Segundo o artigo, manipuladores mentem frequentemente e não têm escrúpulos morais – por isso, sentem menos culpa. Eles também não têm medo de que as pessoas desconfiem e não precisam de muito esforço cognitivo para fazer isso. A coisa meio que acontece naturalmente.
   
2 – Bons atores 
   
Quem sabe atuar tem mais facilidade em mentir e se sente confiante ao fazer isso, pois sabe que é capaz de fingir muito bem. (Antes que comece a polêmica, não estamos dizendo aqui que bons atores são necessariamente mentirosos. A lógica é oposta: bons mentirosos é que são, geralmente, bons atores).
   
3 – Conseguem se expressar bem 
   
“Pessoas expressivas geralmente são benquistas”, dizem os pesquisadores. Elas dão uma impressão de honestidade porque seu comportamento sedutor desarma suspeitas logo de início, além de conseguirem distrair os outros facilmente. 
    
4 – Tem boa aparência 
   
Pesquisas já mostraram que pessoas bonitas tendem a ser mais queridas e vistas como honestas, o que ajuda quem curte enganar os outros. 
   
5 – São espontâneos 
   
Para acreditarmos num discurso, ele precisa parecer natural. Quem não tem a capacidade de ser espontâneo acaba parecendo artificial – e fica difícil convencer alguém desse jeito. 

6 – São confiantes enquanto mentem 

Bons mentirosos geralmente sentem menos medo de serem desmascarados do que as outras pessoas. Então, mantêm uma atitude confiante em relação à sua habilidade de mentir. 
   
7 – Tem bastante experiência em mentir 
   
Assim como nas outras coisas, o treino também leva à perfeição quando se trata de mentir. Quem está acostumado a isso já sabe bem o que é necessário para convencer as pessoas e conseguem lidar mais facilmente com suas próprias emoções. 
   
8 – Conseguem esconder facilmente as emoções 
   
Em algumas situações mais arriscadas, mesmo um mentiroso veterano pode sentir medo e insegurança. Nesse caso, é fundamental conseguir camuflar bem essas emoções. Além disso, já dissemos que mentirosos geralmente são pessoas expressivas, né? Pois é: eles costumam ser bons em fingir sentimentos que não estão realmente sentindo, mas também tendem a manifestar seus verdadeiros sentimentos espontaneamente. Por isso, é necessário ter habilidade em mascará-los para que não venham à tona. 
   
9 – São eloquentes 
   
Pessoas eloquentes conseguem confundir mais facilmente as pessoas com jogos de palavras e conseguem enrolar mais nas respostas caso lhe perguntem algo que exija outras mentiras. 
   
10 – São bem preparados 
   
Mentirosos planejam com antecedência o que vão fazer ou dizer para evitar contradições. 
   
Fonte: Scientific American
   

sábado, 26 de janeiro de 2013

O pior emprego do mundo?


Chinês ganha a vida lambendo ânus de macaco
   
Luiza Sahd
    

    
Já dizia Seu Madruga: “Não tem trabalho ruim. O ruim é ter que trabalhar”
    
O chinês Zhang Bangsheng trabalha como tratador do zoológico de Wuhan (China). A gente logo pensa em pandas e como deve ser divertido, e tal.
    
Pois bem. Seria bem bacana se uma das tarefas de Zhang não fosse lamber o bumbum de um macaco langur, durante aproximadamente 1h, até que ele consiga defecar. De acordo com os sites Gawker e China Smacker (risos), o animal é muito jovem para receber medicação apropriada de alívio do intestino.
    
Haja amor pela natureza!
   
E não vá pensando que esse é um macaquinho qualquer. O motivo do “tratamento especial” é simples: a espécie estaria ameaçada de extinção.
    
Você conhece algum emprego mais puxado do que o de Zhang? Escreve pra gente! Estamos curiosos.
-------------------------------------
    
Nota do Folha - A gente conhece sim, não nos impressionamos com o trabalho deste chinês, aqui mesmo em Tucuruí tem muito puxa saco ganhando a vida lambendo coisas bem piores, e eles gostam...
      

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Prefeito manda suspender 10 licenças da Buriti

A Sisa Salvação, empresa que em consórcio com a Buriti Empreendimentos constrói o loteamento residencial Cidade Jardim, em Santarém, foi informada que 5 licenças prévias (LP) e 5 licenças de instalação (LI) do empreendimento foram suspensas.
    
A decisão é da pasta municipal de Meio Ambiente (Semma), por determinação do prefeito Alexandre Von (PSDB).
    
Ontem (24), a Sisa recebeu a notificação assinada pelo titular da Semma, Podalyro Neto.
   
No documento, a secretaria se diz “sem capacidade institucional” para emitir tais licenças, só podendo fazê-la para empreendimentos até “dois hectares”, conforme lei estadual e de resolução do Coema (Conselho Estadual de Meio Ambiente).
   
Com a medida, a Sisa/Buriti resolveu, “por precaução”, conforme explicou ao blog o advogado Andreo Rasera, suspender as obras do loteamento, para que o consórcio possa decidir o que fazer ante essa nova situação.
   
Na segunda-feira (21), o desembargador Leonardo Tavares, do TJ (Tribunal de Justiça) do Pará, suspendeu os efeitos da liminar que paralisou, por 40 dias, as obras do loteamento.
   
Por Jeso Carneiro na matéria: Prefeito manda suspender 10 licenças da Buriti
-------------------------------

Pois é enquanto em Santarém a Buriti é fiscalizada e aparentemente a questão ambiental é levada à sério, em Tucuruí a Buriti faz seus loteamentos tranquilamente, inclusive os fiscais ambientais da SEMMA que acionaram e fiscalizaram a empresa foram todos remanejados e afastados da Secretaria de meio Ambiente da PMT.
   
Estes mesmos fiscais emitiram parecer ao MPE sobre os invasores da Praça do Rotary (que são amigos do prefeito Sancler (PPS)), e sobre a invasão da PMT no Bosque Municipal no Mangal. O resultado é que não sobrou nenhum na Secretaria, o atual Secretário André Santana ao ser nomeado afastou todos.
   
Em seus lugares foram "nomeados" como Fiscais Ambientais, em desvio de função, um agente administrativo e um zelador, este último um pastor evangélico aliado político do prefeito. Enquanto isso o novo Secretário de Meio Ambiente da SEMMA André Santana, segundo informações, utiliza pessoalmente o carro da Secretaria para outros fins, sendo que este veículo (proveniente de multa ambiental), foi doado pelo Juiz para utilização exclusiva da fiscalização ambiental.
      
Já a promotora que estava atuando com eficiência na área ambiental em Tucuruí foi transferida. Estas transferências de promotores atuantes em Tucuruí já é regra em nossa cidade.
      
O novo Secretário da SEMMA em Tucuruí começou "bem" a sua administração. Vamos ficar de olho na questão ambiental em Tucuruí, pois se a coisa já estava avacalhada, a tendência pelo que vemos é piorar ainda mais.
     
Agora será possível aos internautas acompanhar a atuação profissional do novo Secretário através da rede mundial de computadores.
      

Estado e Telebras ampliarão acesso à internet banda larga no interior do Pará

O governador Simão Jatene, o presidente da Empresa de Processamento de Dados do Pará (Prodepa), Theo Pires, e o presidente da Telebras, Caio Bonilha, assinaram nesta quarta-feira (23), no teatro Maria Sylvia Nunes, da Estação das Docas, um termo de ajuste e plano de trabalho em torno do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL), iniciativa do governo federal em parceria com Estados e municípios, que visa consolidar o acesso à internet de melhor qualidade e alta velocidade a baixo custo em todo o país. O ato teve a participação do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo da Silva, e de prefeitos de diversas cidades do Pará, incluindo Zenaldo Coutinho, de Belém.
    
Com o convênio, o governo do Estado cede espaço e infraestrutura para que a Telebras possa oferecer internet banda larga a municípios do interior. A Prodepa entra com a infraestrutura e a Telebras, com a banda larga e a construção de Estações de Atendimento. A partir daí, os provedores locais podem comprar o sinal de internet a baixo custo e, dessa forma, repassá-lo a preços acessíveis para o consumidor.
   
Neste momento, o acordo, que marca a chegada do PNBL ao interior do Pará, vai beneficiar Jacundá, Tailândia, Santa Maria, Tucuruí e Vila do Conde, que deverão estar com o sinal de banda larga em operação até o fim do primeiro semestre. Segundo o presidente da Prodepa, Theo Pires, a parceria com a Telebras vai funcionar a partir da rede de fibra óptica que o Estado, já usada no programa Navegapará, presente, hoje, em 62 municípios do Pará, alcançando mais de 60% da população. A meta é expandir o programa para 82 cidades e 79% da população até 2015.
    
“O Pará é um Estado continental, onde as distâncias são grandes e a dificuldade de implantação é elevada. Parcerias como essa, com a Telebras, nos permitem ampliar, o máximo possível a quantidade de municípios atendidos e o aceleramento dessa implantação”, explicou o presidente da Prodepa.
   
Subsídio – Segundo ele, pelo acordo, os provedores de Internet são obrigados a oferecer ao consumidor internet de alta velocidade (um megabyte), ao preço de R$ 35,90. “O programa Navegapará entrega internet gratuita em praças públicas, locais de grande circulação e infocentros. O que o PNBL objetiva é chegar a casa das pessoas a um preço justo, porque hoje a internet existe, mas a um preço muito caro”, completou.
    
O presidente da Telebras, Caio Bonilha, afirmou que, no caso das cidades onde o PNBL já está presente, como é o caso das capitais, por exemplo, também haverá melhorias na oferta da internet. “A presidente Dilma já determinou ao Ministério das Comunicações e à Telebras que inicie a fase dois do programa, quando vamos duplicar a capacidade da banda larga popular para dois megabytes. Então, nas cidades como Belém, onde já há maior disponibilidade de infraestrutura para oferecer capacidades maiores, vamos ofertar dois megabytes por um preço menor do que R$ 40”, assegurou.
   
Paulo Bernardo informou que o Ministério das Comunicações deverá investir no PNBL, até o fim do ano, cerca de R$ 600 milhões, dos quais R$ 100 milhões apenas na região Norte, onde a média de presença da internet nos domicílios está em apenas 15%, contra uma média estimada de 50% no restante do país. “O Norte tem algumas características que impedem levar o sinal de internet para alguns locais, mesmo por rádio, então já estamos contratando até um satélite, para resolver esse problema”, ressaltou.
   
Simão Jatente festejou a parceria com a Telebras e declarou que o Estado está investindo cerca de R$ 25 milhões no projeto, que, para ele, mais do que oportunidades de negócios, vai gerar cidadania. “Essa parceria permite com que se multipliquem os recursos, porque serão usados sistemas que já estão em funcionamento e expandi-los, aumentando a possibilidade de que cheguem a outras pessoas. Internet é instrumento de negócio, de dinamização da economia, mas também de saber e de cidadania. Ainda temos uma longa estrada pela frente, mas hoje, certamente, estamos dando um passo muito importante”, concluiu. Fonte: Agência Pará.
   
Nota do Folha. Está tudo muito bom, agora vamos ver é se funciona mesmo. Se em Tucuruí o sistema for semelhante ao Navega Pará, não vai dar certo. 
O Navega Pará em Tucuruí não funcionou adequadamente, pois ficou restrito a poucos locais e com o "roubo" consentido de sinal, e o desvio de sinal para apadrinhados políticos o sistema simplesmente tem uma utilidade medíocre.
Se o sistema vier a beneficiar a TODA a população e não somente a apadrinhados dos políticos e empresários amigos do poder pode até dar certo, do contrário será apenas mais um fiasco. É ver para crer...
   

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Tucanos reagem ao corte na tarifa de energia elétrica

Oposição burra critica os acertos e depois quer ganhar eleição.

Impressionante a cara-de-pau do PSDB, DEM e PPS, ao criticar a Presidente Dilma por anunciar a redução da tarifa de energia elétrica.
    
A hipocrisia dos políticos no Brasil é uma arte, criticam nos outros o que eles mesmos praticam. Não tem nenhum, eu repito nenhum político no Brasil quando está no governo que não usa a propaganda institucional para se promover politicamente. Dos Prefeitos, passando pelos Governadores e Presidentes, TODOS usam a propaganda institucional (paga com dinheiro público) para se promover.
    
O problema ai é só inveja e desfaçatez mesmo, queria ver, por exemplo, o Governador Jatene (PSDB) reduzindo o ICMS da energia elétrica para os paraenses, que pagam a energia elétrica mais cara do Brasil? Por que não reduz o ICMS de 25% para 15%?
   
A PSDB e o DEM quando no poder aumentaram a energia elétrica ao extremo e protagonizaram um enorme apagão. No Pará o PSDB "vendeu" a Celpa e até hoje o povo não sabe o que fizeram com o dinheiro. Vai Jatene, diminui a nossa conta de energia elétrica e depois pode ir anunciar na televisão, pode ter certeza de que o povo vai agradecer. 
  
Eu estou satisfeito com a economia e tenho certeza de que o resto do povão também.
   

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Jader defende viabilização da Hidrovia Araguaia-Tocantins

Pedral de Lourenço
Barreira natural que impede a navegabilidade da Hidrovia Araguaia/Tocantins
   
PARÁ: O MELHOR VIZINHO DO BRASIL 
    
O governo federal está empenhado em aumentar a produção de energia da Hidrelétrica de Tucuruí. Especula-se que já existem estudos para a construção de uma terceira estrutura, capaz de acrescentar até 2.500 MW na sua potência atual. Se isso realmente acontecer, o Brasil ficará tranquilo porque o Pará vai mandar mais energia para o resto do País. 
    
Ou seja: não há dinheiro para o derrocamento do Pedral do Lourenço (e com isso as eclusas ficam como enfeites na Hidrelétrica de Tucuruí); não há dinheiro para a construção do Porto de Barcarena, mas há dinheiro (cerca de 5 bilhões) para ampliar Tucuruí e garantir mais energia para o País? E nós, paraenses, onde ficamos? 
    
Sem as obras de derrocamento, o Pará não terá logística para o transporte hidroviário. Na sequência, o Porto de Itaqui, no Maranhão, vai continuar com o escoamento do minério de ferro de Carajás. 
    
E agora, o Ceará se habilita com indústria siderúrgica e pode transformar o nosso ferro em aço e com isso se tornar um Estado industrial, produzindo todo tipo de equipamento sem ter um grama de minério de ferro em seu solo. A implantação da Aços Laminados do Pará, a Alpa, anunciada pela Vale, juntamente com a governador Ana Júlia Carepa, a então ministra-chefe da Casa Civil Dilma Roussef e o presidente Lula, nunca saiu do papel, porque a industrialização do minério de ferro em Marabá depende da navegabilidade do rio Tocantins. 
    
Há mais de seis meses encaminhei requerimento à mesa do Senado, para que a ministra do Planejamento, Mirian Belchior, fornecesse informações do Protocolo de Intenções assinado pelo governo e a Vale sobre a implantação da Alpa e as obras do Pedral do Lourenço. A resposta é que havia uma comissão tratando do assunto. 

Como parlamentar dediquei muito tempo na luta pela construção das eclusas de Tucuruí. Finalmente as eclusas ficaram prontas, mas não há uma sequência, ou um compromisso com as obras daqui. De vez em quando aparece uma cabeça de burro para empacar o nosso desenvolvimento. 

Eu fiquei indignado e perplexo ao saber que Tucuruí poderá ser ampliada para garantir mais energia para o Brasil quando nada sabemos sobre a construção da Hidrovia Araguaia-Tocantins que pode proporcionar a integração brasileira com os mercados do mundo todo. É um velho sonho paraense de progresso e desenvolvimento industrial. A Hidrovia Araguaia-Tocantins é uma projeção futurista que vai melhorar a área dos transportes no Brasil. O Pará tem muitos rios, e o transporte hidroviário, sem nenhuma dúvida, é o mais barato. 

Já enviei correspondência à presidente Dilma para que o derrocamento do Pedral do Lourenço seja reincluído no Programa de Aceleração de Crescimento, o PAC. A obra saiu do PAC depois de ter sido anunciada como prioridade. Sem ela o Pará nunca vai entrar na era do aço. 
   
Por sorte, vejo com satisfação que a sociedade paraense começa a despertar: essa semana, entidades empresariais, governo estadual e parlamentares vão à Casa Civil da Presidência da República pressionar o governo para a construção da Hidrovia. E há outros movimentos e frentes que estão na luta. 
   
E é isso que tem que ser feito. A sociedade não pode deixar de se indignar diante do descaso e da falta de compromisso. A juventude do ser humano reside não apenas na idade cronológica. A velhice chega quando perdemos a capacidade de indignação. 
   
O Pará tem sido um grande vizinho para o Brasil. O governo federal só se empenha em obras por aqui se elas servirem ao País, como Belo Monte e agora essa especulação da ampliação da Hidrelétrica de Tucuruí. Já o derrocamento do Pedral do Lourenço ou a Hidrovia do Tocantins e outras tantas podem esperar, porque na visão do governo só interessam aos paraenses. 
     
JADER BARBALHO 
     
*Texto originalmente publicado no Jornal Diário do Pará no dia 20 de Janeiro de 2012. 
   
http://www.jaderbarbalho.com/site/
   
Matéria enviada por e-mail: maciel2016@hotmail.com
   

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Associados da ASERT estão abrindo suas contas no banco ITAÚ


Gerente do Itaú abre conta para
associados da ASERT.

Os associados da ASERT estão abrindo suas contas no Banco Itaú, após o Prefeito por vingança e perseguição política se recusar a descontar em folha de pagamento as contribuições dos servidores para a Associação.
   
Os descontos no Itaú vão funcionar da seguinte forma: 
   
1 – Os servidores municipais associados da ASERT, usando a portabilidade passarão a receber seus salários no Banco Itaú. 
A prefeitura continuará a depositar o pagamento dos servidores na Caixa Econômica Federal, que fará o repasse para a conta do servidor no Banco Itaú. 
   
2 – A ASERT fará o boleto dos descontos que será enviado ao Itaú. Um funcionário do banco orientará os servidores a autorizarem o desconto, sendo a ASERT imediatamente informada do pagamento do boleto, o que permitirá ao servidor continuar a gozar de todos os benefícios prestados pela associação. 
  
3 – Os associados da ASERT pagarão R$ 20,00 vinte reais mensais ao banco Itaú que por sua vez devolverá R$ 22,00 Reais em créditos para celulares Vivo, Oi ou Claro. O associado da ASERT pode escolher para qual celular deverá ir os créditos, para o seu celular, de um parente, de um amigo ou de quem quiser.
      
4 – Os associados da ASERT terão a oportunidade de serem clientes de um dos melhores e maiores bancos do Brasil, terá sua taxa de manutenção da conta devolvida em créditos para celular e ainda terão um saldo de dois reais. 
    
5 – Por enquanto somente a contribuição da saúde continuará a ser descontada em folha de pagamento, portanto os associados da ASERT que não quiserem aderir ao recebimento de salários e descontos no banco Itaú continuarão a utilizar o convênio médico hospitalar da mesma forma que antes, só que terão que negociar o pagamento dos ônus diretamente com os hospitais, e não poderão contar com os descontos para consultas com ônus. 
  
Opinião do Folha: Esta é uma oportunidade ímpar para que a ASERT se torne totalmente independente da Prefeitura. Vejam que nos planos de saúde particulares os clientes destes planos pagam suas mensalidades e demais despesas diretamente à empresa através da rede bancária sem nenhum problema, e os planos mesmo sendo muito caros funcionam perfeitamente. 
   
Quem não pagar, não poderá gozar de todos os benefícios concedidos pela ASERT, portanto a receita da ASERT no primeiro momento pode até cair um pouco, em compensação as despesas também serão reduzidas na mesma proporção, ficando elas por elas. 
Com o tempo os servidores municipais mais renitentes perceberão a importância da ASERT e vão se unir aos demais associados, fortalecendo ainda mais a associação. Por outro lado os servidores se darão conta das desvantagens do “Cartão Sancler”, e as vantagens das compras pela ASERT, e tudo voltará ao normal e com certeza muito melhor do que era antes.
    

domingo, 20 de janeiro de 2013

Teoria do caos

O que é a teoria do caos?
      
     
É uma das leis mais importantes do Universo, presente na essência de quase tudo o que nos cerca. A idéia central da teoria do caos é que uma pequenina mudança no início de um evento qualquer pode trazer conseqüências enormes e absolutamente desconhecidas no futuro. Por isso, tais eventos seriam praticamente imprevisíveis - caóticos, portanto. 
    
Parece assustador, mas é só dar uma olhada nos fenômenos mais casuais da vida para notar que essa idéia faz sentido. Imagine que, no passado, você tenha perdido o vestibular na faculdade de seus sonhos porque um prego furou o pneu do ônibus. Desconsolado, você entra em outra universidade. Então, as pessoas com quem você vai conviver serão outras, seus amigos vão mudar, os amores serão diferentes, seus filhos e netos podem ser outros...
    
No final, sua vida se alterou por completo, e tudo por causa do tal prego no início dessa seqüência de eventos! Esse tipo de imprevisibilidade nunca foi segredo, mas a coisa ganhou ares de estudo científico sério no início da década de 1960, quando o meteorologista americano Edward Lorenz descobriu que fenômenos aparentemente simples têm um comportamento tão caótico quanto a vida. 
    
Ele chegou a essa conclusão ao testar um programa de computador que simulava o movimento de massas de ar. Um dia, Lorenz teclou um dos números que alimentava os cálculos da máquina com algumas casas decimais a menos, esperando que o resultado mudasse pouco. Mas a alteração insignificante, equivalente ao prego do nosso exemplo, transformou completamente o padrão das massas de ar. Para Lorenz, era como se "o bater das asas de uma borboleta no Brasil causasse, tempos depois, um tornado no Texas". Com base nessas observações, ele formulou equações que mostravam o tal "efeito borboleta".
    
Estava fundada a teoria do caos. Com o tempo, cientistas concluíram que a mesma imprevisibilidade aparecia em quase tudo, do ritmo dos batimentos cardíacos às cotações da Bolsa de Valores. Na década de 70, o matemático polonês Benoit Mandelbrot deu um novo impulso à teoria ao notar que as equações de Lorenz batiam com as que ele próprio havia feito quando desenvolveu os fractais, figuras geradas a partir de fórmulas que retratam matematicamente a geometria da natureza, como o relevo do solo ou as ramificações de nossas veias e artérias. 
   
A junção do experimento de Lorenz com a matemática de Mandelbrot indica que o caos parece estar na essência de tudo, moldando o Universo. "Lorenz e eu buscávamos a mesma verdade, escondida no meio de uma grande montanha.
   
A diferença é que escavamos a partir de lugares diferentes", diz Mandelbrot, hoje na Universidade de Yale, nos Estados Unidos. E pesquisas recentes mostraram algo ainda mais surpreendente: equações idênticas aparecem em fenômenos caóticos que não têm nada a ver uns com os outros. 
    
"As equações de Lorenz para o caos das massas de ar surgem também em experimentos com raio laser, e as mesmas fórmulas que regem certas soluções químicas se repetem quando estudamos o ritmo desordenado das gotas de uma torneira", afirma o matemático Steven Strogatz, da Universidade Cornell, nos Estados Unidos. Isso significa que pode haver uma estranha ordem por trás de toda a imprevisibilidade. Só a continuação das "escavações" pode resolver o mistério.
   
Imprevistos decisivos 

   
A idéia central da tese é que pequenas alterações numa situação trazem efeitos incalculáveis.
   
1. A essência da teoria do caos é que uma mudança muito pequena nas condições iniciais de uma situação leva a efeitos imprevisíveis. É o que acontece nesse exemplo hipotético, em que uma menina brinca despreocupadamente com sua bola. Parece uma situação sem grandes conseqüências, mas...
    
2. ... uma borboleta surpreende a garotinha! Pronto: apareceu a tal "pequena alteração nas condições iniciais". Com o susto, ela deixa a bola cair.
   
3. A bola vai rolando em direção à estrada e a menina corre atrás para recuperá-la. Enquanto isso, um caminhão carregado de sal está passando por ali.
    
4. Para não atropelar a menina, o motorista vira o volante subitamente. Mas o caminhão não agüenta a manobra e tomba. O veículo começa a pegar fogo.
   
5. Todo o suprimento de sal começa a torrar. A fumaça do incêndio está carregada de minúsculas partículas de cloreto de sódio, que sobem para as nuvens.
    
6. Nas nuvens, as partículas de cloreto de sódio atraem pequenas gotinhas de vapor d’água e começam a formar gotas de chuva, que crescem até terem peso suficiente para cair.
   
7. Com as nuvens pesadas, começa a chover depois de algum tempo. Ou seja, a brincadeira inocente da menina, no fim, produziu uma alteração imprevisível nas condições climáticas!
   
Geometria reveladora 
    
Gráficos indicam quando um evento é caótico 
    
Cientistas traduzem o movimento de um objeto ou de um sistema dinâmico como a atmosfera em gráficos abstratos, chamados de atratores. Dependendo do desenho que surge, dá para saber se um determinado acontecimento é previsível ou não.
   
Ponto imóvel 
   
O gráfico abstrato de algo estático, como uma bolinha de gude parada, é um simples ponto. Basta pensar um pouco: se não houver uma força externa, como alguém que resolva empurrá-la, a bolinha sempre vai estar ali e o ponto isolado indica essa ausência de movimento.
   
Movimento previsível 
        
No caso de um pêndulo, que se move harmonicamente, o gráfico do movimento tem formato espiral. Isso indica que ele se movimentará por um certo tempo até parar. Dependendo da força inicial, dá para saber exatamente quando e onde isso vai acontecer.Caos total.
   
Túnel Fractal
   
As equações que explicam o comportamento de eventos imprevisíveis dão origem a gráficos conhecidos como fractais, figuras de geometria maluca e detalhes infinitos. O desenho acima é a representação artística do gráfico que indica o movimento das massas de ar.
    

sábado, 19 de janeiro de 2013

O sofrimento dos portadores de necessidades especiais em Tucuruí

   
Apesar do monopólio e de ter a passagem de ônibus proporcionalmente mais cara do Pará, o Transporte Urbano em Tucuruí deixa muito a desejar. 
   
Vejam nas imagens acima a dificuldade que um portador de necessidades especiais tem para usar um coletivo em Tucuruí.
    
Duvido que o prefeito ou algum vereador se importe. 
    
Prefeito e Vereador em Tucuruí só se preocupam com o transporte urbano na cidade quando é para aumentar o preço das passagens, nessa hora eles são de uma eficiência à toda prova.
    
Esta é apenas mais uma triste realidade da nossa cidade.
    

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Indústria da fé - Forbes lista os pastores mais ricos do Brasil

DOL MOBILE Belém.    
O pastor mais rico do Brasil
Edir Macedo da Igreja Universal, patrimônio: R$ 1,9 bilhão.
'Forbes' lista os pastores mais ricos do Brasil
   
O Bispo Edir Macedo, proprietário da Rede Record e fundador da Igreja Universal do Reino de Deus.
   
De acordo com informações da revista Forbes, algumas igrejas se tornaram negócios altamente lucrativos e fizeram com que alguns de seus líderes se transformassem em multimilionários. É a chamada "indústria da fé". O maior expoente desta indústria seria o bispo Edir Macedo, proprietário da Rede Record e fundador da Igreja Universal do Reino de Deus.
   
A revista aponta que o fundador e líder da Igreja Universal do Reino de Deus, que possui templos nos Estados Unidos, Macedo é, de longe, a mais rico pastor do Brasil, com um patrimônio líquido estimado em US$ 950 milhões (cerca de R$ 1,9 bilhão).
    
Outros pastores também estão conseguindo ficar ricos. Valdemiro Santiago, um ex-pastor da Igreja Universal do Reino de Deus, que teria sido expulso da instituição depois de alguns desentendimentos com o seu patrão, fundou sua igreja, a Igreja Mundial do Poder de Deus, que tem cerca de 900 mil seguidores e 4 mil templos. O patrimônio dele é estimado em US$ 220 milhões (R$ 440 milhões).
    
Silas Malafaia, líder do braço brasileiro da Assembleia de Deus, vale cerca de US$ 150 milhões (R$ 300 milhões).
    
Na lista de endinheirados listados pela Forbes ainda destacam-se Romildo Ribeiro Soares, conhecido simplesmente como RR Soares, o fundador da Igreja Internacional da Graça de Deus, que vale cerca de US$ 125 milhões (R$ 250 milhões) e os fundadores da Igreja Renascer em Cristo, "apóstolo" Estevam Hernandes Filho e sua esposa, "Bispa" Sonia, com 1 mil igrejas no Brasil e no exterior, e patrimônio líquido combinado estimado em US$ 65 milhões (R$ 130 milhões).
     
Conforme a Forbes, mesmo o Brasil sendo o maior país católico do mundo, com cerca de 123,2 milhões de fiéis dos 191 milhões de habitantes seguindo o Vaticano, os últimos dados do Censo mostram uma forte queda entre as fileiras dos católicos, que agora contam com apenas 64,6% da população - em 1970 a proporção chegava a 92% do total de habitantes. Enquanto isso, o número de evangélicos subiu de 15,4% uma década atrás, para 22,2%, ou 42,3 milhões de pessoas no último Censo (2010). É provável que a tendência de queda do catolicismo continue até 2030 e os católicos cheguem a representar menos de 50% dos fiéis brasileiros.
    
As informações são da Forbes.
    

Gestores terão que publicar gastos com saúde

Os novos gestores municipais, que tomaram posse no dia 1º de janeiro, terão que ser mais cuidadosos com os gastos na saúde pública. Desde ontem, 17, está valendo nova determinação do Ministério da Saúde que obriga os estados (incluindo o Distrito Federal) e municípios a publicar os gastos com saúde no Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde (Siops). 
   
O objetivo, segundo o ministério, é dar mais transparência ao cidadão da aplicação dos recursos da saúde, permitindo que seja verificado se o gestor está cumprindo a aplicação mínima de recursos na saúde. 
   
A nova medida, publicada no Diário oficial da União por meio da Portaria 53, amplia as ferramentas de controle e transparência para permitir que o cidadão acompanhe a aplicação de recursos na área da saúde. O Sistema de Informações faz o cálculo automático dos recursos públicos mínimos aplicados em ações e serviços de saúde, facilitando o monitoramento do Ministério da Saúde e órgãos de controle.
   
Os gestores públicos das três esferas de governo (municipal, estadual e federal) devem declarar no sistema as receitas totais e as despesas com ações e serviços públicos de saúde. 
   
Segundo a Emenda Constitucional 29, a União deve aplicar na saúde o valor empenhado (comprometido em orçamento com projetos e programas) no ano anterior mais a variação nominal do Produto Interno Bruto (PIB). Já os estados e o Distrito Federal precisam investir 12% de suareceita, enquanto os municípios devem aplicar o mínimo de 15%. 
   

SIOPS

   
Hoje, o Siops já existe e funciona nesses moldes, mas os gestores não são obrigados a publicar suas receitas e despesas. A partir de agora, o gestor que não alimentar o sistema pode ter condicionamento das transferências constitucionais – como repasses do Fundo de Participação dos Municípios e Fundo de Participação dos Estados – e suspensão das transferências voluntárias dos recursos da União – como celebração de convênios e contratos de repasses.
   
A partir das novas atribuições, o Siops precisará passar por um processo de remodelagem e adaptação. A portaria também estabelece orientações para os gestores públicos quanto à declaração e homologação dos dados indicados no sistema, inclusive sobre os prazos para a efetivação dos registros. 
   
Os dados são organizados e disponibilizados na internet, no endereço http://siops.datasus.gov.br, sob a forma de diversos tipos de consultas e relatórios. Um dos indicadores gerados é o do percentual de recursos próprios aplicados em ações e serviços públicos de saúde, que demonstra a situação relativa à aplicação do valor mínimo no SUS. (Diário do Pará)
   ----------------------------------------

Nota do Folha - Estamos céticos quanto à eficiência deste decreto no Pará, especialmente em Tucuruí. Pensem bem, se o prefeito não obedece a própria Constituição Federal e outras Leis, vai obedecer a um simples Decreto?
    

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Desviômetro, saiba em tempo real quanto os políticos estão roubando de você a cada segundo

    
Na matéria Desviômetro do Blog do Parsifal, o deputado comenta que Paulo Ivan Vega criou o desviômetro baseado em estudos da FIESP. Leia a matéria completa aqui. 
   
O desviômetro mostra o quanto estes canalhas traidores da pátria roubam dos brasileiros a cada segundo e o que daria para fazer com tanto dinheiro público que está sendo roubado, afanado, desviado e surrupiado no Brasil a cada segundo.
   
Se você pensa que não tem nada a ver com isso está muito enganado. Pessoas morrem em filas de hospitais, crianças são abandonadas e muitas viram marginais, graças à corrupção de funcionários públicos (polícia, fiscais etc.) as drogas e armas entram no país, florestas são devastadas, o meio ambiente está sendo destruído, enfim, a corrupção é a maldição do Brasil.
   
Países menos corruptos mesmo quando devastados por catástrofes naturais conseguem se reerguer e superar as adversidades, já os países como o Brasil, devastados pela corrupção tem enorme dificuldade de se desenvolver, é como uma pessoa forte e bem alimentada, mas que tivesse uma hemorragia constante que a deixa debilitada, enferma e indefesa.
    
Todos nós somos responsáveis pelo câncer da corrupção no Brasil, começando pelos idiotas que vendem o voto por mixaria, promessa de emprego ou até uma garrafa de cachaça e passando pelos que toleram a corrupção e até acha bonito ser roubado.
  
Clique aqui e Veja o desviômetro que conta a roubalheira no Brasil.
    

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

ASERT entra com processo na justiça contra calote da Prefeitura de Tucuruí

A Associação dos Servidores Públicos Municipais de Tucuruí entrou na justiça para receber uma dívida de mais de um milhão da Prefeitura (Processo 0000101-33.2013.8.14.0061 - Execução de Título Extrajudicial - valor da causa R$ 1.302.606,52 e processo 0001388-24.2009.8.14.0061 valor da causa R$ 231.437,49). 
   
Devido ao calote milionário e sem ter mais como continuar com suas atividades prestando atendimento médico e hospitalar aos seus filiados, a ASERT não teve alternativa a não ser recorrer à justiça para tentar receber mais de um milhão do Prefeito Sancler Ferreira (PPS).
   
Como é de conhecimento público o Prefeito Sancler se apropriou indevidamente dos descontos dos funcionários da prefeitura e não repassou para a Associação, com isso prejudicando a entidade e milhares de pessoas que dependem da ASERT para fazer compras no comércio e para assistência médica e odontológica.
  
Tendo sucateado e falido a saúde pública do município, Sancler Ferreira (PPS) se volta contra a ASERT, mesmo a entidade não utilizando um centavo sequer de dinheiro público. Incompetente na gestão da saúde pública, Sancler não admite que na cidade exista exemplos de boa gestão na saúde, o que inevitavelmente provoca comparações com a sua incompetente gestão.
   
Sancler ao que parece, após destruir a Saúde Publica Municipal e a Saúde Pública Estadual (HRT), não vai descansar enquanto não destruir a Associação dos Servidores Municipais, dando o golpe de misericórdia na saúde pública em Tucuruí.
   
Caso algum filiado da ASERT devido à paralização da assistência médica aos seus filiados tenha seu quadro de saúde agravado ou venha a falecer, a ASERT terá o dever de processar civil e criminalmente o prefeito Sancler, exigindo a reparação dos danos físicos e morais dos seus filiados.
   
Infelizmente aparentemente não existe ninguém ou qualquer coisa humana capaz de impedir os abusos e as ilegalidades cometidas pelo prefeito de Tucuruí. Com o apoio e apadrinhado pelo Governador Jatene (PSDB), Sancler tem carta branca para fazer o que bem entende, mandar e desmandar como quiser, como se Tucuruí fosse um seu feudo onde ele é a Lei, onde as Leis Brasileiras não vigoram e por isso são solene e ostensivamente ignoradas.
  
Esta é a cidade de Tucuruí e este é o Estado do Pará.
   

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Tucuruí - Graças ao prefeito Sancler (PPS), saúde pública em Tucuruí que já está falida, e tende a piorar muito mais.

   
Mais uma ameaça à saúde pública em Tucuruí.
   
Muita gente pensa que a perseguição do prefeito contra a Associação dos Servidores Públicos Municipais somente prejudica os funcionários da prefeitura. Pensam que o restante da população “não tem nada a ver com isso”, ledo engano, se a ASERT deixar de atender os funcionários municipais, TODA a população sofrerá as consequências, e o motivo é muito fácil de explicar:
   
A ASERT tem 2.300 (dois mil e trezentos filiados), a média de dependentes por filiado é de três dependentes, o que significa no total 9.200 nove mil e duzentas pessoas atendidas diretamente pela associação (isso equivale a quase 10% da população do município), sem contar com as consultas com ônus.
   
O que é consulta com ônus? Consulta com ônus significa que os filiados da ASERT podem conseguir consultas em seu nome com 50% de descontos em clínicas particulares para parentes não dependentes e até mesmo para os amigos e vizinhos, tudo pago pelo servidor sem gastar nem um centavo de dinheiro público, em hospitais particulares sem utilizar a saúde pública.
   
Se o Prefeito conseguir se vingar e acabar com a ASERT, todas estas pessoas (mais de nove mil pessoas, mais as que se utilizam das consultas com ônus) vão para a rede pública sobrecarregando ainda mais a saúde pública falida de Tucuruí.
   
Sancler Ferreira (PPS) está conseguindo concretizar uma façanha inédita em Tucuruí, falir a saúde pública completamente, nem a ASERT que é uma exceção à regra e que não utiliza dinheiro público, corre o risco de sucumbir à sanha destruidora e maléfica do prefeito. Enquanto ele não destruir toda e completamente a saúde pública em Tucuruí ele não terá paz, e não vai sossegar.
   
O pecado da ASERT é lembrar ao prefeito que é possível administrar bem e com competência a saúde pública. E o pecado de Tucuruí é que sua população não sabe votar e não consegue eleger vereadores competentes e sérios para defender os interesses da população.
   
Até quando a impunidade reinará absoluta em nossa querida Tucuruí?
   

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

PMT apropriação indébita - Direção da ASERT deverá se reunir com o MPE amanhã


     
A Direção da ASERT deverá se reunir amanhã com o Ministério Público Estadual para tratar dos atrasos nos repasses da Prefeitura Municipal à entidade.
    
Como é de conhecimento público a Prefeitura Municipal de Tucuruí descontou dos seus funcionários, os valores correspondentes ao convênio comercial e não repassou estes recursos para a entidade. Como também é de conhecimento público que o não repasse destes recursos constitui crime de apropriação indébita e crime de responsabilidade do Prefeito Municipal de Tucuruí Sancler Ferreira (PPS).
   
O interessante é que a PMT já repassou parte do dinheiro do Carnaval, ou seja, indiretamente o prefeito municipal está financiando festas à custa do dinheiro desviado dos servidores municipais.
   
Enquanto a justiça não tomar alguma providência e enquanto o prefeito tiver a sensação de completa impunidade, e de que pode cometer qualquer crime contra a administração pública sem ser incomodado ou punido, os abusos continuarão e a ilegalidade reinará absoluta em Tucuruí.
   
Este é o exemplo que queremos para os nossos filhos e os jovens da nossa cidade?
   
Como ensinar os nossos filhos a obedecer e respeitar as Leis e agir como pessoas de bem, com estes exemplos deploráveis protagonizados pela maior autoridade do município?
   
Fica muito difícil, não é mesmo?
   
Agora é só vitória...
   
Acesse o Blog da ASERT.
   
   

domingo, 13 de janeiro de 2013

Folha de Tucuruí, um milhão de visualizações de página



    
De acordo com as estatísticas do Blogger que hospeda o Folha de Tucuruí, atingimos nesta sexta-feira a marca de 1.000.000 um milhão de visualizações de página.
    
É uma marca excelente para um pequeno Blog do interior criado e editado por cidadãos simples, porém esforçados e atuantes que conseguiram ocupar seu espaço como uma mídia alternativa e um instrumento da democracia e da liberdade de expressão.
    
Já imaginaram Tucuruí voltando aos tempos da censura e da manipulação da informação pelos poderosos locais?
   
A informação quanto aos acontecimentos políticos e acontecimentos administrativos do setor público em Tucuruí não seriam mais do conhecimento do povo, apenas de uns poucos privilegiados próximos aos políticos e governantes.
    
O povo saberia apenas o que os políticos quisessem que ele soubesse. Hoje só é alienado, quem opta por ignorar os acontecimentos por interesse, fanatismo ou covardia. A informação está ai, embaixo do nariz de todos, a verdade nua e crua para quem quiser ver. 
    
O Folha destruiu definitivamente o monopólio da informação, e o povo hoje tem um canal livre para se expressar, se defender, denunciar os desmandos dos poderosos e exercer plenamente os seus direitos.
    
Mesmo que um dia o Folha acabe, o monopólio e o cartel da informação em Tucuruí continuarão quebrados e como um vaso de cristal, mesmo que o remendem ele jamais será o mesmo, o povo de Tucuruí já sentiu o gosto e o sabor da liberdade, e isso é irreversível.
    
Queremos agradecer a todos que por mais de um milhão de vezes acessaram o nosso humilde Blog. O Folha é feito com muito carinho, muito trabalho e muita dedicação, dedicação esta que está sendo todos os dias recompensada pelo apoio e pela confiança de todos vocês.
    
Agradecemos em primeiro lugar a Deus que tem nos permitido fazer este trabalho, e tem sempre nos dado coragem,  determinação, saúde e disposição, sem contar com as maravilhas e alegrias que ele opera em nossas vidas e nas vidas dos nossos familiares. 
    
Obrigado por tudo meu Deus, que seja feita a sua vontade assim na terra como nos céus, assim como em todo o universo. É só teu o poder e a glória para sempre.
    
Um grande abraço amigos...
    
Equipe Folha de Tucuruí.

    

Comentários & Fórum de Discussões


   
A Equipe Folha sempre quis colocar um fórum de discussões no blog, mas esbarramos sempre com o problema da moderação.
    
Infelizmente algumas pessoas não tem educação ou senso moral suficientemente desenvolvidos para participar de discussões de alto nível, e normalmente estas pessoas abusam do anonimato, e usam este recurso de forma errada e abusiva o espaço para comentários do blog.
    
O anonimato é um recurso do Internauta para evitar perseguições ao expressar a sua opinião publicamente e não para acertos de contas, para utilização de palavras chulas, termos preconceituosos e agressões verbais injustificáveis.
    
Como o gadget de comentários recentes do blogger teve problemas e parou de funcionar os internautas reclamaram, então tivemos que procurar outro código e encontramos este gadget de comentários recentes que está no blog.
    
Após a publicação do gadget, percebemos que esta seria a solução, os Comentários Recentes podem ser usados como uma espécie de fórum de discussões de perguntas e respostas entre os visitantes do blog. 
    
Inicialmente o limite do gadget era de 100 caracteres, percebemos que era pouco e aumentamos para 250 caracteres que serão visíveis nos Comentários Recentes. Também aumentamos o número de Comentários Recentes de cinco para oito comentários e vamos aumentar para dez.
    
Desta forma teremos o gadget de Comentários Recentes que pode ser usado como um fórum de discussões pelos nossos visitantes, e com uma vantagem: O Fórum pode ser moderado. 
   
Outra vantagem é que não importa em que matéria o comentário for feito, os comentários mais recentes ficarão em primeiro lugar e visíveis na página principal. 
    
Mas pedimos aos nossos leitores que publiquem seus comentários nas matérias correspondentes ao assunto abordado, evitando comentários que não têm nada a ver com a matéria publicada.
    
Sendo assim, o Folha disponibiliza mais esta ferramenta a serviço da democracia...
    
Aproveite, este é o único espaço na mídia que é realmente livre e democrático em Tucuruí.
    
Um abraço,
    
Equipe Folha.