Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

Últimas matérias do Folha

domingo, 31 de maio de 2015

Violência no Pará

Novo estudo confirma previsões

 Estudos divulgados nos últimos anos poderiam ajudar o governo Simão Jatene a planejar as ações de segurança pública (Foto: Wagner Almeida)
             
Tentando desqualificar os estudos e levantamentos oficiais e aqueles realizados por ONGs, o governo do Pará foi surpreendido pela divulgação de um trabalho elaborado pela Macroplan, uma das mais respeitadas consultorias do Brasil na área de gestão pública.
            
Em sua publicação “Desafio da Gestão Estadual”, a Macroplan aferiu a gestão dos 27 Estados do Brasil, avaliando como a eficiência ou ineficiência da administração pública estadual se destacou nos índices de desenvolvimento dos respectivos Estados.
            
Reprovado em praticamente todas as variáveis, o Pará chamou a atenção na área da Segurança Pública. O trabalho feito pela Macroplan confirmou que a Taxa de Homicídios no Brasil manteve-se relativamente estável na última década, com variação de 1,8% entre 2002 e 2012, enquanto a do Pará exibia um crescimento de 126,6%.
       
Enquanto Estados com taxas muito elevadas no começo da década, como São Paulo, Rio de Janeiro e Pernambuco, reduziram significativamente os homicídios em 60,3%, 49,9% e 32,3%, respectivamente, Estados com taxas menores no início do novo milênio, como Bahia (222,3%), Paraíba (130,5%) e Pará (126,6%), exibiram um crescimento acentuado.
            
O governo do Estado do Pará conquistou, segundo a Macroplan, o triste título de ter o 5º menor investimento em Segurança Pública entre as 27 unidades federativas. Ou seja, uma vida no Pará valeu, no período analisado, somente R$ 181,41.
            
O valor per capita (por pessoa) pago pelo governo de Simão Jatene por cada cidadão para garantir a segurança durante todo o ano de 2012 foi o 5º menor do país, ficando atrás de Estados historicamente mais pobres, como o Amapá (R$ 55,32 por habitante), Piauí (R$ 78,14), Maranhão (R$ 127,08) e Ceará (R$ 171,56). Paralelamente, segundo o levantamento, o Pará teve o maior crescimento em número de assassinatos por arma de fogo, com taxa de 307,2%.
        
O efetivo policial no Pará também é um dos menores do Brasil. São 467,8 habitantes para cada policial no Estado (considerando polícias Civil e Militar). Na média brasileira, o efetivo é de um policial para 373,4 habitantes.
           
Na 1ª Pesquisa sobre Vitimização no Brasil, os especialistas identificaram que, no que diz respeito à confiança nas instituições policiais, há muitas variações entre os Estados. No melhor caso está Minas Gerais, onde 26,1% da população confia muito na Polícia Militar e 23% na Polícia Civil. No Distrito Federal, a Polícia Civil alcança seu melhor resultado, com 24,2% de muita confiança. As mais mal avaliadas são a Polícia Militar do Rio, com 10,8% de muita confiança, a Polícia Militar e a Polícia Civil do Pará (8,9% e 9,0% respectivamente), e a Polícia Militar e a Polícia Civil do Amazonas (8,4% e 7,4%).
          
A violência física por parte de policiais militares registrou maior incidência no Amapá (6,5%), no Acre (5,1%), no Amazonas (5,1%), no Pará (5%) e no Sergipe (5%).
           
EM NÚMEROS
      
35,5% da população afirmou ter sido vítima de algum tipo de crime. Os números deixaram o Pará em segundo lugar no ranking de vitimização entre 2005 e 2010.
          
23º lugar Em 2013, o Conselho Cidadão para a Segurança Pública e Justiça Penal, uma Organização Não Governamental (ONG) do México, mostrava que Belém aparecia em 23º lugar no ranking das 50 cidades mais violentas do mundo, com taxa de 48,23 homicídios por cada grupo de 100 mil habitantes.
           
4º lugar
          
Em 2011, o Ministério da Justiça divulgou o “Mapa da Violência 2011” e o Estado ocupava o 4º lugar no ranking dos Estados mais violentos do país.
           
3º lugar
           
Em relação à elevação do número de homicídios, o Pará despontava em 3º lugar, com 273% de aumento na taxa de assassinatos em 10 anos.
     
189,3%
         
O aumento do número de homicídios na Região Metropolitana de Belém foi de 189,3% em 10 anos. Em jovens entre 15 a 24 anos, o crescimento no número de assassinatos chegava a 200,6%.
       
(Diário do Pará)
          

sábado, 30 de maio de 2015

Sindicalista mostra em programa de rádio o despreparo dos Vereadores de Tucuruí

                
Durante o Programa Tucuruí Agora na Rádio Floresta o Sindicalista Wilson do Sindicato dos Urbanitários deu uma lição no vereador Dodô e mostrou o despreparo dos Vereadores de Tucuruí.
     
É uma discussão interessante que vale à pena ver. Notem que o Assessor tem que cochichar as respostas no ouvido do vereador, pois o mesmo não sabe nada sobre o Projeto de Lei que ele ajudou a aprovar a mando do Prefeito Sancler (PPS).
      
       
Vídeo de autoria da Suely Carvalho.
            

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Polêmica das privatizações em Tucuruí

Audiência Pública da OAB lotou o centro de convenções
O Prefeito Sancler (PPS), como sempre abusando do poder do seu cargo, convocou ontem os Presidentes de Associações de Bairros, em sua maioria direta e indiretamente na folha de pagamento da PMT para uma reunião uma hora antes da Audiência Pública da OAB.
          
O objetivo seria "esvaziar" a Audiência da OAB, mas não funcionou e a população lotou o Centro de Convenções. Na onda de privatização pelo desespero de fim de mandato, além da Nossa Água a turma pretende "privatizar" o Hospital Municipal e até a Câmara Municipal. 
                 
No caso do hospital e do prédio da Câmara os empresários construirão o Hospital e o prédio da Câmara e receberão o valor investido com juros e com correção monetária através de polpudos aluguéis que receberão por décadas.
        
No fim a população terá pago várias vezes pelos prédios que com certeza serão superfaturados para pagar a "aposentadoria" e abastecer os caixas de campanha do sucessor do prefeito e dos vereadores.
         
ISSO É UMA VERGONHA!!!
            

6 coisas que você tem de saber sobre direitos trabalhistas

        
6 coisas que você tem de saber sobre direitos trabalhistas
             
Fonte: JusBrasil -Publicado por CHC Advocacia
                
É comum que se tenha alguma noção sobre o Direito do Trabalho. Como se portar na empresa, o que é justa causa, o que tem direito a receber na rescisão.
            
Mas o assunto é muito amplo. Existem questões que podem afetar diretamente sua relação de trabalho, e nem todo mundo conhece.
             
Então, nossos advogados da equipe Trabalhista se reuniram e traçaram seis coisas que você tem de saber sobre Direito do Trabalho.
          
1. Auxílio Doença Comum vs Auxílio Doença Acidentário
        
O auxílio doença comum é destinado ao trabalhador já portador de doença, que não tenha relação com a atividade exercida. O auxílio doença acidentário é pago ao empregado quando ele sofre doença ocupacional ou acidente de trabalho.
            
Atenção:
            
No caso do auxílio doença acidentário, quando o trabalhador retorna às suas atividades, ele possui estabilidade provisória de 12 meses.
2. Adicional Noturno
            
O adicional noturno é de 20% sobre a hora diurna e só é válido para empregados que trabalham no período de 22h às 5h.
            
Aqueles empregados que continuam trabalhando após as 5h também devem ser pagas com o adicional noturno.
              
3. Faltas e férias
           
Muita gente se pergunta se as faltas podem ser descontadas nas férias. E a resposta é: sim.
        
Já sabemos que o trabalhador tem direito a 30 dias corridos de férias a cada 12 meses de contrato, a não ser que falte ao serviço injustificadamente mais de 5 vezes ao ano. Nesse caso, o empregador pode reduzir o período de férias proporcionalmente, como prevê o artigo 30 da CLT.
            
4. Insalubridade e periculosidade
         
Outra dúvida frequente é se é possível receber o adicional de insalubridade e de periculosidade ao mesmo tempo. A resposta é: não.
           
Pode ser que o empregado se encontre em um ambiente de trabalho que ao mesmo o exponha a riscos de saúde e de vida. No entanto, a Justiça do Trabalho entende somente ser devido um dos dois adicionais, e aquele que seja mais vantajoso ao trabalhador, que, no caso, é o de periculosidade.
                
5. Liberdade na empresa
            
Existem pessoas que trabalham há 30 anos na mesma empresa, certo? A dúvida é: isso dá a elas total liberdade na empresa? Não. A estabilidade se dá somente contra a dispensa arbitrária pelo empregador.
              
Então, se o empregado praticar a indisciplina ou negligência com as suas atividades, ele poderá ser dispensado por justa causa de acordo com o artigo 482 da CLT.
               
6. Descontos de salário
          
Em caso de prejuízo causados pelo empregado, pode o empregador livremente descontar o seu salário? Não. Conforme o art. 462, § 1º, da CLT, o empregador só poderá proceder dessa forma se o empregado ter agido com dolo, ou seja, com a intenção de causar o prejuízo, ou se houver previsão em convenção coletiva nesse sentido.
                    

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Aumenta a polêmica e a reação da população contra a venda da Nossa Água...

Imagens da Audiência Pública da OAB
Audiência Pública da OAB

   
A audiência da OAB pra discutir a venda da Nossa Água lotou o Centro de Convenções. Ficou fechado que a sociedade organizada vai em peso à audiência do Prefeito e Vereadores que acontecerá no Centro de Convenções no dia 06 de junho às 10:00. Ficou acertado ainda que serão recolhidas 3.600 assinaturas de cidadãos de Tucuruí para uma Ação Popular, sendo que a OAB irá mover as ações cabíveis.
   
Lesão corporal
   
A Senhora Suely que foi agredida pelo vereador Pé-de-ferro no prédio da Câmara Municipal, foi encaminhada ao IML de Tucuruí para fazer o exame de Corpo de Delito.
   
Exame de Corpo de Delito é o conjunto de elementos materiais ou vestígios que indicam a existência de um crime. O exame de corpo de delito é uma importante prova pericial, sua ausência em caso de crimes que deixam vestígios gera a nulidade do processo.
    

terça-feira, 26 de maio de 2015

Vereadores autorizam o Prefeito a vender o patrimônio público

                     
Foi aprovada por unanimidade a Lei que dá amplos poderes ao Prefeito Sancler Ferreira (PPS), para criar Parceria Publico Privada em todos os setores da nossa cidade, água, escolas, hospitais, limpeza pública, institutos, enfim, vender a Prefeitura e o seu patrimônio, isso é um crime lamentável, a população tem que se unir amanhã 27 no centro de convenções Participar da Audiência Pública para não permitir que eles continuem a fazer as coisas contra o as Leis. Todos votaram a favor, apenas o Vereador Flor estava ausente não sei se o voto dele foi computado, justificado.
   
Na verdade o problema é o seguinte: Está cada vez mais complicado fazer caixa de campanha, pois os empresários estão "cabreiros" diante das prisões e os prejuízos que tiveram com a corrupção na Petrobrás, além disso, é bem possível que a contribuição de campanha das empresas seja proibida pela reforma política. 
    
Neste caso, os empresários estão investindo nas prefeituras, menos fiscalizadas e com câmara municipais inúteis e vereadores venais. No caso do Prefeito e dos vereadores, os mesmos estão preocupados com o fim do mandato no ano que vem e com o dinheiro para suas campanhas.
   
Assim eles faturam com a venda do patrimônio do povo de Tucuruí e mesmo que percam seus mantados, continuarão mamando e parasitando o povo da cidade por muitos anos.
   
No caso os empresários construirão o novo Prédio da Câmara e o Hospital Municipal para alugar para a Prefeitura e CMT pode dez anos ou mais. Ninguém vai fiscalizar o preço da obra que provavelmente será superfaturado, construídos com material de terceira e alugados por um preço escorchante e com juros altíssimos embutidos. No fim do prazo do aluguel o povo de Tucuruí terá pagado os prédios por um preço vinte vezes o que valem.
   
Com isso prefeito e vereadores fazem o caixa de campanha e fazem o seu pé de meia para depois do término dos seus mandatos. Os Prefeitos e seus vereadores estão tentando vender Tucuruí.
    
No Caso da Nossa Água, a Audiência Pública foi tumultuada, pois o povo de Tucuruí não aceita a venda do seu patrimônio e pagar duas vezes pela mesma água, pois a Eletronorte fornece está água de "graça" para a Prefeitura e as despesas da captação e tratamento é feita com recursos do Governo Federal, ou seja, com dinheiro dos impostos pagos pela população.
     
Vídeo da Audiência Pública
                
Vídeo do adiamento da Audiência
               
Vídeos de autoria da Srª. Suely Carvalho.
           

Vereador agride uma senhora que participava da Audiência Pública na Câmara Municipal

O Vereador Pé-de-ferro mais uma vez demonstrou seu descontrole e a sua truculência ao agredir uma senhora que acompanhava a Audiência Pública da venda da Nossa Água em Tucuruí. E isso é porque o tal vereador se diz evangélico, aliás quando o negócio envolve dinheiro e poder em Tucuruí, Deus não manda em nada e fica para escanteio, a não ser que dê para faturar uma boa grana com o nome dele, e não tem este negócio de evangélico, católico ou pai-de-santo, o que vale mesmo é o poder, a grana no bolso e na conta bancária. 

   
O mal venceu em Tucuruí...
       
Vejam o vídeo da agressão
              
               
Vídeo de autoria da Srª. Suely Carvalho.

Vejam a cópia do Boletim de Ocorrência Policial
                
   

Humor - Concorrência desleal...


A Audiência Pública da venda da Nossa Água foi cancelada


A Audiência Pública para a privatização e a venda da Nossa Água foi cancelada, o motivo é que o Prefeito e os vereadores não gostaram do grande número de cidadãos que compareceram na Câmara Municipal.
   
A população estando presente atrapalha a manipulação da Audiência Pública, a grana é alta e os interesses pessoais do prefeito e dos vereadores por trás desta venda são enormes, principalmente em fim de mandato. O lema do prefeito e dos vereadores é: "Nada é tão ruim que não possamos piorar..." A maldade e a ambição desta turma não têm limites.
    
ISSO É UMA VERGONHA!!!
   
Tucuruí é do Senhor Jesus, mas está dada vez mais como o diabo gosta e faz tempo que ele ganha todas por estas bandas, e ganha de lavada...
      

domingo, 24 de maio de 2015

Ajude a salvar a vida de uma criança...

 
               
O pequeno Henrique de Tucuruí precisa da sua ajuda para sobreviver ele é uma criança linda e merece viver. 

O pequeno Henrique precisas fazer um transplante de medula óssea e os pais não são compatíveis, se você quiser e pode colaborar, procure o EMOPA em sua cidade e diga que quer doar sangue ou medula óssea para o Henrique.
    
O Raimundo já doou, falta você...
             

terça-feira, 19 de maio de 2015

Colégio é condenado a indenizar ex-aluna vítima de bullying

                        
Além de pagar indenização por danos morais e materiais, a escola deverá arcar com tratamento psicológico da autora.
     
           
"A ocorrência de ofensas e agressões no ambiente escolar por reiteradas vezes, bem como a atitude tímida e ineficaz da escola em solucionar o problema, configura dano moral indenizável, por acarretar abalos físicos e psicológicos à aluna."
            
Com esse entendimento, a 1ª turma Cível do TJ/DF manteve decisão que condenou o Colégio Marista Champagnat de Taguatinga a indenizar uma ex-aluna vítima de bullying. Além de pagar indenização por danos morais no valor de R$ 15 mil e ressarcir os danos materiais, a escola deverá rescindir o contrato e custear o tratamento psicológico da autora pelo período de um ano.
     
A autora, que estudava na instituição desde 2005, relata que no início do primeiro semestre de 2011, quando cursava o primeiro ano do ensino médio, passou a sofrer agressões físicas e verbais de colegas de classe, juntamente com uma colega, por ambas possuírem problemas visuais. Sustenta que, mesmo após ter levado o caso à coordenadoria, as agressões não cessaram. Como a escola não tomou qualquer atitude, sua mãe optou por transferi-la, o que gerou diversos gastos.
           
No recurso contra sentença condenatória, o colégio alegou que adotou as medidas necessárias para solucionar o problema da autora, bem como para evitar novos acontecimentos, razão pela qual não poderia ser responsabilizado.
           
Entretanto, em análise dos autos, a relatora, desembargadora Simone Lucindo, verificou que houve violação dos direitos de personalidade da autora, "causando-lhe traumas que ainda não foram superados, mesmo passados quase três anos das agressões".
          
"Verifica-se, na hipótese dos autos, que a conduta da apelante merece significativa reprovação, uma vez que se trata de instituição de ensino, a qual tem o dever de guarda e vigilância dos seus alunos, e que agiu com total falta de zelo em decorrência de sua omissão em não valorar os efeitos danosos das corriqueiras"brincadeiras", consistentes em agressões entre os alunos, e em não agir positivamente, no intuito de instruir seus funcionários em como proceder em tais situações, acarretando em danos de ordem moral à apelada."
        
Acompanhada por unanimidade, a magistrada deu parcial provimento à apelação para limitar o período de tratamento psicológico a ser pago pela escola. Para a relatora, tal condenação não pode se perpetuar ad eternum, conforme fixado na sentença.
   
Fonte Site JusBrasil.
     
                     

domingo, 17 de maio de 2015

Sete informações sobre a gasolina que você tem de saber para não pagar mico

              
Do Jornal GGN - Luiz Nassif Online
       
Sete informações importantes pra não pagar mico ao falar sobre o preço da gasolina
            
Por Sidney Braga
        
1 - 27% do preço da gasolina é o Imposto ICMS, de responsabilidade do governador do seu Estado. Portanto cobre dele.
         
2 - 6% referem-se a Impostos Federais, tais como CIDE, PIS e COFINS. Aqui você pode e deve cobrar do Governo Federal.
    
3 - Ao contrário do que dizem por aí, a gasolina do Brasil está longe de estar entre as mais caras do mundo. Após os recentes reajustes, a gasolina brasileira ocupa a posição 73 neste ranking. fonte: http://pt.globalpetrolprices.com/gasoline_prices/
             
4 - A gasolina brasileira já esteve entre as 20 mais caras do mundo em 2002. fonte: http://www.nationmaster.com/country-info/stats/Energy/Gasoline-prices
     
5 - O custo da matéria prima (petróleo) no preço da gasolina não chega a 20% no Brasil. Além disso, boa parte da matéria prima é nacional, não dependendo do preço do barril no mercado internacional. É por isso que quando o preço do barril subiu, o preço da gasolina brasileira não subiu. Pelo mesmo motivo, quando o preço do barriu despencou, o preço da gasolina não acompanhou a queda.
     
6 - De 95 a 2002, o preço da gasolina teve reajuste de 350% em 8 anos. Média de 44% ao ano. De 2003 a 2015, a gasolina foi reajustada em 45%, média de 3.75% ao ano. Ou seja, o reajuste nos últimos 12 anos foi equivalente a média de 1 ano do período anterior.
   
7 - Em 1994, era possível comprar 127 litros de gasolina com um salário mínimo. 8 anos depois, o poder de compra da gasolina diminuiu e era possível comprar 97 litros do combustível com o salário mínimo. Atualmente, após os reajustes, é possível comprar 220 litros com o mesmo salário mínimo.
     

sábado, 16 de maio de 2015

Humor


Sancler tem mais uma vitória sobre a justiça e pode respirar mais aliviado...

               
Mudança na Comarca de Tucuruí
    
A Drª. Gisele Mendes Camargo Leite, Juíza Titular da 1ª Vara Cível de Tucuruí está de malas prontas, pois foi removida para a cidade de Paragominas localizada no nordeste paraense. 
                  
A Drª. Gisele que desde maio de 2014, foi oficialmente promovida e removida para Tucuruí onde sua estada foi muito breve e Tucuruí perde uma grande e honrada Juíza, perde Tucuruí, mas ganha Paragominas, por certo a Dr. Gisele é muito eficiente, séria e competente para permanecer em Tucuruí. Os poderosos locais não gostam de profissionais deste quilate à frente do judiciário em Tucuruí, principalmente na 1ª Vara Cível.
            
Lembramos que a Drª. Gisele desengavetou diversos processos em que uma das partes acusadas é o Prefeito Sancler Ferreira (PPS), apadrinhado do Governador Jatene (PSDB), Juízes e promotores que contrariam os interesses pessoais e políticos desta dupla, por "coincidência" nunca ficam por muito tempo na cidade.
          
Será que Sancler vai conseguir emplacar um Juiz de encomenda e escolhido à dedo para engavetar novamente seus inúmeros processos? Não duvidamos, em se tratando de Jatene e Sancler na terra sem Lei, nada é impossível.
             
Desejamos boa sorte à Drª. Gisele Mendes e damos os nossos parabéns ao povo de Paragominas...
       

Prefeito se reúne com presidentes de Associações e tenta explicar a venda da Nossa Água

                    
O Prefeito Sancler Ferreira (PPS) se reuniu com vários Presidentes de Associações para os convencer a apoiar a privatização da Nossa Água, e a cobrança da água que a Eletronorte está dando de graça para a população de Tucuruí. O prefeito tentou justificar com exemplos de São Paulo cuja realidade é muito diferente da nossa, aqui em Tucuruí água é que não falta, temos água para os próximos 500 anos. 
               
É bom lembrar que grande parte dos presidentes de associações e seus parentes tem portarias e contratos na Prefeitura, portanto para estes vai ser moleza para o prefeito "convencer".
           
Com o controle das associações e da pior câmara e dos mais incompetentes vereadores de toda a história de Tucuruí, certamente a Nossa Água será privatizada. Mas caso o prefeito não eleja o seu sucessor no ano que vem, o próximo prefeito pode estatizar novamente a Nossa Água e acabar com esta exploração do povo de Tucuruí. 
         
Graças a Deus não tem mal que nunca se acabe, e este mal vai se acabar no ano que vem, talvez até antes disso.
                   

SINSMUT fecha acordo coletivo com a Secretaria de Saúde

O SINSMUT fechou acordo com a Secretaria de Saúde para o pagamento do 13º dos plantões, pagamento de férias do pessoal de nível superior ano 2014, das férias pendentes de 2015, e ficou acertado o aumento de 8.12% tickets alimentação dos enfermeiros. 
        


quinta-feira, 14 de maio de 2015

Professores fizeram um buzinaço em frente a Escola Raimundo Ribeiro de Souza

                 
Os professores da Rede Estadual de Ensino que estão em greve a 59 dias, fizeram um buzinaço hoje pela manhã na Avenida 31 de março em frente a Escola Raimundo Ribeiro de Souza. 
         
O protesto contou com a participação e solidariedade dos alunos.
          

Outra interpretação para o Paraíso, Adão e Eva...

Adão e Eva... De quem é a culpa???
Editorial
           
Falando em liberdade, outro dia eu estive pensando em uma nova versão mais coerente para a “queda” de Adão e Eva e a sua saída do Paraíso.
           
Deus criou o Paraíso e percebendo que faltava alguma coisa, talvez algo que refletisse a sua essência, criou o homem e a mulher. Penso que criou os dois ao mesmo tempo, pois a ideia da criação do homem primeiro e a mulher depois, e esta estória de costela é puro machismo.
          
No paraíso havia tudo para a felicidade do Homem e da Mulher, tudo menos a liberdade, bom eles na verdade podiam fazer o que quisessem menos comer o fruto da árvore do bem e do mal.
         
Ora, mas ai tem algumas questões: Primeiro, a liberdade restrita não é liberdade, e o homem (e qualquer outro animal) é naturalmente curioso, esta proibição deve ter deixado o homem angustiado, agora imaginem a mulher (rs não resisti)? Tem outra questão, se analisarmos bem, veremos que o paraíso na verdade não passava de uma prisão sofisticada e confortável, mas ainda uma prisão, pois havia restrições e era constantemente vigiado.
            
Então a curiosidade na forma de uma serpente tentou a Eva (mais machismo, na verdade os dois ficaram tentados), então eles provaram do fruto do conhecimento, perceberam que eram ignorantes, que estavam em uma prisão e descobriram que estavam nus e sentiram a força e o prazer do sexo.
  
Deus não ficou irado de jeito algum, afinal ele está acima do tempo e das emoções negativas, e se ao criar o Homem não foi capaz de prever o que aconteceria com a sua criação no futuro, e se permitisse que uma simples criatura o deixasse zangado (uma fraqueza humana) não seria Deus.
         
Agora deixando de lado a alegoria bíblica, temos que reconhecer que por nos amar, Deus nos criou livres e permitiu que as suas criaturas escolhessem os seus próprios caminhos através do livre arbítrio, e no futuro pela Lei da evolução pudessem voltar para ele como seres evoluídos e puros, e o que é melhor, esta volta se dará por nossa própria vontade e pelos nossos próprios méritos, isso é que é o amor verdadeiro, o amor que liberta. Mas isso não é tudo, de vez em quando ele envia mensageiros para nos mostrar o caminho mais fácil, menos penoso e corrigir a nossa rota, mas sempre respeitando a nossa liberdade de escolha.
     
Estes enviados especiais vêm durante as mudanças de ciclos evolutivos do homem e fazem uma verdadeira revolução no conhecimento e na moral da humanidade. Temos os grandes mestres como Krishna, Buda, Confúcio, Maomé, Jesus e tantos outros seres iluminados menos conhecidos, enviados à terra com o objetivo de através das lições e do exemplo, auxiliar e impulsionar a evolução da humanidade em todas as áreas do conhecimento e da moral, viabilizando a nossa subida merecida e triunfal aos planos mais altos, não como escravos e criaturas ignorantes em uma gaiola de ouro (o paraíso terrestre), mas como seres de luz verdadeiramente à imagem e semelhança de Deus. 
          
Mas os grandes mestres não fazem isso por obrigação e sim por amor, para eles esta tarefa é uma benção e eles fazem isso com alegria e satisfação, a sua felicidade apesar de imensa nos planos em que se encontram, não será completa enquanto um seu irmão estiver sofrendo e precisando auxílio e amparo. 
      
A humanidade deve evoluir como um todo, quem pensa de forma egoísta e insensível que pode chegar até Deus deixando seus irmãos para trás, está redondamente enganado e terá que voltar para ajudar os retardatários, que apesar dos seus erros e das suas limitações também são legítimos herdeiros da herança divina, é por isso que os grandes mestres sempre retornam e trabalham ininterrupta e incansavelmente pela evolução da humanidade.
    
Somos todos filhos de Deus, mas para tomar posse da nossa herança temos que fazer por merecer, não podemos pedir que Deus desça e se torne um homem mesquinho, ignorante e preocupado apenas com os problemas materiais imediatos (para alguns Deus é um comerciante que vende bençãos e milagres a quem pagar mais). 
                  
O conhecimento e a moral verdadeira nos faz evoluir, o conhecimento moral e intelectual nos levará até Deus e nos tornará um com ele. O intelecto e a moral são as duas asas que irão nos levar ao “Paraíso” verdadeiro, mas estas asas só funcionam se as duas forem iguais, harmônicas e perfeitas, enquanto não for assim ficaremos presos ao chão e não poderemos voar...
     
André.
            

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Prorrogação de mandatos... Infestação de parasitas pode continuar por décadas


Com pouco mais de um ano e meio para as eleições municipais e o fim dos mandatos de Prefeito e vereadores, prefeito e presidente da Câmara Municipal estão tratando de garantir que continuarão a parasitar a população de Tucuruí por décadas após o término dos seus mandatos.
    
O Prefeito quer "privatizar" por 35 anos a distribuição da água que recebe de graça da Eletronorte cobrando da população o que ela já paga através de recursos federais, e o Presidente da Câmara pretende alugar um prédio para Câmara Municipal com um contrato de vinte anos e um aluguel milionário, findo os vinte anos e após a população de Tucuruí ter pagado a construção do Prédio da nova Câmara pelo menos umas dez vezes, o prédio passa para o município.
    
Tem muita gente em Tucuruí que está com as contas bancárias abarrotadas e muito dinheiro sobrando e precisam investir em algum "negócio lucrativo", onde estas pessoas encontrariam negócios da China como estes que o Prefeito e o Presidente da CMT estão criando, quem sabe para si mesmos? Vender a água que recebe de graça e construir o prédio da Câmara Municipal com aluguel exorbitante é ou não é uma mina de ouro? Explorar e parasitar a população de Tucuruí é um ótimo negócio e a turma não quer lagar o osso.
    
Audiência Pública
    
O Prefeito Sancler pretende fazer uma "Audiência Pública" para discutir a privatização da Nossa Água. A população já sabe como funcionam as Audiências Públicas em Tucuruí. A última Audiência Pública importante foi quando foi discutida a ida "provisória" da Maternidade Municipal para o Hospital Regional. 
                  
Na tal Audiência compareceram diversos presidentes de associações de bairros que tinham portarias na Prefeitura para si mesmos e para parentes, estes defenderam com toda a liberdade a posição do prefeito, incluindo a liberdade de ofender os presentes que não estavam de acordo com a transferência da maternidade, que era para ficar por seis meses e está há cinco anos no Regional.
    
Já os membros do Conselho de Saúde na época, os presidentes de associações independentes e alguns vereadores que eram contra a transferência e contra a posição do prefeito (o tempo mostrou que eles tinham razão), foram impedidos pelo Promotor de Justiça de se manifestarem na Audiência Pública, tiveram o som do microfone cortado e foram ameaçados de expulsão do prédio do Fórum pelo promotor. 
                  
Esperamos que o Ministério Público Federal esteja representado, já que existem recursos públicos federais envolvidos, e que desta vez os representantes do Ministério Público Estadual ajam com imparcialidade na defesa exclusiva do interesse público.
              

sábado, 9 de maio de 2015

A Prefeitura não pode utilizar recursos da Previdência Municipal para cobrir déficit público

              
De acordo com a Lei Federal nº 9.717, de 27 de novembro de 1998, a União Estados e Municípios não podem utilizar os recursos da Previdência para cobrir déficit público (despesas e dívidas da prefeitura).
         
Desta forma a alegação do Prefeito Sancler Ferreira (PPS) ao Ministério Público Federal, de que não repassou as contribuições patronal e dos servidores municipais ao IPASET, na verdade é uma confissão de culpa e do descumprimento à Lei.

   
A Lei Federal nº 9.717 tem a seguinte redação: 
   
Art. 1º III - as contribuições e os recursos vinculados ao Fundo Previdenciário da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios e as contribuições do pessoal civil e militar, ativo, inativo, e dos pensionistas, somente poderão ser utilizadas para pagamento de benefícios previdenciários dos respectivos regimes, ressalvadas as despesas administrativas estabelecidas no art. 6º, inciso VIII, desta Lei, observado os limites de gastos estabelecidos em parâmetros gerais; (Redação dada pela Medida Provisória nº 2.187-13, de 2001)
    
Art. 6º Fica facultada à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios, a constituição de fundos integrados de bens, direitos e ativos, com finalidade previdenciária, desde que observados os critérios de que trata o artigo 1º e, adicionalmente, os seguintes preceitos: 
      
V - vedação da utilização de recursos do fundo de bens, direitos e ativos para empréstimos de qualquer natureza, inclusive à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios, a entidades da administração indireta e aos respectivos segurados;
     
Art. 7º O descumprimento do disposto nesta Lei pelos Estados, Distrito Federal e Municípios e pelos respectivos fundos, implicará, a partir de 1º de julho de 1999:
     
I - suspensão das transferências voluntárias de recursos pela União;
           
II - impedimento para celebrar acordos, contratos, convênios ou ajustes, bem como receber empréstimos, financiamentos, avais e subvenções em geral de órgãos ou entidades da Administração direta e indireta da União;
           
III - suspensão de empréstimos e financiamentos por instituições financeiras federais.
           
IV - suspensão do pagamento dos valores devidos pelo Regime Geral de Previdência Social em razão da Lei no 9.796, de 5 de maio de 1999. (Redação dada pela Medida Provisória nº 2.187-13, de 2001)
             
Art. 8º Os dirigentes do órgão ou da entidade gestora do regime próprio de previdência social dos entes estatais, bem como os membros dos conselhos administrativo e fiscal dos fundos de que trata o art. 6º, respondem diretamente por infração ao disposto nesta Lei, sujeitando-se, no que couber, ao regime repressivo da Lei no 6.435, de 15 de julho de 1977, e alterações subseqüentes, conforme diretrizes gerais.
              

Mais um golpe - Projeto de Privatização da Nossa Água pronto para ser votado na Câmara Municipal

                 
O Projeto de Privatização da Nossa Água de iniciativa do Prefeito Sancler Ferreira (PPS) já está na Câmara Municipal em regime de urgência.
        
"Curiosidades"
              
Temos informações de que este Projeto de Lei já veio pronto de São Paulo e não passou pela Assessoria Jurídica da PMT, provavelmente este projeto tenha sido feito e redigido pela própria empresa que vai ganhar a licitação.
              
Notem que no projeto de forma marota e de má fé, não consta o nome da Nossa Água e nem o valor da concessão, o verdadeiro objetivo deste Projeto de Lei. Estas informações certamente deverão constar apenas nas licitações secretas da prefeitura, as quais o cidadão de Tucuruí não tem acesso, mesmo com a Lei da Transparência em vigor.
               
Mais uma vez os vereadores assinarão um cheque em branco para o prefeito. É claro que não tem vereador ingênuo nesta história, cada um certamente receberá uma vantajosa compensação pela sua omissão e conivência.
    
No caso, como tem órgãos, recursos e serviços públicos federais envolvidos, o Ministério Público Federal deveria acompanhar a licitação, averiguar a licitude desta concessão e "licitação", e a idoneidade da empresa "vencedora". 
            
               

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Trânsito em Tucuruí... Loucura, loucura, loucura!!!

Vejam uma amostra da incompetência da administração municipal em Tucuruí.
     
Este é um cruzamento em frente da antiga Caixa de Água da Cosanpa no Bairro Jaqueira, Rua João Felix no sentido Centro/Jaqueira.
     
A placa de sinalização manda o condutor virar à esquerda.
Rua João Felix, a placa de sinalização diz para vira à esquerda
Quando o Motorista vira à esquerda se depara com uma placa dizendo que o sentido é proibido...
            
E agora, isso é uma sinuca de bico, faça o que fizer o motorista estará desobedecendo a sinalização de trânsito...
                 
Quando o motorista vira à esquerda se depara com uma placa de sentido proibido???
           
ATUALIZAÇÃO: 08/05/2015 - 12:40.
     
Poucas horas depois da matéria a PMT trocou as placas. Estão aprendendo...
      
Depois da matéria a PMT trocou as placas.
       

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Utilidade pública - Desaparecidos.

           
Olá, me chamo Laíse Laureno dos santos e venho por meio deste e-mail, tentar encontrar meu tio Antônio Laureno dos santos, filho de Maria do Socorro Laureno e José Rodrigues dos santos, ele viajou para Tucuruí faz mais de 20 anos e desde então minha avó nunca mais soube noticias do mesmo... 
         
Gostaria muito que me ajudasse, poderia ser divulgando em seu jornal. Me ajude por favor. 
          
Agradecida.
           
Laise Laureno - yseh.mel@gmail.com
             

SINSMUT e PMT assinam acordo da data-base 2015

O SINSMUT e a Prefeitura de Tucuruí assinaram hoje o acordo coletivo da data-base encerrando a greve. 
        
A Prefeitura refez a proposta que era de 6.23% e passou para 8.12 (Índice do IPCA), e o Sindicato fez a proposta de que este reajuste de 8.12 se estendesse ao Ticket Alimentação, o que foi aceito pela Administração Municipal.
       
O reajuste será incluído no pagamento de maio. No acordo também consta que a Administração Municipal não descontará o dia parado e não será feita nenhuma retaliação aos servidores que aderiram à greve.
       
Vejam a cópia do Acordo Coletivo:
        
    

terça-feira, 5 de maio de 2015

Olha mais um golpe ai minha gente... População vai pagar duas vezes pela mesma água.

              
A Eletronorte através do PIRTUC e da ETA está disponibilizando água tratada de graça para a população de Tucuruí e a Prefeitura vai vender a Nossa Água para uma empresa privada e que vai ter trinta e cinco anos para pagar, ou seja, a empresa vai "comprar" a Nossa Água com o dinheiro da venda da água que vai receber de graça da Eletronorte. Mas trinta e cinco anos até que não é muito tempo, até a tal empresa terminar de "pagar" a Nossa Água, provavelmente uma boa parte da atual população de Tucuruí já estará morta mesmo.
                  
Assim a população vai comprar a Nossa Água para a tal empresa com o dinheiro do povo de Tucuruí e a população do Brasil vai dar de graça a água custeada com recursos federais para a empresa vender para a população. De quebra os vereadores vão se dar bem para aprovar este projeto, quantos contratos na PMT e quais as vantagens cada um vai receber desta vez? Sabe como é fim de mandato, campanha eleitoral e sustentar cabo eleitoral custa caro...
           
Soubemos ainda que no projeto não consta o valor da venda, certamente este valor deve ser de acordo com a "proposta" da tal empresa. Só a Estação de tratamento ETA custou R$ 12.000.000,00 doze milhões para o Governo Federal. E uma pergunta que não quer calar: De quem será a empresa que vai "ganhar" a licitação?
              

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Parcelamento do IPASET, uma confissão de culpa...

               
O Folha está disponibilizando a cópia do Parcelamento de Dívida do IPASET enviado pelo prefeito e aprovado pelos vereadores, por este documento o Prefeito Sancler Ferreira (PPS), admite oficialmente que desviou recursos da Previdência Municipal, já que descontou a Previdência dos servidores municipais e não repassou ao IPASET, assim como também não repassou a parte da prefeitura.
         
O interessante é que o Presidente do órgão Ronaldo Lessa Voloski, disse ao Procurador do Ministério Público Federal que havia nove milhões nas contas do IPASET, mas pela planilha enviada aos vereadores, não tem este montante nas contas da Previdência Municipal. 
      
Interessante ainda é verificar pela planilha que o desvio dos recursos do IPASET começaram já no primeiro mês de criação da Previdência Municipal. Agora não tem como os vereadores de Tucuruí alegarem que desconhecem o desvio dos recursos da Previdência Municipal.
      
Para ver o documento do parcelamento, Clique Aqui.
      

Suspensa a greve dos Servidores Municipais em Tucuruí

Com o reinicio das negociações da data-base dos Servidores Municipais de Tucuruí, o SINSMUT (Sindicato da categoria) em conjunto com os servidores grevistas resolveram suspender a greve em sinal de boa vontade. 
            
Os servidores deverão comparecer normalmente ao trabalho amanhã (terça-feira).
        
O SINSMUT deverá comunicar até quinta-feira aos servidores se houve negociação com a PMT.
            

Pela primeira vez gente rica está assustada no Brasil

O sócio majoritário do conglomerado Semco Partners, ex-professor de Harvard e do Massachusetts Institute of Technology (MIT), Ricardo Semler comentou em entrevista à BBC Brasil, o artigo para a Folha de S. Paulo em que ao comentar o caso de corrupção na Petrobras, defendeu que "nunca se roubou tão pouco" no Brasil.
                
"A sensação de que os ricos podem fazer qualquer coisa está fraquejando. É um indício de que esse momento do Brasil que durou 50, 60 anos está começando a terminar, mas serão necessários 20, 30 anos para fazer essa transição", afirmou.
                
Ricardo Semler, que é filiado ao PSDB, defendeu que a politização do debate sobre corrupção é contraproducente e que o escândalo da Petrobras e as repercussões do caso envolvendo a divulgação dos nomes de brasileiros com conta no HSBC da Suíça são sinais de que o país está mudando. "Pela primeira vez no Brasil temos gente rica assustada", afirmou.
          
O empresário também defendeu um aumento do imposto sobre transmissão (herança) para os donos de grandes fortunas e disse que aceitaria pagar até 50%. "Isso não afetaria em nada a disposição do empresário em investir", opinou.
             
Para o empresário, as denúncias de prática de corrupção no Brasil são antigas. "A Petrobras é só a ponta do iceberg. Há corrupção nas teles, nas montadoras, nas farmacêuticas, nos hospitais particulares. 
         
O problema é endêmico e não adianta fazer de conta que surgiu agora. Se você vai para a Paulista e grita contra a corrupção, também precisa responder: Está declarando todos os seus imóveis pelo valor cheio? Nunca deu R$ 50 para o guarda rodoviário? Nunca pediu meio recibo para um médico? E quem está colocando no Congresso esses políticos? Não sei se a Paulista não estaria vazia se todo mundo fizesse um autoexame", afirmou. Leia aqui a entrevista na íntegra.
        
Fonte: BRASIL 247
                

domingo, 3 de maio de 2015

Tucuruí - Greve Geral dos Servidores Municipais amanhã segunda-feira

              
O Sindicato dos Servidores Municipais declarou greve geral amanhã. O SINSMUT deve garantir os 30% de frequência nos setores para não prejudicar a população, que na verdade é mais uma vítima dos desmandos do Prefeito Sancler Ferreira (PPS)e sua trupe.
       
O Prefeito insiste em corrigir o salário dos funcionários da Prefeitura bem abaixo da inflação, o que na prática significa redução de salário, o que é inconstitucional e imoral. Ao mesmo tempo a Prefeitura tem 40% do funcionalismo contratada ilegalmente (sem concurso) e os cargos na Prefeitura são usados como moeda de troca e divididos entre os vereadores da cidade. Isso sem contar com os inúmeros escândalos de corrupção na prefeitura, sem falar na incompetência da Administração Municipal que está levando a Prefeitura de Tucuruí à falência.
        
A redução de salário é ilegal e imoral e sendo assim, não resta aos servidores da Prefeitura de Tucuruí outra alternativa a não ser entrar em greve por tempo indeterminado.
        

sábado, 2 de maio de 2015

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Dois pesos e duas medidas, isso é Brasil...


Desinformação - Menos José Adão, menos... Vamos colocar os pingos nos is?

José Adão dono da Rádio Floresta
Menos José Adão, menos... Vamos colocar os pingos nos is?
               

Outro dia ouvi com preocupação a intervenção do dono do Sistema Floresta no Programa Tucuruí Agora. Acredito que mesmo parcialmente o José Adão tem razão em alguns aspectos, no entanto sua atitude foi lamentável em outros ao agir com parcialidade e de forma inconsequente e incompatível com o bom jornalismo, este tipo de atitude não contribui em nada para a informação (principal objetivo da radiodifusão), e para a democracia.
                
Em primeiro lugar devemos levar em conta que o Sistema Floresta depende financeiramente da Prefeitura de Tucuruí, não fosse as propagandas da prefeitura e a "boa vontade" do prefeito Sancler (PPS), provavelmente a empresa Sistema Floresta entraria em colapso e iria à falência...
                
Em segundo lugar devemos levar em conta a experiência de décadas do José Adão na área de comunicação e na política, o que o torna especialista em distorcer os fatos e as palavras do oponente em um debate, principalmente um debate ao vivo e inesperado.
                
Em terceiro lugar devemos salientar que o José Adão se preparou com antecedência para o debate com o Roquevam, ele sabia o dia em que o Roquevam estaria na rádio, mas o Roquevam não sabia que o José Adão faria a intervenção, neste aspecto o José Adão agiu de má fé e covardemente, pois restringiu a capacidade de argumentação do Roquevam, pois o mesmo não estava preparado para o debate. Foi um jogo premeditado e de cartas marcadas.
           
Exemplos inadequados
          
O José Adão, no intuito de defender e justificar o Judiciário(?) alegou o suposto engavetamento dos processos do Jader Barbalho no STF, se esquecendo das prisões dos políticos e empresários poderosos da operação lava jato, ou seja, o Zé Adão procurou justamente os maus exemplos para justificar seus argumentos.
              
Desinformação
        
O José Adão disse que o Judiciário e as decisões dos Juízes não poderiam ser contestadas pelos cidadãos, o que não é verdade. Decisão judicial não se discute, cumpre-se, mas isso quer dizer que as decisões judiciais devem ser cumpridas, mas não existe lei que determine que a sociedade não possa contestar e protestar contra uma decisão de um Juiz, uma coisa não tem nada a ver com a outra. No caso do Roquevam a questão não é a decisão do Juiz e sim o suposto engavetamento de processos, sem decisão não tem como haver recurso. Simples assim. 
             
Há pouco tempo estudantes da Bahia protestaram com veemência contra o Ministro Gilmar quando o mesmo visitou a universidade, pelo engavetamento do processo das contribuições de campanha das empresas, quer dizer que os atos de um Ministro do STF podem ser contestados pelos cidadãos, mas os atos de um Juiz de primeira instância ou de um promotor não podem ser contestados pelo cidadão?
            
Dois pesos e duas medidas
           
O Roquevam não pode chamar o prefeito de ladrão em uma rádio local, mas a Rádio Floresta e demais meios de comunicação podem transmitir em rede nacional um grupo de pessoas chamando a Presidente da República, a maior autoridade do país, de ladra, puta e refrões mandando que uma presidente e uma senhora de 67 anos e avó vá tomar no cú?
          
Não estou concordando com ofensas e agressões a quem quer que seja, nós do Folha não fazemos isso, não apoiamos e não permitimos este tipo de atitude, no entanto acredito que as regras valem para todos, ainda mais que a Presidente da República não está sendo investigada pela justiça por desvios de dinheiro público, não responde a inúmeros processos por improbidade e não está com os bens bloqueados pela justiça Federal e Estadual. Tudo bem que a TV floresta não é a autora das matérias, mas retransmitiu, o que a torna co-responsável pelas mesmas.
             
Mais desinformação
          
O José Adão, resumindo, disse que os vereadores por terem sido eleitos podem fazer o que quiserem e que a sociedade não pode pressionar o legislativo quando quiser e quando os vereadores se omitirem e se tornarem coniventes com a corrupção e com ilegalidades. Por acaso o José Adão acredita que estamos em uma ditadura em que o povo é proibido de se manifestar em Tucuruí?
       
Os vereadores foram eleitos para trabalhar pelo povo e pela cidade e não para serem coniventes com a corrupção e com as ilegalidades em troca de benefícios e cargos públicos.
               
Em minha opinião o José Adão agiu de forma covarde contra o Roquevam, e agiu de forma irresponsável para com a população de Tucuruí ao usar os microfones da rádio floresta para tentar frear a livre manifestação da sociedade organizada, uma vergonha...
       
O dono da Rádio Floresta deve entender que os tempos mudaram, e que ele precisa se livrar dos velhos vícios e das velhas práticas, deve entender ainda que ele e a sua empresa não mais detém o monopólio da comunicação em Tucuruí.