Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

Últimas matérias do Folha

domingo, 29 de maio de 2016

Prefeitura de Tucuruí presta informação falsa à justiça

                    
Os concursados solicitaram à PMT a relação dos ocupantes dos cargos de Administradores Escolares já que tiveram conhecimento de que estes cargos estavam sendo ocupados de forma irregular, no entanto a Prefeitura não forneceu as informações solicitadas no tempo devido, em desrespeito à Lei da Transparência e à Lei Orgânica do Município de Tucuruí, sendo assim os interessados entraram com Mandato de Segurança para que as informações fossem disponibilizadas como manda a Lei. A justiça acatou a solicitação e determinou no dia 05 de maio, que a PMT prestasse as informações no prazo de dez dias. 
      
A PMT entregou à justiça no dia 18 de maio, uma relação de nomes de Administradores Escolares, afirmando que os mesmos não eram contratados e nem estavam no cargo em desvio de função.
      
Após a entrega da relação pela PMT à justiça, a verdade não demorou veio à tona, pois ao comparar a lista enviada pela PMT com a lista dos reprovados no concurso da Prefeitura anexada ao processo, o Juiz constatou que Diretores das Escolas Municipais na verdade haviam sido reprovados no concurso público, os servidores listados são concursados sim, mas como Professores, estando portanto em desvio de função ao contrário do que afirmou a Administração Municipal, portanto a PMT mentiu e tentou enganar e obstruir a justiça e tentou ainda impedir os concursados de assumirem os cargos. Segundo informações estes cargos estão sendo ocupados por indicação política de aliados do Prefeito e dos vereadores, inclusive do próprio candidato do prefeito a seu sucessor.
    
Diante do fato o Juiz determinou que um representante do judiciário fosse à PMT sem aviso, com mandado judicial e recolhesse as informações sobre a Folha de Pagamento da Prefeitura de Tucuruí direto dos servidores da PMT. 
                       
Como se sabe este negócio de apreender computador é coisa do passado, hoje os técnicos conectam no micro um aparelho apelidado de "Chupa cabra" que extrai todas as informações contidas no computador, sendo desnecessário a sua apreensão.
    
Na verdade o prefeito e seus agentes ao prestar informações falsas, tentaram Obstruir a Justiça, cometeram crime de Improbidade Administrativa e Falsidade Ideológica. Por menos que isso o Juiz Moro e o STF mandaram prender muita gente importante e poderosa.
     
Vejam os documentos:
     

Decisão da justiça mandando a PMT entregar as informações.
   
     
A lista apresentada pela PMT à justiça, com a informação de que não existiam Administradores Escolares contratados e em desvio de função.
      
   
   
      
Lista dos reprovados no Concurso Público da PMT.
    
   
   
   

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Segundo alguns ministros enquanto "ela" estiver lá, essa PORRA não vai parar nunca

No vídeo o jornalista Paulo Henrique Amorim comenta o trexo do grampo do Jucá, onde ele comenta que alguns ministros do STF comentaram que enquanto "ela" (Dilma) estiver lá, esta porra (Lava Jato) não vai parar nunca.
       
Assistam ao vídeo:
     

     

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Concluídas as negociações da data-base dos servidores da Prefeitura de Tucuruí

video
Vídeo da manifestação de hoje em frente à PMT
      
O SINSMUT e a Prefeitura de Tucuruí encerraram hoje as negociações da data-base da categoria, o índice acordado foi o IPCA, o mesmo índice da negociação da data-base 2015.
       
O índice foi de 8.48%, sendo 8,38% de inflação em abril e mais 0,01% do PIB. O reajuste é sobre o salário e sobre o ticket alimentação.
         
Levando em conta a crise atual e os reajustes dados pelas outras prefeituras a negociação em Tucuruí foi uma das melhores. Por exemplo, o Tribunal de Justiça não dará aumento algum e o estado do Pará deu um reajuste de R$ 100,00 no vale alimentação e reajuste Zero nos salários dos servidores.
      
Vamos fazer um cálculo como exemplo para este reajuste:
       
Vamos colocar como exemplo um salário base de R$ 1.000,00 Mil Reais.
       
Somado o salário base com o ticket alimentação o salário é de R$ 1.255,43
       
O salário de R$ 1.255,43 + 8,48% = R$ 106.45 Total R$ 1.361,00
      
O aumento de R$ 106,45 em relação ao salário base de R$ 1.000,00 representa na verdade um aumento salarial de 10.64% em relação ao salário base.
      
Lembrando que o aumento de 8,48% incide também sobre o tempo de serviço (2% ao ano).
       
Segundo o Presidente Miranda, quando esta diretoria assumiu o SINSMUT o salário mínimo da PMT era R$ 10,00 maior que o salário mínimo nacional, hoje o salário mínimo da PMT é de R$ 85,00 acima do salário mínimo nacional. Apesar das grandes dificuldades houve ganho salarial nas últimas quatro datas-bases.
         
Imagens da manifestação de hoje:
      
 
 
   
   
 

Começa o pagamento de indenização da PMT para os servidores que tiveram seus nomes incluídos no SERASA

Da esquerda para a direita Raimundo Concursado Vice-Pres. SINSMUT, André Luiz (Resistência) e Miranda Pres. SINSMUT
Começou o pagamento das primeiras indenizações da Prefeitura para os funcionários municipais que tiveram seus nomes indevidamente incluídos pela Caixa Econômica Federal no cadastro do SERASA. A PMT descontou as parcelas do Empréstimo Consignado e não repassou à Caixa Econômica Federal, que por sua vez incluiu indevidamente os nomes dos servidores no cadastro do SERASA. 
                
Os servidores através do sindicato entraram com processos contra a Caixa e a PMT na justiça federal por danos morais, quando ganharam a ação a Caixa pagou a indenização prontamente, já a PMT protelou o pagamento o quanto pode daqueles que se recusaram a fazer acordo, desta forma a PMT foi obrigada a pagar juros, correção monetária e multas, resultando em um aumento considerável no valor da indenização.
      
Os funcionários que começam a receber agora, foram os primeiros a entrar na justiça através do SINSMUT e que não aceitaram fazer acordo, as indenizações variam em uma média de R$ 11.000,00 a R$ 20.000,00  (somadas as indenizações da CEF e da PMT), sendo que a indenização da Caixa Econômica já foi paga a mais de um ano, o valor mínimo pago pela CEF foi de R$ 3.000,00 (três mil), o restante das indenizações estão sendo pagas agora pela PMT.
        
O primeiro alvará liberado pela justiça foi do servidor André Luiz (foto).
      
Todos devemos lutar pelos nossos direitos, como diz o famoso provérbio jurídico: Dormientibus non succurit jus, traduzindo em bom português: o direito não socorre aqueles que dormem.
      
Se você não for à justiça reivindicar seus direitos (dormir), a justiça não virá até você para lhe defender.
        

TUCURUÍ: reunião com Polícias Civil e Militar alerta para reintegração de posse sem ordem judicial


TUCURUÍ: reunião com Polícias Civil e Militar alerta para reintegração de posse sem ordem judicial
      
A Promotoria de Justiça Agrária de Marabá e a Promotoria de Justiça de Tucuruí promoveram, na última quinta-feira (19), reunião em Tucuruí sobre o cumprimento da recomendação do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) que trata da proibição de policiais participarem do desforço imediato em ocupações de imóveis urbanos, bem como fazerem reintegração de posse irregular sem mandado judicial.
                                 
A reunião foi motivada em razão das inúmeras denúncias sobre a participação de policiais em situações suspeitas, que implicam em descumprimento da recomendação conjunta expedida pelas Promotorias Agrárias do Pará, Promotoria de Justiça Militar e a Procuradoria-Geral de Justiça do Pará.
                       
Durante a reunião, a promotora de Justiça Agrária de Marabá Jane Cleide Silva Souza explicou que o objetivo do encontro foi expor todos os termos da recomendação e obter o compromisso das autoridades policiais da região para orientar os policiais a respeito de suas condutas. Esclareceu, ainda, que não serão toleradas posturas de policiais que impliquem no descumprimento da recomendação.
                           
Em deliberação, ficou decidida realização de nova reunião com as guarnições dos outros municípios que estão sob o comando de Tucuruí.
                 
Representaram o MPPA os promotores de justiça Fabia de Melo-Fournier, José Godofredo Pires dos Santos, Jane Cleide Silva Souza, Adriana Passos Ferreira, Francisca Suenia de Sá, Francisco Charles Pacheco Teixeira e Mauro Guilherme dos Santos.
                    
Participaram, também, representantes da Comissão Pastoral da Terra, Seccional da Polícia Civil do Lago de Tucuruí, Comissão de Direitos Humanos do Poder Legislativo e 13º Batalhão da Polícia Militar.
               
Texto: Letícia Miranda (com informações das Promotorias de Justiça de Tucuruí e Marabá)
Revisão: Fernando Alves.
     

Prefeito de Tucuruí Sancler (PPS) perde mais dois processos na justiça, um da Nossa Água e outro da ASERT

Sancler ferreira (PPS) - Prefeito de Tucuruí
O Prefeito Sancler Ferreira (PPS), perdeu mais dois processos na justiça, um foi o processo em que a ASERT cobrava os repasses dos descontos dos servidores municipais associados que o prefeito se apropria indevidamente, e o outro foi quanto à privatização da Nossa Água. Quanto ao Processo da ASERT cobrando o repasse dos descontos dos servidores associados da entidade, este processo foi movido pela direção da ASERT pressionada pelos servidores associados e pelo SINSMUT.
          
Quanto à venda da Nossa Água o prefeito pretendia vender a empresa a preço de banana podre, com as obras de abastecimento da ELETRONORTE já prontas e com os dutos de água já instalados até no Sitio Deus é Grande. 
      
Falta só trazer estes canos até Tucuruí, a empresa teria o trabalho de apenas cobrar para distribuir a água que a Eletronorte entregará de graça para a população de Tucuruí. Lembrando que a empresa que iria "comprar" a Nossa Água fez uma grande doação para a campanha eleitoral da Deputada Eliane Lima (PSDB), por coincidência esposa do Prefeito Sancler Ferreira (PPS).
      
Privatização da Nossa Água de forma ilegal
     
A Justiça havia anulado a autorização da Câmara Municipal de Tucuruí feita ao arrepio da Lei, para que o Prefeito Sancler vendesse a e privatizasse a Nossa Água, o Prefeito não concluiu a obra para fornecer água de qualidade à população por que queria vender a nossa água por puro interesse próprio e em prejuízo da população de Tucuruí.
     
Depois de perder o Processo em primeira instância, processo este movido pela OAB e vários representantes da sociedade organizada em Tucuruí, o Prefeito recorreu e perdeu novamente, já que a Câmara concedeu a autorização de forma ilegal.
      
DECISÃO DO PROCESSO DA NOSSA ÁGUA
      
7-PROCESSO: 00757822720158140000 PROCESSO ANTIGO: --- MAGISTRADO (A)/RELATOR (A)/SERVENTUÁRIO (A): JOSE ROBERTO PINHEIRO MAIA BEZERRA JUNIOR - JUIZ CONVOCADO Ação: Agravo de Instrumento em: 10/05/2016---AGRAVANTE:SANCLER ANTONIO WANDERLEY FERREIRA Representante (s): OAB 13875 - POLIANA DA SILVA OLIVEIRA (ADVOGADO) AGRAVADO:ROSALY DIAS SILVA Representante (s): OAB 9571 - EDILSON HOLANDA BRAGA JUNIOR (ADVOGADO) AGRAVADO:WILSON FRANCISCO DA SILVA. DECISÃO MONOCRÁTICA RELATÓRIO Trata-se de Agravo de Instrumento com pedido de Efeito Suspensivo interposto por SANCLER ANTÔNIO WANDERLEY FERREIRA, através de advogado, contra a decisão (fls. 027/028) proferida pelo MM. Juízo de Direito da 1ª Vara Cível e Empresaria de Tucuruí que, nos autos da Ação Popular proposta por Wilson Francisco da Silva e outro, com pedido de liminar, em face do agravado e outro, assim consignado: (...) Para a concessão da medida liminar faz-se necessária a presença de seus dois requisitos: o fumus bonis juris e o periculum in mora. O primeiro requisito é traduzido pela demonstração em cognição sumária das normas legais que estão aparentemente assegurando o direito da parte lesada. Já o outro requisito é traduzido pela ocorrência da demora no resultado prático de alguma medida judicial (tornando-a inócua em razão do tempo) e que haja fundado receio de dano irreparável ou de difícil reparação. No caso vertente, verifico que em cognição incipiente tais requisitos estão presentes. Com efeito, tenho que há fumaça do bom direito na espécie, pelo menos ao analisar os termos da inicial e da documentação com ela engendrada, pois que os dados constantes da inicial, no tocante à alegação de que foram aprovados e sancionados os Projetos de Lei 004/2015 e 005/2015, sem a observância legal prevista na Lei Orgânica de nosso Município. Portanto, o ato lesivo, aprovação dos projetos de lei na Câmara Municipal, restou eivado de vícios, atropelando o seu processamento, quando foi posto em tramitação com rito de urgência, sem observar as regras previstas no Regimento Interno da própria casa legislativa. Ademais, verifica-se a ausência de realização de audiência pública, forma de oportunizar a comunidade de Tucuruí de participar das discussões a respeito de interesse social. Do mesmo modo, também está presente o perigo da demora, outro requisito indispensável à sua concessão, haja vista que, em permanecendo a aprovação de tais projetos de Lei poderá ocasionar irreversíveis prejuízos ao patrimônio público, tendo em vista que permite ao Gestor Municipal dispor, a partir da aprovação desta lei, mediante processo de licitação, contratar em regime jurídico de parceria público-privada ou concessão do serviço público, os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário do Município. (...) DISPOSITIVO Por tais motivos, DEFIRO A LIMINAR, no sentido de determinar a suspensão imediata do ato lesivo, qual seja a aprovação dos Projetos de Lei 004/2015 e 005/2015, sob pena de multa diária de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) até o limite de R$ 100.000,00 (cem mil reais) na pessoa dos requeridos, a ser revertida em prol da estação de água deste Município em caso de descumprimento. (...) Aduz o recorrente, em apertada síntese: (i) Preliminar: a) Ilegitimidade passiva, na medida em que a aprovação de ambos os projetos de lei se deu pelo pleno daquela Casa Legislativa, não havendo possibilidade de se aferir prejuízos ao erário em razão de lei que sequer teve seus efeitos produzidos, a pretexto de que a mesmo serviria exclusivamente para autorizar a concessão do serviço público. Da mesma forma, os atos 'taxados' como ilegais ou eivados de má fé não é atribuível à pessoa do gestor, por se tratar de ato de governo;
      
DECISÃO DO PROCESSO DA ASERT
      
PROCESSO: 00013882420098140061 PROCESSO ANTIGO: --- MAGISTRADO (A)/RELATOR (A)/SERVENTUÁRIO (A): EZILDA PASTANA MUTRAN Ação: Remessa Necessária em: 19/05/2016---SENTENCIADO:ASSOCIACAO DOS SERVIDORES PUBLICOS MUNICIPAIS DE TUCURUI PARA ASSISTÊNCIA MÉDICA REPRESENTANTE:ISRAEL DE SOUSA LEAL Representante (s): LUIZ FERNANDO BARBOZA MEDEIROS (ADVOGADO) SENTENCIADO:MUNICIPIO TUCURUIPREFEITURA MUNICIPAL REPRESENTANTE:SANCLER ANTONIO WANDERLEY FERREIRA Representante (s): OAB 10264-B - ANTONIO GOMES GUIMARAES (PROCURADOR) SENTENCIANTE:JUÍZO DE DIREITO DA PRIMEIRA VARA CIVEL DA COMARCA DE TUCURUI. D E C I S Ã O M O N O C R Á T I C A Tratam os autos de REEXAME NECESSÁRIO (fls; 202/207) proferida pelo douto juízo da 1ª Vara Cível da Comarca de Tucuruí nos autos de ação ordinária de cobrança de título extrajudicial nº 0001388-24.2009.814.0061 ajuizado pela Associação dos Servidores Públicos Municipais de Tucuruí para Assistência Médica, Odontológica, Convênios, Social e Moradia - ASERT contra a PREFEITURA MUNICIPAL DE TUCURUÍ, com base nos fatos e fundamentos a seguir expostos. O sentenciado propôs ação ordinária de cobrança de título extrajudicial (fls. 02/20) informando em resumo, que a demanda é motivada pela falta de cumprimento por parte da requerida das responsabilidades de repassar o valor retido relativo às compras efetuadas, devidamente autorizadas pelo Servidor Municipal e informadas a ASERT, referente ao mês de novembro de 2008. Assim sendo, requereu a procedência da ação, com a condenação do réu ao pagamento do valor devido, mais juros e correção monetária, bem como os meses subsequentes que forem se vencendo no curso da demanda. Juntou documentos de fls. 14/139 dos autos. O Município de Tucuruí apresentou contestação às fls. 149/155 dos autos, alegando de início que em virtude débito ter sido realizado pela gestão passada e por precaução denúncia à lide o senhor Cláudio Furman (ex-gestor Municipal). Aduziu, ainda, a necessidade de litisconsorte necessário passivo; a falta de comprovação de ratificação do convenio pelo ex-prefeito, a ausência de comprovação do crédito. Por fim, requereu a improcedência da ação, sendo a autora condenada em todos os consectários decorrentes da sucumbência, inclusive honorários advocatícios. Em audiência, realizada no dia 21/05/2013.
       

Caos na saúde Pública em Tucuruí

        
SAÚDE FALIDA
         
A Saúde Pública em Tucuruí está um caos apesar da PMT ter recebido mais R$ 11.000.000. Onze Milhões, repassados pelo Governo Federal para Secretaria de Saúde da Prefeitura de Janeiro à maio.
       
Esse valor é da responsabilidade Governo Federal o restante de 25% é de responsabilidade do Governo do Estado e 25% é de responsabilidade do município, isso daria mais de R$ 20.000.000 milhões de janeiro a maio de 2016. Onde está este dinheiro se a Saúde Pública em Tucuruí está falida?
     
Vejam esta postagem da Suely Carvalho no FaceBook:
     
       
ISSO É UMA VERGONHA!!!
     

Em gravação telefônica o Ministro Jucá diz que impeachment foi pacto para parar a Lava Jato

     
Matéria do site 247
    
Em diálogos gravados em março, semanas antes da votação na Câmara que desencadeou o impeachment da presidente Dilma Rousseff, o ministro do Planejamento, Romero Jucá (PMDB-RR), sugeriu ao ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado que uma "mudança" no governo federal resultaria em um pacto para "estancar a sangria" representada pela Operação Lava Jato, que investiga ambos; "Se é político, como é a política? Tem que resolver essa porra. 
      
Tem que mudar o governo para estancar essa sangria", diz Jucá; ele fala em construir um pacto nacional "com o Supremo, com tudo"; Machado concorda: "aí parava tudo"; eles disseram ainda que a operação era uma ameaça tanto para PMDB como para o PSDB e que o único empecilho era o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), porque odiaria Cunha: "Michel é Eduardo Cunha"; diálogo parece confirmar a tese do escritor Miguel Sousa Tavares de que o impeachment foi uma "assembleia de bandidos, presidida por um bandido, para afastar uma mulher honesta" Leia a matéria completa...
       

domingo, 22 de maio de 2016

Falência na Saúde Pública em Tucuruí afeta Hospital Regional e prejudica os sete municípios do lago

                  
Em reunião no Hospital Regional de Tucuruí os Coordenadores da Saúde do Estado comentaram a situação de calamidade na saúde pública em Tucuruí, em grande parte causada pela Prefeitura que não presta uma saúde básica decente e eficiente e toda a responsabilidade pelo atendimento da saúde básica para o Hospital Regional de Tucuruí.
      
Até a esterilização de material hospitalar era feita no Hospital Regional, era já que sobrecarregado, até o autoclave do Regional pifou, todo o material hospitalar em Tucuruí está sendo esterilizado em Breu Branco.
     
Falta tudo no Hospital Municipal, nos postos de saúde do município e até mesmo na UPA. A população se quiser tem de recorrer aos hospitais particulares, ir para o Hospital Regional ou ir para Marabá ou Belém. O Hospital regional de Tucuruí não consegue mais arcar com toda a saúde pública de Tucuruí e região.
     
Com a falência da saúde municipal, não só a população de Tucuruí está sendo prejudicada, a população dos sete municípios do entorno do lago estão sendo prejudicadas pela incompetência e pela falta de responsabilidade da administração da Prefeitura de Tucuruí.
        
Enquanto isso dezenas de milhões foram desviados da prefeitura e milhares de pessoas estão sendo contratadas pela prefeitura sem concurso público, para atender aos compromissos do Prefeito Sancler e para a captação de votos com o intuito de eleger seu sucessor.
        

Vejam o vídeo:.
   


NA TERRA QUE TEM LEI - Prefeito de Curaçá/BA é denunciado pelo MPF por não repassar descontos de Empréstimo Consignado

video


Parece que ao contrário de Tucuruí, a cidade de Curaçá na Bahia tem Lei, o Prefeito Carlos Luiz Brandão Leite foi denunciado pelo Ministério Público Federal por apropriação indébita dos descontos do empréstimo consignado dos servidores da Prefeitura que deveriam ter sido repassados à Caixa Econômica Federal.

      

Depois de ver o vídeo que nos foi enviado, fizemos uma pesquisa sobre o Prefeito de Curaçá e descobrimos que ele foi afastado depois da denuncia do MPF por causa da apropriação de R$ 2.000.000,00 (Dois milhões) dos descontos dos servidores do empréstimo consignado que deveria ter sido repassado para a Caixa Econômica Federal. Leia a matéria sobre o afastamento do Prefeito. 

     
Muito bem, fizemos uma comparação de Tucuruí (Terra sem Lei), com Curaçá (Terra que tem Lei) cujos prefeitos cometeram o mesmo crime (sendo que o Prefeito de Tucuruí desviou o dobro que seu colega), mas tiveram tratamento muito diferente por parte do MP e da justiça. O interessante é que além do mesmo crime, os dois prefeitos são do PPS, aquele partido sério que não tem corrupto, lembram?
    
1 - Em Curaçá o desvio do empréstimo consignado foi de R$ 2.000.000,00 (mais de dois milhões) já em Tucuruí o desvio foi mais de R$ 2.000.000,00 (dois milhões) da primeira vez, valor este negociado pela PMT com a CEF, e agora REINCIDENTE o Prefeito desvia mais de R$ 5.000.000,00 (cinco milhões) total de mais de 7.000.000,00 (sete milhões) e nada acontece, segundo informações, Sancler se justificou da apropriação para a justiça, dizendo que a arrecadação caiu e ele precisou do dinheiro, ou seja, se o cidadão comum estiver precisando de dinheiro ele pode meter a mão no dinheiro alheio que para justiça não tem problema, ou isso só vale para o prefeito de Tucuruí? lembrando que o dinheiro apropriado pelo prefeito não é das Prefeituras, portanto ele não tem o direito de administrar este dinheiro e muito menos de se apropriar e desviar estes recursos.
        
Outra coisa, como a PMT não tem dinheiro para repassar cinco milhões se tem dinheiro para desviar 38 milhões, 60 milhões, e tem dinheiro para contratar milhares de funcionários sem concurso para atender a compromissos políticos e captar votos? 
           
Apropriação de dinheiro alheio está liberado em Tucuruí para pagar dívida? Já faz quase dois anos que o SINSMUT, SINTEP e outras lideranças sociais denunciaram ao MPF este crime continuado e até agora nada.
    
2 - Em Curaçá o Prefeito foi denunciado pelo MPF por causa da apropriação indevida dos descontos, em Tucuruí isso não ocorreu.
    
3 - Em Curaçá o Prefeito foi afastado, já em Tucuruí o prefeito está livre e faceiro rindo da cara de todo mundo, inclusive da justiça.
     
Parece que a diferença entre Curaçá e Tucuruí é que em Curaçá tem Lei e lá, ao contrário de Tucuruí, o prefeito se meter a mão no dinheiro alheio responde por seus crimes como qualquer outro cidadão.
     
Investigando ainda mais, notamos uma coincidência que pode trazer uma luz e pode explicar em parte a diferença do tratamento dado aos políticos corruptos no Pará e na Bahia, o Governador do Pará é do PSDB, já na Bahia o Governador é do PT. 
    

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Prefeito Sancler (PPS) está embromando o Ministério Público Estadual e os concursados que esperam nomeação

      
O Prefeito Sancler Ferreira está visivelmente tentando enrolar o Ministério Público Estadual e os concursados, já que está adiando a nomeação dos concursados nos prazos acordados com o MPE. 
                       
A prefeitura deveria ter chamado os concursados e exonerado os contratados sem concurso que estão ocupando as vagas, mas isso ainda não ocorreu, o Prefeito está adiando e tentando empurrar o MPE com a barriga até o dia 2 de julho,  para que então resguardado pela Lei Eleitoral que proíbe a exoneração e contratação no serviço público três meses antes e três meses depois das eleições, possa manter os cabos eleitorais e aliados políticos contratados sem concurso público na Prefeitura.
                 
------------------------

Das Condutas Vedadas aos Agentes Públicos em Campanhas Eleitorais

Art. 73. São proibidas aos agentes públicos, servidores ou não, as seguintes condutas tendentes a afetar a igualdade de oportunidades entre candidatos nos pleitos eleitorais:

(...)
V - nomear, contratar ou de qualquer forma admitir, demitir sem justa causa, suprimir ou readaptar vantagens ou por outros meios dificultar ou impedir o exercício funcional e, ainda, ex officio, remover, transferir ou exonerar servidor público, na circunscrição do pleito, nos três meses que o antecedem e até a posse dos eleitos, sob pena de nulidade de pleno direito, ressalvados:

a) a nomeação ou exoneração de cargos em comissão e designação ou dispensa de funções de confiança;
b) a nomeação para cargos do Poder Judiciário, do Ministério Público, dos Tribunais ou Conselhos de Contas e dos órgãos da Presidência da República;
c) a nomeação dos aprovados em concursos públicos homologados até o início daquele prazo;
 -------------------------
       
Correm boatos nos bastidores que o prefeito vai empurrar com a barriga a exoneração dos contratados e a nomeação dos concursados para agosto, sendo que em agosto a PMT, em virtude da Lei o Prefeito não pode mais exonerar servidores contratados  e ele terá a desculpa de que a folha (em virtude das milhares de contratações ilegais) estará no limite permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal.
        
Acredito que a promotoria deve estar atenta aos prazos legais e às manobras do Prefeito Sancler para manter cabos eleitorais, os parentes dos mesmos e os parentes dos aliados políticos como contratados na Prefeitura objetivando a captação irregular de votos.
         

Adiada a reunião da data-base dos servidores da Prefeitura de Tucuruí

A reunião de negociação da data-base que seria realizada hoje, foi transferida para a segunda-feira, segundo a PMT o motivo do adiamento é que várias pessoas da comissão de negociação da PMT estão viajando, inclusive a Secretária da Fazenda.
     
Enquanto isso a Assembléia Geral decidiu que os servidores da PMT deverão continuar em greve até que haja negociação, respeitando o limite mínimo de funcionários trabalhando que a Lei estipula em 30%. Pelo que eu pude perceber os servidores querem negociar, mas não tem nenhuma pressa para encerrar a greve...
     
Vejam as imagens da concentração em frente ao sindicato.
     




terça-feira, 17 de maio de 2016

Manifestações SINSMUT - Por quê o reajuste salarial dos funcionários da prefeitura interessa a toda população de Tucuruí?

O SINSMUT fez a sua primeira paralisação parcial em protesto já que a Administração Municipal se recusa a negociar a data-base, os funcionários da prefeitura se reuniram na porta do sindicato e depois foram para a porta da Prefeitura. Depois de algum tempo de manifestações a comissão recebeu um ofício da PMT para uma reunião no dia 19 de maio (quinta-feira). 
      
Durante o mandato do atual Prefeito Sancler Ferreira, que sem dúvida alguma é o pior prefeito que já passou por esta prefeitura para os servidores municipais, teve inúmeras perdas salariais que não foram ainda maiores devido à luta da atual diretoria do SINSMUT, e mesmo assim o salário tem apenas sido reajustado com uma pequena margem de aumento, isso com muita luta e sacrifício, quem se dá bem mesmo são alguns funcionários fantasmas que recebem sem trabalhar e outros funcionários de confiança que retiram milhões dos cofres da prefeitura, como no escândalo dos trinta e oito milhões.
      
Enquanto isso os servidores municipais perdem seu poder de compra prejudicando suas famílias e toda a população de Tucuruí, a PMT é a maior empregadora do município e o salário dos servidores mantém o comercio e os prestadores de serviços (oficinas, restaurantes, hospitais, dentistas, etc.) garantindo o emprego das pessoas que trabalham nestas áreas. Só os convênios da ASERT, que é mantida pelos servidores municipais injeta milhões na economia de Tucuruí (isso quando o prefeito não se apropria dos descontos), como podem ver tudo está interligado, o que afeta os funcionários da prefeitura afeta direta e indiretamente toda a população.
       
Com o salário arrochado os funcionários compram menos e devem mais, com isso é menos dinheiro circulando na cidade e consequentemente mais desemprego, com prejuízo para toda a economia de Tucuruí, portanto esta luta dos funcionários da prefeitura interessa a toda à população e não somente a uma categoria profissional.
      
Amanhã a paralisação continua e se não houver negociação e a PMT insistir em ignorar os servidores e o sindicato, o SINSMUT junto com a categoria vão pedir o apoio de outros sindicatos e outras organizações sociais para fazer mega manifestações e passeatas em Tucuruí.
     
Não precisava nada disso, era só negociar e entrar em entendimento, mas infelizmente o descaso, a arrogância e a vaidade do poder falam mais alto do que o interesse público no Gabinete do Prefeito Sancler Ferreira.
        
Vajam as imagens:
     
Saída dos servidores do Sindicato para a PMT

Servidores na Av. 31 de Março



Chegada em frente ao prédio da Prefeitura

Servidores em frente ao prédio da Prefeitura

Em Cannes artistas brasileiros denunciam Golpe de Estado no Brasil

NO TAPETE VERMELHO DE CANNES, ARTISTAS DENUNCIAM GOLPE NO BRASIL



Matéria do site Brasil 257
 
Sessão de gala de Aquarius, filme brasileiro que concorre à Palma de Ouro no Festival de Cannes este ano, foi marcada nesta terça-feira por protestos contra o golpe no Brasil e contra o governo "ilegítimo" do presidente interino Michel Temer; na passagem pelo tapete vermelho, o elenco do filme - que inclui atrizes renomeadas como Maeve Jinkings, Sonia Braga e a produtora Emilie Lesclaux -, além de convidados e produtores exibiram cartazes em inglês com as frases "We will resist" (nós resistiremos) e "The people can't accept an illegitimate government" (o povo não pode aceitar um governo ilegítimo). Vejam a matéria completa e o vídeo.

Ficha suja!!!


segunda-feira, 16 de maio de 2016

Pesquisa Doxa eleição 2016: Pré-candidato a prefeito, Jones William está na frente com 45% dos votos

Ex-vereador Jones William
Se a eleição fosse hoje, Jones William ganharia a eleição para Prefeito de Tucuruí com mais de 45% das intenções de voto. É o que revela a segunda pesquisa Eleitoral da DOXA registrada no T.R.E sob o nº PA-03359/2016 para a Prefeitura de Tucuruí.
                              
pesquisa foi realizada entre os dias 05 a 07/05/2016 com uma amostra de 500 entrevistas.
                                                 
Na pesquisa o Jones está em primeiro com 45% (estimulada) Jairo em segundo com 14,8% e Barata com 9,2%. 
                                                                        
A maior rejeição é do Jairo com 21.4, seguido do Mauro com 14,6, Barata com 13,8. A rejeição do Jones é a menor de todos os outros candidatos com 9.1.
                                       
A avaliação negativa do Governo do Prefeito Sancler (PPS) é de 70.0 % (ruim/péssimo), a aprovação é de 3.9 % (excelente/bom) e 24.6 % regular.
                       
Dos atuais vereadores em uma lista dos 48 primeiros mais avaliados pelos eleitores estão na lista Bena Navegantes e Deley, ambos empatados com 1.4 %, todos os outros vereadores estão com menos de 1% das intenções de voto, vejam a lista abaixo.
                                       
Vejam o resultado:
                                    
Ficha Técnica
                           
     
Comentário
 
   
Avaliação do Governo Sancler
 
   
Potencial e rejeição dos candidatos
 
     
Intenção de votos dos vereadores
   
     
Intenção de voto para Prefeito (espontânea).
   
     
Intenção de voto para Prefeito (estimulada)
   
   
Rejeição de voto dos candidatos a prefeito
   
      

Prefeitura descumpre as Leis de trânsito, coloca em risco a vida dos funcionários e ignora o MPE

O Prefeito Sancler Ferreira (PPS), ignora as Leis de trânsito (quando é do seu interesse e interesse de amigos e parentes) colocando em risco a vida dos funcionários da prefeitura ao transportá-los na carroceria de caminhões, nem animais como bois e cavalos são transportados em carroceria de caminhões sem a proteção adequada, nem mesmo o lixo pode ser transportado em carrocerias ou caçambas sem a devida proteção, ou seja, o prefeito tem menos consideração aos funcionários da prefeitura do que teria com animais e o lixo da cidade.
     
Sancler não tem ainda nenhum respeito pela legislação de trânsito e muito menos pelo Ministério Público Estadual, que emitiu uma Recomendação proibindo este tipo de transporte de funcionários.
     
Agora a pergunta que não quer calar: onde está o DETRAN e a CTTUC? Se fosse um cidadão comum (que não estivesse prestando serviço para a prefeitura e não fosse aliado político do Sancler), que estivesse cometendo esta infração de transito e colocando em risco a vida dos passageiros, como agiriam os agentes de trânsito do DETRAN e da CTTUC?
      
O problema em Tucuruí é que são dois pesos e duas medidas, a Lei não é igual para todos, pois o Prefeito e seus protegidos deitam e rolam na prática de todo tipo de ilegalidades com total impunidade.
       
ISSO É UMA VERGONHA!!!
      
Vejam que absurdo, os proprietários dos caminhões alugados para a Prefeitura por um preço absurdo, normalmente são correligionários ou parentes de correligionários políticos do prefeito, transportam os servidores da Prefeitura de forma irregular e ainda fazem frete particular, por isso se recusam a colocar a proteção na carroceria dos caminhões, pois contam com a conivência e cumplicidade do Prefeito e dos Secretários:
     
Este caminhão presta serviço para a Secretaria de Agricultura (Sec. Raimundo Germano).
           
Este caminhão presta serviço para a Secretaria de Urbanismo (Sec. Anísio) e faz frete particular

Pegadinha de Ministro...!!!

Imagem do Blog Conversa Afiada

Entrevista do Temer no Fantástico, panelaço e gritos de GOLPISTA nas ruas

Durante a entrevista do usurpador e golpista Michel Temer no Fantástico o povo nas ruas fazia um panelaço e gritava golpista, o Fantástico começou com 19 pontos no IBOPE e terminou com 15 pontos, Temer derrubou o programa.
       
Nem a Globo conseguiu esconder os protestos, vejam...
     

     

domingo, 15 de maio de 2016

SINSMUT convoca os servidores municipais para a mobilização da Data-base


Temer é acusado pela imprensa internacional de ter sido informante da CIA

Matéria do Blog Conversa Afiada do Jornalista Paulo Henrique Amorim.
     
 
Russia Today:
O presidente em exercício do Brasil costumava ser informante para a inteligência dos EUA

   
AFP:
Wikileaks revela reunião de Temer com funcionários dos EUA

   
Yahoo:
Temer do Brasil fez relatórios para diplomatas americanos no passado

 
La Jornada (México):
Temer foi informante dos EUA

   
Pravda (Rússia):
Temer foi informante do governo dos EUA, revela Wikileaks

 
Süddeutsche Zeitung (Alemanha):
Wikileaks acusa o chefe de estado brasileiro Michel Temer

   
Diário de Notícias (Portugal):
Wikileaks acusa Michel Temer de ser informante dos EUA

   
Huffington Post / Le Monde (França):
Segundo Wikileaks, Michel Temer passou informações à inteligência americana

   
Sputnik News (Rússia):
Notícia da colaboração de Temer com segurança nacional dos EUA repercute no Brasil

   
Nota do Folha: Temer não passa de um Usurpador, Ficha Suja, Golpista, É investigado por corrupção na Lava Jato, é também um traidor e dedo duro a serviço dos Estados Unidos.
     
É esse que cidadão que está governando o Brasil? 
        
Informante de país estrangeiro pode comandar as forças armadas do Brasil?
     

Joaquim Barbosa critica o processo de impeachment

Barbosa diz que de agora em diante fica fácil tirar um presidente da república caso ele contrarie os interesses de uma meia dúzia de parlamentares poderosos. Para Barbosa a solução é convocar novas eleições.
      
O problema é que o PSDB e o PMDB não tem voto suficiente para eleger um presidente legítimo, então a solução é o golpe e a eleição indireta por um congresso de maioria corrupta. 
        
O Próprio Michel Temer é um ficha suja com seus direitos políticos cassados por oito anos pelo TRE de São Paulo, além de várias acusações de corrupção, inclusive na lava jato, Temer ainda está sendo acusado pela imprensa internacional de ter sido informante da CIA. 
     
Temer na verdade é um Usurpador, Golpista, Ficha Suja e Traidor.
        
Vejam o que disse o Joaquim Barbosa:
       

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Folha também é cultura e anuncia ''A Usurpadora'' a nova novela da Globo


Fernando Henrique Cardoso, a quintessência do cinismo

Fernando Henrique Cardoso ex-presidente, Capo di tutti i capi
       
Fernando Henrique Cardoso o líder e mentor do PSDB foi presidente do Brasil e protagonizou os maiores escândalos de corrupção no Brasil, vamos relembrar alguns escândalos de corrupção no governo do PSDB em uma lista no final desta matéria.
     
Fernando Henrique demonstra que além de uma apurada de sofisticada hipocrisia é de um cinismo que faria corar uma atriz pornô. Resumindo: Fernando Henrique é a cara e o maior ícone do PSDB.
     
Resistente inicialmente à ideia de aderir a um governo Temer, o ex-presidente FHC em entrevista ao O GLOBO, hoje chancela apoio ao peemedebista, mas avisa que se der errado, o PSDB cai fora: “Um novo líder ainda está por vir. As pessoas sabem disso, e ninguém vai cobrar do Temer o que ele não pode dar. O que ele pode dar é organizar o Congresso, melhorar a situação, trazer um pouco de confiança ao país. Faça isso que nós deixamos ele lá. Mas tem que ficar claro que esse governo é do PMDB, não é nosso (PSDB)”; FHC voltou a dizer que Dilma Rousseff é honesta e está pagando por “políticas erradas”; “é desagradável ter impeachment da primeira mulher que foi eleita”; e ainda defendeu a nomeação de Romero Jucá no Planejamento, mesmo investigado pela Lava Jato.
     
Este sujeito é o pai do cinismo, quer dizer que se o governo temer der certo o PSDB O DEIXA LÁ, ou seja, Temer é refém do PSDB que o pode "tirar de lá" quando bem entender. O cínico não para por aí, ele diz que o governo é do PMDB e não do PSDB, se o governo der certo (o que eu duvido e ao que parece FHC pensa como eu) é mérito do PSDB que colocou Temer na presidência e se não der certo (o mais provável) o PSDB tira o corpo fora e diz que o governo não é seu.
      
Por fim FHC diz que a Dilma é honesta, mas defende o impeachment, e ao mesmo tempo defende a indicação de Romero Jucá para o Ministério do Planejamento de Temer, sendo que Jucá é investigado na Lava Jato ao lado de mais seis fichas sujas do Ministério Temer. Agora me digam se o Fernando Henrique não merece o Prêmio Nobel de cinismo e hipocrisia?
      
Aécio Neves segue o mesmo caminho do seu mentor FHC e no último programa partidário do PSDB deu um exemplo do seu não menos hipócrita cinismo, depois de quase dois anos plantando ódio e divisão no Brasil com o auxílio da Rede Globo e um dia após o do golpe, o louco fala em paz, amor e união...
    
Como Aécio planta e cultiva o ódio e depois, quando seu ódio frutifica ele pretende colher paz e amor? Como Aécio pretende colher paz e amor em uma plantação de ódio?
                                                                        
Agora vejam os escândalos patrocinados pelo Fernando Enrique nos oito anos em que o PSDB governou o Brasil:
      

1 - Sivam: Logo no início da gestão de FHC, denúncias de corrupção e tráfico de influências no contrato de US$ 1,4 bilhão para a criação do Sistema de Vigilância da Amazônia (Sivam) derrubaram um ministro e dois assessores presidenciais.
      
2 - Pasta Rosa: Pouco depois, em agosto de 1995, eclodiu a crise dos bancos Econômico (BA), Mercantil (PE) e Comercial (SP). Através do Programa de Estímulo à Reestruturação do Sistema Financeiro (Proer), FHC beneficiou com R$ 9,6 bilhões o Banco Econômic
     
3 - Precatórios: Em novembro de 1996 veio à tona a falcatrua no pagamento de títulos no Departamento de Estradas de Rodagem (Dner). Os beneficiados pela fraude pagavam 25% do valor destes precatórios para a quadrilha que comandava o esquema, resultando num prejuízo à União de quase R$ 3 bilhões.
    
4 - Compra de votos: Em 1997, gravações telefônicas colocaram sob forte suspeita a aprovação da emenda constitucional que permitiria a reeleição de FHC. Os deputados Ronivon Santiago e João Maia, ambos do PFL do Acre, teriam recebido R$ 200 mil para votar a favor do projeto do governo.
      
5 - Desvalorização do real: Num nítido estelionato eleitoral, o governo promoveu a desvalorização do real no início de 1999. Para piorar,socorreu com R$ 1,6 bilhão os bancos Marka e FonteCidam – ambos com vínculos com tucanos de alta plumagem.
     
6 - Privataria: Durante a privatização do sistema Telebrás, grampos no BNDES flagraram conversas entre Luis Carlos Mendonça de Barros(*), ministro das Comunicações, e André Lara Resende, dirigente do banco. Eles articulavam o apoio a Previ, caixa de previdência do Banco do Brasil, para beneficiar o consórcio do banco Opportunity, que tinha como um dos donos o tucano Pérsio Árida. A negociata teve valor estimado de R$ 24 bilhões.
     
7 - CPI da Corrupção: Em 2001, chafurdando na lama, o governo ainda bloqueou a abertura de uma CPI para apurar todas as denúncias contra a sua triste gestão. Foram arrolados 28 casos de corrupção na esfera federal, que depois se concentraram nas falcatruas da Sudam, da privatização do sistema Telebrás e no envolvimento do ex-ministro Eduardo Jorge.
    
8 - Eduardo Jorge: Secretário-geral do presidente, Eduardo Jorge foi alvo de várias denúncias no reinado tucano: esquema de liberação de verbas no valor de R$ 169 milhões para o TRT-SP; montagem do caixa-dois para a reeleição de FHC; lobby para favorecer empresas de informática com contratos no valor de R$ 21,1 milhões só para a Montreal; e uso de recursos dos fundos de pensão no processo das privatizações.
     
E isso tudo foi somente o que veio à tona, imaginem o que está embaixo do tapete?