Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

Últimas matérias do Folha

segunda-feira, 27 de março de 2017

Tucuruí - Prefeitura finalmente obedece à Lei da Transparência - Consignados

                    
A Prefeitura de Tucuruí finalmente está cumprindo a Lei da Transparência e disponibiliza diversas informações em seu portal na Internet. O Folha lutou muito para que isso acontecesse e finalmente aconteceu, agora a população pode acompanhar em tempo real as receitas e despesas da Prefeitura de Tucuruí, inclusive hoje tem conhecimento de todas as licitações.
            
Folha de Pagamento
      
No caso da Folha de Pagamento dos servidores as informações sobre lotação, cargos e salários estão disponibilizados na rede.
      
Para acessar o nome e salário de todos os servidores municipais do mês de fevereiro é só seguir estes procedimentos:
      
1 - Clique no link http://www.pmt.pa.gov.br/
      
2 - Vai aparecer as últimas publicações com as licitações, feche esta janela.
     
3 - No menu tecle em: Transparência, vai aparecer um sub-menu, tecle em Gastos com Pessoal
     
4 - No menu que abrir escolha a opção: Gastos com servidores
       
5 - No novo menu tecle em: Renumeração
     
6 - Vai aparecer uma página com o ano (2017) e o mês atual, no caso escolha o mês de fevereiro (Março ainda não tem Folha de pagamento).
          
7 - Tecle em pesquisar e espere o arquivo carregar (pode demorar um pouquinho para abrir, tenha paciência... Pronto você já tem à disposição o nome e salário de todos os servidores da PMT. Os nomes estão em ordem alfabética.
        
Empréstimo Consignado
      
O SINSMUT está em negociação com a Prefeitura para que os servidores possam fazer o empréstimo Consignado em outro banco, já que a Caixa Econômica está se recusando a fazer o empréstimo, sendo assim, o SINSMUT vai entrar em contato com o Banco do Brasil, Banco do Estado e mais um banco ainda não definido, para que os bancos façam uma proposta de Empréstimo Consignado aos Servidores Municipais, de posse das propostas o SINSMUT vai escolher o banco que cobra a menor taxa e indicar ao Prefeito. 
      
Com esta providência em breve a questão dos Empréstimos Consignados dos Servidores Municipais estará resolvido. Com isso ganha a população de Tucuruí, ganham os comerciantes da cidade que terão mais dinheiro circulando em Tucuruí e ganha o Servidor Municipal.
         

Incoerência, oportunismo, ou jogo político Temerário?

Luz amarela acesa, vereadores de oposição
beneficiando o vice-prefeito???
Coisas que intrigam e acendem a luz amarela (sem trocadilho) na política tucuruiense atual:

               
Água tratada
      
Primeiramente os vereadores da oposição ao Prefeito insinuam que o mesmo deva quebrar a sua promessa de campanha, e cobrar a água tratada que ele prometeu que continuaria não sendo cobrada nas residências dos tucuruienses, mesmo sabendo que a Eletronorte, como compensação pelos transtornos e prejuízos causados ao município pela construção da Hidroelétrica, vai fornecer a água de graça, ou seja, os próprios vereadores em vez de cobrar do prefeito o cumprimento dos compromissos de campanha, incitam o prefeito a quebrar a palavra que deu à população que o elegeu por acreditar nestas promessas.
                       
Ou seja, de fato está o legislando se colocando CONTRA a população de Tucuruí, ao incitar o prefeito a faltar com a palavra e fazer uma cobrança que ele prometeu não fazer, assim onerando a população ainda mais em um momento de crise.
           
Incoerência
        
Mas ao mesmo tempo, os mesmos vereadores de oposição entraram com um Projeto de Lei para que o vice-prefeito assuma a PMT antes de 15 dias quando o Prefeito Jones se ausentar de Tucuruí, revogando a Lei atual, alegam os vereadores oposicionistas que o motivo de terem entrado com este projeto seria uma promessa de campanha do Prefeito... 
                  
Quer dizer que o Prefeito só deve cumprir as promessas de campanha, caso as mesmas sejam convenientes e de interesse dos vereadores mesmo que seja contra os interesses do povo??? Lembrando que o atual Presidente vereador Bena Navegantes na legislatura anterior, votou duas vezes para que o vice-prefeito não assumisse antes de 15 dias de ausência do prefeito, isso é claro quando o Prefeito era o Sancler.
            
Parece que o Presidente de repente mudou de ideia, no Governo Sancler o Vice-prefeito não podia assumir, mas agora quando o vice-prefeito é do Jones pode??? O que mudou? Qual o relacionamento que o Vice-prefeito tem com os vereadores de oposição para que os mesmos tenham esta preocupação e esta urgência para que ele assuma? Que vantagens os vereadores esperam quando o vice assumir, o que teria sido prometido à oposição, já que eles não fazem nada sem interesse? 
               
Se o Prefeito Jones fez a promessa em campanha pela alteração da Lei permitindo que o vice-prefeito assuma imediatamente quando da ausência do Prefeito, é o prefeito quem deve enviar este projeto para a Câmara Municipal e não os vereadores, ainda mais vereadores de oposição. Qual o interesse que está por trás de tudo isso? Porque os vereadores da situação não tiveram conhecimento deste projeto antes do mesmo ter sido apresentado (de surpresa) em sessão na CMT?
           
Jogo Temerário
          
A traição do temer (com letra minúscula mesmo) é um alerta para todos os Prefeitos e Governadores, a tentação de chegar ao poder pela via mais fácil e rápida, trocando os votos por conchavos com o legislativo, em vez buscar conquistar o poder pelo voto direto em eleições livres e democráticas é muito grande, não digo que isto está acontecendo em Tucuruí, mas é no mínimo estranho a preocupação dos vereadores de oposição com o vice-prefeito e a pressa dos nobres Edis em mudar a Lei em seu benefício.
             
Mais estranho ainda é a moral seletiva dos vereadores de oposição, que incitam o prefeito a quebrar uma promessa eleitoral para prejudicar o povo, e ao mesmo tempo cobram do Prefeito o cumprimento imediato de outra promessa eleitoral que beneficia o vice-prefeito... Estranho isso.
              
Estranho ainda é a coincidência da mudança radical de opinião e posição do Presidente da Câmara Municipal, que na legislação passada quando o Prefeito era o Sancler Ferreira votou para que o vice não assumisse na ausência do prefeito, e agora nesta legislatura quando o Prefeito é o Jones Willian ele pensa exatamente o contrário... E se o Jairo tivesse ganhado a eleição, qual seria hoje a posição do Presidente? O que terá ocorrido com o vereador para uma mudança tão radical em tão pouco tempo???
         

domingo, 26 de março de 2017

Aleluia, o povo acordou e a coxinhada minguou!!

Fracasso total da manifestação coxinha em favor do golpe e do Juiz Imparcial de Curitiba, caiu a ficha do povo que não quer mais ser feito de idiota, servir de escada, inflar egos e não quer apoiar governo golpista.
              
Pode-se enganar alguns por algum tempo, mas não se pode enganar a todos o tempo todo, ainda mais que a realidade teima em se mostrar e o tempo é o maior inimigo da mentira.
          
Vejam o tamanho do fracasso coxinha.
             

               
O fracasso do protesto dos coxinhas já era esperado, no dia 18 deste mês uma manifestação em apoio ao Juiz Sérgio Moro reuniu uma multidão de 15 pessoas em Curitiba.
           
Protestinho de apoio ao Juiz Sérgio Moro no dia 18, reúne uma multidão de 15 pessoas em Curitiba.
       

quinta-feira, 23 de março de 2017

Servidores da PMT são obrigados a fazer horas-extras mas a Prefeitura não paga

Em algumas Secretarias (Segundo informações de vários servidores), muitos funcionários da prefeitura estão trabalhando diariamente várias horas após o final do expediente normal, e alguns até mesmo em fins de semana e feriados, e não recebem as horas extras a que tem direito. No caso as horas-extras ficam no tal do "Banco de Horas" da Prefeitura...
              
Acontece que o Banco de Horas da Prefeitura é ilegal, já que por Lei o Banco de Horas deve ser autorizado por Convenção Coletiva com a participação do Sindicato e não somente por vontade do empregador e nem mesmo por decisão individual do servidor, pois o mesmo pode ser intimidado  e induzido a aceitar fazer as horas-extras.
          
Mas mesmo que o Banco de Horas seja autorizado em Convenção Coletiva, existem Regras Previstas em Lei que devem ser obedecidas, são elas:
            
1 - O servidor somente fará no máximo duas horas-extras por dia, caso faça mais de duas horas-extras em um dia em situações excepcionais, somente duas horas poderão ficar no Banco de Horas, o excedente de horas-extras feitas no dia devem ser pagas em dinheiro no pagamento do mês.
             
2 - A hora-extra somente poderá ficar acumulada um ano no Banco de Horas, findo este prazo se o servidor não tirar a folga correspondente, o empregador deverá pagar as horas-extras em dinheiro.
          
Tem casos em que o servidor que trabalha várias horas-extras além do permitido em Lei. A CLT estabelece que o máximo de horas-extras que um funcionário pode fazer por dia é de 2 horas. Assim é preciso atentar-se ao fato de que exceto em casos excepcionais, não se pode ultrapassar o limite de duas horas-extras diárias.
                        
O limite de 2 horas diárias é utilizado para evitar que um funcionário que trabalhe 6 horas por dia, por exemplo, possa fazer 4 horas-extras diárias.
                   
Em casos que ocorra um serviço inadiável ou que haja a possibilidade de prejuízo para o empregador (calamidade pública, por exemplo), entretanto, é possível que se ultrapasse a jornada de 2 horas-extras diárias, mas estas horas não podem ficar no Banco de Horas e devem ser pagas em dinheiro.
              
O que é uma Convenção  Coletiva? 
           
Convenção coletiva de trabalho, ou CCT, é um ato jurídico pactuado entre sindicatos de empregadores e de empregados para o estabelecimento de regras nas relações de trabalho em todo o âmbito das respectivas categorias (econômica e profissional).
               
Vejam estes links sobre Banco de Horas:
             
Revista Exame:
      
Tribunal Superior do trabalho: 
          
Com a palavra SINSMUT e SINTEP.
        

quarta-feira, 22 de março de 2017

Miranda e Raimundo Concursado comentam sobre o IPASET no Tucuruí Agora

O Presidente e Vice-presidente do SINSMUT, Miranda e Raimundo Concursado comentaram hoje no Tucuruí agora sobre o IPASET, vejam os vídeos:
           
Fala do Miranda.
      
video
     
Fala do Raimundo Concursado
   
video
   

IPASET, seu nome é escândalo...

Prédio do IPASET em Tucuruí
O IPASET deve ser o Instituto de Previdência Municipal recordista em escândalos entre as prefeituras do Brasil, é escândalo em cima de escândalo desde a sua criação, e quanto parecia que o IPASET deixaria de ser uma fábrica de escândalos, mas eis que de repente aparece mais um escândalo.
              
Servidores Municipais revoltados com os vereadores pela aprovação da Lei que criou
o IPASET (Previdência Municipal)
O IPASET nasceu em meio a escândalos, a começar pela votação da Lei da sua criação, votada em tempo recorde e às escondidas sob protestos dos sindicatos e dos servidores municipais. Neste meio tempo até hoje tivemos várias denuncias de graves irregularidades, contratos com empresas de fraudadores presos pela Polícia Federal, aposentadorias nababescas e até prisões de diretores do órgão.
       
As nomeações dos diretores do IPASET na gestão do Ex-prefeito Sancler Ferreira e a atual direção do órgão, já na atual gestão do Prefeito Jones Willian, foram duramente criticadas pela sociedade devido a problemas dos diretores em outros órgãos públicos no passado (o que no momento não vem ao caso), nestes casos as críticas foram solenemente ignoradas pelos dois gestores e o resultado todos conhecem.
             
No caso do escândalo mais recente, após as denuncias nas redes sociais o Prefeito Jones Willian foi rápido ao anular as licitações do IPASET e vir a público prestar explicações à sociedade, o que é bastante louvável mesmo sendo sua obrigação. O fato do prefeito ter anulado as licitações do IPASET, demonstra que alguma coisa estava errada, não fosse isso o prefeito não teria se dado ao trabalho de anular uma licitação caso a mesma fosse necessária e dentro dos padrões que se espera de uma licitação. Isso é lógico.
             
O Prefeito, Governador e Presidente da República não sabem de tudo o que acontece em suas administrações, analisar cada procedimento administrativo pessoalmente é quase impossível para os gestores, então em todas as administrações ocorrem erros e irregularidades, a questão é se a irregularidade é de conhecimento ou iniciativa do gestor ou em não sendo, quais são as providências tomadas pelo gestor ao tomar conhecimento dos fatos, ele abafa ou manda apurar os fatos e se for o caso pune os responsáveis?
       
Esta é a diferença entre um mal gestor de um gestor sério, o gestor corrupto abafa e o gestor honesto e sério apura e pune. O fato é que este novo escândalo do IPASET é muito sério e não está suficientemente esclarecido, até porque o Diretor do órgão viajou para fazer um curso, a meu ver em uma hora imprópria diante dos acontecimentos, fosse eu um crítico da atual gestão, diria que a viagem neste momento é muito conveniente, mas não vou dizer... Então temos que esperar para saber mais sobre este caso. 
       
No entanto, curiosamente o fato do Diretor do IPASET ter falado em auditorias no órgão durante suas explicações no rádio e TV locais sobre as anulações das licitações, pode parecer uma tentativa de intimidação indireta aos vereadores de oposição que tem ligações com o ex-prefeito Sancler, não estou dizendo que foi, estou dizendo que PODERIA PARECER uma tentativa de intimidação.
          
No caso da Câmara Municipal de Tucuruí as licitações e contratos foram anulados e servidores exonerados a pedido do Ministério Público Estadual, o que coloca os vereadores em uma situação difícil, já que fica complicado pedir explicações do Prefeito e prestar esclarecimentos à população, sendo que não fizeram o mesmo com relação à anulação das licitações e contratos da própria CMT.
          
Por estas e outras eu sempre achei que o Sindicato deveria indicar um membro da Diretoria para fazer parte da Direção do IPASET com acesso a todas as movimentações financeiras do órgão, aumentando assim a fiscalização na Previdência Municipal. De qualquer forma, estes fatos servem como um aviso para que o SINSMUT e SINTEP renovem e tripliquem a fiscalização sobre a Previdência Municipal (IPASET).
      
Fiscalização popular
       
Os processos licitatórios no município de Tucuruí nunca foram transparentes, creio que justamente para dificultar a fiscalização do povo. Segundo a Constituição Federal e a Lei de Licitações, o poder público deve dar total transparência às licitações, mas isso não acorre em Tucuruí no legislativo e executivo municipal, já que nos sites a população não tem acesso ao teor da licitação, no máximo à Cópia do Edital.
        
Diário Oficial
          
A PMT e CMT acham que publicar Edital de Licitação no Diário Oficial e nos seus sites (às vezes nem isso) é dar total transparência, mas não é o cidadão comum dificilmente acessa portais da Internet e muito menos lê o Diário Oficial. A CMT, Prefeitura e autarquias deveriam divulgar os editais de licitação nas rádios locais, como era feito antigamente (muito antigamente), para que a população tenha amplo conhecimento e assim poder fiscalizar a utilização do dinheiro público. E nos Portais divulgar a lista de produtos, equipamentos e dos serviços licitados. ISSO sereia transparência de fato.
                
Mas fica a pergunta no ar: O que o Prefeito Jones vai fazer quanto ao caso do IPASET, que teve grande repercussão na cidade? O fato é que a partir de agora, se ficar como está e se houver um novo escândalo no IPASET, o prefeito não poderá mais alegar que não sabia de nada.
              
Continuamos a acreditar nesta administração e continuamos a dar um voto de confiança ao Prefeito Jones, a diferença é que passamos do estado de tranquilidade para um estado de preocupação. Mas ainda acreditamos que vai dar tudo certo, até porque se está havendo escândalos é porque está havendo fiscalização e o Prefeito não comprou o silencio do Legislativo e da imprensa, o que é um ótimo sinal e o que mantém a nossa esperança em uma boa administração para Tucuruí.
                       

terça-feira, 21 de março de 2017

Direção da Caixa Econômica Federal pensa que todo cidadão que precisa dos serviços da CEF é vagabundo

                      

A Agência da Caixa Econômica Federal em Tucuruí desrespeita os cidadãos que tem a infelicidade de precisar dos seus serviços, para a Gerência da CEF, parece que a população está pedindo favores quando precisa de um atendimento da Caixa Econômica Federal.
                  
O Editor do Folha de Tucuruí esteve hoje às 14 horas (uma hora antes do término do expediente) precisando de atendimento para desbloqueio de cartão, desbloqueio da senha do Internet Banking e reativar a conta que estava inativa e voltar a receber seu salário na CEF, já que o editor, como Servidor da Prefeitura tem a conta salário na CEF, mas estava recebendo (de acordo com o Lei da portabilidade) seu salário no Banco Itaú que está fechando sua agencia em Tucuruí.
            
A recepcionista que distribui a senha de atendimento na Caixa Econômica Federal disse que o atendimento estava encerrado, e que a agência somente atende 50 pessoas por dia para tratar de serviços bancários??? Eu pensava que a Caixa Econômica Federal e demais instituições bancárias, encerravam o atendimento ao público no término do horário bancário e não a critérios questionáveis e pessoais do Gerente da Agência ou da sua direção.
               
Depois eu soube que a Agência da Caixa Econômica Federal que funciona dentro do prédio da Prefeitura só atente 19 pessoas por dia??? Estão de gozação, só pode ser...
            
O que é que está acontecendo com este país, com o Governo Federal e com os bancos públicos?
               
Ora, se o banco tem um horário de atendimento ele deve atender o cidadão e o cliente dentro deste horário e sem limitação. Com o movimento da Caixa em Tucuruí, quer dizer que se eu tiver que faltar ao trabalho, for de madrugada para a porta da CEF, enfrentar uma fila enorme e na hora do atendimento tiver 50 pessoas na minha frente na Agência da CEF e 19 pessoas na Agência do Prédio da PMT eu não vou ser atendido? Estão pensando que é fácil e certo faltar ao trabalho para ser atendido em uma agência bancária que encerra o atendimento antes do horário bancário, estão pensando que todo trabalhador é vadio?
             
Quer dizer que eu tenho que faltar ao serviço porque os funcionários da CEF se recusam a trabalhar dentro do horário de atendimento bancário? Será que esse pessoal não quer trabalhar e acha que todo mundo é vadio e vagabundo, não tem compromisso e não trabalha? Se não dão conta do serviço e se não querem trabalhar, porque não fecham esta porcaria de agência de uma vez? E a agência da CEF que atende dentro do prédio da PMT e só atende 19 pessoas por dia serve para quê, cabide de emprego e área de coçamento de saco?
               
O péssimo atendimento da Caixa Econômica Federal a meu ver é motivo suficiente para a PMT mudar a conta salário da Caixa Econômica para um banco de verdade, sério, eficiente e que respeite a população e os seus clientes. 
                
Prefeito Jones, por favor, diante da ineficiência e da falta de respeito para com o cidadão e os servidores municipais por parte da Caixa Econômica em Tucuruí, verifique a possibilidade de mudar a conta salário da Prefeitura para outro banco que tenha uma direção eficiente, séria, responsável e eficiente, e aconselhe a direção da CEF a mudar de profissão e gerenciar curral ou estábulo, já que o atendimento que "prestam" é para animais e não para cidadãos. Centenas de servidores municipais já processaram a Caixa Econômica Federal em Tucuruí pelos abusos cometidos e a CEF já teve um enorme prejuízo pagando indenizações, mas eles não tomam vergonha na cara e persistem nos abusos contra os servidores municipais.
               
Quero ver agora se tem vereador em Tucuruí, para fiscalizar e denunciar o péssimo atendimento que a Caixa Econômica Federal presta ao cidadão de Tucuruí.
               
O SINSMUT também pedirá explicações ao Gerente da CEF, comunicará estes fatos lamentáveis à Ouvidoria da Caixa Econômica e vai formalizar denúncia ao MPE, MPF e o Banco Central.
               
ISSO É UMA VERGONHA E UM DESRESPEITO PARA COM O CIDADÃO DE TUCURUÍ.
                     
E AGORA QUEM VAI DEFENDER A POPULAÇÃO DE TUCURUÍ?
     
Atualização 24/03/2017:
       
Hoje o Gerente da Caixa Econômica entrou em contato comigo, reconheceu a falha do banco, pediu desculpas e resolveu o meu problema.

Segundo ele, a CEF ficou sobrecarregada com o saque do FGTS, com os assaltos nas agências Tucuruí e Repartimento, com a abertura de contas dos contratados e comissionados da Prefeitura e com os servidores da PMT que recebiam pelo ITAÚ e voltaram a receber pela Caixa, tudo ao mesmo tempo. De qualquer forma o serviço foi regularizado e não tem mais limite de atendimento em horário bancário na CEF.
                               

domingo, 19 de março de 2017

Justiça???


Não haverá democracia enquanto "famílias mafiosas continuarem mandando e desmandando nos meios de comunicação

             
Associação da mídia com a Justiça resulta em estado de exceção’, diz ex-presidente da OAB
       
Em debate no Barão de Itararé, Wadih Damous destacou que não haverá democracia enquanto "famílias mafiosas continuarem mandando e desmandando nos meios de comunicação". Leia a matéria completa.
         

Vereadores e radialistas descem a lenha no prefeito? Ótimo, se preocupem quando eles se calarem...

         
Estamos a apenas setenta e nove dias da atual administração, nós do Folha estamos dando um voto de confiança ao Prefeito Jones William e até agora os indícios são favoráveis ao atual prefeito, apesar do pouco tempo da sua administração.
           
Nós do Folha de Tucuruí não queremos o mal para a nossa cidade e, portanto não desejamos e não torcemos para que o Prefeito fracasse em sua administração, pois o fracasso do prefeito prejudica a todos os cidadãos de Tucuruí.
              
O povo de Tucuruí em sua maioria são cidadãos de bem, pessoas inteligentes, o fato de que de vez em quando votem em corruptos e incompetentes, estes votos não depõem contra a sua inteligência, já que as pessoas de bem, mesmo as mais inteligentes são mais fáceis de enganar já que julgam os outros pela sua própria conduta, então eles têm a tendência de acreditar nas pessoas, temos que levar em conta ainda, que os políticos corruptos sabem dizer o que as pessoas querem ouvir. Já os ladrões e corruptos e os que tem fé no mal são mais difíceis de enganar, já que ambos julgam os outros por si mesmos, então se eles não prestam creem que ninguém mais presta.
             
Existem aqueles que mesmo sendo pessoas de bem são muito mais difíceis de enganar, não porque são mais espertos ou mais inteligentes (muitas vezes são), mas porque conhecem por seus conhecimentos e profissão as atitudes e o comportamento dos corruptos e desonestos, estas pessoas são os policiais, juízes, promotores, advogados, psicólogos e também as pessoas politizadas e consequentemente mais informadas sobre as táticas e o comportamento dos políticos profissionais. 
             
O maior objetivo do Folha de Tucuruí é politizar a população através da informação independente e séria.
                    
Diante disso, não queremos que a população de Tucuruí acredite em nossas informações cegamente, proponho que vocês usem o raciocínio e pensem nos fatos e na lógica do que afirmamos, se ficarem em dúvida sobre o que postamos vocês devem checar a informação e conferir a veracidade ou não das nossas postagens. Conheçam o passado e entenderão o presente.
       
Então para começar vamos raciocinar sem paixões, sem fanatismo e sem ideologias sobre os indícios que falei sobre a atual administração, vejam que não estamos avalizando cegamente o Prefeito, estamos lhe dando um voto de confiança e estamos dizendo que até agora os indícios são favoráveis a ele, então vejamos:
           
Presidência da Câmara Municipal de Tucuruí
           
1 - O Prefeito não interferiu e nem "comprou" a eleição do Presidente da Câmara Municipal, quem acompanha a politica em Tucuruí sabe que nos últimos vinte ou trinta anos o prefeito eleito tem interferido e até comprado os votos para eleger o Presidente da Câmara Municipal, como o atual prefeito não fez isso, ele demonstra que não quer controlar neutralizar a Câmara Municipal. Se ele não quer controlar a Câmara Municipal é sinal de que pretende fazer uma administração séria e por isso não tem medo de ser fiscalizado.
        
Indicações dos vereadores para Contratos na Prefeitura, motivo de ressentimentos
         
2 - O Prefeito não comprou apoio políticos com centenas de indicações de emprego na Prefeitura, o Prefeito, segundo informações, permitiu vinte indicações para cada vereador, não para os comprar (senão teria dado centenas de indicações como fizeram em administrações passadas), mas por consideração, atitude normal em todas as prefeituras e Estados do País, esse número de indicações diante das promessas dos vereadores quando em campanha, gerou uma grande insatisfação já que alguns vereadores prometeram centenas de empregos em troca de votos, e agora não tem como honrar as promessas de campanha, ai vem às tentativas de intimidação e os ataques, principalmente nas rádios.
          
A mídia não está censurada e radialistas não tem cargos na Prefeitura
          
3 - A partir do dia 01 de janeiro, qualquer cidadão pode ir às rádios e criticar a prefeitura, coisa que era proibido até o final da administração anterior. Hoje o Prefeito não ameaça retirar os repasses de propaganda das rádios caso sejam feitas críticas ao seu governo durante as programações das emissoras, também não contratou radialistas e seus parentes como assessores também para não ser criticado e denunciado na mídia, isso também causou revolta em alguns profissionais da mídia, que a exemplo de alguns vereadores partem para o ataque por qualquer pretexto, sentindo falta da graninha fácil e esperando portarias através de intimidação.
       
Pense e raciocine
                
Agora eu quero que o cidadão leitor do Folha se pergunte: Vocês já viram as rádios e os vereadores criticarem prefeito acusado de corrupção, denunciado pelo Ministério Público e processado pela justiça, enfim Prefeito corrupto?
            
Eu respondo: Claro que não, a primeira coisa que um prefeito corrupto faz antes mesmo de tomar posse é comprar os vereadores, é claro que não são todos os vereadores que se corrompem, tem alguns casos isolados nestes vinte ou trinta anos em que três ou quatro vereadores criticaram e denunciaram prefeitos para defender o interesse público, mas a grande maioria dos vereadores e dos radialistas (que são formadores de opinião) em administrações passadas se tornaram cúmplices dos maus prefeitos em troca de vantagens pessoais ou para terceiros.
                  
Desmintam-me se puderem.
             
No entanto, o Folha não tem mais como dar um voto de confiança para a Câmara Municipal, pois com pouco mais de um mês o Ministério Público teve que mandar cancelar várias licitações e contratos por suspeita de fraude de mais de meio milhão de reais, aí fica difícil defender e a amizade fica prejudicada, nós sempre ficamos do lado do interesse da população, já que nós, nossos amigos e familiares também moramos em Tucuruí.
               
Então em nossa opinião enquanto alguns radialistas e vereadores estiverem descendo a lenha no Prefeito é sinal de que o Prefeito está colocando o interesse público acima dos interesses financeiros e políticos de algumas pessoas causando revolta e ressentimento, senão estava todo mundo de bico fechado e dizendo amém, como acontecia nas administrações anteriores, a população deve se preocupar de verdade é quando todos eles se calarem, ai meus amigos, a vaca já foi para o brejo e o tinhoso já tomou conta da área.
           
A fala corajosa do Roquevam detona vereador
          
Agora para finalizar, ouçam o pronunciamento do Roquevam na Rádio Floresta no Programa Tucuruí Agora. Com relação ao Roquevam, só existem dois tipos de pessoas, os que gostam e os que odeiam o Roquevam, um líder polêmico e corajoso dos Movimentos Sociais, que não tem medo de cara feia e de dizer o que pensa. Roquevam particularmente foi muito feliz e sincero nesta participação no Tucuruí Agora.
         
     

sábado, 18 de março de 2017

O novo perfil dos aposentados do Tremer

video

Direção reeleita do SINSMUT tomou posse ontem

Posse da Diretoria reeleita do SINSMUT
A Direção do SINSMUT foi reeleita ontem para mais quatro anos de mandato, a reeleição foi um prêmio e o reconhecimento do trabalho e da luta dos sindicalistas em prol dos servidores municipais.
         
Depois de mais de duas décadas de diretorias pelegas e ineficientes, muitos me diziam que não tinha mais jeito e que não adiantava mudar a diretoria do SINSMUT que todos se venderiam...
       
Eu e o Raimundo sempre afirmamos que não era bem assim, nós acreditamos em Deus e no bem, e quem acredita em Deus não tem fé no mal e não faz propaganda do poder do mal, por que o mal só tem o poder que aqueles que não têm fá lhe dão.
       
Para mudar o mundo basta votar e colocar no poder somente pessoas competentes, honestas e de caráter... Simples assim.
      
E como saber se alguém é uma pessoa do e de bem?
      
Simples, siga o conselho da bíblia:
       

Pelos seus frutos os conhecereis. É possível alguém colher uvas de um espinheiro ou figos das ervas daninhas? 
     
Portanto, pelos seus frutos os conhecereis. 
    
Ou fazei a árvore boa e o seu fruto bom, ou a árvore má e o seu fruto mau; pois uma árvore é conhecida pelo seu fruto. 

      
Parabéns Miranda, Raimundo e demais diretores do SINSMUT, que Deus os abençoe os guie na defesa dos mais fracos e de todos os que precisam da sua ajuda e proteção.
       
Um grande Abraço, equipe Folha de Tucuruí?
      

quinta-feira, 16 de março de 2017

O Pres. Bena Navegantes deve explicações sobre uma suposta tentativa de fraude em licitações na CMT

O povo quer saber sobre a suposta tentativa de fraude em licitações na Câmara Municipal de Tucuruí. 
                    
Ver. Bena Navegantes
Presidente da Câmara Municipal de Tucuruí
O Ministério Público Estadual em matéria no site do MPE/PA (Matéria reproduzida no final desta postagem) noticiou que as Promotoras de Justiça de Tucuruí Amanda Luciana Sales Lobato e Adriana Passos Ferreira, expediu recomendação, no dia 16 de fevereiro, ao presidente da Câmara Municipal, Benedito Joaquim Campos Couto, com a finalidade de suspender todos os processos licitatórios em trâmite, em virtude de notícia de possível fraude. 
           
Segundo a matéria do MPPA, o que mais surpreendeu as promotoras de Justiça foi a falta de conhecimento da Comissão de Licitação e do Diretor do Departamento de Administração, Jhonnes de Almeida, que disse que não sabia nada sobre a licitação e que assinava sem ler, motivo pelo qual foi conduzido para Delegacia (foi feito um BO), em razão de indicio de crimes tipificados na Lei de Licitações (Lei nº 8.666/93). 
           
O Presidente da Câmara Municipal atendeu a recomendação do MPE e anulou as licitações de números 001/2017, 002/2017 e 003/2017, assim como anulou as Cartas Contratos de número 001/2017, 002/2017 e 004/2017, o que nos leva a crer que realmente havia irregularidades e tentativa de fraude nas referidas licitações Veja a matéria do Folha, Clique Aqui
         
Como podemos constatar através da matéria do MPE, a Comissão de Licitação e o Diretor do Departamento de Administração da Câmara Municipal de Tucuruí (segundo depoimento na Delegacia), não sabia nada sobre a licitação e assinava documentos sem ler. Ora, quem administra a Câmara Municipal é o presidente da Câmara, é ele quem toma todas as decisões sobre a administração da CMT, com isso, a não ser que ele também assine documentos sem Ler, o vereador Bena tinha conhecimento das licitações. 
      
A Equipe Folha e o povo querem saber do Presidente da Câmara Municipal, Vereador Bena Navegantes: 
        
1 - O Presidente da CMT tinha conhecimento da licitação ou também assinou sem Ler? 
        
2 - Se a Comissão de Licitação e o Dir. do Depto. de Licitação da CMT não sabiam da licitação, QUEM fez a licitação? Ou será que a licitação se fez sozinha como num passe de mágica de uma varinha de condão? 
        
3 - Quais foram as providências tomadas pelo Presidente da Câmara Municipal de Tucuruí para apurar responsabilidades e punir os responsáveis pela suposta tentativa de fraude em licitações na CMT, que poderia, não fosse a intervenção do Ministério Público Estadual, ter causado um prejuízo de cerca de meio milhão aos cofres públicos? 
            
4 - Qual o nome do responsável, ou dos responsáveis? 
            
5 - Como se sente o vereador Presidente Bena Navegantes sobre este escândalo de tentativa de fraude em licitações, em apenas pouco mais de um mês da sua administração? 
         
Agora perguntamos aos outros doze vereadores: 
      
1 - Os senhores vão instalar uma CPI para apurar a suposta tentativa de fraude nas licitações da Câmara Municipal de Tucuruí?
          
2 - Os senhores vão instalar uma CPI para apurar as denúncias de fraude em diárias denunciadas pelo Ministério Público Estadual na gestão passada e tentar recuperar o dinheiro do povo? 
           
3 - Os senhores vão instalar uma CPI para apurar as denúncias de irregularidades no IPASET? 
         
4 - Os senhores vão instalar uma CPI para apurar os desvios de milhões dos cofres públicos do município em especial o desvio de R$ 38.000.000,00 Trinta e oito milhões, e vão tentar recuperar o dinheiro para os cofres da Prefeitura? 
             
5 - Os senhores acham que tem condições de fiscalizar o Prefeito e os atos da Administração Municipal se não conseguem (ou não querem) fiscalizar o Presidente da Câmara a administração da própria Câmara Municipal? O vereador que não consegue fiscalizar e por ordem na administração da própria Câmara Municipal (que é a sua casa), terá moral para fiscalizar e exigir ordem na Administração da Prefeitura? 
    
6 - Os senhores vereadores não se sentem constrangidos perante a população de Tucuruí, com este escândalo de tentativa de fraude nas licitações da CMT com menos de dois meses das suas legislaturas? Quais as providências e atitudes os senhores vão tomar quanto a este escândalo, os senhores solicitaram a apuração dos nomes dos responsáveis, ou não tem responsável e a licitação se fez sozinha por mágica?
             
Os fatos acima descritos são muito graves e merecem uma satisfação dos vereadores para com a população de Tucuruí, que é a verdadeira dona dos mandatos dos vereadores. Os vereadores devem explicações ao povo, mas expliquem com a verdade, sem enganação, sem meias verdades, sem jogar a culpa nos outros e sobre tudo, sem usar demagogia barata na crença de que o povo (e a Equipe Folha) tem beiço furado.
     
Temos mais perguntas para ao nobres vereadores, mas é outro assunto e fica para uma outra postagem. 
       
Abaixo a matéria do site do MPE-PA
       
      
21/02/2017 às 12:27
      
      
O Ministério Público do Estado do Pará, por meio das promotoras de Justiça de Tucuruí Amanda Luciana Sales Lobato e Adriana Passos Ferreira expediu recomendação, no dia 16 de fevereiro, ao presidente da Câmara Municipal, Benedito Joaquim Campos Couto, com a finalidade de suspender todos os processos licitatórios em trâmite, em virtude de notícia de possível fraude.
      
O instrumento jurídico foi expedido após trabalho realizado pela equipe técnica do Grupo de Apoio Técnico Interdisciplinar (Gati), Polo Sudeste III, composta pelos servidores do Ministério Público, Venusa Freire (contadora) e Fabrício Corrêa (engenheiro civil), nomeados pela Procuradoria-Geral de Justiça.
      
Após reunião de trabalho com os promotores de Justiça do polo, os técnicos cumpriram deliberação para acompanhar nos portais da transparência das comarcas da região Sudeste III e no Diário Oficial do Estado o andamento dos processos licitatórios.
      
O trabalho surtiu efeito e em inspeção à Câmara Municipal realizada pelas promotoras Amanda Lobato e Adriana Ferreira e os técnicos do Gati foram encontradas diversas irregularidades, dentre as quais processos licitatório sem o devido procedimento, pareceres jurídicos sem assinatura, inexigibilidades questionáveis, prazos exíguos entre a publicação do edital e a sessão de abertura.
      
Durante a inspeção, o que mais surpreendeu as promotoras de Justiça foi a falta de conhecimento da Comissão de Licitação e do diretor do Departamento de Administração, Jhonnes de Almeida, que disse que não sabia nada sobre licitação e que assinava sem ler, motivo pelo qual foi conduzido para Delegacia em razão de indicio de crimes tipificados na Lei de Licitações (Lei nº 8.666/93).
     
A recomendação foi entregue em reunião realizada no Ministério Público no mesmo dia 16 de fevereiro, com a presença das promotoras de Justiça, do presidente da Câmara e seus advogados, oportunidade em que tomaram ciência da recomendação, que determinou a suspensão de todos os processos de licitação em curso.
     
"Ainda foram alertados sobre a necessidade de rever a folha de pagamento de seus servidores em razão da existência de salários que ultrapassam o teto do prefeito municipal e a necessidade de realização de concurso publico, que são objetos do Plano de Atuação da Promotoria de Tucuruí Bienio2016/2017", ressaltaram as promotoras de Justiça.
     
O gestor da casa legislativa já sinalizou, por meio de documento encaminhado ao Ministério Público na segunda-feira (20), que irá cumprir a recomendação na sua totalidade. Veja esta matéria no site do MPE Clicando Aqui.
      
Texto: 2ª e 3ª Promotoria de Justiça de Tucuruí
Edição: Assessoria de Comunicação
Foto: jornaldetucurui.blogspot.com.br
        

Nova espécie de ave no Brasil, o Tucano tarja preta...


quarta-feira, 15 de março de 2017

CMT - O Poder Legislativo é coisa séria vereadores...

       
Durante as Sessões da Câmara Municipal de Tucuruí acontece de tudo, gracinhas, galhofa, zombaria, piadinhas, deturpação dos pronunciamentos de vereadores, demagogia e tem até Vereador com torcida organizada em plenário... 
                   
Acontecem tantos absurdos durante as sessões, que nem o Presidente cumpre e faz cumprir o próprio Regimento Interno da Câmara Municipal, permitindo até manifestação de torcida organizada de vereador durante as sessões em plenário.
             
REGIMENTO INTERNO DA CÂMARA MUNICIPAL DE TUCURUÍ
             
TÍTULO IV
DAS SESSÕES DA CÂMARA
CAPÍTULO I
DAS SESSÕES EM GERAL
               
Art. 112 – As Sessões da Câmara serão Ordinárias, Extraordinárias, Solenes e Especiais, assegurado o acesso às mesmas do público em geral.
              
 Redação dada pela Resolução nº 006/2005-05-24, de 24/05/05
      
§ 1º - As sessões solenes realizar-se-ão sem acesso do público.
§ 2º - Para assegurar-se a publicidade ás sessões da Câmara, publicarse-
á a pauta e o resumo dos seus trabalhos na portaria da Câmara.
§ 3º - Qualquer cidadão poderá assistir às sessões da Câmara, na parte
do recinto reservado ao público, exceto as sessões solenes, desde que:
I – apresente-se convenientemente trajado;
II – não porte arma;
III – conserve-se em silêncio durante os trabalhos;
IV – não manifeste apoio ou desaprovação ao que se passa em Plenário;
V – atenda às determinações do Presidente.
§ 4º - O Presidente determinará a retirada do assistente que se conduza
de forma a perturbar os trabalhos e evacuará o recinto sempre que julgar
necessário.

terça-feira, 14 de março de 2017

Decepção - Câmara Municipal de Tucuruí, poucos motivos para sorrir e muitos para chorar...


Hoje eu fui pela primeira vez a uma sessão na Câmara Municipal de Tucuruí nesta nova legislatura, fui esperançoso de encontrar uma Câmara Municipal renovada e sem os vícios das legislaturas passadas, no entanto tive poucas alegrias e muitas decepções.
            
Se eu fosse pessimista ou tivesse menos fé em Deus, eu acreditaria que não tem jeito mesmo para a Câmara Municipal em Tucuruí. Mas eu vou continuar acreditando que um dia esta realidade vai mudar, mesmo que eu me decepcione sei que nada dura para sempre nem mesmo os vícios do legislativo em Tucuruí.
          
A minha alegria foi perceber que existe alguns (poucos na verdade) vereadores que parecem querer acertar e isso já é uma evolução, antes TODOS queriam somente "se dar bem" a qualquer preço. No entanto minha alegria durou pouco diante dos absurdos e das mentiras que presenciei na sessão de hoje. 
         
O assunto dominante, como não poderia deixar de ser, foi a problemática da água em Tucuruí, um problema que já poderia ter sido solucionado há muitos anos, caso houvesse vontade política e interesse dos prefeitos e dos vereadores que passaram pela prefeitura e câmara municipal pelos últimos dez anos. 
           
Vejam um trecho de uma matéria de 2012 quando a Eletronorte entregou a Estação de Tratamento de água para a Prefeitura e população de Tucuruí, faltando apenas à parte da Prefeitura canalizando a água tratada, de boa qualidade e abundante para a população de Tucuruí,e assim resolvendo o problema da água na cidade.
            
Leiam um trecho da matéria:
                  
Tucuruí: Diretoria da Eletrobras e Eletronorte entregam obras
          
Placa de inauguração da Estação de Tratamento de Água na Vila Residencial
Inaugurada e entregue para a PMT em 2012.
          
Construídas pelo PIRTUC, e a tempos esperada.
            
"A comitiva da Eletrobras Eletronorte esteve em Tucuruí, sudeste paraense, nesta segunda-feira (12), para realizar uma vasta agenda de visitas às obras asseguradas através dos recursos destinados pelo Plano de Inserção Regional dos Municípios à Montante da UHE Tucuruí (PIRTUC). Estiveram presentes o diretor presidente da estatal, Josias Matos de Araújo, o diretor de Produção e Comercialização, Wady Charone Junior, o diretor de Planejamento e Engenharia, Adhemar Palocci, o superintendente de Meio Ambiente, Antônio Raimundo Santos Ribeiro Coimbra e o superintendente de Geração Hidráulica, Antônio Augusto Bechara Pardauil.
     
ETA - A programação teve início com o descerramento da placa e a entrega oficial da Estação de Tratamento de Água de Tucuruí (ETA) à Prefeitura de Tucuruí. O contrato foi assinado em março de 2010, a obra foi orçada no valor de mais de R$ 12 milhões recursos do governo federal através do PIRTUC.
        
Aa instalações da ETA, já estavam finalizadas desde novembro de 2012, aguardando apenas os serviços por parte da prefeitura, que já se estende há quase um ano, para a interligação da captação e bombeamento de água do Rio Tocantins até a Estação, para o seu tratamento e armazenamento nos dois reservatórios com capacidade cada um de 750 mil m³ de água, e após a finalização da interligação da canalização da Vila Permanente até a cidade, a água potável seguirá por meio de gravidade até a Estação de Distribuição de Água na BR 422 no bairro Santa Mônica, que teve suas obras finalizadas em 2004, com capacidade de 750 mil litros de água nos reservatórios apoiados e mais 350 mil litros na caixa d’água superior, com a finalização do processo de captação, tratamento e distribuição, que agora, está apenas no aguardo da finalização das obras por parte da prefeitura de Tucuruí, a população passará a receber em suas torneiras água tratada, com qualidade e abundância, para atender mais de 200 mil habitantes, 24 horas por dia." Leia a matéria completa.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------
       
Como podem ver, desde 2012 (cinco anos) quando a Eletronorte entregou as obras da Estação de Tratamento de água para a Prefeitura de Tucuruí, a população deveria estar sendo atendida com água tratada de boa qualidade 24 horas por dia, senão tem é porque em Tucuruí só tem político incompetente, irresponsável e mentiroso.
                  
Portanto quando vem um vereador dizer que o problema da água em Tucuruí é difícil de resolver ele está MENTINDO na maior cara-de-pau, difícil não é dar água para o povo, difícil é encontrar um político em Tucuruí, disposto a defender a população de Tucuruí. 
       
Teatro, picadeiro, campo de futebol ou o Programa do Ratinho?
            
Hoje na Sessão da Câmara Municipal eu fiquei em dúvida se estava em um teatro, em um campo de futebol, em um picadeiro, ou no Programa do Ratinho, foi uma série de absurdos jamais vistos. 
              
Água de Graça 
                 
Para começar, parece que os Vereadores não entendem que a água de graça prometida pelos políticos há vinte anos, se refere à água para uso residencial e sem desperdício, ou seja, dez mil litros diários são suficientes para uma família, o excedente e o desperdício devem ser cobrados, já que a água na verdade não é de graça, esta água já é paga pela população de Tucuruí através dos impostos. Já os que usam a água para atividade econômica como comércio e prestadores de serviço (incluindo lava jatos) devem pagar.
                            
Compromisso de Campanha
              
Horrível e repugnante foi ouvir alguns vereadores dizendo que o Prefeito deveria quebrar a sua palavra dada em público na campanha eleitoral, onde ele diz que vai dar água de graça, esquecer a sua promessa e fazer o contrário do que prometeu em campanha??? 

Como um vereador tem coragem de dizer esta barbaridade de que o prefeito não deve cumprir com os seus compromissos de campanha? Será que eles pensam que o Prefeito deve quebrar a sua palavra como eles quebraram com milhares de pessoas prometendo emprego na prefeitura em troca de votos sabendo que não poderiam dar emprego para todos? E os eleitores que votaram no prefeito porque ele prometeu água de graça e de boa qualidade, ele vai devolver os votos destas pessoas? De que lado os vereadores estão dizendo que o prefeito deve esquecer seus compromissos de campanha e agir como um politico mentiroso e enganador? Acredito que o Prefeito Jones não é louco de fazer uma coisa dessas.
                 
Povo sem passado e sem memória, o paraíso dos políticos corruptos
             
Tem vereador que se melindra quando alguém fala dos desmandos e da corrupção em mandatos anteriores, como se os erros das administrações passadas não estivessem trazendo problemas e mazelas hoje em dia e trará no futuro. Os políticos não devem lembrar os erros dos prefeitos passados para justificar seus erros no presente, mas devem lembrar-se destes erros para evitar cometer estes mesmos erros no presente e no futuro. 
      
Não vi e ouvi nenhum vereador preocupado em recuperar as centenas de milhões (só em um processo a administração passada foi acusada de desviar R$ 38.000.000,00 Trinta e oito milhões) que foram desviados da Prefeitura e que estão fazendo falta hoje, eu só vi e ouvi demagogia e hipocrisia. 
               
Torcida organizada e intimidação 
                
Teve momentos em que eu pensei estar em um campo de futebol ou em um programa de auditório, já que teve vereador que levou até torcida organizada para a sessão, torcida inflamada que aplaudia, gritava palavras de ordem e faziam o maior barulho sempre que o vereador se pronunciava, e sempre as mesmas pessoas, não se sabe se eram fanáticos ou cabos eleitorais querendo emprego na Prefeitura em troca de apoio. 
                 
Mas o que me chamou mais a atenção foi a omissão do Presidente da Câmara Municipal ao deliberadamente ignorar as manifestações da "torcida organizada" do vereador, sendo que os servidores municipais e cidadãos de Tucuruí, já foram humilhados expulsos do plenário na legislatura passada (que o presidente fez parte) por se manifestarem durante a sessão, parece que o presidente só cumpre o regimento da CMT quando lhe convém e quando é do seu interesse. 
                    
A torcida organizada do vereador, a meu ver, tem como objetivo fazer com que o vereador "apareça" sendo aplaudido por seus discursos demagógicos e para intimidar os outros vereadores e o executivo fazendo parecer que o mesmo tem apoio popular, uma vergonha.
                
Vejam o que diz o Regimento Interno da CMT:
              
TÍTULO IV
DAS SESSÕES DA CÂMARA
CAPÍTULO I
DAS SESSÕES EM GERAL
              
Art. 112 – As Sessões da Câmara serão Ordinárias, Extraordinárias, Solenes e Especiais, assegurado o acesso às mesmas do público em geral.
              
 Redação dada pela Resolução nº 006/2005-05-24, de 24/05/05
      
§ 1º - As sessões solenes realizar-se-ão sem acesso do público.
§ 2º - Para assegurar-se a publicidade ás sessões da Câmara, publicarse-
á a pauta e o resumo dos seus trabalhos na portaria da Câmara.
§ 3º - Qualquer cidadão poderá assistir às sessões da Câmara, na parte
do recinto reservado ao público, exceto as sessões solenes, desde que:
I – apresente-se convenientemente trajado;
II – não porte arma;
III – conserve-se em silêncio durante os trabalhos;
IV – não manifeste apoio ou desaprovação ao que se passa em
Plenário;
V – atenda às determinações do Presidente.
§ 4º - O Presidente determinará a retirada do assistente que se conduza
de forma a perturbar os trabalhos e evacuará o recinto sempre que julgar
necessário
                     
Falta de consideração e demagogia para com os colegas vereadores
         
Outra coisa deprimente foi a demagogia e a falta de respeito e de consideração de alguns vereadores para com seus colegas, por exemplo, em algumas oportunidades alguns vereadores, distorceram de propósito as palavras do Vereador Gualberto para fazer discursos demagógicos e "jogar para a galera", tentando "aparecer" à custa do colega, por exemplo afirmando que o Gualberto teria dito que a culpa do problema da água em Tucuruí é da Câmara Municipal e ele não disse isso, apesar de que se tivesse dito seria a mais pura verdade, a Câmara Municipal sempre foi omissa com relação ao problema da água em Tucuruí e tentaram na administração passada privatizar a água em conluio com o ex-prefeito. 
                     
A Água em Tucuruí já foi privatizada e não deu certo, foi privatizada em Novo Repartimento e não está dando certo, estão cobrando até de quem não usa a água como fizeram em Tucuruí no passado, já em Parauapebas a população tem água tratada de boa qualidade em 100% das residências e o serviço é prestado pela prefeitura.
             
Em minha opinião a exaltação e "nervosismo" de alguns vereadores se deve às promessas de emprego a centenas de pessoas na campanha eleitoral, e agora não tem como atender às cobranças, já que não se conformam com a cota de indicações de contratados na Prefeitura, que por sinal não é uma cota pequena. 
     
No final da administração passada a Prefeitura tinha 2.600 contratados, supondo que 600 foram indicações do Prefeito e Secretários (acho que não dá isso), sobram 2.000, sendo que na CMT tem 13 vereadores, cada um portanto teria pela lógica mais de 150 indicações. Não sei quantos são agora, mas se fala em 20 ou trinta indicações por vereador neste mandato, se a informação procede são 260 contratados se forem 20 por vereador e 390 se forem trinta, é muito, mas tem gente achando pouco e isso explicaria o nervosismo de muita gente em Tucuruí, tanto nervosismo, que a palavra CPI foi pronunciada duas vezes na Câmara, sendo que o atual prefeito está há apenas 74 dias no cargo... O que tem por trás disso?
                
Programa do Ratinho ou picadeiro?
                
Mais deprimente ainda foi ver vereador fazendo gracinha como se estivesse em um programa de auditório, em uma festa ou em uma roda de amigos ou em um boteco, em vez de uma sessão da Câmara Municipal e tratando de assuntos tão sérios e de interesse da população de Tucuruí. Se para o vereador os problemas de Tucuruí não são sérios e devem ser tratados na base da galhofa, para o povo é muito sério.
            
Alguém tem de explicar a alguns vereadores quais são as suas atribuições, seus deveres, obrigações e principalmente o que é decoro e respeito pela instituição que representa e para com o povo que os elegeram e comparecem nas sessões da CMT. 
                 
Lamentável o que se passou hoje na Câmara Municipal, mas apesar das decepções nós não vamos desistir de Tucuruí.