Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Superintendente do IPASET entrega ao MPE, documentos e relatório da situação financeira e patrimonial do Instituto

Miranda, Mauro e André entregam relatório e documentos ao MPE

O Superintendente, do IPASET, acompanhado do Diretor de Previdência e do Diretor Administrativo e Financeiro entregaram hoje na sede do Ministério Público Estadual, um relatório da situação Administrativa e Financeira do IPASET;
    
Os documentos com mais de três mil páginas foram entregues em 28 volumes encadernados e contém informações sobre as gestões do Instituto do período de 2013 (ano da sua criação), até dezembro de 2017 e mostram uma série de administrações equivocadas que levaram o IPASET à sua quase extinção, o que a atual Direção tenta evitar, já que o IPASET tem inúmeras vantagens para o servidor municipal em relação ao INSS.
   
Ao assumir a Direção do IPASET o Superintendente Miranda ordenou o pagamento de todas as dívidas do IPASET, determinou a agilização de todos os processos de aposentadorias e pensões a que os segurados têm direito em virtude da Lei, extinguiu várias despesas consideradas supérfluas e como todos os contratos e licitações do IPASET estão vencidos e sem validade, Miranda determinou que fossem feitas licitações para todas as compras do IPASET, licitações estas que estão em fase inicial, atualmente o IPASET não tem nenhuma licitação em vigor, o Miranda teve que começar do zero.
  
A partir da semana que vem, começam a serem publicados os editais das licitações, que serão divulgados na imprensa, no site do IPASET e nos diários oficiais do Estado e da União, como manda a Lei, este é o primeiro passo para dar andamento nos processos de licitação.
   
O Superintendente também convocou uma Assembleia Geral para comunicar aos segurados do IPASET, a situação patrimonial e financeira do Instituto, assim como colocar em pauta as alterações na Lei do IPASET, assim como comunicar aos segurados as ações administrativas do IPASET e fazer um relatório de todas as irregularidades cometidas na administração do Instituto.
  
Miranda pretende incluir na lei do IPASET a obrigatoriedade de prestações de contas do IPASET em Assembleias de Segurados e Pensionistas periódicas, assim como comunicar à assembleia Geram qualquer decisão importante e relevante que possam afetar o IPASET e seus segurados e pensionistas.
  
Miranda ainda, a exemplo da legislação da Previdência Própria de Parauapebas, alterar a Lei para que no caso de falta de repasses ao Instituto, assim como todos os atos administrativos que possam lesar as finanças e o patrimônio do IPASET sejam de responsabilidade legal do Prefeito, Presidente da Câmara Municipal, do Superintendente, do Diretor Financeiro, do Diretor de Controle Interno e do Contador do IPASET, que deverão responder solidariamente por quaisquer prejuízos causados ao Instituto.
Também nas alterações da Lei, deverão ser incluídos Artigos para ampliar o acesso aos segurados da prestação de contas detalhada do IPASET, em linguagem simples e não técnica, para melhor entendimento por parte do cidadão comum.
  
De agora em diante, a administração do IPASET deve trabalhar com mais facilidade e fluidez, pois praticamente todos os esforços da Diretoria nos últimos 30 dias, além da Administração do Instituto, estavam direcionados e focados em apurações da situação do Instituto, da confecção do relatório e da documentação entregue ao MPE.
   
Quanto às muitas e graves irregularidades apuradas na investigação Interna do IPASET e relatadas ao MPE, temos certeza, até a título de exemplo, que todas as pessoas que praticaram e se beneficiaram de atos ilícitos, ou foram coniventes, e se omitiram, permitindo que fossem praticados, ou que se dessem continuidade a atos contra a administração pública e lesivos ao Instituto, serão punidas na forma da Lei.
   
Abaixo o ofício protocolado da entrega da documentação e do relatório ao MPE.

    

   

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

O ingrato sempre cospe no prato em que come

"Não deis aos cães as coisas santas, nem deiteis aos porcos as vossas pérolas, para que não suceda de que eles as pisem com os pés e que, voltando-se contra vós, vos dilacerem." — Bíblia, Novo Testamento, Livro de Mateus, Capítulo 7, versículo 6.



De um Tucuruiense de coração
(Texto extraído do Facebook.)

Andre Luiz

Eu vim para Tucuruí faz 33 anos, me casei com uma nativa e tive três filhos, sou tucuruiense de coração, quando viajo e volto e passo em cima da barragem e vejo Tucuruí de longe, bate uma alegria imensa...
Esta cidade e este povo são maravilhosos, quero viver aqui o resto da minha vida.
Só fico triste de ver alguns tucuruienses ingratos que insistem em falar mal da sua própria cidade natal e onde vive. Para estes nada presta em Tucuruí, e se você fala bem logo vem um espirito de porco falar mal. Ficam fazendo comparações com outras cidades e colocando Tucuruí sempre por baixo. Quando falam mal de Tucuruí estes imbecis falam mal de si mesmos.
Pior é quem vem de fora, às vezes desempregado e passando fome na sua cidade, chega aqui é bem recebido, bem tratado, recomeça a vida e em vez de agradecer e defender a cidade que tão bem o acolheu, cospe no prato que come, e denigre a imagem da cidade nas redes sociais para o mundo todo ver.
Isso é muito triste, que tipo de gente fala mal da sua própria casa? Que tipo de gente cospe no prato que come e morde a mão de quem os alimenta se nem os cães fazem isso?
O Brasil e Tucuruí não precisam de mais ódio e de críticas maldosas, o Brasil e Tucuruí precisam de quem os ame e defenda.
Se você acha que Tucuruí não presta, que seu povo não presta, procure uma cidade melhor para morar, tenha a decência de respeitar a cidade que te acolhe e onde você e sua família vivem e trabalham.
Peço aos que amam a nossa cidade que a defendam dos ataques dos ingratos e maledicentes, para cada coisa ruim que disserem da nossa cidade digam duas coisas boas, pois coisas boas tem de sobra.
Quem não defende e não respeita a sua própria casa não respeita mais nada e ninguém.
Se você acha que Tucuruí não presta tenha a decência de ir embora, pede pra sair, pois não fará falta alguma, e vá com Deus.

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

Começou nas redes sociais a campanha eleitoral disfarçada para Prefeito de Tucuruí


Óleo de peroba neles...
            
Já notaram que a pouco tempo surgiram no face inúmeros moralistas e pessoas "interessadas" em "defender" o povo, a saúde e a educação no Facebook?
           
Pois é, sempre em ano eleitoral os candidatos e seus cabos eleitorais começam a falar em saúde e educação, daqui a pouco estão tirando fotos abraçando e beijando criancinhas e carregando velhinhas e deficientes no colo.
          
Há dois meses vocês já tinham visto estas mesmas pessoas nas redes sociais defendendo o povo? Claro que não viram, pois esta "preocupação" é recente. Mas porque isso agora?
            
Explico: Com a possibilidade quase certa de nova eleição para prefeito em Tucuruí, os candidatos a candidatos e seus cabos eleitorais já começaram a campanha nas redes sociais, e o objetivo é aparecer e se tornar conhecido, e ao mesmo tempo enfraquecer o atual prefeito, provável candidato, fazendo oposição ferrenha e criando situações, se utilizando de pura demagogia para enganar a população.
            
Tem também os partidários do prefeito afastado inconformados por estarem fora do poder e da prefeitura, todo cabo eleitoral demitido da PMT vira "fiscal do povo"...
           
Enfim, este pessoal não está interessado no bem estar da população e nem no interesse público, é tudo campanha eleitoral.

             

domingo, 11 de fevereiro de 2018

Milhares de pessoas participam e fazem a grande festa do Carnaval de Tucuruí

Olha o Carnaval da minha Tucuruí aí minha genteeeee!!!
   
Milhares de pessoas participam e fazem a festa e a alegria do Carnaval de Tucuruí, carnaval que foi resgatado e está gerando emprego e renda.
     
O Carnaval para a Prefeitura é um investimento com retorno certo, movimenta a economia, a criação de inúmeros empregos diretos e indiretos.
      
Tem toda uma cadeia produtiva envolvida nas escolas de samba que está em ação meses antes do carnaval, os fornecedores, os prestadores de serviços, o faturamento dos ambulantes, o incremento do turismo, o faturamento dos bares, restaurantes e hotéis. 
     
O retorno financeiro é gigantesco e a arrecadação de imposto aumenta consideravelmente, permitindo com o aumento na arrecadação, maiores investimentos com saúde, educação e infraestrutura para o município.
    
Somente quem não compreende como funciona uma administração pública, ignora a importância do poder público para a economia das cidades.
      
O Ministério do Turismo prevê uma arrecadação de 11 bilhões com o Carnaval 2018 em todo o país, uma quantia considerável levando em conta a atual crise financeira por que passa o País e as cidades brasileiras, Vejam o Link.
      
Além do importantíssimo aspecto financeiro, o carnaval brasileiro, que é a maior festa popular do mundo, traz alegria para as multidões e beneficia até mesmo aqueles que não gostam de carnaval, pois proporciona um feriadão em que as pessoas podem aproveitar a convivência familiar, viajar com a namorada ou com a família, e até mesmo entrar em comunhão com Deus próximo à natureza e nos retiros espirituais.
     
Não é só de pão que vive o homem, todos precisam de lazer, de diversão, de descanso e precisam sonhar. Quem não se diverte, não tem tempo para si mesmo e para a sua família, este pode sobreviver por cem anos, mas não viveu, passou pela vida acumulando bens temporários e atendendo às suas necessidades básicas como um animal irracional, mais precisamente como um burro de carga.
        
Feliz Carnaval, brinque muito mas com moderação, se divirta, curta sua família e amigos e sonhe muito, que a vida é muito curta e levamos deste mundo apenas os momentos vividos...
       

E agora estas lindas imagens:
       
     
       

IPASET - Diretoria convoca Assembléia Geral dos Segurados, Aposentados e Pensionistas da Previdência Municipal

O Superintendente do IPASET está convocando os Segurados, Aposentados e Pensionistas da Previdência Municipal para uma Assembleia Geral, em que todos terão acesso às contas do IPASET e tomarão conhecimento da intenção da Diretoria do IPASET de alterações na Lei, visando impedir os constantes abusos e malversação do patrimônio do Instituto desde a sua criação, abusos estes que quase levaram o Instituto a ser extinto como o correu com o FUNPREV que faliu no mandato do Ex-prefeito Cláudio Furman.
     
O Prefeito Bena Navegantes diante da situação caótica do IPASET, que está sendo investigado e monitorado pelo Ministério Público, decidiu entregar a Direção do IPASET para os servidores municipais através dos representantes dos Sindicatos SINSMUT e SINTEP. 
     
Segundo o Prefeito, que também é servidor municipal concursado, quem administra melhor é o próprio dono, desta forma deu um voto de confiança para os servidores na administração do Instituto.
     
Logo que assumiu, o Miranda recebeu um convite para uma reunião no Ministério Público Estadual, que na oportunidade solicitou informações sobre o Instituto, informações estas que estão sendo levantadas através de um levantamento da situação econômica do Instituto, assim como o Cálculo Atuarial que vai comprovar a viabilidade da Previdência Municipal.
     
Todas as informações sobre o IPASET serão prestadas na Assembleia Geral e será disponibilizada no Portal da Transparência do IPASAET, logo que todos os levantamentos estiverem concluídos.
      
TRANSPARÊNCIA
      
O Miranda também determinou que fosse dada total transparência nos atos da Diretoria e da movimentação financeira do órgão, assim como total transparência nos contratos, movimentações financeiras e Folha de Pagamento do pessoal efetivo, aposentados e pensionistas.
       
O Superintendente também decidiu que enquanto esta diretoria permanecer à frente do IPASET, TODAS as decisões importantes e relevantes para o Instituto e segurados, antes de serem implementadas, deverão ser apresentadas e discutidas em Assembleia Geral, em todas as decisões importantes do IPASET, o servidor será ouvido, e isso vai constar na reforma da Lei do IPASET.
       
O Miranda ainda determinou que todos os processos de aposentadoria e pensão sejam agilizados, para que o servidor tenha uma resposta rápida sobre sua aposentadoria, que se tiver amparo dentro da Lei, será concedida de forma célere dentro dos prazos legais. Caso a aposentadoria e pensão não tiver amparo legal e for negada, o servidor terá toda informação e orientação necessária para resolver as pendências do seu processo.
       
A direção do IPASET, tem todo o apoio da Prefeitura e do Prefeito Municipal, para implementar ações no sentido de organizar administrativa e financeiramente o Instituto, corrigindo erros e distorções, e viabilizando a sua continuidade, assim como tem toda a liberdade para propor alterações necessárias na Lei. A tarefa não é fácil, mas com determinação e com a ajuda e proteção de Deus será feita.
      
Todos os segurados, aposentados e pensionistas do IPASET devem comparecer na Assembleia Geral, a primeira desde a criação do IPASET, para tomar conhecimento da situação do Instituto. 
           
Lembre que do seu apoio e da sua fiscalização, depende a sua aposentadoria e a segurança financeira da sua família. As vantagens do IPASET sobre o INSS são inúmeras, defenda seu Instituto, defenda e preserve o que é seu e o futuro da sua família.
    
Veja o Edital:
      

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Miranda é o novo Superintendente do IPASET

           
Miranda Presidente do SINSMUT (Sindicato dos Servidores Municipais) é o novo Superintendente do Instituto de Previdência Municipal - IPASET.
       
O Prefeito Bena que também é Servidor Municipal Concursado, entende que o IPASET (Previdência Municipal) deve ser administrado por um servidor municipal concursado, já que o IPASET é a previdência municipal e ninguém é mais indicado para cuidar do IPASET que um dos seus donos, um Servidor Municipal Efetivo.
         
Com o afastamento do Miranda o Raimundo Concursado passa a ser o Presidente do SINSMUT.
                 

Tucuruí - Folha de pagamento de dezembro supera a arrecadação municipal em mais de cinco milhões

                     
A Folha de Pagamento da Prefeitura de Tucuruí superou os repasses do Governo Estadual e Federal, com um saldo negativo de R$ 5.110.740,10 (Mais de cinco milhões).
          
Repasses do Governo do Estado:
ICMS        - 9.558.581,19
IPI             - 269.008,59
IPVA         - 67.223,96
FUNDEB - 2.045.921,28
           
Total Repasse do Estado: R$ 11.910.735,02
              
Repasses do Governo Federal:
Total: R$ 8.135.528,21
            
Total dos repasses Federais e Estaduais: R$ 20.046.263,23
           
Folha dezembro  - R$ 13.463.434,47 
Folha 13º             - R$ 11.723.568,86 
Total                    - R$ 25.187.003,33
              
Saldo Negativo: R$ 5.110.740,10
        
Tem ainda os recursos próprios da Prefeitura, que seria o ISS, o IPTU e o recolhimento de taxas. O IPTU, como todos sabem o Tucuruiense não paga, já  os valores do ISS e das taxas cobradas pela PMT são irrisórios (R$ 5.615,46 em dezembro), em comparação com os repasses Federais e Estaduais.
           
Além do saldo negativo na receita/despesa, a Prefeitura tem de manter os serviços oferecidos para a população como: Saúde, Educação, Água encanada, Limpeza Pública e demais serviços essenciais, deve fazer os repasses para o IPASET e custear as demais despesas para manter a Prefeitura funcionando, como por exemplo, combustíveis, material de limpeza e expediente, energia elétrica, compra de medicamentos, manutenção de veículos, logradouros públicos, etc.
            
Além de Tudo isso temos uma situação política e administrativa instável, só em 2017 a Prefeitura de Tucuruí teve três Prefeitos, sendo um foi assassinado, outro foi afastado pela justiça acusado de Crime de Responsabilidade e também afastado e está sendo investigado pela Câmara Municipal.
        
O atual Prefeito Bena Navegantes que é o Presidente da Câmara Municipal assumiu a Prefeitura a pouco mais de um mês, e de cara teve que pagar uma folha de pagamento maior que a receita do município, isso em meio à maior crise política da história da cidade, o que prejudicou a manutenção dos serviços prestados pela PMT tem impedido investimentos da Prefeitura na cidade.
            
O assassinato do Prefeito Jones foi uma grande tragédia, não só para ele e sua família, mas também para Tucuruí, sua população e para a Prefeitura, pois a instabilidade política causada pelo crime que chocou a população da cidade, acarretou também uma grande instabilidade administrativa e financeira da Prefeitura, e o que é pior, não se sabe quando esta crise vai ter um fim definitivo.
             
A cada vez que muda de prefeito, administrativamente a PMT tem de recomeçar praticamente do zero, já que o novo Prefeito precisa de tranquilidade, estabilidade e pessoas de sua confiança em locais estratégicos para conseguir governar.
           
Diante desta situação catastrófica por que passa Tucuruí, nós do Folha achamos que o Bena está se saindo bem e tomando as medidas corretas, pagou o funcionalismo injetando desta forma 25 milhões na economia de Tucuruí em dezembro, aquecendo o comércio e a prestação de serviços, e dando uma certa estabilidade política na cidade.
              
Apesar do saldo negativo da receita e despesa em dezembro na PMT, a folha de pagamento está em dia, em janeiro a arrecadação tende a ser bem maior que em dezembro, devido ao aumento dos impostos arrecadados e às festas de fim de ano, aliado a isso, temos a redução na folha de pagamento em janeiro, assim deve sobrar algum recurso para investimento, segundo informações, a PMT deve começar a investir em serviços para a população ainda este mês, isso se a tempestade política que assola Tucuruí, continuar sob controle.