Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Seguradoras dificultam o pagamento do Seguro DPVAT

Se pode dificultar, para que facilitar?
As seguradoras estão dificultando o quanto podem o pagamento do Seguro DPVAT, se já era difícil para o cidadão comum no passado receber o Seguro DPVAT, agora o recebimento deste seguro está ficando quase impossível diante das exigências cada vez maiores por parte das seguradoras.
          
Para que o cidadão receba o seguro DPVAT, as seguradoras exigem uma enorme série de documentos e procedimentos, muitos deles complexos para o cidadão comum. O DPVAT é um seguro obrigatório de abrangência nacional que ampara motoristas, passageiros e pedestres que foram vítimas de acidentes causados por veículos automotores em vias terrestres. Ele foi criado com o objetivo de garantir indenizações para três naturezas: morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médicas e hospitalares. Mas como tudo no Brasil, uma coisa é ter esse direito e outra bem diferente ter este direito reconhecido, e no caso do DPVAT é receber de fato a indenização devida.

       
Para o cidadão comum não é fácil receber a indenização do seguro DPVAT caso faça o requerimento por conta própria e sem assessoramento, um laudo errado, parcial ou deficiente, a falta de algum documento ou um BO mal feito, por exemplo, pode inviabilizar o recebimento do seguro, e mesmo que toda a documentação esteja em ordem, o valor a ser pago depende do critério e avaliação da Seguradora, não raramente o valor do seguro concedido é inferior ao valor a que o segurado tem direito, isso quando não é negado, o que enseja milhares de processos na justiça todos os meses, isso quando o cidadão tem conhecimento ou orientação profissional, caso contrário geralmente o cidadão fica no prejuízo.
     
Os profissionais que intermedeiam os cidadãos que sofreram acidentes de trânsito e tem direito ao Seguro DPVAT, recebem em normalmente 20% da indenização (20% é melhor que não receber nada) e fazem todo o serviço de assessoramento, montam e acompanham por meses todo o processo para o cidadão que pleiteia o Seguro DPVAT, orientando quanto à documentação necessária e correta, e no caso da Seguradora lesar o direito do cidadão não pagando a indenização correta ou pagando a menos (jamais pagam a mais), os profissionais indicam advogados de confiança para que o cidadão possa reivindicar com êxito o seu direito através da justiça.
       
As seguradoras colocaram à disposição dos cidadãos a possibilidade de pedirem o Seguro DPVAT gratuitamente pelos Correios, aparentemente esta medida visa beneficiar o cidadão, que desta forma não teria que pagar a comissão dos corretores (intermediários), no entanto a verdade é outra, todo empresário busca maior lucro não importa os meios. Você leitor, acreditaria que uma seguradora criaria um método eficiente para facilitar o recebimento do Seguro DPVAT reduzindo os seus lucros? Isso não faz sentido, seria a seguradora agir deliberadamente para gastar mais dinheiro com indenizações e reduzir seus lucros, ou será que as seguradoras DPVAT são ONGs sem fins lucrativos que visam altruisticamente o bem estar social? Não, as seguradoras foram criadas para dar lucro para seus donos e associados e não para fazer caridade.
     
Na verdade sem assessoramento competente o cidadão leigo tem dificuldades para conseguir e juntar a documentação necessária e fazer os procedimentos necessários e corretos para receber o seguro DPVAT, ainda mais que os funcionários dos Correios apenas enviam os documentos que são entregues pelo cidadão, não tendo conhecimento suficiente, nem interesse no processo e nem interesse em assessorar o cidadão para que o mesmo receba a sua indenização, para ele tanto faz pois receber e enviar os documentos do cidadão é apenas um trabalho, se o cidadão receber o seguro o funcionário não ganha nada com isso e se não receber também não ganha também, além do mais mesmo que o funcionário dos Correios ganhasse alguma coisa por este trabalho, os mesmos seriam remunerados pela Seguradora, portanto defenderiam a Seguradora e seus interesses e não os interesses do cidadão.
     
O requerimento do Seguro DPVAT através dos correios, em nossa opinião não passa de um ardil, por sinal muito eficiente por parte das seguradoras, para reduzir e muito os pagamentos de indenizações e ao mesmo tempo impedir ou reduzir a quantidade de ações judiciais. O ardil ainda prejudica o cidadão de outra forma, já que os corretores e advogados cobram mais caro dos cidadãos que recorrem aos Correios e não recebem a indenização, diante da dificuldade de corrigir os erros e refazer novamente um processo mal feito.  É muito mais difícil refazer um processo DPVAT do que formalizar um processo novo.
      
Resultado: Grande parte dos cidadãos que fazem o requerimento do DPVAT pelos correios ou não recebem, ou tem de pagar a mais para os corretores ou para o advogado corrigirem e refazerem o processo para que recebam o seguro a que tem direito, ou estes recorrem aos profissionais ou não recebem nada. 
          
Se os profissionais que trabalham com o Seguro DPVAT, que conhecem as Leis e os procedimentos corretos, estão tendo enorme dificuldade para que seus clientes recebam o seguro DPVAT, imagine o cidadão leigo que não conhece os trâmites e não tem assessoramento profissional? 
            
O cidadão que abre um processo contra seguradoras de DPVAT tendo bom assessoramento (ao contrario dos que requerem o seguro sem assessoria) tem uma altíssima chance de obterem êxito, apesar dos artifícios e do grande aparato jurídico das ricas seguradoras. 
            
Leve em conta que se você tem uma moto, quase 90% do total do valor do licenciamento da sua moto é somente o seguro DPVAT (Veja os valores no seu boleto de licenciamento), o lucro das seguradoras é enorme, mesmo para quem tem um carro e o valor do seguro obrigatório é menor que o das motos o valor do seguro DPVAT é exorbitante, e assim mesmo as Seguradoras criam toda uma série de dificuldades na hora de pagar o seguro. O proprietário do veículo é obrigado a pagar o DPVAT, mas é a seguradora quem decide a seu critério quanto paga e se paga ou não.
        
A verdade é que os órgãos reguladores do Brasil, cuja finalidade é (ou deveria ser) fiscalizar a atuação das empresas que prestam serviços essenciais e de interesse público, este órgãos com raras exceções, defendem prioritariamente os empresários que detém o poder econômico, em detrimento da população em sua maioria indefesa e ignorante dos seus direitos, por isso pagamos no Brasil as maiores taxas do mundo para ter serviços públicos deficitários e ineficientes. 
        
Esta é a minha maior restrição à privatização no Brasil, os nossos empresários são muito predadores, visando o lucro a qualquer preço e a qualquer custo, e não existe um controle eficaz e competente para a defesa do cidadão neste país.
        
O empresário no mundo e em especial o empresário brasileiro, visa somente o lucro e não tem visão de interesse social, quando o empresário brasileiro investe em uma ação social é para fazer marketing e seu investimento é descontado do imposto de renta, ou seja, quando "aparentemente" fazem caridade é por interesse próprio, dão com uma mão e recebem com a outra, pior que isso, a classe empresarial no Brasil odeia quando o governo ajuda os menos favorecidos. Quanto mais pobres e miseráveis no Brasil, mais mão de obra barata, menores salários e mais lucro para suas empresas.
          
Leve em conta as informações contidas nesta matéria quando necessitar do Seguro DPVAT, pois estas informações podem fazer a diferença entre ser indenizado ou não. 
         

Justiça Federal obriga a Eletronorte a reassumir o Aeroporto de Tucuruí que foi interditado pela ANAC

             
A Justiça Federal decidiu que a Eletronorte reassuma o Aeroporto de Tucuruí que foi entregue à Prefeitura Municipal interditado pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) por não cumprir com as normas vigentes para o funcionamento e operação de aeroportos no Brasil, conforme relatório da ANAC.
             
Após a conclusão das obras de infraestrutura e quando o Aeroporto de Tucuruí estiver em conformidade com as normas vigentes, o Aeroporto poderá ser entregue à Prefeitura de Tucuruí.
            
Parabéns ao Ministério Público e à Justiça Federal pela decisão, ora a Eletronorte tem a obrigação de executar as obras de infraestrutura do Aeroporto de Tucuruí que está sob sua administração e responsabilidade antes de entregar o mesmo à Prefeitura Municipal. 
           
A Eletronorte pretendia entregar à Prefeitura Municipal de Tucuruí um aeroporto interditado pela ANAC e com sérios problemas de infraestrutura necessitando de obras urgentes e de adequação às normas de aviação? Isso é ilegal e um verdadeiro Presente de Grego, já não basta os problemas da prefeitura a Eletronorte em vez de ajudar Tucuruí, quer empurrar o problema e os custos das obras do Aeroporto para o município?
           

Fazendo justiça e impondo o cumprimento da Lei, o MPF e a Justiça Federal impediram esta ilegalidade, defenderam a população, o erário público municipal, e estão obrigando a Eletronorte a fazer as obras necessárias e a restabelecer um serviço essencial para a população de Tucuruí.
       
Leia a decisão.
           
         

terça-feira, 27 de junho de 2017

ASERT não cumpre acordo com o MPE e dá calote em convênios

                
Quebra de compromisso
               
A ASERT (Associação dos Servidores Municipais de Tucuruí) descumpriu o acordo que tinha com o MPE para a presentar em 20 dias o cronograma de pagamento das suas dívidas, conforme Ata do dia 12/05/2017.
            
Calote nos convênios
           
O Servidor João dos Santos Melo pegou uma guia para consulta no Hospital de Olhos de Tucuruí, devido ao reduzido número de atendimento diário do Convênio da ASERT, o Sr. João chegou à porta do Hospital às cinco horas da manhã e foi o primeiro da fila, no entanto quando o Hospital começou a atender ele foi informado pelo atendente que o convênio com a ASERT está suspenso por falta de pagamento.
               
É bom informar que pela primeira vez em 12 anos de mandatos de prefeito em Tucuruí, a ASERT está recebendo todos os meses e sem atraso, o mesmo acontece com a Caixa Econômica Federal, SINSMUT, INSS e IPASET. 
                  
Antigamente a PMT só pagava o salário líquido dos servidores e se apropriava dos descontos, mas agora o servidor recebe o salário líquido e os descontos são repassados aos órgãos e entidades a que se destinam, portanto atraso de repasse da Prefeitura não é mais desculpa para calote.
                 
Vejam a guia do servidor que foi rejeitada.
               
             
O acordo com o MPE que não foi cumprido:
               
             
       

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Humor negro


Datafolha - Pesquisa aponta que Lula lidera em todos os cenários

          
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva segue líder absoluto nas intenções de voto para as eleições presidenciais de 2018; pesquisa Datafolha divulgada hoje mostra que Lula está na liderança em todos os cenários de primeiro turno, tendo entre 29% e 30% das intenções de voto; o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) aparece em segundo, empatado com Marina Silva (Rede-AC); quando disputa com Alckmin, o petista fica com 30%; nesse cenário, o tucano aparece apenas na quarta posição, com 8%, enquanto Bolsonaro, com 16%, e Marina, com 15%, aparecem embolados no segundo lugar; o cenário com Doria é similar e tem Lula na dianteira, com 30%, e o prefeito de São Paulo em um distante quarto lugar, com 10% das intenções dos eleitores; após escândalo da JBS, instituto de pesquisa não se deu nem ao trabalho de incluir Aécio Neves (PSDB-MG) e Michel Temer (PMDB) na lista de presidenciáveis. Leia a matéria completa.
      
Fonte: Site 247.
       

sábado, 24 de junho de 2017

Ex-prefeito de Tucuruí se recupera e cresce em pesquisas internas

               
O ex-prefeito Sancler Ferreira PPS, segundo pesquisas internas, está mostrando uma rápida recuperação eleitoral, segundo as pesquisas ele teria hoje 30% das intenções de votos para deputado em Tucuruí.
          
Estes números são altíssimos levando em conta a situação e a imagem do ex-prefeito quando deixou à prefeitura de Tucuruí, sua imagem estava tão desgastada que o mesmo não aparecia nas propagandas políticas do seu candidato à sucessão, pois as pesquisas diziam que se fizesse isso ele poderia prejudicar a candidatura do seu sucessor.
              
Muitos dizem que Sancler pode não conseguir ser candidato se for condenado em apenas um, dos inúmeros processos a que responde na justiça, porém isso é improvável, mesmo que ele seja condenado em primeira instância terá direito a recorrer e não existe tempo hábil para que ele seja condenado em segunda instância se tornando inelegível nas eleições de 2018. Somente a condenação em segunda instância poderia impedir o ex-prefeito de se candidatar e de se eleger. Caso se eleja Sancler adquire foro privilegiado, o que o beneficiaria juridicamente. 
          
No entanto, a recuperação eleitoral do ex-prefeito em Tucuruí pode trazer sérias consequências políticas ao PMDB, e para os candidatos do partido a deputado e a governador. Lembrando que os candidatos a governador do PMDB em Tucuruí sempre tiveram uma ótima votação, mesmo quando o PMDB estava fora da PMT e era oposição ao governo municipal e Estadual.
       
Nas últimas eleições o candidato do PMDB Helder Barbalho teve cerca de 75% dos votos em Tucuruí, isso é um fenômeno levando em conta que o PMDB investiu somente R$ 10.000,00 na campanha em Tucuruí (veja no TSE), muito surpreendente esta votação, já que o candidato apoiado pelo prefeito Sancler era o adversário do PMDB, o então Governador Jatene.
            
No entanto hoje um paradoxo se estabelece em Tucuruí, temos o PMDB no governo e a o mesmo tempo presenciamos a recuperação e ascensão política do ex-prefeito do PPS que é adversário do partido do governo, este fato revela que a política da situação em Tucuruí está completamente equivocada, podendo inclusive refletir negativamente no desempenho dos candidatos do PMDB à Assembleia Legislativa e ao Governo do Estado.
          
As eleições Estaduais no Pará estão polarizadas entre o PSDB e o PMDB, que são aliados em nível nacional e inimigos dentro no Pará. Temos que levar em conta que o PMDB, a exemplo do PT, é composto por várias tendências em um único partido, com políticas particulares em cada Estado e em cada município.
          
Tucuruí e seu eleitorado não são os maiores do Pará, no entanto é inegável a sua importância estratégica e exerce forte influência política nos municípios do entorno do lago, geralmente os candidatos do PMDB ao Governo do Estado têm na cidade uma diferença de mais de 20.000 votos acima dos seus adversários, o que em uma eleição apertada faz toda a diferença e pode decidir a eleição, esta vantagem está sendo ameaçada pela política equivocada do governo.
            
Não é de admirar que a oposição esteja ganhando espaço à galope, a Coordenação PUlítica amadora da PMT comete erros em cima de erros, inclusive no relacionamento do executivo com o legislativo e judiciário, além disso, para piorar, a oposição ocupa hoje cargos chaves e estratégicos na PMT e até em gabinetes de vereadores "da base" exercendo forte influência até mesmo no legislativo, enquanto aliados com experiência e vasto conhecimento político são deixados de lado, subvalorizados e não são ouvidos.
               
O político deve ter uma visão ampla e abrangente, tem de parar de fixar somente o seu próprio umbigo e passar a olhar para os lados e para frente, na política e no poder, questões pessoais e passionais não tem lugar, o político deve ser pragmático e deve se preocupar prioritariamente com o interesse público, e com a sua sobrevivência política e a sobrevivência política do seu grupo. 
             
Grandes homens não cultivam mágoas ou ressentimentos na vida pública e não vivem do passado, eles olham o presente e o futuro, cada aliado de ontem ou potencial aliado de amanhã é muito importante, o fato de o estadista gostar do aliado ou não, não tem a menor importância e é irrelevante, afinal o político não vai se casar com seus aliados, o que importa realmente é o papel que o aliado tem para a execução do projeto político do governante e para a manutenção do poder.
              
Ser um empresário bem sucedido e experiente, não quer dizer que o cidadão seja um bom político ou um bom conselheiro político em questões de Estado, e muito raramente são, a iniciativa privada é completamente diferente do setor público, a iniciativa privada visa somente o lucro a qualquer preço e não depende de voto, o setor público não visa lucro, precisa de voto e o seu único objetivo (ou deveria ser) é o bem estar da população e a satisfação do eleitor.
              
O gestor que tentar administrar uma empresa pública como uma empresa privada vai fracassar e dar com os burros n'água, não tem erro, sem uma Coordenação Política (com P maiúsculo) eficiente e profissional todo governo está destinado ao fracasso. 
               
A oposição hoje não precisa fazer nada em Tucuruí, a Coordenação PÚlítica da PMT já faz este papel com maestria e eficiência invejável, e no ano que vem o PMDB terá a gratidão da população da cidade pelo aumento de despesas familiares em suas casas com a chegada de uma conta à mais para pagar, como cortesia do governo peemedebista... 
          
Uma boa troca, uma conta desnecessária e uma despesa à mais para o povo, uma quebra de compromisso de campanha, em troca da credibilidade da administração e em troca dos votos do eleitorado em Tucuruí.
                      
Clap, clap, clap!!!

       

Roquevan é libertado e passa a cumprir prisão domiciliar

O líder comunitário e Coordenador do MAB em Tucuruí foi libertado da prisão que foi decretada pela justiça eleitoral.
    
Roquevan foi condenado por crime eleitoral nas eleições de 2008 a pagar uma multa e fazer serviços comunitário por dois anos, segundo informações da Justiça Eleitoral, Roquevan não recorreu da sentença, não pagou a multa e não fez o serviço comunitário, tendo sido por isso decretada a sua prisão.
      
Os advogados conseguiram a liberdade do Roquevan que terá de cumprir prisão domiciliar e algumas exigências e restrições que constam no Salvo Conduto.
     
Uma brilhante defesa do nosso amigo e competente advogado Dr. Rui Guilherme de Almeida Amoras.  
      
Entrevista com o Roquevan.
    
video
             
Salvo conduto.
   
 
 
 

sexta-feira, 23 de junho de 2017

O golpe da água volta a assombrar os tucuruienses

             
Mais uma vez a classe "política" de Tucuruí volta a assombrar a população de Tucuruí com a terceira privatização da Nossa Água em nosso município.
                
O golpe é velho, o Prefeito privatiza depois o candidato promete desprivatizar e ganha à eleição, depois compra a Nossa Água de volta à custa dos cofres públicos, o outro candidato mente nas eleições dizendo que não vai privatizar e não cumpre a palavra e assim por diante o povo é feito de palhaço e paga a conta.
            
O Prefeito e vereadores querem privatizar a água por que a Prefeitura não tem competência para administrar e é preciso trazer uma empresa de fora, com pessoas de fora, quem sabe de laranjas para administrar? 
            
Que vantagens os políticos estão tendo com isso? 
            
Alguém acredita que todo este interesse e conchavo sejam em benefício do povo? 
             
Vocês já viram algum político em Tucuruí se preocupar com o povo?
            
Político que se preocupa com o povo não mente e não engana a população.
      
Vocês viram nestas eleições algum candidato a prefeito ou vereador em cima de um palanque defendendo a privatização da Nossa Água? Qual destes cidadãos que se dizem vereadores subiu em um palanque e disse que se fosse eleito defenderia a privatização? Nenhum, porque sabem que não é isso que o povo quer.
          
Não se trata de não pagar água, nem mesmo esta água que a Eletronorte vai dar de graça para o povo de Tucuruí em compensação pelos problemas ambientais e sociais que a hidroelétrica causou a Tucuruí, o problema maior é a mentira que disseram ao povo, fizeram o eleitor de idiota, é a enganação premeditada, é o interesse particular acima do interesse público.
         
Se os senhores vereadores gostam mesmo de Tucuruí e querem ajudar a prefeitura parem de colocar apaniguados na PMT, a folha de pagamento subiu  quatro milhões em apenas seis meses, e os maiores culpados disso são os vereadores que não param de empurrar apaniguados na PMT, parem de desperdiçar dinheiro público que sobra recursos para o prefeito investir em saúde, educação e saneamento básico, enfim para benefício de TODA  a população de Tucuruí e não só de um grupelho, só o salário pago aos apaniguados na Prefeitura hoje, daria para custear a Nossa Água por um ano e sobraria muito dinheiro, mas a ganancia e a hipocrisia tomam conta da classe política e eles não tem um pingo de vergonha e constrangimento de mentir, enganar o povo e cometer estelionato eleitoral.
         
Isso mostra que a Câmara Municipal não mudou nada, continua a mesma, meus interesses primeiro e o povo que se exploda. Tucuruí não tem sorte mesmo com vereadores, é cada mandato pior que o anterior.
     
Mas o povo não é mais burro, os senhores podem vender o patrimônio da população já que estão no poder e o povo para os senhores só tem valor quando estão pedindo votos, mas este fantasma vai assombrar os seus mandatos por muitos anos, porque vamos fiscalizar e vamos cobrar todos os dias até o último dia dos seus mandatos uma água de qualidade, taxas sociais simbólicas para famílias carentes, taxa de água justa e aumentos justos, não vamos cobrar da empresa, vamos cobrar dos senhores e jogar esta matéria em suas caras sempre que for necessário, não permitiremos que os senhores autorizem o aumento da taxa de água para empregar apadrinhados e parentes na empresa de água, vamos cobrar o MPF que faça a Eletronorte cobre da empresa fornecedora de água os custos de bombeamento e tratamento de água já que não se trata mais de uma questão social e sim econômica de empresa privada, vamos fiscalizar com lupa a licitação e vamos investigar os donos e a origem da empresa "ganhadora", enfim, cuidem para que a coisa seja o mais perfeito possível caso contrário, se houver brechas e furos, garanto que os senhores terão muitos problemas. Se der merda (e vai dar) os senhores vão pagar o preço.
        
Quanto á questão moral de terem mentido de forma tão vil para o povo de Tucuruí durante as eleições, este fantasma os assombrará durante todo o seu mandado, pois quem mente uma vez não merece nova chance e a confiança do povo, já diz o ditado: Quem mente rouba, e quem rouba mata.
              
Já notaram que quando tem interesses envolvidos todos se unem? Só mudaram os artistas e as caras o filme é o mesmo. É preciso tirar e execrar a mentira da política em Tucuruí, é preciso eleger candidatos sérios, quem mente para o povo não merece outra chance e não merece representar a nossa população.
          
Aposto com todos vocês que esta privatização é um tiro no pé e vai dar merda, e se depender de nós o ventilador será um dos grandes.

         

quarta-feira, 21 de junho de 2017

ASERT - Oposição ao Prefeito Jones teve uma importante vitória hoje

A oposição ao Governo ao Prefeito Jones William obteve uma importante vitória hoje na eleição da Comissão Eleitoral da ASERT, todos os eleitos tem ligação com a administração anterior e podem ser considerados do grupo politico do ex-prefeito, grupo do qual tiveram todo apoio. Nenhum candidato neutro ou pró-governo teve nenhuma chance, o grupo do ex-prefeito passou como um trator por cima.
               
A Educação votou em peso na chapa ligada ao ex-prefeito, o que demonstra que a Secretária não tem nenhuma liderança ou influência dentro da Secretaria, que, aliás, está lotada de adversários em cargos estratégicos como no resto da administração, além disso, pessoas em Cargos de "Confiança" da atual administração e até contratados apoiaram abertamente a chapa vencedora, e disseram que não votariam em "candidatos do governo" de jeito algum, ou seja, ser adversário do Jones foi uma grande vantagem nesta eleição e provavelmente será nas próximas, à vitória da chapa composta e apoiada apenas por pessoas ligadas ao ex-prefeito Sancler foi esmagadora.
             
É evidente que a oposição ao Prefeito está ocupando todos os espaços políticos em Tucuruí, e pelo resultado da Comissão Eleitoral da ASERT, dá para prever que o grupo do ex-prefeito vai continuar controlando a administração da Associação, e certamente a importante máquina da ASERT vai ser usada para dar apoio político, logístico e financeiro aos adversários do Prefeito nas próximas eleições.
              
Vemos que o grupo de apoio ao Prefeito (se é que ainda pode ser chamado de grupo), que já não tinha muito espaço dentro da própria administração, agora está perdendo TODOS os espaços políticos mesmo fora da Administração. Desta forma a base de apoio do governo está encolhendo rapidamente, já que os seus integrantes não tem espaço político, não tem apoio necessário, e estão à deriva abandonados à própria sorte.
             
Enquanto falta Coordenação Política no governo (se é que existe uma), o grupo adversário demonstra estar bem coordenado e ativo, estão ganhando cada vez mais espaço, enquanto isso a situação está à deriva, desestimulada, dividida, enquanto isso a administração municipal ressuscita projetos fracassados e impopulares de administrações anteriores e bate de frente com a população. 
               
Hoje por incrível que pareça, é muito mais fácil e gratificante ser oposição ao governo, algo inédito na história política de Tucuruí.
            
Se a luz amarela estava acesa para o governo, agora depois desta derrota e mais este aviso, todas as luzes estão acesas e a sirene tocando estridentemente, só não percebe quem não quer.
            

Começou a sacanagem? Querem vender a Nossa Água de novo?

            
Comenta-se nos bastidores da Câmara Municipal e nos bastidores políticos que a PMT quer vender (de novo) a Nossa Água, é bom lembrar que a Nossa Água já foi vendida e "desvendida" duas vezes em Tucuruí, causando prejuízos para a Prefeitura e para a população. Recusamos-nos a acreditar que esta barbaridade seja verdade.
              
Projeto já foi rejeitado duas vezes pelo povo e anulado pela justiça na gestão anterior.
              
O projeto de Venda da Nossa Água da administração anterior do ex-prefeito Sancler Ferreira foi rejeitado três vezes, a primeira vez pelo povo em audiência pública, a segunda pela justiça que anulou o projeto aprovado na Câmara, e a terceira de novo pelo povo nas urnas.
             
O Prefeito Jones prometeu água de Graça para a população durante a campanha e este foi um dos motivos da sua vitória e da derrota do seu adversário, agora depois de eleito, será que ele vai trair a confiança do eleitor?
           
A Eletronorte vai disponibilizar á água tratada para a cidade de Tucuruí por vinte anos, a PMT só vai ter o "trabalho" de distribuir esta água, será que nem isso a Administração Municipal tem competência para fazer? 
    
Dizem que mesmo a água sendo cedida pela Eletronorte terá um custo operacional, ora, água tratada faz parte da política de prevenção de doenças dos governos e é uma questão de saúde pública. A Educação e a Saúde Pública também tem custo operacional, querem também privatizar e cobrar o atendimento na UPA, no Hospital Municipal, nos Postos de Saúde e nas Escolas Municipais? As Praças Públicas e o Cais também têm custo de manutenção, vão privatizar e cobrar pedágio nestes locais também?
          
É só isso que falta, é para pagar custos operacionais e de manutenção dos governos que os cidadãos pagam impostos, quer dizer que a PMT só quer receber a quarta maior arrecadação do Pará e não quer gastar nada com a população? Se for para privatizar tudo e não ter gasto com a população, para que serve a Prefeitura e Câmara Municipal? Somente para cabide de emprego, ou isso não tem “custo operacional"?
          
SE a administração não quer honrar as promessas de campanha, pelo menos tenha a consideração de fazer uma Consulta Popular e deixar que o povo, que é o legítimo dono da PMT, e é quem paga as contas da Prefeitura e o salário do Prefeito e Vereadores, decida (de novo) se a PMT vai vender a Nossa Água ou não.
       
Nenhum tucuruiense que tenha um pingo de amor por Tucuruí pode aprovar a venda da Nossa Água, que é um patrimônio do povo, principalmente agora que falta tão pouco (se houver vontade política) para que o problema de água tratada seja solucionado em nossa cidade.
            
Será que não seria o caso desta administração, em vez de repetir os erros e os projetos fracassados de administrações anteriores, buscasse novas soluções que resolvessem os problemas de Tucuruí e da população? 
            
Que esta administração cometa erros, nós compreendemos, já que nada é perfeito, mas que pelo menos que cometa NOVOS erros, agora ficar repetindo os MESMOS ERROS das administrações anteriores e ainda por cima em tão pouco espaço de tempo é inadmissível, inaceitável e um tremendo amadorismo político. Já dissemos isso e repetimos mais uma vez: Está faltando Coordenação Política na PMT.
               
Mais uma vez, esperamos que estejamos equivocados e que estas informações estejam erradas e não passem de boatos de mau gosto, pois nos recusamos a acreditar que isso esteja acontecendo...
               

terça-feira, 20 de junho de 2017

Senado Rejeita Relatório da Reforma Trabalhista

           
                  
Em uma reunião tensa, a Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado rejeitou, por 10 votos a 9, o texto principal da reforma trabalhista; com a rejeição do relatório do senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), o voto em separado apresentado pelo senador Paulo Paim (PT-RS) foi aprovado por unanimidade e segue agora para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ); rejeição foi uma grande derrota para o governo Temer, que se afunda em uma grave crise, e agora sequer tem legitimidade para aprovar as reformas que prometeu ao mercado. Leia a matéria completa. 
   

Caixa Econômica vai construir 200 casas em Tucuruí

Reunião da Associação com a participação do Prefeito Jones de Tucuruí
Com recursos do Governo Federal, a Caixa Econômica federal no Programa Minha casa Minha Vida está liberando recursos para a construção da Vila Residencial Olga Benária para a construção do primeira etapa de 200 casas populares que deverão beneficiar 200 famílias em Tucuruí, os recursos foram disponibilizados através da Cooperativa Mista de Pescadores e Trabalhadores Rurais Urbanos Extrativista do Lago da UHE, com o apoio e ajuda da Prefeitura de Tucuruí.
                  
Segundo o Roquevan, podem ser liberadas mais três etapas de 200 casas, totalizando 800 casas.
               
No vídeo abaixo o Roquevam explica o projeto.

video

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Zumbí, a obssessão...


Quadrilhas de delinquentes criam perfis fake nas redes sociais para cometerem crimes em Tucuruí

         
Uma quadrilha está criando perfis fake nas redes sociais para cometerem crimes cibernéticos e fazer terrorismo midiático em Tucuruí, o objetivo da quadrilha é criar notícias e denuncias falsas sobre autoridades locais, assim como constranger e chantagear autoridades com o objetivo de auferir vantagens pessoais e até mesmo como vingança pessoal e política.
             
Os meliantes agem principalmente no facebook, onde com nomes e dados falsos criam contas com perfis falsos para tentar evitar que sejam identificados e que os seus crimes sejam punidos pela justiça, no entanto, para a polícia especializada em crimes cibernéticos é relativamente fácil rastrear e identificar os responsáveis pelos crimes cometidos pela Internet.
                 
Outra consequência destes crimes virtuais, é que servidores municipais inconsequentes reproduzem as notícias fakes e com a sensação de impunidade que estas notícias provocam, espalham mentiras, injúrias e difamações contra pessoas e autoridades, estando sujeitas, portanto a Processos Administrativos Disciplinares na Prefeitura e processos judiciais.
                          
É preciso muito cuidado com o que se publica na Internet, pois Liberdade de Expressão não é liberdade para injuriar, caluniar e difamar, enfim, Liberdade de Expressão não é liberdade de delinquir.
                      

Acordo da Data-Base do Servidor Municipal garante reajuste de 4,08% no salário e 8% no ticket alimentação

           
O acordo da Data-base do funcionalismo municipal garantiu 4,08% de reposição salarial do servidor de acordo com a inflação e mais 8% no ticket alimentação retroativos a maio deste ano, o pagamento do reajuste e do retroativo da reposição salarial será pago no pagamento de junho.
         
Poucos estados e poucas Prefeituras fizeram a reposição salaria dos servidores públicos, para se ter uma ideia o Estado do Pará deu apenas R% 50,00 (cinquenta reais) de aumento para o funcionalismo Estadual.
           
Vejam a Cópia do Arquivo
          
   
     

PF conclui que áudio de Joesley não foi adulterado


Notícia foi antecipada pelo jornalista Ricardo Noblat; segundo ele, a perícia da Polícia Federal relata que "não há sinais de adulteração na gravação da conversa entre o presidente Michel Temer e o empresário Joesley Batista, dono do Grupo JBS"; "Outra das desculpas esfarrapadas de Temer cai por terra. De mentira em mentira, vai ficando sem defesa. E foi só o primeiro vazamentos entre os muitos que virão nas próximas horas e dias", observa o jornalista Fernando Brito, do Tijolaço
    
      

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Semana do Meio Ambiente - A nascente do Igarapé Santana

Participantes do passeio ciclista comemorando a Semana do Meio Ambiente (Foto Mariana Bogéa de Souza)
Nesta quinta-feira a SEMMA organizou um passeio ciclista em comemoração pela Semana do Meio Ambiente, os ciclistas percorreram a Avenida Lauro Sodré depois passou Pelo Palmares e finalizaram na zona rural na cabeceira do Igarapé Santana.

Após a longa jornada em que venceram várias ladeiras íngremes pedalando e com o sol escaldante os ciclistas e demais participantes, terminaram o trajeto em comemoração à Semana do Meio Ambiente na nascente do Igarapé Santana, um paraíso ecológico, com um lago de águas límpidas e geladas. Alguns participantes exaustos e com muito calor não resistiram e se refrescaram nas águas do lago da nascente do igarapé.
        
Muitos dos participantes já tomaram banho no Igarapé Santana que corta a cidade, antes que a poluição tomasse conta do igarapé, e assim puderam matar um pouco da saudade dos velhos tempos.
        
A nascente de águas puras e límpidas renovou a disposição de todos os participantes em lutar pela preservação do meio ambiente e pela recuperação dos igarapés Santana e Santos, dois igarapés que cortam toda a cidade e que infelizmente hoje estão poluídos, assim como também estão dispostos a lutar pela preservação das dezenas de nascentes localizadas na cidade de Tucuruí.
         
Vejam as imagens da nascente, mesmo os tucuruienses natos, raros são os que conhecem a nascente do Igarapé Santana. 
           
Vamos nos unir para salvar e preservar os nossos igarapés.
           
Vejam que maravilha da natureza.
          
          

quarta-feira, 7 de junho de 2017

SEMMA com o apoio de órgãos públicos, empresas privadas e representantes sociais promovem ações em defesa do Meio Ambiente

Toda a SEMMA participa da ação em defesa do Meio Ambiente em Tucuruí
A Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Tucuruí SEMMA, com o apoio de diversas Secretarias Municipais e seus servidores, também contou com o apoio de empresas privadas como a Rede Celpa e Mifran, entre outras empresas que contribuíram para a confecção de camisetas para a campanha e com a participação de seus funcionários nas ações, assim como o apoio do grupo os Desbravadores da Igreja Adventista entre outros, estes voluntários fizeram diversos atos simbólicos de coleta de lixo de Igarapés que cortam o Município de Tucuruí.
           
Os servidores da PMT e voluntários das empresas privadas fizeram a coleta de centenas de quilos de lixo predominantemente lixo doméstico das margens e leito dos igarapés na ponte da Av. Assis de Vasconcelos (Ontem) e na ponte da Avenida Sete de Setembro (Hoje).
         
No caso da SEMMA a adesão foi completa e TODOS os servidores da Secretaria incluindo a Secretária, engenheiros, diretores, motoristas e zeladores puseram à mão na massa, ou no lixo como queiram, os voluntários da CELPA e dos desbravadores e servidores de empresas que prestam serviço à PMT também ajudaram na ação e na coleta do lixo, pois todos acreditam que o Meio Ambiente deve ser preservado e defendido, acreditam ainda que o exemplo vale mais que mil palavras e mil conselhos. 
         
É certo que o lixo coletado ontem e hoje é uma gota no oceano, tendo em vista as toneladas de lixo que são depositados anualmente no leito e nas margens dos igarapés, no entanto uma caminhada de mil quilômetros começa com um simples passo, e assim passo a passo um dia chega-se ao destino final, é preciso ter fé e é preciso acreditar em Deus e na humanidade. 
      
Tucuruí é a nossa casa, portanto devemos manter a nossa casa limpa, saudável e bem cuidada.
       
Lugar de lixo é no lixo e não poluindo e sujando nossas ruas e os nossos igarapés, assim como lugar de esgoto não são os cursos de água e sim as fossas e as instalações de tratamento de esgoto.
      
Devemos ter mais consciência e proteger o nosso planeta já que só temos este.
         
Imagens do evento de hoje na Avenida Sete de Setembro.
         
Os desbravadores voluntários da Igreja Adventista coletando lixo na beira do Igarapé
   
Servidores da SEMMA e voluntários na Ponte da AV. Sete de Setembro.
   
Na ação não faltou a colaboração e a beleza das Servidoras da SEMMA
   
Voluntários Desbravadores e servidos da SEMMA depositando o lixo para ser coletado
   
Servidores da ASEMMA coletando lixo no igarapé
     
Este é um presente criminoso e inconsequente que os nossos igarapés a natureza não precisa.
Se soubesse que o mundo se acaba amanhã, eu ainda 
hoje plantaria uma árvore.
       
       
    
Equipe Folha!!!