Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

quarta-feira, 15 de maio de 2019

Câmara Municipal de Tucuruí dá mais um show de absurdos e insanidades

         

Em primeiro lugar a questão de o Ministério Público ter o trabalho de se deslocar até a Câmara Municipal, para flagrar servidores municipais assistindo a Sessão da Câmara Municipal em vez de estarem trabalhando já é um absurdo.
        
O MP agora com tanto serviço, tem de se preocupar com desvios de dinheiro público, crimes políticos, pagamento de servidores da prefeitura, enfim, o MP agora, além das suas obrigações na Promotoria, tem de administrar e fiscalizar a Prefeitura e tudo ao mesmo tempo? Desse jeito é melhor mandar prefeito e vereadores para casa, e deixar o Ministério Público administrar a cidade e legislar.
     
É bom lembrar que se não fosse o MP, o caos em Tucuruí seria muito maior, e as consequências e o sofrimento para o povo de Tucuruí seriam bem piores.
           
Quanto às denuncias dos Vereadores Heber e Lucas, que renderam várias acusações de ambas as partes, eu acho que a decisão da Câmara de não aceitar mais denuncias não foi uma decisão muito coerente, já que os vereadores estão antecipando suas decisões para resolver um caso pontual.
          
Eu acredito que o fato de a Câmara Municipal não aceitar denuncias, é mais uma forma de omissão, eu acredito que os vereadores devem analisar caso a caso, ou os vereadores estarão censurando a si mesmos, já que eles não sabem quais denuncias serão apresentadas? 
              
Outra coisa que não ficou explicado: os vereadores não vão aceitar mais denúncias do povo também? Então vão fazer o quê se não fiscalizam o Prefeito? Vão jogar as suas responsabilidades e suas obrigações para o cidadão e para o Ministério Público?
       
A cidade está uma bagunça e estes cidadãos não fazem nada? Só recebem o gordo salário no fim do mês e empregam parentes e amigos na Câmara e na Prefeitura?
                   
O engraçado e triste ao mesmo tempo, é constatar que os vereadores estão  (com razão) sendo desprezados pela população, quando os Promotores mandaram os servidores públicos municipais se apresentarem na Secretaria, o plenário ficou vazio, só mesmo pagando salário para o cidadão assistir os vereadores discutindo o que não fizeram, e programando o que não vão fazer.
       
E olha que tem vereador querendo ser prefeito e fazendo cara de paisagem, fazendo de conta que o caos de Tucuruí não tem nada a ver com ele...
                      
É claro que a convivência na câmara entre o irmão do prefeito assassinado e o irmão do atual prefeito não daria certo e daria problemas.

O Presidente da Câmara, na reportágem, falou uma bobagem sem tamanho ao dizer que a animosidade entre os dois vereadores é por questão política, isso é de uma ignorância extrema, ele diz isso porque não teve um irmão assassinado e também a sua família não está sendo acusada de assassinato.
       
Isso é muito mais que um problema político, só um “cristão” sem nenhuma sensibilidade e amor à própria família diria uma sandice desta.
       
Se coloque no lugar dos outros e tenha um pouco mais de compreenção, humanidade, respeito à dor alheia e amor ao próximo, senhor vereador...
                            
O povo de Tucuruí está ferrado mesmo, mais que isso, estamos todos fodidos (desculpem o palavrão), com estes nossos "políticos".
                
Isso é uma vergonha.
                
Vejam um trecho do Programa TJ Regional, Edição da Noite do Sistema Floresta ontem, dia 14 de maio.
           
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, racismo, homofobia, misoginia, discurso de ódio e intolerância de qualquer tipo, serão moderados e publicados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!