Alterar o idioma do Blog

segunda-feira, 22 de julho de 2019

IPASET - Nos Bastidores da Política Parte V

      
Como o IPASET é financiado com dinheiro do funcionalismo e com o dinheiro do povo de Tucuruí, eu estou prestando contas do período em que exerci o cargo de Diretor Administrativo e Financeiro do IPASET. 
           
                  
AS FINANÇAS DO IPASET.
          
Quando o Prefeito Municipal teve seu mandato cassado pela Câmara Municipal de Tucuruí, assumiu o cargo o Vereador Presidente da Câmara Municipal Bena Navegantes, até que se realizassem novas eleições.
           
Enquanto assumiu o cargo de Prefeito, Bena Navegantes preocupado com os escândalos que envolveram as Diretorias do órgão de Previdência Municipal desde a sua criação, escândalos estes que levaram diversos diretores a serem processados e presos, resolveu entregar a direção do IPASET ao sindicato dos Servidores Municipais de Tucuruí, SINSMUT.
        
Assim o Presidente do SINSMUT assumiu a Superintendência com liberdade total para administrar o órgão e nomear os membros da Diretoria, ficando os demais cargos para indicações políticas.

O atual Superintendente então se afastou da Presidência do SINSMUT e assumiu o cargo, com o compromisso de fazer uma administração séria e voltada para beneficiar os servidores municipais no limite da Lei, e nomear livremente os Diretores do IPASET dentre os CONCURSADOS da Prefeitura (Com o passar do tempo estes compromissos se perderam, mas isso será tema para futuras postagens).
       
Para assumir um cargo na Diretoria, o Superintendente convidou um Professor  Concursado, que é um dos líderes do SINTEP, para compor a Diretoria (falamos sobre este Diretor na matéria anterior), sendo que depois da saída da Controladora do IPASET, foi nomeado para assumir a Controladoria um concursado membro da Direção do SINSMUT, que está no cargo até hoje.
       
Quando a atual diretoria assumiu os cargos havia quase dois milhões de reais nas contas do IPASET. Mas havia as despesas de folha de pagamento e despesas, que depois de pagas reduziram o caixa do IPASET já no primeiro mês para pouco mais de um milhão.
         
O Prefeito Bena quando assumiu começou a fazer os repasses até a sua saída da PMT, quando o Prefeito Artur Brito retornou ao cargo por decisão da justiça. Quando o Bena saiu, o caixa do IPASET (destinado a custear as aposentadorias) já estava em quase cinco milhões de reais.
        
Quando o Prefeito Artur Brito reassumiu o cargo, havia a possibilidade do Superintendente e toda a diretoria ser exonerada, já que estes cargos são de confiança e livre exoneração do Prefeito, mas o Superintendente tem um padrinho muito forte e que tem grande influência sobre o Prefeito e o manteve no cargo, além disso, o Superintendente conseguiu a confiança do Prefeito e família, esquecendo a amizade que dizia ter pelo ex-prefeito Jones.
          
O Superintendente conseguiu manter a diretoria composta por concursados por algum tempo (agora tudo mudou), apesar das pressões, já os outros cargos continuaram a serem preenchidos por indicações políticas. O IPASET é o filé mignon das indicações políticas no município, cargos destinados a apadrinhados “de elite”, próximas de políticos de peso, devido ao alto salário pago pelo IPASET, em comparação com  os salários pagos pela prefeitura municipal, perdendo estes salários apenas para a Câmara Municipal. 
          
Pois bem, quando a atual prefeito reassumiu a Prefeitura simplesmente parou de fazer os repasses para o IPASET, e quando repassava, os valores eram tão irrisórios que não pagava sequer as despesas do IPASET, quanto mais a Folha de Pagamento. Assim o IPASET, utilizou todo o seu caixa para se manter e ficou sem dinheiro, comprometendo os recursos para futuras aposentadorias. 
          
Assim o caixa do IPASET que deveria ter mais de cem milhões em 2018 ficou praticamente a zero. O prefeito, com muita luta repassava (e acredito que seja assim até hoje), apenas o suficiente para as despesas do IPASET, mais ou menos a metade do valor total, retendo a outra parte na Prefeitura, para ser utilizada não se sabe onde...
          
Por inúmeras vezes eu como Diretor Administrativo Financeiro do IPASET, solicitei ao Superintendente que comunicasse formalmente ao MPE a apropriação indébita dos recursos do IPASET e fizesse a cobrança judicial dos valores devidos pela PMT, mas infelizmente não fui atendido o que me deixava muito decepcionado e chateado, mas acredito que não havia, e que ainda não há por parte da Direção do IPASET, nenhum interesse em contrariar os interesses do prefeito, mesmo que estes interesses prejudiquem o IPASET e os Servidores Municipais.
              
Continuaremos na Parte VI desta matéria.
              
 Autor: André Luiz (AndréResistência).
           

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, racismo, homofobia, misoginia, discurso de ódio e intolerância de qualquer tipo, serão moderados e publicados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!