Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Pingo no I

Comentário no Blog do Parsifal.

Clique aqui e leia o comentário no Blog.
   
Pagando para ver. Será que o Pacheco e o Miguel vão desmentir o Deputado?
 

8 comentários:

  1. Vocês acham mesmo que o que o deputado Parcifal Pontes diz vale alguma coisa? Será que o pessoal do Folha ficaram ingenuos e começaram a acreditar em papai noel e nas palavras do parcifal. KKKKK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achamos sim, o Parsifal não é idiota, falar é uma coisa, escrever e tornar a escrita pública é outra.
      Quando é preto no branco a coisa muda de figura. Ingênuo é quem acredita que somos ingênuos.
      Não dá para perceber que na escola que vocês estudaram, nos formamos com louvor e temos doutorado?

      Excluir
    2. Discordo também do anonimo acima! O Dr Parsifal é um homem sério e de palavra não é atoa que se tornou um grande líder do PMDB e uma grande liderança de nosso estado. Acredito agora que esta historia chegou ao final, Agora vamos de Gualberto Neto e Jones. Te cuida sapocler

      Excluir
  2. O Folha tá certo, o deputado parcival falou tá falado. Tudo que ele dis e escreve ele cumpre. ele é um homem serio e de palavra. O folha como sempre nunca erra.

    ResponderExcluir
  3. e esse comentário ae .....

    http://pjpontes.blogspot.com.br/2012/05/psdb-lanca-zenaldo-coutinho-prefeitura.html

    Respostas

    Parsifal Pontes1 de maio de 2012 18:03
    O PMDB em Tucuruí tem um diretório e cabe a esse, como estão fazendo todos os demais dos mais diversos partidos, decidir a data na qual oficializará a candidatura de um filiado seu. Alerto-lhe, todavia, que o lançamento de candidaturas, por lei, só é permitido a partir de 10 de junho.
    O que ocorre agora são lançamentos de pré-candidaturas não oficiais e isso, em Tucuruí, o PMDB já fez quando lançou a pré-candidatura de Gualberto Neto, com a presença do presidente Regional Jader Barbalho, do segundo vice-presidente, Helder Barbalho, e do terceiro vice-presidente, que sou eu.
    Permita-me dizer-lhe que com a missão de administrar o partido em todo o Pará, não é correto para mim tomar decisões preocupado com quantos votos eu terei em Tucuruí ou em qualquer outro município.
    Observe ainda que se o PMDB de Tucuruí, e o próprio pré-candidato lançado, não conseguiram, no tempo que tiveram, unir forças e alinhar as desavenças internas, dificilmente estará preparado para administrar uma prefeitura cujos problemas e desavenças, são mil vezes maiores que as picuinhas partidárias e pessoais.
    Quem sabe faz a hora, não espera acontecer. Infelizmente, para a minha tristeza, alguns em Tucuruí (desculpe-me você incluso) ainda estão esperando alguém fazer algo acontecer: não fizeram a hora por terem perdido o tempo em desinteligências que ardem em fogueira de vaidades.
    Se ao final não houver maturidade bastante nos agentes locais para resolverem isso, à incapacidade de lideranças locais é que se deve debitar a vitória indesejada do que você chama de "desprefeito", mas observe que ele não ficou esperando ninguém lhe colocar no colo e conduzi-lo à prefeitura: ele fez a sua própria hora.
    Espero que a oposição saiba recuperar o tempo perdido, crie juízo, dispa-se da vaidade e unificada escolha quem deverá capitanear a batalha. Se isso ocorrer, seja o escolhido o PMDB ou não, há chances de vitória, se as tribalizações continuarem o “desprefeito”, que não fica esperando ninguém de Belém ir ungi-lo, permanecerá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande parte do Diretório do PMDB em Tucuruí está comprometido e direta e indiretamente na folha de pagamento da Prefeitura de Tucuruí, seja em cargo de confiança ou alugando imóveis ou ainda prestando serviço, portanto como depende do prefeito para a sua sobrevivência os interesses destas pessoas estão vinculados aos interesses do PPS e não do PMDB.
      O próprio Miguel que é presidente do Diretório do PMDB em Tucuruí em seu blog admite a cooptação pelo prefeito de membros do PMDB. http://morodrigues.blogspot.com/2012/05/entrando-pela-porta-do-fundo.html
      Diante disso o posicionamento do líder do PMDB Parsifal Pontes está correto, ele tem o dever e a obrigação de defender os interesses do PMDB, e não os interesses de meia dúzia de aproveitadores irresponsáveis, e muito menos do prefeito do PPS.
      A exemplo do PC do B o diretório regional do PMDB se tivesse coragem epeito deveria destituir este diretório que sem dúvida alguma está comprometido financeiramente com o prefeito Sancler, e substituir por pessoas sérias, éticas, responsáveis e comprometidas com o PMDB.
      Já chega de mercenários e pessoas sem ética na política de Tucuruí.
      Se não retirarmos este lixo político da vida pública em nosso município, vamos continuar patinando, parados no tempo e vamos continuar sempre trocando seis por meia dúzia.

      Excluir
  4. O Folha vai listar os nomes dos membros do diretório do PMDB em Tucuruí na Folha de Pagamento do Prefeito Sancler.

    ResponderExcluir
  5. Olá amigos, não publicamos comentários que citam pesquisas piratas e nem comentários que veiculem o Folha com partidos políticos. O Folha de Tucuruí não é palanque eleitoral e divulgar pesquisa pirata é crime. Um abraço.

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!