Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

sábado, 31 de agosto de 2013

Eleição da ASERT, vence a Chapa 1 e Prefeito chama para si a responsabilidade moral sobre a Administração da Associação dos Servidores Municipais.

Esperamos que uma situação como esta jamais se repita.
    
Ao colocar a máquina da PMT em peso para apoiar a chapa 1 na eleição da Diretoria da Associação dos Servidores Municipais de Tucuruí - ASERT (Veja a matéria do Jornal de Tucuruí), o Prefeito Sancler chamou para si a responsabilidade moral pela administração da Associação, ou seja, o prefeito receberá o bônus por uma competente administração mas também o ônus, caso a ASERT seja mal administrada e seus filiados sejam prejudicados.
             
O prefeito responde moralmente pela nova administração e tem a obrigação de fazer com que a ASERT continue a prestar com eficiência serviços ao funcionalismo, sendo que agora não existe desculpa para perseguições políticas e administrativas à direção da entidade.
           
Mas diante dos acontecimentos passados, em que a ASERT foi utilizada indevidamente, inclusive em campanha eleitoral, é preciso uma fiscalização mais rigorosa por parte do funcionalismo, os verdadeiros donos da Associação. 
        
Vimos que o Conselho Fiscal tem sido ineficaz na fiscalização das contas da ASERT, portanto é preciso que cada servidor seja um fiscal e fiscalize de perto a Associação, e é preciso que o SINSMUT (Sindicato dos Servidores Municipais de Tucuruí) tenha a responsabilidade e assuma o dever de conceder assessoria, inclusive jurídica e processual aos Servidores filiados na ASERT, caso a direção da Associação se negue a prestar informações aos seus filiados.
           
A ASERT é uma instituição dos servidores municipais, mantida exclusivamente pelas contribuições dos mesmos, a direção da ASERT tem o dever e a obrigação de dar transparência a seus atos administrativos.
          
Caso a ASERT seja administrada com competência e honestidade não vemos motivos para esconder do associado qualquer ato da sua administração, como por exemplo, receitas e despesas, incluindo extrato bancário e gasto com hospitais e folha de pagamento. É bom lembrar que o cidadão de bem não tem por que esconder seus atos, pois se orgulha deles, quem se esconde é bandido, porque teme a Lei e a opinião pública.
              
Comenta-se que os descontos com compras e procedimentos médicos voltarão a ser feitos em Folha de Pagamento, o que acreditamos vai facilitar a administração da entidade, que agora é de responsabilidade moral do Prefeito.
            
O Folha de Tucuruí não apoiou a chapa vencedora, no entanto com toda a sinceridade estamos torcendo para que a atual diretoria administre a ASERT com seriedade, honestidade e competência, pois saúde é coisa muito séria. 
          
Lembrem que o objetivo principal da ASERT é prestar serviços de assistência médica/hospitalar aos seus associados, não é objetivo da ASERT fazer política partidária ou defender interesses pessoais de políticos.
             
Então para finalizar, desejamos boa sorte à nova direção da Associação dos Servidores Municipais de Tucuruí.
          
Equipe folha.
            

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!