Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Desrespeito: O povo é barrado na Câmara na posse do Prefeito Artur Brito

                   
Um total desrespeito para com a população, o povo foi barrado na Câmara Municipal para a posse do Prefeito Artur Brito.
                
Após o comunicado da posse do Prefeito Artur Brito na Câmara Municipal, comunicado este divulgado na grande imprensa e nas redes sociais, um dos editores do Folha de Tucuruí se dirigiu à Câmara Municipal para fazer uma matéria positiva sobre a mudança provocada pela tragédia da morte violenta e prematura do Prefeito Jones William.
             
A intenção do editor era fazer uma matéria positiva trazendo esperança para a população de Tucuruí, no entanto o que vimos foi um desrespeito total para com o povo que foi barrado e não pode assistir a posse do seu novo Prefeito.
             
Ao chegar à Câmara nos deparamos com forte aparato policial impedindo a subida para o Plenário da Câmara, a alegação era que o plenário estava lotado... Ora, um evento público de tamanha importância como a posse de um prefeito municipal deve ser público e contar com a participação popular.
             
Mas foi o contrário, apesar da alegação de que o plenário estava lotado, o editor do Folha de Tucuruí presenciou a subida de pelo menos 50 a 60 pessoas... Ora se o plenário estava lotado, como coube a liberação para dezenas de pessoas selecionadas após a proibição do acesso ao plenário? A revolta maior é que a participação na posse era por cara, eram escolhidos os privilegiados que poderiam assistir a posse.
            
Pessoas ligadas aos vereadores e até servidores aposentados como é o caso do Ademildo Medeiros decidiam do alto das escadarias quem poderia ou não assistir a posse, o que provocou manifestações de protesto pelos presentes. Houve protestos da população e aplausos quando um cidadão registrou este fato lamentável e fez um vídeo e um discurso de protesto.
          
Começou muito mal a nova Administração Municipal, a CMT não se preocupou com o povo, não pensaram no povo, e fizeram uma cerimônia elitista como sempre em que só os privilegiados podiam participar. 
              
O Prefeito Artur Brito em sua chegada estava visivelmente emocionado, a responsabilidade pela posse do Prefeito é da Câmara Municipal, não é do Prefeito para sermos justos, se diante das circunstâncias o evento deveria ser privativo, a CMT deveria ter avisado à população para que não se dirigissem à Câmara para assistir à posse, já que seria um evento fechado. 
           
O que houve foi um total desrespeito para com o povo, começou mal, esperamos que a nova administração não siga o exemplo dos vereadores e dê prioridade para o povo, que se preocupe com o povo e que tenha como prioridade o interesse público.
            
Este começo desastroso nos preocupa muito, o Folha de Tucuruí deseja todo o sucesso ao novo Prefeito Artur Brito, pois o sucesso do Prefeito significa o sucesso da administração pública municipal e melhor qualidade de vida para o nosso povo.
               
Vamos dar um voto de confiança para o novo Prefeito como demos aos que o antecederam, mas que fique bem claro, que o nosso compromisso é para com o interesse público e com a população de Tucuruí.
          
 Os escolhidos tiveram acesso ao Plenário da CMT apesar da alegação de excesso de lotação.
     
Ademildo apesar de aposentado decidia quem podia e quem não podia assistir a posse do Prefeito.            
ISSO É UMA VERGONHA!!!
              
Equipe Folha.
         

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!