Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

Luto

Luto

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Ex-prefeito de Tucuruí Sancler Ferreira foi ouvido hoje na Justiça Federal sobre supostas fraudes no IPASET

Ex-prefeito Sancler Ferreira (À direita na foto) comparece em audiência na Justiça Federal.

O ex-prefeito de Tucuruí Sancler Ferreira participou de uma audiência no Tribunal Regional Federal em Belém no processo de Crime Contra o Sistema Financeiro 
          
Os desvios estimados das contas do IPASET giram em torno de 7.000.000,00 (sete milhões de reais) dinheiro dos Servidores Municipais de Tucuruí, que estavam nas contas do Instituto Previdenciário Municipal de Tucuruí, para garantir as suas aposentadorias no futuro. 
               
Segundo o que foi apurado, os sete milhões foram sacados através de diversos cheques e por transferência eletrônica dos saldos em conta do IPASET. 
              
O ex-prefeito fez os repasses das contribuições devidas ao Instituto, fato esse que gerou dois parcelamentos de aproximadamente R$ 43.000.000,00 (quarenta e três milhões de reais), como se não bastasse, retiraram mais valores em dinheiro das contas do IPASET, deixando o Instituto praticamente sem caixa e reservas financeiras, que garantiriam as aposentadorias e pensões dos Servidores Municipais e dependentes.
          
Nós do Folha avisamos que a criação deste Instituto de Previdência Municipal não ia dar certo, já que outra previdência Municipal já havia sido criada e extinta anteriormente (FUNPREV). Ora se uma coisa já foi tentada e não deu certo, sempre que esta mesma coisa for feita novamente o resultados será o mesmo, isso é uma questão de lógica, mas a ambição desmedida e a certeza da impunidade falou mais alto, o ex-prefeito Sancler e os SEUS vereadores recriaram a Previdência Municipal, e as coisas chegaram a este ponto.
      
Da mesma forma muitos insistem em reprivatizar novamente a Nossa Água, que já foi privatizada e depois estatizada duas vezes. Errar é humano, mas repetir o mesmo erro inúmeras vezes é burrice, burrice e irresponsabilidade, já que o prejuízo quem paga é o povo de Tucuruí, e é o povo de Tucuruí no final quem vai pagar a conta da farra e da corrupção no IPASET, assim como pagou e ainda paga a conta do erro da criação do FUNPREV. 
      
Quem não aprende com o passado está destinado a repetir indefinidamente os mesmos erros.
         

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!