Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

Texto

As matérias mais recentes do Folha de Tucuruí

Últimas matérias do Folha

Publicidade

quinta-feira, 14 de abril de 2016

A história da eleição mais longa do Brasil e do mundo

Esta é a eleição mais longa do Brasil, foram três meses de propaganda antes do primeiro turno em que concorreram diversos candidatos, depois mais 20 dias de propaganda eleitoral no segundo turno disputado pela atual presidente Dilma Rousseff e o Senador Aécio Neves, eleição em que Dilma democraticamente venceu.
          
Terceiro Turno
     
Ocorre que o Aécio Neves e seu partido PSDB apoiados pela grande mídia, pelo PPS e DEM, partidos satélites do PSDB, não se conformaram com a derrota e tem impedido a presidente de governar o Brasil desde as eleições agravando a crise econômica (que é mundial).
   
Foram quase dois anos de propaganda eleitoral na grande mídia, disfarçada de informação e recheada de espetáculos midiáticos proporcionados por uma parte do Poder Judiciário claramente partidarizado e tendencioso, em que o partido e integrantes do governo foram denunciados muitas vezes mesmo sem provas, já os políticos do PSDB gozam de blindagem e proteção ostensiva, mesmo delatados e com fartos indícios de ilicitudes e com diversos crimes comprovados, como lavagem de dinheiro e evasão de divisas entre outros crimes, os corruptos do PSDB não são investigados e muito menso processados, chegando ao cúmulo do Juiz Sérgio Moro (Aquele que só obedece Leis quando lhe convêm), dizer que as denuncias de corrupção de Aécio no propinoduto de Furnas "NÃO VEM AO CASO"...
    
E assim, a ala mais corrupta do Poder Legislativo representado pelo Deputado Eduardo Cunha Presidente da Câmara dos Deputados e pelo Vice-Presidente Michel Temer, com o auxílio da mídia podre e de parte do Judiciário partidarizado e tendencioso, tentam chegar ao poder sem um só voto do povo e na marra, são ladrões julgando uma Presidente que não é acusada de nada, em uma inversão total de valores, uma canalhice sem precedentes na história do Brasil.
        
Como não conseguem vencer as eleições com o voto livre do povo Brasileiro, resolveram que no terceiro turno disfarçado de impeachment, deixaram o povo de fora das eleições, e voltando ao tempo da Ditadura Militar, resolvem fazer uma ELEIÇÃO INDIRETA DARA PRESIDENTE DA REPÚBLICA, só que desta vês a Presidente Dilma concorre às eleições com Michel Temer candidato a presidente e Eduardo Cunha (ambos da ala podre do PMDB) como vice-presidente (O Presidente da Câmara assume no caso de ausência ou impedimento do Presidente e do Vice) no terceiro turno, Temer e Cunha acusados de diversos crimes podem chegar ao poder sem nem mesmo um voto popular sequer em eleições diretas. Isso não acontece nem mesmo nas republiquetas da África e do Oriente Médio. O Brasil tão orgulhoso de sua democracia até a bem pouco tempo, protagoniza hoje uma vergonha dessas em um Golpe de Estado digno de uma republiqueta de bananas do terceiro mundo.
       
Os corruptos golpistas querem chegar ao poder, mesmo que para isso destruam a democracia e o próprio país, era só o que faltava, nosso amado país governado por criminosos sem ética, sem vergonha, sem caráter e sem voto.
       
Mesmo que os criminosos vençam em uma vitória de Pirro, nós e os brasileiros lúcidos e patriotas deste país, construiremos a trincheira da resistência para que a vitória da canalhice seja breve, e mesmo que derrubem e estuprem a nossa jovem democracia tão duramente conquistada, nós a reergueremos e recuperaremos de novo quantas vezes for preciso, mesmo que tenhamos que derramar suor, lágrimas e sangue, como fizeram tantos outros brasileiros antes de nós no passado.
        
Equipe Folha.
      

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!