Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Laudo Médico e Laudo Pericial do IML inocentam ex-conselheiro Tutelar, Sr. Wanderley Dourado da acusação de abuso sexual de menor

Foto do Jornal de Tucuruí.

O ex-conselheiro Tutelar Wanderley Dourado, que havia sido denunciado por abuso sexual de uma menor de idade dentro do prédio do Conselho Tutelar em Tucuruí, foi inocentado pelo laudo médico e pelo laudo pericial do IML em Tucuruí, pois segundo os laudos não existe nenhuma prova que incrimine o Sr. Wanderley, aliás todos os indícios apontam para a sua inocência. 
   
Relembre o caso, que inclusive foi matéria do Folha de Tucuruí, Clique Aqui.
     
De acordo com o laudo médico da Drª. Denise do CAPS - Centro de Atenção Psicossocial, a menor (segundo sua genitora) apresenta atraso significativo no desenvolvimento neuropsicomotor, principalmente na linguagem, não frequentou escola, pois sempre que matriculada fugia. Além disso, a menor é muito impulsiva e INFLUENCIÁVEL, não tendo discernimento do certo e do errado.
   
A Médica entre outros procedimentos colocou que a menor precisa de acompanhamento médico para adquirir controle da sua impulsividade e dos sintomas psicológicos.
   
O resultado é que não existe qualquer prova que incrimine o Sr. Wanderley Dourado sobre o crime de que foi acusado.
   
O Wanderley afirma ter sido vítima de uma "armação" política, tendo como causa provável as várias denuncias que fez à época em que foi denunciado e anteriormente, denuncias que fez como Conselheiro Tutelar e como membro do Conselho de Saúde Municipal, inclusive denuncias contra os próprios membros do Conselho Tutelar por desvios de conduta. Apesar das acusações, Wanderley Dourado (que sofre de deficiência visual), sempre se declarou inocente e vítima de perseguições.
   
Esperamos que devido a estes novos fatos a verdade seja devidamente apurada, e caso se confirme a "armação", os responsáveis sejam severamente punidos com os rigores da Lei. Fatos como estes têm de ser apurados e este tipo de conduta deve ser punido de forma exemplar, para que nunca mais se repitam.
   
A que ponto chegou à corrupção, a baixaria e a canalhice na política em nossa cidade, até quando Deus e a justiça permitirão que esta infâmia continue em Tucuruí? E isso é porque na entrada da cidade está escrito: "Tucuruí é do Senhor Jesus???"
   
Imaginem se não fosse!!!
   
O laudo da Drª. Lenise do CAPS não será publicado porque a cópia que temos em mãos não ficou muito legível depois de escaneada. Mas abaixo publicamos o laudo do IML.
   
Nossa sincera solidariedade ao Sr. Wanderley Dourado, e esperamos em Deus que a justiça seja feita.
   
ISSO É UM ABSURDO, ISSO É UMA VERGONHA!!!

      
     

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!