Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Tucuruí - Pobre cidade rica

Tucuruí - Uma cidade abençoada com muitas riquezas, um povo bom, trabalhador e hospitaleiro, mas amaldiçoada por uma classe política incompetente e sem compromisso algum para com a cidade e o seu povo.
   
A composição do Produto Interno Bruto (PIB) do Pará relativo ao ano de 2010, o levantamento mais recente hoje disponível, mostra que o interior assume um papel cada vez mais importante na formação da riqueza do Estado. O resultado disso está na perda de peso relativo da Região Metropolitana de Belém, que até pouco tempo atrás se impunha de forma avassaladora pelo seu poderio econômico.

    
Responsável pelo cálculo do PIB em parceria com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Pará (Idesp) deverá divulgar em novembro próximo o PIB estadual de 2011 e, em dezembro, o PIB dos municípios. Esse levantamento, feito com base em dados oficiais, é um dos critérios utilizados nos cálculos que definem as cotas de partilha do ICMS, os coeficientes de distribuição dos Fundos de Participação (dos Estados e dos Municípios) e também dos fundos constitucionais.
    
Excluindo a capital, os dez primeiros do ranking abrigam nada menos que cinco municípios mineradores. Além de Parauapebas, já citado, figuram na lista Marabá (R$ 3,6 bilhões), Canaã dos Carajás (1,5 bilhão), Paragominas (1,2 bilhão) e Oriximiná (1,2 bilhão).
Também na lista dos maiores, mas sem relação direta com a indústria extrativa mineral, aparecem Ananindeua (R$ 3,6 bilhões), Barcarena (R$ 3,5 bilhões), Tucuruí (R$ 2,8 bilhões), Santarém (R$ 2 bilhões) e Castanhal (R$ 1,4 bilhão). Vejam a notícia completa no Diário do Pará.
     
COMENTÁRIO DO FOLHA: 
      
Apesar de ser considerada uma cidade rica e ter o PIB maior que grandes municípios como Santarém e Castanhal, e sendo o 5º município mais rico do Estado do Pará, nossa cidade sofre com a precariedade dos serviços prestados pela Prefeitura Municipal, em especial a saúde, educação e saneamento básico.
    
Tirando as obras do Governo Federal, praticamente não existe nenhum investimento da Prefeitura com recursos próprios. Em compensação a Folha de Pagamento da Prefeitura está em mais de R$ 10.000.000,00 dez milhões, sendo que destes dez milhões, menos de R$ 3.000.000,00 é a folha dos concursados, o resto é comissionados, cargos de confiança e contratados. Tem famílias inteiras contratadas pela PMT e o nepotismo é regra na prefeitura que há mais de sete anos não faz concurso público, garantindo assim um enorme cabide de emprego para o Prefeito, vereadores e políticos aliados do Prefeito Sancler (PPS).
    
Caso o Prefeito investisse apenas 10% da arrecadação do município na prestação de serviços públicos, Tucuruí seria uma das cidades mais desenvolvidas e a qualidade de vida dos tucuruienses seria uma das melhores do Pará, quem sabe do Brasil.
    
Mas infelizmente, o que Tucuruí tem de riquezas, também tem de políticos incompetentes e sem compromisso para com a população do município, o que anula a vantagem de termos a quinta maior arrecadação do Estado do Pará, mesmo sendo um dos menores municípios do Estado. 
    
Isso é muito triste, mas é a cruel realidade. 
    
Sem prefeito e sem vereadores de fato, Tucuruí está à deriva e a sua população abandonada.
    
ISSO É UMA VERGONHA!!!
    

2 comentários:

  1. Ea realidade que vemos mais também existe os comércio que ficam de olhos bem abertos quando sai o pagamento dos funcionários públicos pra ver aumentar o preço dos seus produtos á pmt paga em dia não atrasa não to defendendo ninguém mais o açougue as peixarias etc a não um aumento desenfreado estamos vendo o governo federal desmoronando escândalo até hoje ninguém sabe oque de verdade eo mensalao vandalismo em todo brasil tucurui so e lembrado pela hidrelétrica se fosse pelos nossos políticos e principalmente pelos vereadores tucurui estaria como nosso país com a cara nó chão é mais a nossa cidade se arrasta como uma doença terminal esperamos que ficam tucurui saia da uti que se encontra

    ResponderExcluir
  2. Onde se anda em Tucuruí, é possível respirar "vitória", isso mesmo, aquela mesma que foi esbravejada pelos amarelinhos, investimento pra tudo quanto é lado e pessoas viajando... pra tudo quanto é lado, por ver que Tucuruí se tornou uma falta de opção, para quem de fato quer trabalhar. E pensar que o bairro do Getat carregou a pessoa que hoje, após quase 1 ano desse feito, ainda deixa predominar a buraqueira de grandes estradas do nosso Pará, eu particularmente não lamento por Tucuruí, na verdade esse foi o futuro escolhido pelas pessoas da própria cidade, só lamento o fato de que todo mundo sofre as consequências de uma minoria estúpida e que só olha para seu próprio umbigo.

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!