Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

Texto

As matérias mais recentes do Folha de Tucuruí

Últimas matérias do Folha

Publicidade

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Ensinando a interpretar as pesquisas eleitorais e a respeitar a inteligência do povo

   
Tem gente fazendo a maior confusão com o resultado das pesquisas, pessoas ignorantes ou de má fé deturpam o resultado das pesquisas e passam uma interpretação propositalmente equivocada para a população tentando confundir o eleitor.
        
Vamos pegar a última pesquisa DOXA como exemplo:
      
Quem não entende de pesquisa, não sabe raciocinar ou quer confundir as pessoas pega, por exemplo, as rejeições dos candidatos e soma, o que é uma tolice sem tamanho, a rejeição é individual, portanto não pode ser somada, um eleitor que não vota em um candidato pode votar nos outros, pois a pergunta do entrevistador é: Em quem você não votaria para Prefeito?
       
Então vamos ao exemplo: Se o Jairo tem 36% de rejeição isso quer dizer que 36% não votariam nele, mas os outros 64% poderiam votar. Da mesma forma, se o Joílson tem 27% de rejeição, estes 27% não votariam nele, mas 73% poderiam votar e finalmente, se o Jones tem apenas 22% de rejeição, isso quer dizer que 78% poderiam votar nele...
      
Vamos fazer os cálculos? Segundo a pesquisa DOXA Jairo Holanda tem 36,2% de intenção de votos e o Joílson tem 7% e branco/nulo/indecisos tem 7,4%. Somando o resultado é 50,6% votos, com mais os 49,4% do Jones dão os 100%. Deu para entender ou temos que desenhar?
       
Agora como é que alguém pretende governar uma cidade se não sabe nem mesmo fazer uma simples conta de somar e diminuir, e não consegue fazer um cálculo tão elementar que seria resolvido por qualquer criança cursando o primário?
        
Este é o problema, o povo algumas vezes vota errado e por isso alguns políticos acham que todos nós somos idiotas e analfabetos, assim de má fé tentam nos enganar e insultar a nossa inteligência.
               

Quem mente rouba e quem rouba mata.
                 

2 comentários:

  1. Vejam o atual por exemplo, domina bem a arte da matemática e dessa forma meteu a mão na nossa grana.

    ResponderExcluir
  2. Usando a educação
    EDUCAÇÃO pode ser usada para o bem ou para fazer o mal para uma grande população que está sofrida e humilhada, por muitas administrações, que não condiz com a verdade.
    EDUCAÇÃO é o processo de desenvolvimento da capacidade intelectual moral e cívica do ser humano.
    EDUCAÇÃO é a transformação de um efeito conhecedor de um Mundo maravilhoso.
    EDUCAÇÃO hoje é vista como grande peso na economia de fracos políticos que assumem dizendo que é, mais não é, que faz, mais não faz, e querem melhorar a economia aumentando a carga horaria dos professores de oitocentas horas para mil e quatrocentas horas, e assim diminuir o quadro de professores que está onerando a fraca economia, e aumentar o número de alunos de cinquenta para cem em sala de aula.
    O homem que falou que ia ter bolsa atleta e pódio, quer acabar com a educação física e artística ou arte, para o bem da boa administração deste que começa.
    O MEC tem um respeito profundo a que se diz respeito aos professores deste País, aquilo que já era pouco o MEC tirou autorizando pessoas com um pouquinho de conhecimento a dá aulas nas escolas Brasileiras.
    O MEC não tem um projeto de ponta para educação deste País, quando eles querem ver algo recorrente, encontra no contra o V dos tccs, MEC ditou a língua inglesa, por que gostou do som, e as outras línguas, serão excluídas?
    EM 2014 JOÃO DE DEUS FERREIRA-EDUCAÇÃO, este foi um comentário eu JOÃO DE DEUS FERREIRA postei, e falei em um feixe de ideias de cada rincão de cada Município de cada Estado e as melhores ideias serão as premiadas, o que me surpreendeu, é que o meu comentário é uma sósia das ideias do MEC, por que não um plagio uma copa malfeita?
    EDUCAÇÃO em certas ocasiões não é tudo, até por que ela não resiste a fome e a miséria produzida por esse tipo que se diz diplomados, diretores do mal.
    RESTA a vocês guerreiros professores, produzir esses feixes de ideias por redes sociais e mostrar para o MEC, como se produz um projeto democrático de direito a Educação. QUEM manda nesse País são vocês.
    AS MATÉRIAS: São português, matemática, e geometria, e intercalar as outras matérias, bem como educação-física, artes, musica, e as demais matérias; e diminuir o número de alunos nas classes.
    O MEC é um pequeno grupo de teleguiados sem conteúdo mostrando serviço para o seu poderoso chefão.
    EDUCAÇÃO terá que ser compartilhada com todos os professores, se você não sabe o que é educação saia fora.
    PRESIDENTE DO STF MINISTRA CÁRMEN LÚCIA, fala do machismo
    Machismo é um sentimento complicado.
    De um ser apaixonado.
    Que não manda flores.
    Mais quer ser bajulado.
    Ou está sofrendo de um conjunto de manifestação somáticas, psíquicas, que sobrevive ao homem após os cinquenta anos.
    Principalmente com a diminuição das atividades sexuais.
    Eu fiquei cem por cento capaz, com uma lecitina e duas enzimas, fabricada por JD, proteína solúvel que desempenha o papel catalisador nos organismos vivos.
    Eu me sinto com dezoito anos.
    CNVIDO a todos os professores que faça um comentário em favor do rio São Francisco ao Meio Ambiente.

    JOÃO DE DEUS FERREIRA-O HOMEM

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!