Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

Texto

As matérias mais recentes do Folha de Tucuruí

Últimas matérias do Folha

Publicidade

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Mais quatro anos com o grupo Sancler na Prefeitura e o meio ambiente se acaba em Tucuruí

A Prefeitura de Tucuruí nestes oito anos de desgoverno Sancler Ferreira destruiu mais o meio ambiente que em todos os governos anteriores.
         
No desgoverno Sancler Ferreira, houve a ocupação das margens do Igarapé começando pelos amigos e financiadores de campanha do Prefeito na Praça do Rotary que construíram em cima do igarapé. 
                
Todo o dinheiro gasto em desapropriações nas margens dos igarapés do centro da cidade que foram feitas pelos governos anteriores, Sancler jogou fora permitindo, assim como até mesmo incentivando a construção de prédios em áreas de preservação ambiental e já desapropriadas pela Prefeitura. Sancler em período eleitoral chega a mandar abrir ruas para facilitar a ocupação de áreas de risco para angariar votos, como aconteceu no GETAT e no Liberdade quando Sancler queria votos para se reeleger, agora nesta eleição quando quer eleger seu sucessor não é diferente.
       
Em vez de doar lotes em locais seguros e fora de áreas ambientais e doar material de construção para a população carente construir a casa própria como fizeram ex-prefeitos de Tucuruí, Sancler para angariar votos, aceita e até mesmo facilita invasões em áreas de proteção ambiental e áreas de risco como está acontecendo em vários locais de Tucuruí agora mesmo.
        
Na ponte da Rua Santo Antônio na Matinha tem duas construções de alvenaria na beira do igarapé, ao lado da ponte de pessoas ligadas ao prefeito. Pessoas na mesma situação são perseguidas, enquanto que outras apaniguadas e protegidas gozam de total impunidade.
         
Não dá para descrever e mostrar aqui todos os crimes que a Administração Sancler Ferreira praticou e pratica neste momento contra o meio ambiente em Tucuruí, seriam necessárias inúmeras matérias para ter uma ideia do tamanho do prejuízo ambiental cometido contra Tucuruí por esta desadministração. E este grupo ainda quer mais quatro anos no poder? Isso seria o caos total para o meio ambiente em Tucuruí.
       
Vamos mostrar alguns dos inúmeros crimes da administração Sancler Ferreira e a omissão e a conivência da Câmara Municipal.
      
Nova Matinha
     
A Nova Matinha foi construída no mandato do Cláudio Furman, mas o projeto das casas e as negociações para compra da área foram feitas pelo então vice-prefeito Sancler Ferreira.
      
As casas foram construídas em cima de uma área alagada e as fossas transbordam na época das chuvas, vejam a matéria que o Folha fez em 2010. 
     
Pois bem, para resolver a merda (desculpem o trocadilho) que fez a PMT, Sancler encontrou uma solução "fácil", canalizou o esgoto das casas para uma vala aberta nos fundos do loteamento, assim o esgoto corre à céu aberto direto e sem tratamento para o igarapé... 
              
Isso é um absurdo e o que é pior, nenhuma autoridade tomou qualquer providencia apesar das inúmeras denúncias e apesar deste esgoto afetar o Rio Tocantins quando o igarapé deságua no rio. Um Rio que corre por vários Estados e portanto sob jurisdição da Justiça Federal e Estadual
 
Um dos canais de esgoto que corre à céu aberto para a vala

O esgoto corre à céu aberto para a vala que leva ao igarapé

GETAT

No GETAT os crimes não são menos graves, nas eleições municipais quando Sancler disputou a reeleição, a própria Prefeitura abriu uma rua para facilitar a invasão às margens do igarapé que fica entre o GETAT e a Terra Prometida, no início da Travessa Minas Gerais. 
         
As casas da ocupação estão às margens do Igarapé e o esgoto é lançado diretamente no leito do Igarapé através de canos de PVC. Sancler autorizou por motivos políticos até mesmo a construção e funcionamento de um posto de combustível na outra margem do igarapé (terra Prometida) em uma área aterrada, o que a legislação ambiental proíbe. 

Vejam a imagem:

A PMT abriu uma rua para facilitar esta ocupação em área de risco
Notem que o esgoto cai diretamente no igarapé
     
Bairro Liberdade
     
Sancler para se reeleger mandou aterrar e abrir ruas em cima de uma área alagada no Bairro Liberdade, uma área de risco que alaga nas chuvas. Os cabos eleitorais do Prefeito distribuíram os lotes para a população. Nesta área também tem um igarapé cujas margens estão quase que completamente ocupadas com construções de amigos do Prefeito.
     
Vejam a situação destas casas em cima de aterro de área alagada e nascente.
Uma área de risco e insalubre que coloca em risco a saúde pública.
Mais uma "Ocupação Oficial" promovida pelo prefeito com objetivo eleitoral.
   
Ocupação no São Francisco
    
Mas uma ocupação eleitoral está sendo implantada em Tucuruí, desta vez às margens de um pequeno igarapé (de novo?). A área em questão fica localizada em uma rua sem nome no mapa, mas que está localizada no início da rua que dá acesso à ALPAT (ONG que dá abrigo a cachorros abandonados), 
      
Vejam a área na beira do igarapé já está limpa e os paus para a cerca já estão colocados, inclusive várias árvores na beira do igarapé foram derrubadas, tem também material de construção no local. 
       
Mais um crime ambiental na lista de crimes praticados pela administração de Sancler Ferreira ou com a sua omissão e/ou cumplicidade.
     
   
Ocupação no Bairro Carajás
     
Uma ocupação em área ambiental e uma queimada está acontecendo na Rua Pernambuco no Bairro Carajás (Em frente ao Juca Joias), destruindo as árvores de um terreno alagado às margens do igarapé que forma a antiga represa da Hidráulica. Mais uma ocupação eleitoral e mais destruição para o Meio Ambiente em Tucuruí.
      
Vejam a devastação:
     
     
Com tantos crimes ambientais não consta que a Câmara Municipal, inclusive o candidato do Prefeito tenham movido uma palha em defesa do meio ambiente em Tucuruí, eles nem devem saber o que é isso e se sabem jamais questionariam o Prefeito em defesa do Meio Ambiente e de Tucuruí.
     
Caso houvesse vereadores e prefeito de verdade Tucuruí teria um plano de moradia e ambiental, em que áreas em locais seguros e fora de áreas de proteção ambiental seriam destinadas ao cidadão para a construção da casa própria, assim como a construção de casas populares na cidade. Teríamos também áreas verdes e de proteção ambiental, cercadas e protegidas para garantir um meio ambiente sadio e agradável para a nossa população.
      
O Prefeito é conivente com as ocupações e em certos casos até incentiva as ocupações com objetivo eleitoral e depois tem a cara-de-pau de culpar o povo pelas consequências da ocupação desordenada de áreas ambientais e de risco. 
    
Tucuruí precisa de Prefeito e de vereadores competentes, responsáveis e que se preocupem com Tucuruí e com a sua população. O dia em que Tucuruí tiver uma administração séria e competente, com a 5ª maior arrecadação do Pará, seremos uma das mais belas, organizadas e desenvolvidas cidades deste país.
     
E isso não é tão difícil e nem um sonho impossível só depende de nós e das escolhas que fazemos para administrar a nossa cidade.
      
Para morar em uma cidade moderna, organizada, desenvolvida é só começar a votar certo e parar de vender o voto, quem compra seu voto também compra o seu direito de viver em uma cidade organizada e com uma boa qualidade de vida.
      
O nosso destino está em nossas mãos.

     

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!