Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

terça-feira, 21 de março de 2017

Direção da Caixa Econômica Federal pensa que todo cidadão que precisa dos serviços da CEF é vagabundo

                      

A Agência da Caixa Econômica Federal em Tucuruí desrespeita os cidadãos que tem a infelicidade de precisar dos seus serviços, para a Gerência da CEF, parece que a população está pedindo favores quando precisa de um atendimento da Caixa Econômica Federal.
                  
O Editor do Folha de Tucuruí esteve hoje às 14 horas (uma hora antes do término do expediente) precisando de atendimento para desbloqueio de cartão, desbloqueio da senha do Internet Banking e reativar a conta que estava inativa e voltar a receber seu salário na CEF, já que o editor, como Servidor da Prefeitura tem a conta salário na CEF, mas estava recebendo (de acordo com o Lei da portabilidade) seu salário no Banco Itaú que está fechando sua agencia em Tucuruí.
            
A recepcionista que distribui a senha de atendimento na Caixa Econômica Federal disse que o atendimento estava encerrado, e que a agência somente atende 50 pessoas por dia para tratar de serviços bancários??? Eu pensava que a Caixa Econômica Federal e demais instituições bancárias, encerravam o atendimento ao público no término do horário bancário e não a critérios questionáveis e pessoais do Gerente da Agência ou da sua direção.
               
Depois eu soube que a Agência da Caixa Econômica Federal que funciona dentro do prédio da Prefeitura só atente 19 pessoas por dia??? Estão de gozação, só pode ser...
            
O que é que está acontecendo com este país, com o Governo Federal e com os bancos públicos?
               
Ora, se o banco tem um horário de atendimento ele deve atender o cidadão e o cliente dentro deste horário e sem limitação. Com o movimento da Caixa em Tucuruí, quer dizer que se eu tiver que faltar ao trabalho, for de madrugada para a porta da CEF, enfrentar uma fila enorme e na hora do atendimento tiver 50 pessoas na minha frente na Agência da CEF e 19 pessoas na Agência do Prédio da PMT eu não vou ser atendido? Estão pensando que é fácil e certo faltar ao trabalho para ser atendido em uma agência bancária que encerra o atendimento antes do horário bancário, estão pensando que todo trabalhador é vadio?
             
Quer dizer que eu tenho que faltar ao serviço porque os funcionários da CEF se recusam a trabalhar dentro do horário de atendimento bancário? Será que esse pessoal não quer trabalhar e acha que todo mundo é vadio e vagabundo, não tem compromisso e não trabalha? Se não dão conta do serviço e se não querem trabalhar, porque não fecham esta porcaria de agência de uma vez? E a agência da CEF que atende dentro do prédio da PMT e só atende 19 pessoas por dia serve para quê, cabide de emprego e área de coçamento de saco?
               
O péssimo atendimento da Caixa Econômica Federal a meu ver é motivo suficiente para a PMT mudar a conta salário da Caixa Econômica para um banco de verdade, sério, eficiente e que respeite a população e os seus clientes. 
                
Prefeito Jones, por favor, diante da ineficiência e da falta de respeito para com o cidadão e os servidores municipais por parte da Caixa Econômica em Tucuruí, verifique a possibilidade de mudar a conta salário da Prefeitura para outro banco que tenha uma direção eficiente, séria, responsável e eficiente, e aconselhe a direção da CEF a mudar de profissão e gerenciar curral ou estábulo, já que o atendimento que "prestam" é para animais e não para cidadãos. Centenas de servidores municipais já processaram a Caixa Econômica Federal em Tucuruí pelos abusos cometidos e a CEF já teve um enorme prejuízo pagando indenizações, mas eles não tomam vergonha na cara e persistem nos abusos contra os servidores municipais.
               
Quero ver agora se tem vereador em Tucuruí, para fiscalizar e denunciar o péssimo atendimento que a Caixa Econômica Federal presta ao cidadão de Tucuruí.
               
O SINSMUT também pedirá explicações ao Gerente da CEF, comunicará estes fatos lamentáveis à Ouvidoria da Caixa Econômica e vai formalizar denúncia ao MPE, MPF e o Banco Central.
               
ISSO É UMA VERGONHA E UM DESRESPEITO PARA COM O CIDADÃO DE TUCURUÍ.
                     
E AGORA QUEM VAI DEFENDER A POPULAÇÃO DE TUCURUÍ?
     
Atualização 24/03/2017:
       
Hoje o Gerente da Caixa Econômica entrou em contato comigo, reconheceu a falha do banco, pediu desculpas e resolveu o meu problema.

Segundo ele, a CEF ficou sobrecarregada com o saque do FGTS, com os assaltos nas agências Tucuruí e Repartimento, com a abertura de contas dos contratados e comissionados da Prefeitura e com os servidores da PMT que recebiam pelo ITAÚ e voltaram a receber pela Caixa, tudo ao mesmo tempo. De qualquer forma o serviço foi regularizado e não tem mais limite de atendimento em horário bancário na CEF.
                               

10 comentários:

  1. Vou lhes ensinar a como lidar com esse tipo de situação, façam uma reclamação na ouvidoria do Banco Central amigos, todos os bancos se melam de medo quando o cliente reclama lá, pois eles são severamente punidos. Uma vez fui mal tratado no BB e uma outra vez tive um problema no Itau, liguei lá e em menos de 24h os respectivos gerentes já estavam me ligando pedindo mil perdões kkkkkk segue o link https://www.bcb.gov.br/pre/ouvidoria

    Façam a reclamação lá e nos atualizem aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fizemos duas reclamações, uma para a Ouvidoria da CEF e outra para o Banco Central. Veja a reclamação ao Banco central :
      --------------------------------------------------
      Banco Central do Brasil - Confirmação de recebimento de mensagem

      Sua demanda foi registrada com sucesso em 21/03/2017, às 17:20:42, com o número 2017110552.

      Mensagem: A Agência da Caixa Econômica Federal estabelece cota de atendimento de 50 pessoas por dia. Assuntos relativos a desbloqueio de cartão de débito, desbloqueio de senha do Internet Banking e assuntos referentes à Conta Corrente e portabilidade também estão restritos a esta cota. O cliente, mesmo quem trabalha 6 horas e que não pode ou não quer faltar ao serviço é obrigado a ir bem cedo e enfrentar filas enormes para ser atendido e mesmo assim se tiver 50 pessoas na fila na sua frente ficará sem atendimento. Isso é um absurdo, o cliente tem o direito de ser atendido dentro do horário bancário. A CEF em Tucuruí está dificultando o atendimento e com isso causando sérios transtornos para quem precisa dos serviços da instituição. Atenciosamente.

      Excluir
    2. Hoje o Gerente da Caixa Econômica entrou em contato comigo, reconheceu a falha do banco, pediu desculpas e resolveu o meu problema.

      Segundo ele, a CEF ficou sobrecarregada com o saque do FGTS, com os assaltos nas agências Tucuruí e Repartimento, com a abertura de contas dos contratados e comissionados da Prefeitura e com os servidores da PMT que recebiam pelo ITAÚ e voltaram a receber pela Caixa, tudo ao mesmo tempo. De qualquer forma o serviço foi regularizado e não tem mais limite de atendimento em horário bancário na CEF. Não justifica mas explica a falha.

      Excluir
  2. Sem contar que os servidores públicos municipais estão sem poder fazer empréstimo consignado nessa agência, tendo em vista problemas burocráticos e de fácil resolução, mas quando é para benefício do servidor público, estás soluções se arrastam por meses prejudicando a classe.

    ResponderExcluir
  3. Sem contar que os servidores públicos municipais estão sem poder fazer empréstimo consignado nesta agência tendo em vista problemas burocráticos e de fácil resolução, falta bom senso deste banco.simplesmente uma vergonha.

    ResponderExcluir
  4. Com a palavra o MPF

    ResponderExcluir
  5. Eu utilizo sempre esses recursos. ..o problema é que as pessoas não fazem uso desses recursos e acaba que uma ou duas pessoas reclamando não dá quórum. ...mas eu não desisto. ..luto pelos meus direitos sempre

    ResponderExcluir
  6. Andamento da denúncia ao Banco Central:

    Prezado(a) Senhor(a):

    Informamos que, nesta data, encaminhamos à(ao) CAIXA ECONOMICA FEDERAL reclamação de V.Sa. dirigida a este Banco Central, registrada em nosso sistema sob o número 2017110552.

    2. Esclarecemos que, conforme disposto na Circular BCB nº 3.729, de 17.11.2014, a instituição deverá, no prazo de 10 dias úteis, responder diretamente a V.Sa. sobre o assunto, com cópia para esta Autarquia. O prazo para a resposta à sua reclamação é 05/04/2017. É importante observar que a entrega da resposta poderá ocorrer alguns dias após essa data, variando de acordo com o tempo de postagem da correspondência para a sua região. O endereço de entrega, caso seja cliente, será o mesmo cadastrado por V.Sa. na instituição reclamada. Caso contrário, serão utilizados os dados informados por V.Sa. no referido registro de reclamação.

    3. Finalmente, informamos que é facultado a este Banco Central conceder a prorrogação do referido prazo, mediante solicitação da instituição reclamada.

    Atenciosamente,

    Departamento de Atendimento Institucional - Deati

    Banco Central do Brasil

    ResponderExcluir
  7. O mesmo aconteceu comigo,faltei serviço quando chegou minha vez não havia mais senhas para atendimento. Era 11:00 da manhã. Me enrolaram por uma semana e no fim me negaram crédito, sendo que não tenho nenhuma restrição e nem outros empréstimos em aberto. Detalhe sou funcionária pública efetiva do município, correntista de lá. Estou pensando em portabilidade, caso nosso prefeito não mude os nossos pagamentos de banco. Estou me sentindo prejudicada, quando mais precisei de crédito fui tratada de forma discriminatória por uma política interna do banco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A explicação para o não atendimento deve ser a mesma para o que aconteceu comigo, quanto ao empréstimo, os mesmos estão suspensos para os Servidores Municipais devido ao débito dos empréstimos consignados da gestão passada que somam em torno de sete milhões. A PMT está negociando o pagamento deste valor, quando a PMT quitar a dívida volta o crédito. O SINSMUT está acompanhando o caso e logo que o consignado for liberado a direção do SINSMUT avisa. Aproveitando quero informar que alguns servidores estão recebendo uma carta de cobrança da CEF da parcela de fevereiro 2017, fui informado pelo Raimundo que a PMT pagou esta parcela e apresentou o comprovante, a Gerência da Caixa informou que foi um problema do sistema, mas que a PMT repassou o valor da parcela de janeiro e fevereiro ao banco.

      Excluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!