Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

Luto

Luto

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Justiça Federal obriga a Eletronorte a reassumir o Aeroporto de Tucuruí que foi interditado pela ANAC

             
A Justiça Federal decidiu que a Eletronorte reassuma o Aeroporto de Tucuruí que foi entregue à Prefeitura Municipal interditado pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) por não cumprir com as normas vigentes para o funcionamento e operação de aeroportos no Brasil, conforme relatório da ANAC.
             
Após a conclusão das obras de infraestrutura e quando o Aeroporto de Tucuruí estiver em conformidade com as normas vigentes, o Aeroporto poderá ser entregue à Prefeitura de Tucuruí.
            
Parabéns ao Ministério Público e à Justiça Federal pela decisão, ora a Eletronorte tem a obrigação de executar as obras de infraestrutura do Aeroporto de Tucuruí que está sob sua administração e responsabilidade antes de entregar o mesmo à Prefeitura Municipal. 
           
A Eletronorte pretendia entregar à Prefeitura Municipal de Tucuruí um aeroporto interditado pela ANAC e com sérios problemas de infraestrutura necessitando de obras urgentes e de adequação às normas de aviação? Isso é ilegal e um verdadeiro Presente de Grego, já não basta os problemas da prefeitura a Eletronorte em vez de ajudar Tucuruí, quer empurrar o problema e os custos das obras do Aeroporto para o município?
           

Fazendo justiça e impondo o cumprimento da Lei, o MPF e a Justiça Federal impediram esta ilegalidade, defenderam a população, o erário público municipal, e estão obrigando a Eletronorte a fazer as obras necessárias e a restabelecer um serviço essencial para a população de Tucuruí.
       
Leia a decisão.
           
         

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!