Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

MPE - Furman e José Antônio (Tucuruí) estão inelegíveis


Ministério Público Estadual divulga inelegíveis


Compra de votos e boca de urna foram os principais registros de crime eleitoral nos 144 municípios paraenses durante o 1º turno das eleições municipais de 2012. O levantamento foi feito pelo Ministério Público Eleitoral e divulgado hoje (24).
Mesmo assim, “as eleições municipais no Pará transcorreram dentro da normalidade com o registro de poucas irregularidades”, avaliou o promotor de justiça Nélio Caetano Silva que responde pela coordenação do Centro de Apoio Operacional (CAO/Constitucional) do Ministério Público Estadual.
Segundo ele, isso é resultado da vigilância e da fiscalização dos órgãos competentes, além do apoio das forças policiais.
Entre os municípios que desafinaram desse clima de segurança, um dos mais graves foi em Porto de Moz. Atos de vandalismo foram praticados por coligações adversárias e houve a pichação do Fórum da cidade.
De acordo com o balanço, os dados demonstram 349 denúncias recebidas via e-mail e pelo o Disque-Denúncia. Outras 45 enviadas pelo MPF foram formalizadas. O quantitativo sobre Inquérito civil foi de sete e com relação a procedimento administrativo preliminar (PAP) somaram oito.
INELEGÍVEIS
De acordo com o promotor, sete representações, advindas do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), deram entrada ontem (23) no MPE dando conta de vários julgamentos de recursos de agravos de instrumento impetrado pelo estado com pedido de efeito suspensivo de liminares concedidas para que alguns candidatos que tiveram contas julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) pudessem participar do pleito eleitoral. Com a derrubada dos efeitos dessas liminares, tais candidatos ficam inelegíveis.
As representações atingiram candidatos aos cargos de vereadores e a prefeitos.
Os impugnados foram: Suely Xavier Soares (Ulianópolis); Manoel Soares da Costa (São Geraldo do Araguaia); Cláudio Furman e José Antonio dos Santos Carvalho (Tucuruí); José Martins de Melo Filho (Jacundá); Geraldo Francisco de Moraes (Brejo Grande do Araguaia) e Gilberto Sufradini (Tailândia).
(DOL, com informações do MPE)
------------------------------------------------------
Nota do Folha: Notem que mesmo que fosse possível que o Cláudio se elegesse em Tucuruí, ele não tomaria posse do cargo. Muito conveniente para Parsifal e Sancler.
Depois ainda negam que ele era um laranja.
                    

18 comentários:

  1. quem e José Antonio dos Santos Carvalho?? desde ja eu agradeço...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não faço a mínima ideia, acho que foi um erro da reportagem, eles devem ter errado de cidade.
      Pela busca na Internet seria um candidato a prefeito em Aurora do Pará.
      Todo mundo erra, se fosse o Folha já teriam dito cobras e lagartos, pois somos proibidos de errar Rs.
      Se alguém souber quem é o cidadão nos informe.

      Excluir
    2. obrigado pela resposta vlw...

      Excluir
  2. Sem entrar no mérito de ser laranja ou lima, os dois estão inelegíveis para a próxima eleição se não conseguirem outra liminar antes. Para essa o processo de registro está encerrado e a hora de ver se o candidato está apto para concorrer é no registro, ou seja, se o Furman ganhasse ele podia tomar posse sim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Significado da palavra inelegível:
      1 - Que não pode ser eleito, ou não tem condições ou chances de se eleger.
      2 - Que não pode ser candidato a nenhum cargo político, por NÃO TER CONDIÇÕES LEGAIS para eleger-se.
      Caramba Anônimo, não tem vergonha de defender ficha suja? Defenda político ficha limpa, gente que não tem culpa no cartório e não deve nada para a justiça, você está fazendo um desserviço para Tucuruí, se não quiser ajudar a melhorar o quadro de políticos da nossa cidade, pelo menos não tente atrapalhar.

      Excluir
    2. Desculpe se tentei contribuir com a lisura do blog. Eu não estou defendendo ninguém. Só quis corrigir que se o Claudio Furmam fosse eleito (eu não votei nele e nem no Sancler)ele podia tomar posse e cumprir o mandato sim, pois a inelegibilidade é auferida no momento do registro (exatamente para saber se o candidato preenche as condições de ser votado) o que foi feito no caso do Claudio e naquele momento ele preenchia as condições e o registro foi feito e transitado em julgado, por isso ele só está inelegível para uma próxima eleição (que eu duvido que ele ainda queira).
      Esclareço ainda que a minha profissão é a advocacia, por isso fiz o esclarecimento que foi tão mal recebido.
      Vocês deveriam ser mais educados com os leitores de vocês...

      Excluir
    3. É uma pena que um dos maiores partidos do Brasil não tenha um candidato que não tenha pendências na justiça e que não precise de liminares para registro de candidatura.
      Talvez por isso o partido esteja há oito anos sem eleger prefeito e nem mesmo um só vereador, e vai passar mais quatro.
      Quem sabe o PMDB ao fim destes doze anos sem mandato, e se não for extinto no município, consiga renovar e melhorar seu quadro de políticos e suas lideranças municipais, e assim voltar a ser um partido viável.
      Bom, isso se a cúpula de Belém permitir, sendo-lhe conveniente é claro.

      Excluir
  3. E o Homer Simpson, apronta, apronta e apronta e não dá em nada.

    ResponderExcluir
  4. o VIEIRA que se prepare pois a situação dele é identica a do claudio furmam,so concorrendo com efeito suspensivo da decisao do TCM,pelas contas rejeitadas quando ele foi presidente da camara.o 1º suplente pode comemorar pois vai assumir o cargo.claro que o prefeito vai dar uma força para que isso ocorra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São duas situações diferents ...

      Excluir
    2. Não são situações diferentes. São iguais. Tanto o Cláudio quando o Vieira registraram as candidaturas com liminares. A do Vieira ainda não caiu, mas vai cair assim que chegar ao Tribunal pois o Tribunal está derrubando todas, mas isso não impede o Vieira de assumir e cumprir o mandato, pois no momento do registro ele estava apto.
      Por favor, não me esculhambem.

      Excluir
  5. E o sancler que tem ele naquele video prometendo casa pro povo e fazendo cadastro para dá essas casas, fora as outras denúncias do próprio blog contra ele.

    ResponderExcluir
  6. pra que existe o dinheiro?você é muito bobinho anônimo!o homem ta cheio dele!!!agora é só vitoria!

    ResponderExcluir
  7. O folha nao vai se desculpar com a Dra?

    ResponderExcluir
  8. Qual a opinião do folha quanto a resposta da advogada em relação as situações de Claudio e Vieira ? O Vieira assume a vaga na câmara ou não caso o tribunal derrube sua liminar ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós temos evitado opinar sobre questões de justiça sem antes consultar nossos amigos advogados. A legislação é muito complexa, cheia de meandros e brechas.
      É muito complicado e difícil para um leigo opinar sobre este assunto de forma segura, já cometemos muitos enganos enveredando por este caminho opinando sobre a justiça sem ter certeza.
      Muitos leitores do Blog tomam nossas opiniões como verdades, assim tomamos muito cuidado e procuramos opinar quando temos alguma segurança e entendemos do assunto.
      De política entendemos um pouquinho, mas de justiça entendemos tanto quanto qualquer cidadão comum.
      Por outro lado não queremos incomodar os nossos amigos advogados sem necessidade, já lhes damos trabalho suficiente ao nos defender dos ditadores.
      Mas se tiver algum advogado entre os amigos leitores que tenha uma opinião diferente quanto a esta questão, e esteja disposto a responder à sua pergunta, sua ajuda será bem-vinda.
      Um abraço...

      Excluir
  9. o homem tem dinheiro!!!,mas como é bobinho esse anonimo?te liga meu irmaozinho!

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!