Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Drops - Atualidades de Tucuruí

SINSMUT entra na justiça para que os Agentes de Saúde recebam a diferença salarial.

     
Raimundo e Miranda entregam a relação dos Agentes De Saúde
ao DR. Paulo, advogado do SINSMUT para as providencias cabíveis perante à Justiça. 
A PMT pagava o salário dos Agentes de Saúde abaixo do piso salarial da categoria, o SINSMUT conseguiu que a PMT passasse a pagar o valor legal, no entanto os servidores tem o direito de receber os retroativos pelo tempo que receberam abaixo do salário estipulado por Lei. O SINSMUT entrou na justiça para garantir este direito.
                       
Segundo  os representantes do SINSMUT cada um dos ACS deverá receber de diferença (se fosse hoje) de R$ 11.546,92 (Onze mil, quinhentos e quarenta e seis reais e noventa e dois centavos).
      
  

     

Assembleia Geral da ASERT

         
           
Assembleia Geral da ASERT decide que a Comissão deve comparecer na Audiência no Ministério Público Estadual para discutir o débito da PMT para com a Associação, débito este causado pela apropriação ilegal por parte da Prefeitura dos descontos dos servidores para a instituição.
      
Cortina de fumaça
          

Esposa, ex-esposa e parentes de Prefeito em segundo mandato não pode concorrer a eleição para prefeito mesmo que o prefeito se afaste do cargo. Para ver a jurisprudência Clique Aqui. O pré candidato do Prefeito Sancler até o momento é o Vereador Jairo, que é da sua total confiança, e o único que poderia com certeza continuar engavetando os inúmeros processos a que o atual prefeito responde na justiça.
            
Sancler provavelmente já está fazendo caixa de campanha porque pensa que com muito dinheiro consegue eleger até um poste, pior que isso é bem possível, diante dos abusos e absurdos cometidos em eleições anteriores e diante da impunidade que prevalece em Tucuruí.
          
Balões de ensaio
            

A Ann Pontes, esposa do ex-prefeito Parsifal Pontes não é, não será e nunca foi candidata a Prefeita de Tucuruí, dos comentários que surgem pela cidade o único com alguma chance de ser verdade seria a candidatura do Claudiney Furman, filho do ex-prefeito Claudio Furman, que assumiria como laranja do PMDB em lugar do pai nas próximas eleições municipais, mesmo não tendo a mínima chance as sobras de campanha e cargos para os amigos na PMT é uma tentação irresistível.  
                   

3 comentários:

  1. Para falar a verdade a maioria desses agentes de saúde não trabalham moro na matinha e ta com mais de um ano que não vai nenhum agente de saude la em casa. Eu e a minha mãe somos hipertensas e a minha mãe é diabética. Eles ganham sem trabalhar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos explicar uma coisa, os servidores municipais trabalham sim, mas só quando o Prefeito deixa. A maioria dos funcionários municipais não tem a mínima condição de trabalho, não tem gasolina para o transporte, não tem material de trabalho, não tem nada nas Secretarias, nem papel higiênico, e o Prefeito não quer nem saber.
      Outra coisa, quando o funcionário não trabalha é porque o chefe é incompetente, porque o chefe não fiscaliza e não faz o seu trabalho, se a PMT funcionasse sozinha não precisava de centenas de chefes, de centenas de Diretores, não precisava dos Secretários e muito menos de Prefeito, se é que Tucuruí tem algum. O responsável pelos servidores da Saúde é o Secretário Charles Tocantins e o chefe dele é o Prefeito Sancler Ferreira (PPS).

      Excluir
    2. Correção, onde se lê: "O responsável pelos servidores da Saúde é o Secretário Charles Tocantins" leia-se "O irresponsável pelos servidores da Saúde é o Secretário Charles Tocantins".

      Excluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!