Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

sábado, 16 de maio de 2015

Prefeito se reúne com presidentes de Associações e tenta explicar a venda da Nossa Água

                    
O Prefeito Sancler Ferreira (PPS) se reuniu com vários Presidentes de Associações para os convencer a apoiar a privatização da Nossa Água, e a cobrança da água que a Eletronorte está dando de graça para a população de Tucuruí. O prefeito tentou justificar com exemplos de São Paulo cuja realidade é muito diferente da nossa, aqui em Tucuruí água é que não falta, temos água para os próximos 500 anos. 
               
É bom lembrar que grande parte dos presidentes de associações e seus parentes tem portarias e contratos na Prefeitura, portanto para estes vai ser moleza para o prefeito "convencer".
           
Com o controle das associações e da pior câmara e dos mais incompetentes vereadores de toda a história de Tucuruí, certamente a Nossa Água será privatizada. Mas caso o prefeito não eleja o seu sucessor no ano que vem, o próximo prefeito pode estatizar novamente a Nossa Água e acabar com esta exploração do povo de Tucuruí. 
         
Graças a Deus não tem mal que nunca se acabe, e este mal vai se acabar no ano que vem, talvez até antes disso.
                   

2 comentários:

  1. Era só o que faltava, Tucuruí está precisando é de uma lavagem cerebral em cada eleitor. E em quanto isso em Breu Branco, a situação da GREVE dos professores, está se alongando, sem ter o mínimo de interesse por parte do gestor. Hoje cedo a polícia prendeu o vereador Hildeblano, em plena sessão da Câmara.

    ResponderExcluir
  2. É UM ATO VERGONHOSO. TUCURUÍ NÃO POSSUI ÁGUA DE QUALIDADE. ACHO QUE ESTÃO QUERENDO DISTRIBUIR O AR QUE ESTÃO OS CANOS. DIZEM POR AÍ QUE A CIDADE ESTÁ ABASTECIDA DE ÁGUA. MAS SÃO APENAS ALGUMA RUAS. DEVIAM SE ENVERGONHAR DE EXPLORAR A POPULAÇÃO.

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!