Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

Texto

As matérias mais recentes do Folha de Tucuruí

Últimas matérias do Folha

Publicidade

sábado, 19 de dezembro de 2015

Golpe em Tucuruí?

                         
Um peemedebista bem informado alertou o blogger sobre a possibilidade de um golpe da cacicada do PMDB no Jones Willian para beneficiar o(s) candidato(s) do Prefeito Sancler (PPS). Segundo o peemedebista na última reunião com o Jones, Parsifal teria entrado mudo e saído calado da reunião ficando evidente o seu desconforto, o que é compreensível já que a candidatura do Jones provavelmente atrapalha os planos do ex-prefeito e do prefeito Sancler.
         
Segundo a opinião do peemedebista, o Parsifal (PMDB) não seria favorável à candidatura do Jones por não confiar que ele depois de eleito continuaria a favorecer seu grupo político em Tucuruí e região como o faz Sancler. Diante disso é bem possível um golpe contra o pré-candidato Jones Willian depois de findo o prazo para a troca de partido.
           
Mesmo que o PMDB dê o diretório municipal ao Jones, isso não garante nada, já que o diretório municipal pode ser destituído a qualquer momento com apenas uma canetada de acordo com as conveniências e dos acertos dos caciques de Belém.
            
O grupo político do Parsifal está bem confortável, se dando muito bem, faturando alto com vários tipos de negócios mui lucrativos com a prefeitura de Tucuruí e outros municípios de influencia do Prefeito Sancler.
           
Os dois pré-candidatos do Prefeito Sancler (o candidato oficial e o candidato "plano B") estão, segundo as últimas pesquisas bem atrás do Jones, o que leva o Sancler a aumentar o valor das propostas e dos acordos para eleger um sucessor.
         
A candidatura do Jones em nossa opinião, corre um sério risco caso o mesmo continue no PMDB, um partido desgastado e desacreditado em Tucuruí. 
        
Vejam um trecho de uma matéria no Blog do Parsifal;
      
"O vice-presidente deveria observar, ainda, que se ele for ficar magoado com quem não confia no PMDB, o seu pote de mágoas transborda, pois, devido ao seu tamanho e em como as forças se distribuem nos seus escaninhos, sem comando centralizado, não há na política nacional quem confie no PMDB." Matéria do Blog do Parsifal: São dois para lá e dois para cá, autor: Parsifal Pontes".
      
Eu acredito que o Parsifal está certo, ninguém (exceto o Jones) confia no PMDB, principalmente no PMDB do Parsifal e do Helder em Tucuruí.
      

5 comentários:

  1. Dizem que turminha do PMDB continua a queimar o Jones, estão dizendo que se o Claudiney não conseguir puxar o tapete do Jones, ele fará um acordo para ser o Secretário de Finanças da PMT. Claudiney destruiu e acabou com a administração do seu pai Cláudio Furman quando o mesmo foi prefeito de Tucuruí, agora imaginem o que faria em uma administração de quem nem seu parente é ainda mais com as chaves do cofre? Se bem que esta seria uma garantia do grupo do Parsifal em permanecer mamando eternamente na PMT.
    O problema do pessoal, é que eu acho muito difícil o Jones embarcar nesta canoa furada e entregar o galinheiro pra raposa tomar conta, ele sabe que isso seria uma chave de cadeia. Tem uma turma em Tucuruí que não pode nem passar perto de dinheiro público, e a sua participação em uma campanha eleitoral e o seu apoio a um candidato é um termômetro (corruptômetro) e uma indicação de como seria uma administração deste candidato.
    Uma indicação de quem é o cidadão é a sua companhia e seus amigos. Diga-me com quem andas e eu te direi quem és.
    É desanimador ver as pessoas que estão apoiando e trabalhando pelas pré-candidaturas em Tucuruí, tem pré-candidato que se diz sério e honesto, mas que está sendo apoiado pela pior escória politica em Tucuruí, e não estou falando do Jones...

    ResponderExcluir
  2. E tá valendo até agora a fala do Presidente do Diretório Municipal e do Claudiney no Tucuruí Agora, desmentindo a candidatura e a fala do do Jones na rádio, pois ninguém voltou lá na Rádio pra dizer o contrário... Eta povinho...

    ResponderExcluir
  3. Mais uma vez discordo de parte da postagem acima.

    O Parsifal não tem mais a liderança politica junto ao Helder e o Jader para direcionar os rumos do PMDB em Tucuruí. O que ele faz hoje é tentar desarticular nos bastidores algumas candidaturas no partido em troca dos seus interesses.

    O Parsifal hoje é um dos operadores do PMDB Estadual. Não é mais visto dentro do partido como candidato, principalmente em Tucuruí. Suas opniões são levadas em consideração em alguns momentos pelo Helder e o Jader, que já sabem sobre os interesses do Parsifal em Tucuruí.

    O próprio Parsifal já declinou desta Liderança politica em Tucuruí, acontece que algumas lideranças do PMDB insistem em envolvê-lo nas discussões da politica local, por ter sido ex-prefeito e tudo mais.

    Acontece que até os aliados mais próximos do Parsifal em Tucuruí, estão começando a entender que no jogo feito pelo Parsifal sempre os seus interesses é que são prioridade, nem que para isso um aliado seja prejudicado.

    Os próprios aliados do Parsifal em Tucuruí já entendenram que a sua interferência tem prejudicado o partido em detrimento dos seus interesses pessoal

    Considero positiva a postagem acima, serve para alertar para os perigos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Discordo, o Parsifal mesmo sem ser candidato e sem cargo eletivo é uma eminência parda do Jader (dono do PMDB no Pará) é o articulador regional e homem de confiança do cacique mor em Tucuruí, Cametá, Breu Branco, Goianésia e menos em Repartimento.
      Como Eminência Parda, Parsifal é ainda mais perigoso e nocivo, já que não tendo mais pretensões de exercer cargos eletivos e de forma menos evidente, ele pode concentrar ainda mais seus esforços em se beneficiar e beneficiar seu grupo político que não é muito grande (mas que é voraz e insaciável quando se trata de dinheiro e cargo público), sem ter que se preocupar com a opinião do eleitor e em manter as aparências.
      Parsifal está rico, não precisa mais de dinheiro, mas sua ambição é desmedida, ele nunca ficará satisfeito, ele quer o poder e quer manter o controle, mesmo que atrás das cortinas e nos bastidores onde pode agir com mais liberdade e longe dos holofotes.
      Sancler que não é bobo sabe disso, por isso segura a prestação de contas do Parsifal para ter pelo menos algum controle. Ele sabe que enquanto a PMT estiver ''alimentando'', sustentando e dando lucro para os sabujos do Parsifal em Tucuruí, Cametá e Breu Branco, ele terá por conveniência uma trégua do Parsifal e suas armações. Sancler tem sérios problemas com a justiça e depois do Jatene, Jader é o político com mais influência no Judiciário Estadual.
      Sancler ajuda o Parsifal e o PMDB, ajuda muito mais do que aos seus próprios partidos aliados, é a mesma farsa Parsifal/Cláudio Furman, Parsifal é preguiçoso, prático e não muda de tática enquanto as mesmas funcionam, é a lei do menor esforço, vejam que a tática contra o Jones é a mesma usada contra o Gualberto para beneficiar o Sancler mantendo a “parceria” enquanto houver lucro. Não existe inimizade na política rasteira, apenas interesses e conveniências...
      A estratégia de manter a mesma tática enquanto funciona é boa, no entanto deixa o Parsifal mais previsível para um olhar experiente e mais atento. Sancler também é ajudado pelo PMDB, além das sacanagens e traições políticas contra os próprios peemedebistas de Tucuruí e região, por exemplo, a emenda para a construção da orla de Tucuruí é do Priante (PMDB), um membro da família Barbalho. E não duvide que esta ajuda do PMDB também se estenda ao Poder Judiciário, o PMDB também tem as cópias das prestações de contas do Sancler, o que ajuda a manter e amarrar a cumplicidade.
      Este grupo político está se revezando no poder em Tucuruí há décadas e só pode ser combatido com a conscientização do povo, a população tem de ter conhecimento de quem são os seus verdadeiros inimigos, quem atrapalha e impede a o desenvolvimento da nossa cidade, e mostrar a realidade sem ilusões, para a população de Tucuruí e região é o nosso principal objetivo.

      Excluir
    2. Complementando: Os peemedebistas autênticos e decentes (eles existem, mesmo que estando em minoria e sufocados), ainda não entenderam com clareza o quanto a influência do Parsifal e consequentemente dos Barbalhos é perniciosa e nociva para o próprio PMDB e para Tucuruí e região, mas vão entender!

      Excluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!