Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

Eleição ASERT Chapa 1

Eleição ASERT Chapa 1
Eleição ASERT Chapa 1

sábado, 19 de dezembro de 2015

Golpe em Tucuruí?

                         
Um peemedebista bem informado alertou o blogger sobre a possibilidade de um golpe da cacicada do PMDB no Jones Willian para beneficiar o(s) candidato(s) do Prefeito Sancler (PPS). Segundo o peemedebista na última reunião com o Jones, Parsifal teria entrado mudo e saído calado da reunião ficando evidente o seu desconforto, o que é compreensível já que a candidatura do Jones provavelmente atrapalha os planos do ex-prefeito e do prefeito Sancler.
         
Segundo a opinião do peemedebista, o Parsifal (PMDB) não seria favorável à candidatura do Jones por não confiar que ele depois de eleito continuaria a favorecer seu grupo político em Tucuruí e região como o faz Sancler. Diante disso é bem possível um golpe contra o pré-candidato Jones Willian depois de findo o prazo para a troca de partido.
           
Mesmo que o PMDB dê o diretório municipal ao Jones, isso não garante nada, já que o diretório municipal pode ser destituído a qualquer momento com apenas uma canetada de acordo com as conveniências e dos acertos dos caciques de Belém.
            
O grupo político do Parsifal está bem confortável, se dando muito bem, faturando alto com vários tipos de negócios mui lucrativos com a prefeitura de Tucuruí e outros municípios de influencia do Prefeito Sancler.
           
Os dois pré-candidatos do Prefeito Sancler (o candidato oficial e o candidato "plano B") estão, segundo as últimas pesquisas bem atrás do Jones, o que leva o Sancler a aumentar o valor das propostas e dos acordos para eleger um sucessor.
         
A candidatura do Jones em nossa opinião, corre um sério risco caso o mesmo continue no PMDB, um partido desgastado e desacreditado em Tucuruí. 
        
Vejam um trecho de uma matéria no Blog do Parsifal;
      
"O vice-presidente deveria observar, ainda, que se ele for ficar magoado com quem não confia no PMDB, o seu pote de mágoas transborda, pois, devido ao seu tamanho e em como as forças se distribuem nos seus escaninhos, sem comando centralizado, não há na política nacional quem confie no PMDB." Matéria do Blog do Parsifal: São dois para lá e dois para cá, autor: Parsifal Pontes".
      
Eu acredito que o Parsifal está certo, ninguém (exceto o Jones) confia no PMDB, principalmente no PMDB do Parsifal e do Helder em Tucuruí.
      

5 comentários:

  1. Dizem que turminha do PMDB continua a queimar o Jones, estão dizendo que se o Claudiney não conseguir puxar o tapete do Jones, ele fará um acordo para ser o Secretário de Finanças da PMT. Claudiney destruiu e acabou com a administração do seu pai Cláudio Furman quando o mesmo foi prefeito de Tucuruí, agora imaginem o que faria em uma administração de quem nem seu parente é ainda mais com as chaves do cofre? Se bem que esta seria uma garantia do grupo do Parsifal em permanecer mamando eternamente na PMT.
    O problema do pessoal, é que eu acho muito difícil o Jones embarcar nesta canoa furada e entregar o galinheiro pra raposa tomar conta, ele sabe que isso seria uma chave de cadeia. Tem uma turma em Tucuruí que não pode nem passar perto de dinheiro público, e a sua participação em uma campanha eleitoral e o seu apoio a um candidato é um termômetro (corruptômetro) e uma indicação de como seria uma administração deste candidato.
    Uma indicação de quem é o cidadão é a sua companhia e seus amigos. Diga-me com quem andas e eu te direi quem és.
    É desanimador ver as pessoas que estão apoiando e trabalhando pelas pré-candidaturas em Tucuruí, tem pré-candidato que se diz sério e honesto, mas que está sendo apoiado pela pior escória politica em Tucuruí, e não estou falando do Jones...

    ResponderExcluir
  2. E tá valendo até agora a fala do Presidente do Diretório Municipal e do Claudiney no Tucuruí Agora, desmentindo a candidatura e a fala do do Jones na rádio, pois ninguém voltou lá na Rádio pra dizer o contrário... Eta povinho...

    ResponderExcluir
  3. Mais uma vez discordo de parte da postagem acima.

    O Parsifal não tem mais a liderança politica junto ao Helder e o Jader para direcionar os rumos do PMDB em Tucuruí. O que ele faz hoje é tentar desarticular nos bastidores algumas candidaturas no partido em troca dos seus interesses.

    O Parsifal hoje é um dos operadores do PMDB Estadual. Não é mais visto dentro do partido como candidato, principalmente em Tucuruí. Suas opniões são levadas em consideração em alguns momentos pelo Helder e o Jader, que já sabem sobre os interesses do Parsifal em Tucuruí.

    O próprio Parsifal já declinou desta Liderança politica em Tucuruí, acontece que algumas lideranças do PMDB insistem em envolvê-lo nas discussões da politica local, por ter sido ex-prefeito e tudo mais.

    Acontece que até os aliados mais próximos do Parsifal em Tucuruí, estão começando a entender que no jogo feito pelo Parsifal sempre os seus interesses é que são prioridade, nem que para isso um aliado seja prejudicado.

    Os próprios aliados do Parsifal em Tucuruí já entendenram que a sua interferência tem prejudicado o partido em detrimento dos seus interesses pessoal

    Considero positiva a postagem acima, serve para alertar para os perigos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Discordo, o Parsifal mesmo sem ser candidato e sem cargo eletivo é uma eminência parda do Jader (dono do PMDB no Pará) é o articulador regional e homem de confiança do cacique mor em Tucuruí, Cametá, Breu Branco, Goianésia e menos em Repartimento.
      Como Eminência Parda, Parsifal é ainda mais perigoso e nocivo, já que não tendo mais pretensões de exercer cargos eletivos e de forma menos evidente, ele pode concentrar ainda mais seus esforços em se beneficiar e beneficiar seu grupo político que não é muito grande (mas que é voraz e insaciável quando se trata de dinheiro e cargo público), sem ter que se preocupar com a opinião do eleitor e em manter as aparências.
      Parsifal está rico, não precisa mais de dinheiro, mas sua ambição é desmedida, ele nunca ficará satisfeito, ele quer o poder e quer manter o controle, mesmo que atrás das cortinas e nos bastidores onde pode agir com mais liberdade e longe dos holofotes.
      Sancler que não é bobo sabe disso, por isso segura a prestação de contas do Parsifal para ter pelo menos algum controle. Ele sabe que enquanto a PMT estiver ''alimentando'', sustentando e dando lucro para os sabujos do Parsifal em Tucuruí, Cametá e Breu Branco, ele terá por conveniência uma trégua do Parsifal e suas armações. Sancler tem sérios problemas com a justiça e depois do Jatene, Jader é o político com mais influência no Judiciário Estadual.
      Sancler ajuda o Parsifal e o PMDB, ajuda muito mais do que aos seus próprios partidos aliados, é a mesma farsa Parsifal/Cláudio Furman, Parsifal é preguiçoso, prático e não muda de tática enquanto as mesmas funcionam, é a lei do menor esforço, vejam que a tática contra o Jones é a mesma usada contra o Gualberto para beneficiar o Sancler mantendo a “parceria” enquanto houver lucro. Não existe inimizade na política rasteira, apenas interesses e conveniências...
      A estratégia de manter a mesma tática enquanto funciona é boa, no entanto deixa o Parsifal mais previsível para um olhar experiente e mais atento. Sancler também é ajudado pelo PMDB, além das sacanagens e traições políticas contra os próprios peemedebistas de Tucuruí e região, por exemplo, a emenda para a construção da orla de Tucuruí é do Priante (PMDB), um membro da família Barbalho. E não duvide que esta ajuda do PMDB também se estenda ao Poder Judiciário, o PMDB também tem as cópias das prestações de contas do Sancler, o que ajuda a manter e amarrar a cumplicidade.
      Este grupo político está se revezando no poder em Tucuruí há décadas e só pode ser combatido com a conscientização do povo, a população tem de ter conhecimento de quem são os seus verdadeiros inimigos, quem atrapalha e impede a o desenvolvimento da nossa cidade, e mostrar a realidade sem ilusões, para a população de Tucuruí e região é o nosso principal objetivo.

      Excluir
    2. Complementando: Os peemedebistas autênticos e decentes (eles existem, mesmo que estando em minoria e sufocados), ainda não entenderam com clareza o quanto a influência do Parsifal e consequentemente dos Barbalhos é perniciosa e nociva para o próprio PMDB e para Tucuruí e região, mas vão entender!

      Excluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!