Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

Texto

As matérias mais recentes do Folha de Tucuruí

Últimas matérias do Folha

Publicidade

domingo, 5 de junho de 2016

PROPAGANDA POLÍTICA NA IGREJA É CRIME: DENUNCIE!



Por Leonardo Gonçalves

Caro amigo,

Jovens Evangélicos protestam em Tucuruí contra a politicagem nas igrejas
Estamos bem próximos das eleições, e como você já deve saber, algumas igrejas evangélicas (e também católicas ou de outras vertentes) têm como costume ceder o púlpito para candidatos discursarem. Toda véspera de eleição é comum ver o altar se transformar em palanque e as portas dos templos se abrindo para toda classe de charlatanismo.
     
Acontece que esta prática, além de medíocre, também é criminosa. Segundo a Lei 9.504/97 e de acordo com o artigo 13 da resolução 22.718/2008, do Tribunal Superior Eleitoral, fica proibida toda e qualquer propaganda eleitoral dentro de templo. A lei entende que os templos são espaços de acesso comum e não devem ser usados como palanques eleitorais.
      
Sendo assim, se você notar que estão usando sua igreja como curral eleitoral, DENUNCIE. Precisamos dar um basta nessa politicagem dentro dos templos. Igreja é lugar de louvar a Deus! 
                       
Esta prática que já enriqueceu muita gente em Tucuruí e já se transformou em regra em vez de exceção, todo ano eleitoral é este comércio imoral e criminoso é preciso acabar com esta imoralidade e esta pratica criminosa em Tucuruí, Igreja não é comitê eleitoral e púlpito não é palanque. Com Deus não se brinca.
      
Distribuir santinhos, fazer o púlpito de palanque eleitoral e colocar cabresto no eleitor é uma atitude criminosa.
         
Para denunciar a politicagem na sua igreja, basta procurar a delegacia ou o cartório eleitoral.
          
Vamos acabar com essa palhaçada!
       
Com a palavra a Justiça Eleitoral.
       
Se você quiser denunciar crimes eleitorais nas igrejas e tem medo de se expor, nos envie a sua denúncia com provas como áudio, vídeo ou documentos, que nós da Equipe Folha vamos publicar e entregar à Justiça Eleitoral, garantimos o seu anonimato de acordo com a Lei de Imprensa. Com isso você estará exercendo a sua cidadania e ao mesmo tempo defendendo a sua Igreja.
           

Como denunciar crimes eleitorais

Se você tiver conhecimento de algum crime eleitoral, pode denunciar o fato. Você não precisa ter recebido qualquer benefício, basta que o candidato ou alguém que trabalhe para ele tenha lhe oferecido alguma vantagem em troca do seu voto ou você tenha presenciado algum crime eleitoral.
Entretanto, você deve se munir de provas, como, por exemplo, testemunhas, imagens, áudios ou fotos. Dê uma olhada no site do Ministério Público Eleitoral (http://eleitoral.mpf.mp.br/) ou procure um promotor ou juiz eleitoral de seu município.
Não tenha medo, sua identidade será mantida em sigilo, caso você queira assim.
           

3 comentários:

  1. Quando uma igreja apóia abertamente um candidato ou um partido político ou uma coligação está se colocando politicamente contra uma parcela da sociedade que não apóia tal candidato ou tal partido político. Ou seja, quando uma igreja se torna politicamente amiga de um grupo, automaticamente se torna inimiga de outro. Isto é totalmente contraditório à natureza da Igreja e à sua missão na terra que é atrair todos os homens para Cristo, através da fé em Jesus.

    ResponderExcluir
  2. Vamos esclarecer, nós não achamos que é errado o evangélico, católico, espírita ou outro membro de qualquer religião fazer política partidária, sendo ou apoiando candidatos, os religiosos e aqueles que professam a religião também são cidadãos e tem todo direito de escolher seus governantes e fazer parte de uma sigla partidária, o errado é utilizar a religião como se fosse mercadoria para receber vantagens pessoais e enriquecer a custa do dinheiro público ou de suborno.
    Na história politica de Tucuruí, temos visto ao longo dos últimos quase quarenta anos, por exemplo, líderes religiosos apoiando candidatos alcoólatras, boêmios, adúlteros, corruptos e pervertidos, não estou dizendo que na história de Tucuruí, todos os políticos foram corruptos e pervertidos, mas muitos foram e nem por isso (talvez por isso mesmo) deixaram de ter o apoio dos líderes religiosos de Tucuruí, alguns destes líderes estão podres de ricos, todo Tucuruiense sabe disso, ora não tem como um religioso e um cristão de verdade justificar o apoio e a companhia de pessoas e políticos que praticam toda sorte de crimes e iniquidades, entregando o apoio da sua igreja e o comando da nossa cidade.
    A única explicação para isso é que receberam vantagens e dinheiro em troca deste apoio e que não estão nem ai para a sua Igreja, para com os ensinamentos da Bíblia, do Cristo e estão se lixando para o mau exemplo que dão aos fieis e aos seus próprios filhos, e depois reclamam quando seus filhos e parentes seguem o caminho da perdição e quando os sofrimentos os atingem, estão colhendo o que plantam e o resultado da sua corrupção e do mau uso das coisas de Deus.
    Veja o que diz a Bíblia: “Felizes são aqueles que não se deixam levar pelos conselhos dos maus, que não seguem o exemplo dos que não querem saber de Deus e que não se juntam com os que zombam de tudo o que é sagrado!” (SI 1.1).
    Os homens de bem, principalmente os servos de Deus jamais se misturam com os iníquos e se comprazem na companhia de criminosos, diga-me com quem andas e te direi quem és.

    ResponderExcluir
  3. Contato com o Folha de Tucuruí - Equipe Folha de Tucuruí folhadetucurui@gmail.com

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!