Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

Texto

As matérias mais recentes do Folha de Tucuruí

Últimas matérias do Folha

Publicidade

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Sancler afunda ainda mais na ilegalidade e terá que responder a pelo menos mais dois processos.

Prefeito de Tucuruí Sancler ferreira (PPS)
O Prefeito Sancler acostumado a descumprir a Lei afunda ainda mais na ilegalidade, primeiro se recusou a acatar a determinação da justiça se recusando nomear os concursados aprovados para o cargo de Administrador Escolar e está descumprindo o acordo coletivo ao se recusar a pagar o aumento no ticket alimentação aos servidores municipais, com isso Sancler deve responder a mais processos na justiça a poucos meses do término do mandato, o que é praticamente um suicídio já que a partir de 1º de janeiro de 2017 não terá o poder do cargo e os cofres da prefeitura como escudos para defendê-lo. Sancler verá o que é ser um ex-prefeito encalacrado em um mar de processos judiciais.
    
Improbidade Administrativa
      
O Raimundo Concursado protocolou hoje na Câmara Municipal de Tucuruí a denuncia por Improbidade Administrativa por apropriação indébita dos descontos dos servidores da prefeitura, claro que os vereadores vão engavetar a denuncia ou usá-la para obter mais vantagens no final do mandato, mas pelo menos alguém está fazendo a sua parte tentando restabelecer a legalidade para que Tucuruí deixe de ser uma TERRA SEM LEI.
     
Incoerência
     
Ao mesmo tempo em que refaz pela décima vez o decreto que proíbe que os servidores municipais façam horas extras e revoga todas as FGs dos servidores ocupantes de cargos efetivos com o argumento de fazer economia, no entanto enquanto faz "economia", o prefeito Sancler aumenta as despesas da PMT com o cabide de emprego na Prefeitura, fazendo contratos sem concurso público visando à captação irregular de votos, sendo que a maioria das indicações do vereador que o Prefeito pretende eleger como seu sucessor.
      

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!