Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Afundando na lama - A traição do PT, uma caricatura grotesca do que foi outrora

  
    
Leiam este texto na matéria "A eleição da AMAT e as traições…" do Blog do Professor Cavalcante e vejam em que "coisa" ridícula se transformou o PT no Pará, um partido outrora orgulhoso da sua ideologia e da sua história, se transformou em um simples lacaio a soldo do PSDB. 
   
O PT paraense é hoje mais subserviente aos tucanos que o próprio extinto PFL (O DEM hoje tem mais independência que o PT em relação ao governo tucano).
    
É muito triste ver o PT e o Governo Dilma de joelhos perante o Sancler (PPS) e o Governador Jatene (PSDB), e tudo isso em troca de migalhas... 
     
Lamentável, deprimente, vergonhoso, ridículo.
    
O PT está nú...
    
O PT hoje não passa de uma caricatura grotesca do que foi um dia.
     
Pobre Jones e pobre Tom, desperdiçaram tempo e o mandato denunciando o prefeito ao Governo Federal, mal sabiam eles que o Sancler já estava blindado pela própria "liderança" do seu partido.
      
Leiam um trecho da matéria do Professor Cavalcante:

Do Blog do Professor Cavalcante
        
"Na última sexta-feira em Marabá aconteceu a eleição da Associação dos Municípios do Araguaia Tocantins.
    
A toda poderosa AMAT Carajás reuni 38 municípios da região Sul e Sudeste do Pará e tem em sua principal bandeira a luta pela criação do Estado de Carajás.
    
De um lado o prefeito de Tucuruí Sancler Ferreira (PPS), o candidato ungido pelo governador Simão Jatene;
    
Do outro João Salame, atual prefeito de Marabá, que embora não estivesse disponível para a disputa aceitou a árdua tarefa de enfrentar a máquina de Jatene com a promessa de apoio irrestrito de PT e PMDB;
    
As expectativas eram boas até as traições se confirmarem. Umas foram mais veladas outras escancaradas.
    
Sem pedir segredos e descaradamente o Prefeito Sidney Souza de Bom Jesus do Tocantins (PT) membro da tendência petista Unidade na Luta, da qual o blogueiro ainda acha que faz parte, chegou ao local da votação declarando:
   
“Vou votar no Sancler atendendo pedido do meu Dep. Federal Miriquinho Batista (PT).”
   
O assunto logo se alastrou pelas redes sociais separatistas e estranhamente o federal petista silenciou, como de costume.
   
Pela pífia votação de Salame que obteve 11 votos, há forte indícios que outros prefeitos petistas também venderam Salame como Judas por menos de trinta moedas e o apunhalaram na cruz com o voto de traição. " Leiam a matéria completa.
   

6 comentários:

  1. Mesmo tendo alguma experiência e mesmo sabendo da sujeira e das infâmias da política, às vezes me surpreendo com a capacidade que tem alguns políticos em descerem tão baixo, muito mais baixo do que se poderia supor que alguém pudesse descer.
    Desculpem amigos estou enojado e com vontade de vomitar com tanta sujeira.

    ResponderExcluir
  2. Vomita não, amigo da Folha. Das malas, a menor: se o governador realmente entregar esse asfalto para os municípios, o benefício será da população, concordas ? E, aqui entre nós, alguém consegue mensurar o volume de votos que Sancler vai transferir para o Jatene ? Em números proporcionais, acho que um valor pífio. Então, vamos festejar cada metro de asfalto que as pequenas cidades do sul do Pará receberem, pois elas e suas populações precisam muito. Pior seria se esse asfalto fosse para a grande Belém, que suga todos os nossos recursos como um enorme vampiro.
    abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. “SE o Governador realmente entregar esse asfalto”, eis ai o primeiro problema, acreditamos que os cento e cinquenta milhões saiam dos cofres públicos, mas se vão ser convertidos REALMENTE em asfalto em véspera de ano eleitoral eis a questão, se isso acontecer será inédito. Veja o esqueleto da rodoviária de Tucuruí, o dinheiro saiu dos cofres do Estado, mas somente a metade da rodoviária foi concluída.
      Deveríamos festejar caso o Governador cumprisse com a sua obrigação e enviasse este asfalto, não para chantagear e comprar prefeito, mas para beneficiar a população. Deveríamos festejar se o Pará tivesse um Governador sério e ético, isso sim seria motivo de festa e alegria. Usar dinheiro e serviço público para comprar votos e beneficiar pessoalmente a si mesmo ou a apaniguado é corrupção, é crime.

      Acreditar que a maioria destes 38 prefeitos que mentiram, enganaram, traíram e faltaram com o seu compromisso e com a sua palavra, tenham vendido o seu voto por puro interesse público e sem levar nenhuma vantagem pessoal, é o cúmulo da ingenuidade, para não dizer da tolice. Seria o mesmo que acreditar em Papai Noel, gnomos, no coelhinho da pascoa e que no Brasil não tem político patife, sem caráter e corrupto.

      Têm mais, estes R$ 150.000.000,00 é só o suborno oficial, é só o que veio a público, ninguém sabe quais foram os outros ‘’compromissos’’. Como disse o Parsifal em um comentário no seu Blog se referindo à compra de votos da AMAT: ‘’Você não sabe da missa a metade’’.
      O problema é que muitos políticos já se habituaram a ganhar eleição comprando voto, ou você acha que quem compra voto de prefeito não compraria de eleitor, que é muito mais barato?
      Crime é crime, falta de caráter é falta de caráter, corrupção por mais que se enfeite não deixa de ser corrupção. Se você tem um pingo de amor pelo Brasil, pelo Pará e pela sua cidade, pelo amor de Deus não defenda e nem justifique a corrupção e a falta de caráter dos políticos.

      Excluir
  3. Afundando em lama? Eles estão mesmo é afundando em ouro! Visite:
    http://www.istoe.com.br/reportagens/277860_VOSSAS+EXCELENCIAS+OS+GARIMPEIROS

    ResponderExcluir
  4. Folha, realmente eu disse "se" o governador entregar esse asfalto. Mas o cerne do meu comentário é que o poder político do sancrer legal é restrito às cercanias da sua paróquia, nem mesmo no breu ele consegue influenciar os eleitores. E não se iluda, a amat já foi "a amat" com maiusculas. Hoje está muito enfraquecida e o poder se transferiu para a famep e seu reizinho, o barbalhinho, futuro candidato do pmdb ao governo do estado. A associação hoje não têm um décimo do poder que tinha a dez anos atras, e seus principais quadros profissionais hoje estão articulando a candidatura do barbalhinho através da famep. Sancrér legal manda em uma massa falida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro anônimo vamos raciocinar com lógica: O Jatene e o Sancler que podem ser o que for, mas não são idiotas, não se dariam ao trabalho de corromper e comprar 37 prefeitos municipais e chantagear um (o da fazenda invadida), com a ajuda de alguns PTralhas, e nem investiriam cento e cinquenta milhões (fora outras vantagens) na eleição da AMAT se ela não valesse nada.
      Nenhum político faz nada e nem se dá ao trabalho de corromper outros políticos por nada.
      A deficiência de caráter e a falta de escrúpulos não são sinônimas de falta de inteligência, a maior parte dos grandes corruptos da política brasileira são pessoas muito inteligentes e ''bem'' assessoradas, tanto é que conseguem se manter acima da Lei e impunes por muito tempo.
      Ainda bem que a AMAT não tem, segundo você, um décimo do poder que antes, caso contrário (proporcionalmente) teria sido comprada por um bilhão e meio em vez de cento e cinquenta milhões (fora outras vantagens).
      Políticos em cargos importantes não são corrompidos e não se corrompem por ninharias, no mínimo a AMAT vale R$ 150.000.000,00, se isso para você é pouco, eu devo estar respondendo neste momento ao comentário do Bill Gates.

      Excluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!