Alterar o idioma do Blog

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Sociedade organizada impede sessão na Câmara Municipal e a votação de Projetos do Prefeito

A Sociedade Organizada impediu a sessão de hoje na Câmara Municipal em que seriam votados os projetos de Lei da Estrutura Administrativa em que se privilegiam os Marajás da PMT, o Plano Plurianual de Investimentos e Programas de Duração Continuada (PPA), e a Lei de Diretrizes Orçamentárias.

   
Estas Leis iriam passar sem ser devidamente analisadas, o que é um absurdo e uma falta de responsabilidade dos vereadores já que estas Leis afetam diretamente a população de Tucuruí.
    
A Sociedade Organizada de Tucuruí em que estavam presentes o MAB e o SINSMUT, participaram da Ocupação do Legislativo para que estas Leis sejam discutidas com a sociedade antes de sua aprovação. O SINSMUT quer colocar no Orçamento o aumento do funcionalismo Municipal.
  
Na Lei que o Prefeito quer que seja aprovada a toque de caixa, tem R$ 31.000.000,00 trinta e um milhões que o prefeito pode fazer o que quiser sem ter que pedir autorização para a Câmara Municipal, isso em um ano eleitoral, nem precisa dizer mais nada. É por isso que tem vereador candidato que está mais feliz que zona em dia de pagamento no quartel.
   
Diante da pressão da sociedade ficou decidido que será feita uma Audiência Pública com a participação do Poder Judiciário, Ministério Público, Vereadores e Sindicatos, associações e a Sociedade Organizada como um todo. A Audiência Pública está marcada para o dia 6 de novembro de 2013 no Centro de Convenções de Tucuruí.
   
Vereadores que fazem parte da base do Prefeito e votam tudo que o Prefeito quiser, até revogam a Lei da Gravidade se o prefeito mandar: Dioney, Freeway, Pé-de-Ferro, Deley, Cantão, Vieira, Marajá e Jairo. 
   
Hoje a bancada independente é composta pelos vereadores: Bena, Florisval, Peri, Dodô e Cleuton.
   
O interessante é que depois de toda a celeuma de cassação o Vereador Deley está novamente sob as ordens do Sancler, comenta-se que o prefeito prometeu apoiar a sua candidatura a Deputado Estadual, já o Vieira agora é o líder do prefeito na Câmara Municipal e tem a promessa de ser o vice-prefeito na chapa apoiada para sucessão do Sancler em 2016, seja o candidato do prefeito o Jairo, Júnior Souto ou outro qualquer.
   
O surpreendente não foi a negociação do Deley o do Vieira com o Sancler, todo mundo já sabia que isso iria acontecer, o surpreendente mesmo é os dois acreditarem nas promessas do prefeito...
    
Por isso acreditamos que não foi só isso a negociação, deve ter muito mais, por exemplo: Não é à toa que tem uma multidão de Diretores, Chefes de Serviço e Assessores na Lei, boas notícias para os cabos eleitorais e parentes do Vieira e do Deley. 
    
Se você á cabo eleitoral dos oito vereadores do Prefeito, principalmente do Deley e Vieira (que estão com a bola toda com o Sancler) corre atrás, porque tem cargo para todos os cabos eleitorais mais importantes e mais chegados. 
   
Fica esperto que Camarão que dorme na praia a onda leva.

               
Vejam as caras dos vereadores do Sancler, estão chateados e com cara de cachorro que caiu da mudança por não poderem cumprir a ordem do patrão.
 
Plenária lotada de manifestantes na Câmara Municipal.
    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, racismo, homofobia, misoginia, discurso de ódio e intolerância de qualquer tipo, serão moderados e publicados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!