Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

domingo, 13 de abril de 2014

E a sangria nos cofres da Prefeitura de Tucuruí continua?

Este vídeo foi publicado por CunMarc no Youtube em 12/02/2008.
                  
O prefeito Sancler Ferreira (PPS) quando era vice-prefeito de Tucuruí foi à Rádio Floresta e denunciou uma sangria nos cofres da Prefeitura (ver vídeo), e disse que com o dinheiro que a administração municipal sangrava dos cofres públicos na Prefeitura de Tucuruí, ele faria um quilômetro de asfalto por mês.
                     
Passados 62 sessenta e dois meses de "administração" do Prefeito Sancler (PPS), pelo que disse o prefeito, e caso a sangria nos cofres da prefeitura tivesse sido estancada, ele teria feito 62 sessenta e dois quilômetros de asfalto em Tucuruí durante este período, ou seja, Tucuruí estaria agora toda asfaltada. Os bairros que foram asfaltados em Tucuruí, o foram com recursos do Estado e do Governo Federal, como por exemplo, a Nova Matinha e o Liberdade (Eletronorte), e com recursos do Estado o Nova Conquista e o Beira Rio (este através de emendas dos ex-deputados estaduais Gualberto (R$ 1.100.000,00 e Deley R$ 900.000,00). 
             
Pelo que sabemos o único asfalto que o prefeito Sancler (PPS) fez com recursos próprios da PMT foi o recapeamento asfáltico da PA 150, no trecho Goianésia/Marabá, mas obra em outros municípios e em estrada Estadual não vale, não é mesmo? Leia matérias sobre o assunto, Clique Aqui e/ou Clique Aqui.
          
Diante disso e passados 62 meses de administração Sancler Ferreira (PPS), perguntamos ao Prefeito: Porque a Prefeitura não fez um quilômetro de asfalto por mês com recursos próprios como ele disse que faria em sua denuncia, apesar da arrecadação ter aumentado e muito durante todo este tempo? 
             
Neste caso, já que o prefeito não fez um km de asfalto por mês durante os seus 62 meses como prefeito, isso significa que a sangria além de não parar, continua, e provavelmente aumentou? 
               
A pergunta que não quer calar: No caso o Prefeito Sancler (PPS), quando era vice-prefeito do Cláudio Furmam ficou indignado a ponto de se manifestar e denunciar a sangria da PMT no Programa Tucuruí Agora na Rádio Floresta, isso foi porque o Ex-prefeito Cláudio Furman estava sangrando os cofres da Prefeitura, ou porque era ele quem queria sangrar a PMT?
                    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!