Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

quinta-feira, 24 de abril de 2014

O prefeito quer "escolher" as empresas que participarão da Licitação para o Concurso Público na Prefeitura de Tucuruí



O Prefeito Sancler (PPS) queria fazer a licitação para o Concurso Público da Prefeitura de Tucuruí na modalidade Carta Convite. Desta forma ele escolheria três empresas de sua livre escolha, que participariam da licitação. 
                  
Esta forma de licitação não é ilegal, mas no caso de Concursos Públicos, a escolha das empresas que participarão da Licitação, a nosso ver, compromete a transparência do certame, e transparência depois da competência, é o que mais falta na Prefeitura de Tucuruí.

             
O MPE e os Sindicatos discordam da PMT sobre esta forma de licitação, para dar transparência e evitar direcionamentos, o Edital deve ser publicado e deve participar da Licitação TODAS as empresas interessadas, e não somente as empresas de interesse do prefeito.
            
Agora que o Concurso é inevitável, o MPE e os sindicatos (SINSMUT e SINTEP), precisam fiscalizar o certame atentamente, para garantir a lisura do processo e que somente os candidatos que realmente passarem no concurso consigam ser classificados, evitando-se ao máximo a interferência política no resultado do concurso.
            
Não vai ser fácil fiscalizar o concurso na PMT, começando pela licitação, mas é preciso ficarmos atentos para que os que realmente forem os melhores candidatos, consigam passar e sejam nomeados para o cargo pleiteado.
                   
A sociedade tucuruiense deve cobrar do prefeito Sancler, um concurso transparente para que não reste a menor dúvida sobre a lisura do resultado. Todos os tucuruienses tem o direito de ter uma chance justa de emprego na Prefeitura, todos os candidatos devem passar no concurso de forma legítima e por seus próprios méritos.
        

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!