Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

Texto

As matérias mais recentes do Folha de Tucuruí

Últimas matérias do Folha

Publicidade

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Editorial - Os partidos políticos e as fábricas de corruptos

                  
É preciso que a população entenda que os partidos políticos não são culpados por corruptos se infiltrarem em suas agremiações, mas são culpados caso mantenham e apoiem políticos corruptos em seu quadro de filiados quando ficar demonstrado que os mesmos desviam dinheiro público, desta forma se tornando assim cúmplices e coniventes com a roubalheira. 
                 
Um partido que mantém e apoia políticos corruptos em sua legenda, não tem moral para denunciar governos e outros partidos e muito menos para representar a população.
             
Quando denunciarem publicamente um político corrupto, exponha também o seu partido para que a população saiba que aquele partido abriga, apoia, defende e é cúmplice dos corruptos e da roubalheira do dinheiro público, desta forma no mínimo causaremos constrangimentos aos partidos e aos hipócritas moralistas sem moral e arrancaremos suas máscaras perante a sociedade.
           
Tenho visto na Internet diversas denuncias de corrupção nos municípios, no entanto quase nunca as denuncias envolvem os partidos que abrigam os corruptos, acredito que a população deve ter conhecimento não só dos políticos corruptos, mas também dos partidos políticos que os apoiam, defendem e os sustentam politicamente, inclusive fazendo pressão e exercendo influencia sobre o poder Judiciário, principalmente sobre a Justiça e no MP nos Estados, ainda mais quando estes partidos fazem parte da base aliada do governador.
         
Não basta lutar contra os corruptos, é preciso minar a sua base de sustentação que são os partidos políticos que os apoiam, a grande imprensa já faz isso só que de forma seletiva, é uma boa estratégia, nós temos que fazer o mesmo em nossos municípios e em todo o Brasil, só que sem distinção ideológica ou partidária, enquanto a população acreditar em partidos de anjos e partidos de demônios estaremos todos nos iludindo e vamos continuar a cometer os mesmos erros, pois os partidos de anjos de hoje, quando no poder, serão os partidos de demônios amanhã e vice-versa. Todo político bandido fora do poder e quando perde a chance de roubar "vira" honesto, sério e competente, mas só até voltar a ter a chance de roubar novamente.
            
Ao se negar a denunciar os partidos dos corruptos nós estamos sem perceber, sendo condescendentes com as verdadeiras quadrilhas que os sustentam e apoiam.
     
A única forma de moralizar os partidos políticos, essenciais e indispensáveis para a democracia é expor as suas entranhas, a sua incoerência e a sua hipocrisia perante a população e eleitores, da forma como está hoje, os partidos políticos deixaram de representar os diversos segmentos da sociedade (sua razão de existir), e se transformaram em fábricas de ladrões, cabendo à toda a sociedade e principalmente aos formadores de opinião como nós, reverter esta triste e terrível realidade.
     
Editor do Folha de Tucuruí.

Um comentário:

  1. Muito boas as suas palavras. Mas quando vamos ao Regional e vemos que lá não tem nem gase para um curativo, ou mesmo remédios da farmácia básica, ficamos nos perguntando: onde está o nosso representante (governador, prefeito, vereador, etc) Pra quê que eles servem mesmo? Os serviços públicos de um modo geral são ruins ( pra não dizer péssimos, mesmo), aí o ano que vem tudo fica bom porque vai ter eleição e nós precisamos eleger um do partido A B ou C, pra fazer o quê mesmo? Se no ano que vem vou voltar no Regional e ver que tudo está a mesma coisa, senão pior.
    Punir os corruptos, seria bom. Mas como se faz isso se roubar a coisa pública no Brasil virou moda porque não há punição, e quando ela existe é "domiciliar"
    Agora roube vc 1 real e veja se vc não vai preso e humilhado.
    E agora sai o relatório da CPI da Petrobrás e nenhum político foi citado. Todos são anjinhos...

    Mas deixa eu ir que eu tenho que trabalhar, senão levo falta... Esse infelismente é o Brasil
    Cabe a nós usar o pouco de dignidade que nos resta e tentar mudar esse país.
    Consciência na hora do voto é a nossa saída.

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!