Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Hoje foi o primeiro dia de negociações de dada-base entre Prefeitura e Sindicatos

Momento de descontração durante a reunião entre sindicalistas e representantes da PMT.

   
Hoje foi feita mais uma rodada de negociações entre o SINSMUT, SINTEP e Prefeitura de Tucuruí.
    
Já foram acordados os seguintes itens, a partir dos quais teve início as rodadas de negociações:
   
1 - Os professores receberão o piso salarial.

2 - A reposição integral da inflação será paga aos servidores municipais.
    
Nas outras rodadas de negociações estão em pauta:
    
1 - Negociação sobre a possibilidade de aumento acima da inflação.

2 - Negociação sobre o piso salarial das outras categorias profissionais.

3 - Negociação sobre o pagamento de gratificações garantidas por lei, como insalubridade, periculosidade, gratificação de nível superior e outras.

4 - Negociação sobre o adiantamento de gratificação de férias e sobre os atrasos do vale transporte.

Quanto ao acordo de incorporação do ticket alimentação, a coisa é mais complicada, pois entre outras documentações, a antiga diretoria não entregou à nova direção do SINSMUT a cópia do acordo. Outra situação, a concessão do Ticket alimentação foi feita através de Lei Municipal, portanto para fazer qualquer alteração na concessão do ticket, tem que alterar a Lei, o que ainda não foi feito. 

Os servidores não imaginam o que esta diretoria tem trabalhado e lutado para consertar os erros e os absurdos cometidos pelas diretorias anteriores, é impressionante a capacidade deste pessoal para fazer asneiras. Mas com boa vontade e fé em Deus eles chegam lá.
      
A pauta de negociação é extensa e mais detalhes serão divulgados no site do SINSMUT que já está em construção.
     
Pela primeira vez na história SINSMUT, SINTEP e Prefeitura Municipal se reúnem em um clima cordial, respeitoso e as partes demonstram que estão dispostas a dialogar, sem brigas, sem confrontos e sem qualquer envolvimento político partidário. 
       
O tema das negociações dos sindicatos e PMT é exclusivamente o Servidor Municipal, como, aliás, sempre deveria ter sido. Todas as partes envolvidas nas negociações tem a consciência de que possíveis questões pessoais e políticas entre seus membros devem ser discutidas em local, ambiente e situações próprias e adequadas, estas questões externas não podem interferir na atividade sindical e na administração pública, afinal todos os envolvidos são pessoas adultas, inteligentes e acima de tudo profissionais.
   
O interesse do funcionalismo e o interesse público devem prevalecer acima de todos os outros.
       
A Equipe Folha deseja que este seja o início de uma nova era de entendimento entre Prefeitura e Sindicatos. Onde está escrito que prefeito e sindicalistas tem de ser inimigos? 
      
Por mais que os interesses sejam diversos e muitas vezes contrários, com diálogo, com boa vontade e todos desarmados, é perfeitamente possível o entendimento entre Prefeitura e Sindicatos.
   

3 comentários:

  1. Queremos saber tambem das perdas salarias ......... E um desafio conseguir pois ...... Já estamos perdendo.....a muito tempo mais se o miranda..... Conseguir vai entrar pra estoria....ate porque um dinheiro nao vai...fazer mal pra nimguem.... Boa sorte a toda diretoria

    ResponderExcluir
  2. Gostaria de saber se o pessoal do Folha de Tucuruí sabe informar se nas negociações com a PMT ficou acertado em pagar o mesmo salário para os contratados? a diferença de salario do concursado para o contatado chega a ser desumano, o prefeito usou isso na primeira campanha para prefeito, ele dizia que era um absurdo o Claudio Furman pagar um salário menor para o contatado pelo mesmo trabalho desempenhado. Vocês tem alguma informação a respeito?

    ResponderExcluir
  3. vamos aguarda para ver si nao /e sõ papo furado

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!