Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Está em curso um novo golpe do Prefeito Sancler Ferreira (PPS) contra a população de Tucuruí

Prefeito Sancler (PPS)
Olha o novo golpe ai minha genteeeee!!!!
   
Para que os nossos visitantes possam entender o golpe, primeiro é preciso saber o que significa PIRTUC e ETA.
     
O PIRTUC
        
O PIRTUC basicamente é uma série de programas e projetos sociais direcionados à melhoria da qualidade de vida e ao desenvolvimento sustentável de comunidades e regiões onde a Empresa atua. Como podemos ver as ações e obras do PIRTUC visam à melhoria da qualidade de vida das populações das áreas de influência da ELETRONORTE, populações estas que foram impactadas pela construção da Hidrelétrica.
      
A ETA
    
A ETA (Estação de Tratamento de Água de Tucuruí) é uma obra do PIRTUC que tem como objetivo o fornecimento de água tratada a toda a população de Tucuruí e para uma população de 300 mil habitantes (mais de três vezes a população atual do município). Esta obra custou até agora mais de R$ 12.000.000,00 doze milhões aos cofres do Governo Federal. Eu digo até agora, pois a responsabilidade e os custos da captação e do tratamento de água ficarão com a ELETRONORTE. 
    
Pelo convênio feito com a Prefeitura de Tucuruí a ELETRONORTE ficou responsável pelas obras e instalações da Estação de Tratamento, a captação e o tratamento da água e a prefeitura ficou responsável pelas adutoras que levarão a água potável até Tucuruí e a distribuição para a população da cidade. A parte da ELETRONORTE ficou pronta em 2012 e a parte da Prefeitura esta inacabada e paralisada. As instalações das adutoras de responsabilidade da PMT estão paradas em frente à comunidade do Sítio Deus é Grande há vários meses. Em nosso entendimento a paralisação da obra é de propósito, na sequencia vamos explicar por que.

O Golpe

Como todos sabem o custo maior da distribuição de água nas cidades é a construção e a instalação da Estação de Tratamento, a captação da água e o seu tratamento, e isso a ELETRONORTE esta fazendo com recursos do Governo Federal, restando à Prefeitura somente o trabalho de canalisar e distribuir a água tratada. 

Esta distribuição requer apenas um investimento inicial com a rede de distribuição, que depois de pronta deve atender à população por pelo menos uns 30/50 anos, sendo que existem meios e recursos para fazer convênios com o Governo Estadual e com o Governo Federal para que os mesmos financiem o projeto, bastando para isso interesse do Prefeito e vontade política. 

Mas não é isso que Sancler pretende, o alcaide quer privatizar a distribuição de água em Tucuruí por décadas, ou seja, a empresa privada que ninguém sabe qual é e a quem pertence, mas dá para adivinhar, fará um investimento inicial (provavelmente financiado com dinheiro público) e vai usar a água tratada fornecida de graça pela ELETRONORTE para distribuição à população de Tucuruí, e vai vender esta mesma água para a mesma população, que passa a pagar a água para a iniciativa privada. 
        
A ELETRONORTE arca (com dinheiro público) com a maior parte dos custos e a empresa particular lucra com a venda da água, um negócio da china e de pai para filho. Muito esperto este prefeito.
           
Justificativas para o golpe
          
Justificativa 1 - O Prefeito diz que a privatização vai melhorar o abastecimento de água em Tucuruí, e a população terá 24 horas de água tratada por dia.
      
Resposta – A população de Tucuruí só não tem água tratada e de boa qualidade 24 horas por dia desde 2012 (quando a ELETRONORTE concluiu a ETA) porque o prefeito não quis, porque não é do seu interesse e porque a Prefeitura não fez as obras necessárias, pois certamente Sancler há tempos vem planejando vender o serviço de distribuição de água para uma empresa privada, só Deus e os mais chegados sabem com que interesse. A população não sabe, mas podemos imaginar quais são estes interesses...
        
Justificativa 2 – Será cobrada uma taxa de R$ 10,00 dez reais para quatro metros cúbicos diários de água tratada e R$ 2,00 dois reais por metro cúbico excedente. Segundo o prefeito uma cobrança “simbólica” para famílias de baixa renda.
         
Resposta - Todos somos testemunhas do resultado a privatização da CELPA, a energia mais cara do Brasil e um serviço de péssima qualidade. No caso da privatização da distribuição de água tratada em Tucuruí a concessão e a Lei que regula o serviço e as taxas a serem cobradas da população para o fornecimento de água tratada é municipal, o que significa que com a péssima qualidade das Câmaras Municipais em Tucuruí, as Leis podem ser alteradas de acordo com a vontade e os interesses pessoais e políticos do Prefeito e das empresas que prestam o serviço público. É só lembrar os aumentos abusivos das tarifas de ônibus em Tucuruí aprovadas pelos vereadores do prefeito, com a água vai acontecer à mesma coisa. É mais fácil para o prefeito de Tucuruí mudar as Leis municipais do que trocar de camisa.
        
Além do mais Sancler pretende transformar mais esta empresa de distribuição de água em cabide de emprego para seus amigos e cabos eleitorais a exemplo da Clean, da Viação Tucuruí e de várias empreiteiras que prestam serviços para a prefeitura. A maioria dos parentes de Secretários e Diretores da PMT que saíram da prefeitura devido à Lei do Nepotismo “trabalha” para estas empresas e empreiteiras para contornar a Lei.
          
Na verdade em nossa opinião Sancler quer apenas uma forma de continuar a se beneficiar indiretamente da Prefeitura depois do término do seu mandato e pelos próximos vinte anos, a maioria dos seus parentes já PASSARAM no concurso da Prefeitura e estarão empregados até se aposentarem.
            
Justificativa 3 – Os investimentos para refazer a rede de distribuição de água tratada em Tucuruí são altos e a Prefeitura não tem recursos.
          
Resposta – Como é que uma prefeitura que arrecada R$ 20.000.000,00 vinte milhões mensais e cujas obras na cidade foram feitas quase todas com recursos do Governo Federal e o que não foi feito com dinheiro Federal foi feito com recursos do Governo do Estado, não tem dinheiro para fazer a distribuição de água na cidade? Para onde está indo todo este dinheiro?
        
Uma parte dele sabemos para onde está indo, é só verificar os inúmeros processos e as inúmeras denuncias de desvios e de malversação do dinheiro público de que o prefeito Sancler Ferreira (PPS) é acusado, aqui mesmo no Folha de Tucuruí existem inúmeras denuncias de desvios de dinheiro público que remontam a milhões de reais. E estas denuncias não partem apenas da sociedade organizada e da oposição, parte inclusive de vereador do seu próprio partido (PPS) e da vice-prefeita (PSDB).
          
Acompanhamento
           
A Sociedade organizada em Tucuruí deve estar atenta, pois este golpe está em curso e não duvido que tudo isso seja aprovado pelos "vereadores" em alguma seção secreta, ou de surpresa como sempre acontece com estes golpes, a exemplo da Lei do IPASET.
           
A Sociedade Organizada deve ainda reagir contra mais este golpe contra o povo de Tucuruí e contra o patrimônio e erário público, a ELETRONORTE está fornecendo água tratada para o povo de Tucuruí, e não é para que a mesma seja vendida, o povo não pode pagar por uma compensação do Governo Federal ao Município.
         
A Sociedade Organizada deve envolver o Ministério Público Federal nesta privatização, pois a empresa privada vai lucrar e se beneficiar da água tratada custeada com recursos federais. Se a empresa privada quer vender água para o povo de Tucuruí, ela que reembolse o Governo Federal dos recursos gastos com a construção e instalação da Estação de Tratamento de Água e com os custos de instalação das adutoras compradas com recurso da Prefeitura de Tucuruí, e arque com as despesas de captação e tratamento de água que hoje é de responsabilidade da ELETRONORTE e será paga com o nosso dinheiro. 
         
É muito fácil e muita cara-de-pau, o Governo Federal arcar com as despesas de fornecimento de água tratada e a empresa particular e não sei mais quem, lucrar vendendo esta mesma água para a população. É muita sacanagem, o empresário recebe água tratada de graça da ELETRONORTE e vende para o povo de Tucuruí. O prefeito e sua turma devem pensar que os cidadãos de Tucuruí tem cara de otários mesmo...
     
Não é a primeira vez que um prefeito inconsequente e irresponsável privatiza a distribuição de água em Tucuruí. O Claudio Furman fez isso e foi um fracasso total. Se fosse apenas um fracasso até que seria tolerável, a venda da Água de Tucuruí (antigo nome da Nossa Água) gerou inúmeros problemas e um grande prejuízo para Tucuruí e o povo pagou a conta, pois a Prefeitura teve que municipalizar a Água de Tucuruí que foi comprada da iniciativa privada pelo ex-prefeito Parsifal Pontes. Agora o incompetente prefeito Sancler quer fazer a mesma asneira que fez o Cláudio Furman, não se sabe por quais interesses ocultos.
       
No caso atual, se for aberto o precedente em Tucuruí, as outras empresas privadas de distribuição da água de estados e municípios em todo Brasil, também terão direito a água tratada de graça, paga com recursos do Governo Federal para venderem e lucrarem em cima da população.
        
É bom lembrar ainda que o Prefeito e seu sogro não vão pagar pela água tratada, pois os dois têm poços artesianos em suas casas e hotéis.
         
Isso é uma vergonha...
         

30 comentários:

  1. Esse prefeito zomba da justiça e da população de Tucuruí. Mas... "Não existe noite longa que não encontre o dia" ou "Não há bem que sempre dure, nem mal que nunca se acabe"...Ótima reportagem, parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raimundo Concursado ( Responçalvel pelo Folhadetucuruí)11/21/2014 9:14 AM

      Obrigado da Equipe Folha para o Anônimo das 11:12 PM, estamos fazendo a nossa parte quem sabe um dia a Justiça e a População de Tucuruí faz DELA

      Excluir
  2. Egua da cidade cheia de pobrema. Ou voces vão embora dai ou deixam de votar só por emoção e aprendam a votar. Esse prefeito dai tentou ser ditador aqui em Xinguara mas levou farelo, porque aqui não tem beaba não. ..aqui ou faz ou some...e ele sumiu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema é que aqui quem devia estar com os tucuruiense era os vereadores
      Mas eles estão também com o prefeito...
      Infelizmente a coisa não anda

      Excluir
  3. Tudo friamente calculado, anos de cálculos... Reage Tucuruí!!!

    ResponderExcluir
  4. Se ele privatizar a agua vai ter maior quebra pau na cidade. ..a população ja está revoltada com esse sujeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai ter é p**** nenhuma, pessoal de Tucuruí é tudo acomodado, vide o aumento da passagem de ônibus, fizeram tanto barulho, pra nada! Vocês são uns comédias, merecem o prefeito e (agora) a deputada estadual (omissa) que tem.

      Excluir
  5. Pelo menos ao pagar água não veremos o pessoal usando magueira pra lavar carros e limpar calçadas como ocorre muito por aqui (e na vila também).
    PS: Não sou lambe ovo e muito menos compactuo com essas palhaçadas.
    PS 2: Agora é só vitória.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você está enganado, vemos a situação de São Paulo em que mesmo com a crise de água algumas pessoas desperdiçam água lavando calçadas e carros, e a Prefeitura de Tucuruí tem condições de cobrar multa pelo desperdício, lamento mas este seu argumento está completamente furado.
      A ELETRONORTE está dando água de ''graça'' para o povo de Tucuruí como compensação e não tem lógica o povo pagar por uma compensação, se a Prefeitura pretende vender a água que recebe de graça também tem de pagar por ela para a Eletronorte. Discordo, você está compactuando com mais este golpe do prefeito sim, apenas está tentando disfarçar.
      O Vereador Dely denunciou que apensa dois funcionários do prédio da prefeitura receberam quase R$ 7.000.000,00 sete milhões da prefeitura, isso sim é que é desperdício. Ouçam o áudio da denuncia: http://mfi.re/listen/yi3ih6qm3griqzz/denunciavereadordeley.mp3 Mas se mesmo assim este prefeito irresponsável, inconsequente e sanguessuga der prosseguimento a este golpe, quando ele sair da prefeitura o próximo prefeito vai acabar com a extorsão e com a pouca vergonha.

      Excluir
  6. Água e luz devem ser cobrados sim. O q tem q se estabelecer é o valor em questão . Ex:o valor kw/h aqui em tucurui deveria ser o menor do pais. Água temos em abundancia. .agora, o povo de tucurui não sabe votar!vai saber usar água e energia de graça? ??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Façamos o seguinte, se você acha que deve pagar água deposite o valor que você acha que deve pagar na conta da Prefeitura. O povo sabe votar sim o problema é que vota errado pois acredita em mentiras e depois me diga onde tem energia elétrica de graça e depois nos informe que estamos pagando a nossa muito caro.

      Excluir
    2. Q resposta sem fundamento: "o povo sabe votar, mas vota errado".Então não sabe votar!procure interpretar melhor o texto, então aceite humildade. Sei q nossa energia é muito cara e não conheço lugar q não se pague energia (exceto a vila).Quando falo q tem q ser cobrado, não é com a intenção de privatizar e obter lucros e sim evitar o desperdício,porem com a tarifa bem abaixo da nacional.Deixe de agir com emoção e haja com a razão. Obs: **********

      Excluir
    3. Você está errado mais uma vez, qualquer um pode cometer erros, além do mais você generaliza pois nem todos votaram no Sancler ou em seus candidatos. O povo de Tucuruí sabe votar sim e a última eleição provou isso, pois todos os candidatos do prefeito tiveram uma votação pífia, inclusive a Eliane. O Jordy por exemplo, com todo o apoio da Prefeito, teve menos votos em Tucuruí que muito presidente de associação... Agora creio que o tema da matéria é o golpe do prefeito contra a população querendo vender o que a prefeitura recebe de graça.
      A minha resposta e posição não é uma questão de humildade, não cobre dos outros uma virtude que você mesmo não possui.
      A tarifa mais baixa que paga um morador da Vila é de R$ 425,00 quatrocentos e vinte e cinco reais, esta tarifa varia conforme a casa e chega a ultrapassar os R$ 900,00 novecentos reais, e nesta tarifa fixa estão embutidos os custos de todos os serviços públicos, inclusive a energia elétrica. Se o valor desta tarifa é baixo ou alto isso não está em discussão aqui.
      Tarifa reduzida não evita desperdício, o que pode evitar o desperdício é punição (multa). Como a ELETRONORTE vai fornecer água tratada de graça para a PMT distribuir para a população, não faz sentido que a Prefeitura cobre esta água do povo.
      Os custos com distribuição de água são mínimos (o caro é a captação e tratamento) e podem ser cobertos pelos mais de vinte milhões mensais de arrecadação da PMT, é só o prefeito diminuir um pouco os desvios de dinheiro público da Prefeitura, pois estes custos não significam nada para a PMT.

      Excluir
    4. Se vc deixa -se publicar o restante do meu comentário anterior eu continuaria conversa, mas assim não dá ! É covardia.

      Excluir
    5. Covardia é usar o anonimato para insultar as pessoas, sejam elas quais forem. Se é para faltar com a educação e utilizar palavras chulas e grosseiras é melhor que a conversa termine mesmo.
      Não permitimos este tipo de atitude no Blog.
      Um abraço. Game Over.

      Excluir
    6. Muito bem amigo....
      De a ele o número de nossas contas para ele depositar o dinheiro para pagar a água e aproveitar para a energia elétrica também..

      Excluir
    7. Resumindo, não admitimos perder as argumentações no nosso próprio terreno.

      Excluir
  7. Façamos o seguinte desafio: Porque este blog não solicita informações junto à Eletronorte acerca do andamento das obras da ETA? Ficaria mais justo, e com cara de jornalismo de verdade. Que tal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paramos de aceitar desafios infantis quando deixamos de ser crianças e de disputar com outros meninos quem urinava mais longe.
      Não vamos solicitar informações sobre o que qualquer habitante de Tucuruí mais informado já sabe.
      Mas como você me parece bastante desinformado, eis a nossa sugestão: leia esta matéria do Jornal de Tucuruí para depois discutir o assunto com mais conhecimento e não mais escrever bobagens. http://jornaldetucurui.blogspot.com.br/2013/08/tucurui-diretoria-da-eletrobras.html

      Excluir
  8. Parabéns pela matéria, a sociedade civil organizada e mobilizada deve dar um basta nessa sacanagem, sugiro peçam ajuda nesse link http://especial.g1.globo.com/fantastico/cade-o-dinheiro-que-tava-aqui/ Vamos no link https://secure.avaaz.org/po/petition/start_a_petition/?source=fp abrir uma petição no AVAAZ pedindo para a Presidente DILMA, Coração Valente, que sobreviveu a ditadura e vai sobreviver ao golpe dos corruptos, que solicite ao CNJ para apurar por que a Justiça em Tucuruí não fez nada até agora.

    ResponderExcluir
  9. Só sei que se ele quiser privatizar, ele vai privatizar sim!!! Tudo que ele quer ele faz, e não tem essa de Ministério Público Estadual, Ministério Público Federal, Polícia, Presidente, nada vai impedir ele. Sempre foi assim e assim sempre será. Temos que torcer pra Deus tocar o coração dele pra que ele desista dessa ideia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você está coberto de razão, estamos cansados da omissão da justiça quanto aos crimes praticados contra a Administração Pública pelo Prefeito Sancler e acreditamos que a única solução para Tucuruí é a intervenção do Conselho Nacional de Justiça. Mas não se preocupe que as providências neste sentido já estão sendo tomadas pela comissão do Viva Tucuruí.

      Excluir
    2. Quanto à questão de ninguém impedir os crimes do Prefeito Sancler, a gente paga para ver... A propósito, temos mais uma denuncia cabeluda e atual contra a PMT que será publicada no domingo, que envolve uma denuncia engavetada no MPE há vários anos. Como nenhuma providencia foi tomada pelo MP durante todo este tempo, os prejuízos para Tucuruí e para os cofres da prefeitura aumentaram ainda mais e persistem até hoje devido à omissão do Ministério Público estadual.

      Excluir
    3. Esclarecemos ainda que não debatemos política partidária no Folha de Tucuruí. Se quiserem debater os temas das matérias sob o ponto de vista do interesse público tudo bem, mas debates políticos partidários não é o objetivo do Folha.

      Excluir
  10. Além da adutora que estacionou no sitio deus é grande, também é parte da contrapartida da pmt a substituição das adutoras antigas que atravessam o centro da cidade para que com a nova ETA, a pressão da água não venha a estourar essas tubulações antigas com muita frequencia. Isso não está sendo feito e o alcaide nem pensa em gastar com isso, só quer saber de faturar as custas da população desinformada. No final ele ainda irá fazer propaganda com isso e muitos desinformados irão votar e defender, muito embora sendo explorados financeiramente pelo gestor de araque

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, mas que ele tenha os seus não é novidade, pois até o diabo tem seus seguidores... Mas o que importa é o que a maioria vai pensar disso tudo.
      Uma coisa é mentir para o povo, outra é enfiar a mão nos seus bolsos, não se esqueça que quase teve uma revolução no Brasil por causa de 20 centavos.
      Mas vamos parar de tentar prever o futuro, nem sabemos se estaremos vivos amanhã, tanta coisa pode acontecer de uma hora para outra, a vida costuma surpreender e acontecer o que menos se espera...

      Conta a lenda que na Copa de 1958, durante a preleção antes do jogo contra a antiga União Soviética, o técnico brasileiro Vicente Feola reuniu os jogadores e combinou a estratégia da partida. Segundo Nelson Correa, foi algo assim:

      No meio de campo, Nilson Santos, Zito e Didi trocariam passes curtos para atrair a atenção dos russos… Vavá puxaria a marcação da defesa deles caindo para o lado esquerdo do campo… Depois da troca de passes no meio do campo, repentinamente a bola seria lançada por Nilton Santos nas costas do marcador de Garrincha. Garrincha venceria facilmente seu marcador na corrida e com a bola dominada iria até à área do adversário, sempre pela direita, e ao chegar à linha de fundo cruzaria a bola na direção da marca de pênalti; Mazzola viria de frente em grande velocidade já sabendo onde a bola seria lançada… e faria o gol!

      Garrincha com a camisa jogada no ombro, ouvia sem muito interesse a preleção, e em sua natural simplicidade perguntou ao técnico: Tá legal, seu Feola… mas o senhor já combinou tudo isso com os russos?

      Entendeu a lição anônimo?

      Excluir
    2. Certo.
      Admiro vc!
      Vc vai no ponto certo, não liga nem debate com esses povos ricos aí, luta pelo povo pobre!!!
      Manda ele pagar minha água....

      Excluir
    3. Cara vc é demais!!!!
      Parabéns pelo sucesso que encomoda muita gente!

      Excluir
  11. Hoje, ocorre um movimento mundial da retomada da municipalização dos serviços de abastecimento de água. Tucuruí, parece ir na contra-mão desse importante movimento. Veja o que diz a assemae, importante instituição brasileira especialista no tema:

    Nota do Folha: Por segurança nós não testamos e nem publicamos Links desconhecidos. Se quiser, copie o texto da matéria e cole na mensagem...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tucuruí tem muita água no lago e no Rio Tocantins, água que é oferecida de graça pela Eletronorte como compensação pela construção da Hidrelétrica. A privatização da Nossa Água é somente um golpe contra a população, visando eternizar a exploração da nossa população, mesmo após o término do mandato do Prefeito Sancler Ferreira.

      Excluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!