Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

Texto

As matérias mais recentes do Folha de Tucuruí

Últimas matérias do Folha

Publicidade

domingo, 22 de maio de 2016

NA TERRA QUE TEM LEI - Prefeito de Curaçá/BA é denunciado pelo MPF por não repassar descontos de Empréstimo Consignado

video


Parece que ao contrário de Tucuruí, a cidade de Curaçá na Bahia tem Lei, o Prefeito Carlos Luiz Brandão Leite foi denunciado pelo Ministério Público Federal por apropriação indébita dos descontos do empréstimo consignado dos servidores da Prefeitura que deveriam ter sido repassados à Caixa Econômica Federal.

      

Depois de ver o vídeo que nos foi enviado, fizemos uma pesquisa sobre o Prefeito de Curaçá e descobrimos que ele foi afastado depois da denuncia do MPF por causa da apropriação de R$ 2.000.000,00 (Dois milhões) dos descontos dos servidores do empréstimo consignado que deveria ter sido repassado para a Caixa Econômica Federal. Leia a matéria sobre o afastamento do Prefeito. 

     
Muito bem, fizemos uma comparação de Tucuruí (Terra sem Lei), com Curaçá (Terra que tem Lei) cujos prefeitos cometeram o mesmo crime (sendo que o Prefeito de Tucuruí desviou o dobro que seu colega), mas tiveram tratamento muito diferente por parte do MP e da justiça. O interessante é que além do mesmo crime, os dois prefeitos são do PPS, aquele partido sério que não tem corrupto, lembram?
    
1 - Em Curaçá o desvio do empréstimo consignado foi de R$ 2.000.000,00 (mais de dois milhões) já em Tucuruí o desvio foi mais de R$ 2.000.000,00 (dois milhões) da primeira vez, valor este negociado pela PMT com a CEF, e agora REINCIDENTE o Prefeito desvia mais de R$ 5.000.000,00 (cinco milhões) total de mais de 7.000.000,00 (sete milhões) e nada acontece, segundo informações, Sancler se justificou da apropriação para a justiça, dizendo que a arrecadação caiu e ele precisou do dinheiro, ou seja, se o cidadão comum estiver precisando de dinheiro ele pode meter a mão no dinheiro alheio que para justiça não tem problema, ou isso só vale para o prefeito de Tucuruí? lembrando que o dinheiro apropriado pelo prefeito não é das Prefeituras, portanto ele não tem o direito de administrar este dinheiro e muito menos de se apropriar e desviar estes recursos.
        
Outra coisa, como a PMT não tem dinheiro para repassar cinco milhões se tem dinheiro para desviar 38 milhões, 60 milhões, e tem dinheiro para contratar milhares de funcionários sem concurso para atender a compromissos políticos e captar votos? 
           
Apropriação de dinheiro alheio está liberado em Tucuruí para pagar dívida? Já faz quase dois anos que o SINSMUT, SINTEP e outras lideranças sociais denunciaram ao MPF este crime continuado e até agora nada.
    
2 - Em Curaçá o Prefeito foi denunciado pelo MPF por causa da apropriação indevida dos descontos, em Tucuruí isso não ocorreu.
    
3 - Em Curaçá o Prefeito foi afastado, já em Tucuruí o prefeito está livre e faceiro rindo da cara de todo mundo, inclusive da justiça.
     
Parece que a diferença entre Curaçá e Tucuruí é que em Curaçá tem Lei e lá, ao contrário de Tucuruí, o prefeito se meter a mão no dinheiro alheio responde por seus crimes como qualquer outro cidadão.
     
Investigando ainda mais, notamos uma coincidência que pode trazer uma luz e pode explicar em parte a diferença do tratamento dado aos políticos corruptos no Pará e na Bahia, o Governador do Pará é do PSDB, já na Bahia o Governador é do PT. 
    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!