Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

domingo, 2 de junho de 2013

Paquera: 10 sinais de que ele (ou ela) está a fim de você

Pistas podem ajudar na identificação de interesse do outro.
  
Larissa Januário, especial para o iG São Paulo
   
Posicionar o corpo em direção ao outro e pender a cabeça para o lado indica interesse.
   
Entender os sinais do corpo pode fazer toda a diferença na hora da paquera. As pistas são as mais variadas, tanto verbais quanto gestuais. Passar a mão no cabelo e manter o tórax ou os braços voltados na direção do interlocutor são só alguns exemplos de gestos inconscientes que delatam o interesse romântico e/ou sexual. 
Com base nos estudos do psicólogo Ailton Amélio, professor doutor da Universidade de São Paulo (USP), listamos 10 sinais de que ele (ou ela) está a fim de você: 
   
1. Posicionar o corpo na direção da outra pessoa 
    
Assim como dar as costas para alguém é um sinal declarado de desinteresse, posicionar-se de frente, na direção do outro, significa o inverso. “Quanto mais uma pessoa vira o corpo em direção à outra, maior é o sinal de interesse amoroso manifestado”, afirma o professor. 

2. Prolongar o encontro 
   
O interlocutor faz de tudo para prolongar o encontro. Procura estabelecer vínculos e pergunta sempre a opinião do outro, concordando com ela sem demora – além disso, sempre busca dar continuidade ao assunto. Tenta se acomodar de maneira confortável para permanecer muito tempo por perto, e, assim, deixar o outro à vontade também. 3. Inclinar o corpo e imitar a postura do outro 
Inclinar o tronco na direção do outro, manter braços e pernas abertos e mimetizar posturas também são sinais de interesse. “Quando duas pessoas adotam posturas corporais semelhantes, isso significa que estão em um momento de grande afinidade, tentando se identificar”. Além disso, em uma conversa entre dois adultos, quando não se cruza braços e pernas, significa que os interlocutores não se sentem ameaçados. 
   
4. Tocar na outra pessoa 
   
Alguns contatos físicos, quando manifestados por adultos aptos a desenvolver relacionamentos amorosos, podem ser considerados sinais de interesse. Abraçar constantemente, pegar na mão, tocar no rosto ou no cabelo, entre outros, indicam a intenção de relacionar-se de forma mais íntima. Mas atenção: o toque pode resultar em dois tipos de reações, positiva e negativa. Vale prestar atenção se o outro retribuiu com um sorriso ou simplesmente dá um passo para trás. 
    
5. Tomar a iniciativa de contato 
   
A abordagem pode ser feita de maneira direta, sem nenhuma desculpa para justificá-la, ou pode se basear em alguma circunstância do momento, como aproximar-se para ler o mesmo quadro de avisos ou fazer o mesmo pedido no balcão do bar. 
   
6. Bloquear “o resto” durante uma conversa 
   
Bloquear com o corpo ou os braços as outras pessoas do ambiente significa alto grau de interesse. É como se a pessoa dissesse: “Não olhe para os outros, eu quero você só para mim”. Além disso, a distância entre duas pessoas diz muito sobre o clima. Por exemplo, é impossível tratar de negócios estando a uma distancia de 15 cm do interlocutor. No entanto, esse nível de proximidade pode ser um sinal claro de interesse amoroso. “A distância máxima que demonstra intimidade entre duas pessoas é de 45 centímetros”, especifica Amélio. 
     
7. Demonstrar cuidados com a aparência 
    
Tanto homens quanto mulheres têm como preocupação principal parecer atraentes aos olhos do objeto de desejo. A simples presença da outra pessoa afeta diretamente o comportamento físico, deixando transparecer alterações que sinalizam o flerte. Ambos ficam com as costas mais eretas, a barriga retraída, os olhos mais brilhantes e a pele levemente ruborizada. As mulheres ajeitam o cabelo, a roupa, e até procuram verificar se a maquiagem está perfeita. Também costumam inclinar a cabeça como sinal de docilidade e falar com a voz mais aguda e feminina. Já os homens alisam os cabelos com as mãos, abotoam e ajustam a roupa, estufam o peito e procuram falar com uma voz mais gentil e com tom protetor – tudo isso, é claro, sutilmente. 
    
8. Sorrir com frequência 
    
As pessoas sorriem bastante quando conversam com alguém por quem sentem atração amorosa. Existem alguns motivos para isso: sentimento de alegria e excitação por estar com tal companhia, demonstrar uma atitude amistosa e disfarçar as emoções... Mas há também vários tipos de sorriso, alguns indicam apenas gentileza, outros até submissão. “O sorriso típico de quem sente atração amorosa é aquele que se assemelha a uma gargalhada, com boca aberta em que aparecem os dentes das arcadas inferior e superior”, atesta o professor. 
   
Contato físico despretensioso ajuda na aproximação do casal 

9. Olhar fixamente para a outra pessoa 
   
“O olhar é uma das formas mais importantes de comunicação não verbal num relacionamento amoroso”, indica Amélio. Uma linguagem muito sutil, mas poderosa. Apenas com um olhar o indivíduo é capaz de chamar a atenção do outro, demonstrar interesse, confirmar se o interesse é recíproco e manifestar afeto e admiração. “Só ter olhos para alguém significa colocar essa pessoa no centro da sua atenção, por isso, o olhar é uma pista fundamental para saber se o interesse é correspondido”. O olhar apresenta ainda um sinal quase imperceptível: a contração e dilatação das pupilas. “Quando encontramos alguém que nos atrai, a pupila tende a dilatar. Caso encontremos alguém de quem não gostamos, elas se contraem”. 
    
10. Prestar muita atenção na outra pessoa 
   
Dar atenção é um dos principais sinais de interesse amoroso. Em uma situação envolvendo um grupo, se duas pessoas passam o tempo todo conversando exclusivamente entre si, significa que estão mutuamente interessadas uma na outra. Entre os sinais de atenção especial que indicam interesse amoroso estão: aumentar a duração dos olhares, parar outras atividades para se dedicar ao interlocutor, procurar estar sempre próximo e participar ativamente da conversa. 
   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!