Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Patrimonialismo Público: Carro pipa da Prefeitura abastece casa do pai do Prefeito de Tucuruí

Sancler Ferreira (PPS)
Um carro pipa da Prefeitura foi flagrado abastecendo de água a casa do Pai do Prefeito, que está localizada na Travessa 24 de outubro, no Bairro Matinha.
      
O Prefeito Sancler, como qualquer ditador que se preza, desconhece a diferença entre o que é público e o que é privado. Enquanto os moradores de Tucuruí sofrem com a falta de água por incompetência do Prefeito que não conclui a adutora que vai abastecer Tucuruí com a água tratada da ETA, o pai do prefeito se beneficia do carro pipa da Prefeitura, já o Sancler e o seu sogro tem poços artesianos e estão bem abastecidos.
       
Já a população, principalmente os mais carentes e que não podem pagar por um poço artesiano e que não tem pai ou parente prefeito sofrem com a falta de água.
          
ISSO É UMA VERGONHA!!!
         


   

7 comentários:

  1. Não sou lambe ovo muito menos tenho portaria e/ou mamo nas tetas da PMT, mas o pai do prefeito assim como a população tem direito a solicitar o carro pipa. Diversas vezes, solicitei o mesmo para minha residência e vizinhos e nem por isso apareceu a foto da minha casa sendo abastecida aqui no blog de vocês. Isso só mostra que tanto o pai dele quanto eu e o restante da população sofre com o boicote que ele está empregando em nossa cidade para que a população apoie a privatização da nossa água. Se realmente o prefeito quisesse colocar o pai dele acima dos interesses da população, ele construiria um poço na casa dele, usando maquinário, funcionários e materiais da própria prefeitura, assim ele estaria pouco se lixando para quem tem ou não água.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é bem assim, a prefeitura tem apenas um carro pipa para tender a toda a população que precisa da água e é lógico que um só carro pipa não é suficiente para todos que precisam. Neste caso, a prioridade de atendimento é (ou deveria ser) para as famílias carentes e que não tem condições de pagar, em vez de fornecer o carro pipa da PMT para atender ao seu pai, o prefeito deveria pagar um carro pipa particular, afinal o Sr. Félix é o pai dele, ele não é pai do povo de Tucuruí, que não tem de pagar as despesas do Pai do Prefeito.
      O Prefeito deveria dar o exemplo e pagar pela água que o seu pai utiliza, afinal não é ele quem diz que o povo deve pagar pela água que consome?
      O Prefeito pode, às suas próprias custas, fazer ou não um poço artesiano na casa do pai dele, isso é problema dos dois, a não ser que o prefeito faça o poço com dinheiro público, ai sim é problema de todos nós.

      Excluir
  2. Eu gosto de comentar aqui mas me falaram que quando eu comento os técnicos de informática da PMT pegam o IP da Pessoa para processsar depois... isso é verdade? Tem como eles rastrear nois?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkk tu só pode tá de sacanagem amigo. Outro dia mesmo vi um "técnico" de um centro de inclusão que não sabia nem instalar um antivírus kkkkk, imagina rastrear IP's hahaha, eles fazem isso pra amedrontar os funcionários, fica tranquilo.

      Excluir
  3. Olá anônimo, os "técnicos" da Prefeitura não podem descobrir seu IP porque não administram o blog, mas os administradores do Folha sim e de duas formas: A primeira com um programa que monitora os visitantes do Blog e a segunda é por meio da justiça, que obrigaria o Google a fornecer o IP de quem comentou, mas isso é não é fácil, para isso a gente teria que ganhar uma ação na justiça contra o Google, o que é muito difícil.
    No caso dos "técnicos" da PMT, eles poderiam descobrir seu IP caso você utilize um computador da Prefeitura, neste caso eles poderiam te identificar com um programa espião, ou vendo o histórico da sua navegação, mas eles teriam que desconfiar de você, pois a PMT tem centenas de computadores e não é fácil monitorar todos eles, outra forma seria se eles fossem administradores do Folha.
    Portanto fica tranquilo e comente à vontade porque nós do Folha não temos tempo e nem interesse em identificar ninguém, se tivéssemos não permitiríamos comentários anônimos, e seria muito difícil a Prefeitura conseguir ganhar uma ação na justiça contra o Google para que ele quebre o sigilo dos comentários do Folha, ainda mais que nós do Folha filtramos os comentários que poderiam dar margem a processos e ações na justiça, portanto não teria como a PMT justificar na justiça a quebra do sigilo dos comentários e dos visitantes do Blog. Os comentários com denuncias só são publicados com a autorização de quem comenta, portanto a PMT não tem como ter conhecimento dos comentários não publicados.
    Por fim, mesmo que houvesse um meio da PMT identificar seu IP, e não tem, duvido que os "técnicos" "competentes" da PMT conseguissem monitorar um comentário anônimo do blog, mesmo que o comentário tivesse sido enviado da casa deles, estes caras não conseguem nem fazer direito o site da PMT, coisa que qualquer adolescente com um mínimo de conhecimento em programação poderia fazer em menos de uma semana, agora imaginem monitorar comentários anônimos do Folha? Isso é conversa para intimidar quem denúncia eles, só papo furado e conversa para boi dormir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para ver como os "técnicos" da PMT são tão "competentes" e "inteligentes", eles impedem o acesso ao Folha dos computadores do Prédio da PMT, com isso os funcionários do prédio acessam o Folha de outros computadores externos, assim os "técnicos" da PMT não tem como monitorar os funcionários do prédio da prefeitura que acessam e que comentam no blog. "Espertos" não?

      Excluir
    2. Para finalizar, quero esclarecer que é muito complicado o rastreamento de IP de grandes provedores. Mesmo com autorização judicial a polícia teria que monitorar continuamente para descobrir de quem é o IP, e isso só é possível se o "crime" for continuado. Você pode também usar a Dark Net, neste caso o rasteamento é praticamente impossível, mesmo para técnicos altamente especializados.
      Mas no acesso comum é muiito difícil rastrear acessos esporádicos, normalmente você até pode saber, se tiver "amigos no provedor", a hora que determinada pessoa acessou o site, mas não tem como saber se ela, por exemplo, fez um comentário e nem o que estava escrito neste comentário.
      Este tipo de informação leva muito tempo e exige autorização judicial e monitoramento contínuo de técnicos altamente especializados. O trabalho, o tempo e o custo não compensa para descobrir o autor de um simples comentário, sendo que é muito mais fácil e lógico processar o dono do blog/site que publicou o comentário. Portanto comente á vontade e deixe por nossa conta, que a gente aguenta o tranco, não temos medo de cara feia e de pseudo ditadorzinho de meia pataca que se acha muito esperto.

      Excluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!