Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Poema: No Caminho, com Maiakóvski

  









                                          
“Na primeira noite eles se aproximam
e roubam uma flor
do nosso jardim.
   
E não dizemos nada.
   
Na segunda noite, já não se escondem:
pisam as flores,
matam nosso cão,
 
e não dizemos nada.
 
Até que um dia,
o mais frágil deles
entra sozinho em nossa casa,
rouba-nos a luz, e,
conhecendo nosso medo,
arranca-nos a voz da garganta.
       
E já não podemos dizer nada.”
      
Autor: Eduardo Alves da Costa.
           

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!