Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

Texto

As matérias mais recentes do Folha de Tucuruí

Últimas matérias do Folha

Publicidade

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

População de Tucuruí não consegue cadastrar o seguro desemprego no Ministério do Trabalho e no SINE por falta de pagamento da Internet

A população de Tucuruí está sem poder cadastrar o seguro desemprego por falta de Internet no Ministério do Trabalho e no SINE.
     
A situação do SINE (que é Estadual e administrado pela prefeitura) está uma calamidade, o contrato do aluguel que é pago pela prefeitura e a conta de energia elétrica está atrasado e por isso o proprietário cancelou o contrato com a Prefeitura, o proprietário disse que vai entrar na justiça contra a prefeitura para receber os meses de aluguem atrasado, já a conta de energia foi transferência para a PMT. No SINE, como em várias Secretarias da Prefeitura, os funcionários muitas vezes com pena da população pagam Internet e compram material de trabalho com dinheiro do próprio bolso.
     
Já o Ministério do Trabalho em Tucuruí é um verdadeiro cabide de emprego e não fiscaliza a prefeitura e muito menos as empresas que prestam serviço para a PMT. Quem controla politicamente o SINE e o Ministério do Trabalho é o Prefeito Sancler, no caso do Ministério do Trabalho o Laércio que é o chefe do órgão na cidade é um aliado político do prefeito de longa data, tendo sido inclusive candidato a vereador pelo PPS (partido do prefeito), sendo que esposa exerceu um cargo de confiança na PMT.
     
Notem que sempre que alguma coisa não funciona ou dá errado em Tucuruí, quase sempre tem o envolvimento direto ou indireto do Prefeito, isso é que é um carma pesado para nossa população.
     

Um comentário:

  1. Bacana, gostei muito do seu artigo, também tenho um site: http://vagadeemprego.liste.com.br/

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!