Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

Texto

As matérias mais recentes do Folha de Tucuruí

Últimas matérias do Folha

Publicidade

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Preso o chefe de gabinete do prefeito de Tucuruí (PA), acusado de fraudar a previdência dos servidores municipais

Preso o chefe de gabinete do prefeito de Tucuruí (PA), acusado de fraudar a previdência dos servidores municipais
        
Ronaldo Lessa Voloski e Ademildo Alves de Medeiros
Dois mandados de prisão foram cumpridos no Pará e um em Santa Catarina.
        
Desvios podem chegar a mais de R$ 4 milhões.
           
Nesta quinta-feira, 3 de novembro, após investigação do Ministério Público Federal (MPF), a Polícia Federal prendeu três acusados que desviaram recursos do Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Tucuruí (Ipaset), no Pará. O desvio pode chegar a mais de R$ 4 milhões.
    
Em Tucuruí, foram presos Ronaldo Lessa Voloski e Ademildo Alves de Medeiros, superintendente e diretor financeiro do IPASET, respectivamente. Em Blumenau (SC), foi preso o advogado Elsimar Roberto Packer.
    
Os crimes vinham ocorrendo desde abril de 2015. De forma ilegal e criminosa, os dois integrantes do IPASET autorizavam transações bancárias, bem como transferências eletrônicas de recursos ou emissões e saques de cheques fraudulentos.
    
De acordo com as investigações, não há nenhum contrato entre o IPASET e as empresas beneficiárias do esquema. Os recursos deveriam ter sido investidos em aplicações financeiras com o objetivo de gerar renda para os servidores do município.
    
As prisões desta quinta-feira foram prisões preventivas em cumprimento a mandados da 4ª Vara da Justiça Federal em Belém, especializada em crimes de lavagem de dinheiro e contra o sistema financeiro nacional.
    
Os acusados já foram denunciados à Justiça pelo MPF. As penas para os crimes, somadas, podem chegar a 21 anos de reclusão, além de multa. Vejam a matéria no Site do MPF.

    
Ministério Público Federal no Pará
Assessoria de Comunicação                        
--------------------------------------------------------
       
Informações do Folha de Tucuruí
     
Ademildo e Ronaldo foram presos em Tucuruí em suas casas quando foram almoçar.
       
Convém lembrar que Ademildo Medeiros Diretor Financeiro do IPASET não é mais réu primário por já ter sido condenado pela Justiça Federal em outro processo. Leia a matéria do Folha.
        
Em 2014 o Folha de Tucuruí já havia denunciado o IPASET por contratar a Empresa Plena Consultoria. O IPASET contratou empresa cujos donos foram presos pela Polícia Federal por fraudar Fundos de Previdência Municipais em nove Estados, segundo a Polícia Federal, a empresa se especializou em fraudar Fundos de Previdência Municipais. Leia a matéria.
     
Estas prisões, em nossa opinião, complica muito a situação do Prefeito Sancler na Justiça Estadual, já que o PME pediu o afastamento do Prefeito de Tucuruí. O pedido aguarda decisão da justiça.
     

Um comentário:

  1. Essa notícia parece tão inacreditável que os leitores ficaram literalmente sem tato. Talvez, depois desta, esperando que o chefão seja preso também para poderem se manifestar com o grito de liberdade.

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!