Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

quinta-feira, 30 de junho de 2011

CENTRO DE SAÚDE DA COHAB.

Adquirido em 1994 na primeira gestão do prefeito Parsifal, e para não fugir à regra foi comprada uma residência comum e feitas algumas adaptações. Este Centro de Saúde deveria ser o melhor, fica no centro da cidade e concentra todos os programas de saúde, tem médicos especializado e capacitado para tratamento de hanseníase, diabetes, hipertensão e pacientes que contraem leishmaniose.

As suas dependências é que deixam a desejar, são todas mofadas e cheias de fungos, na época foram feitas macas de madeira com colchonetes fabricadas aqui mesmo, e até hoje ainda são usadas nos consultórios. 

Por causa da sala de Urgência e Emergência esta Unidade já foi notificada por órgão superior para ser fechada até ser tomada uma providência mais essa determinação foi ignorada. O teto é muito baixo sem entrada de ventilação, os doentes entram mal e saem quase em coma, é muito quente e mal zelado, a única reforma foi ainda na segunda gestão do ex-prefeito Cláudio Furman que ampliou construindo dois consultórios, um pátio para servir de sala de espera e uma sala para abrigar o DEVEP que hoje está no Jardim Paraíso.

Segundo o secretário existe um cronograma para reforma e ampliação das Unidades de Saúde, a primeira a ser reformada ou reconstruída por que o prédio anterior foi todo demolido é o Centro de Saúde da Terra Prometida, o segundo é o Centro de saúde Liler Leão que deverá ganhar mais um puxadinho, terceiro o Centro de Saúde da COHAB e por último o Mercedes Barroso. 

Ainda tenho as minhas dúvidas, se tiver reforma não terá medicamento e vice-versa. Esse aparelho de ar condicionado que aparece é de um consultório médico local, onde alguns funcionários se refugiam do intenso calor. 

Edimilson Rodrigues Maciel 
    Escritor e Pesquisador

6 comentários:

  1. Hammmmmm! Um prédio público municipal, com as cores da admnistração passada? Isso é um ULTRAJE para os amarelões, um tapa na cara e um soco no estômago deles. Alguma coisa deverá ser feita a respeito, como uma "reforma", por exemplo. Da mesma maneira como foi "reformada" a escola Rui Barbosa, uma reforma 'legal'.
    ---------------
    O problema é justamente este: Reformar prédio público municipal.

    Se o prédio fosse de um amigo do prefeito, a PMT já teria gastado algumas centenas de milhares de reais na reforma, e dezenas de galões de tinta amarela.

    Tomara que a justiça obrigue logo o prefeito a prestar contas. Queremos saber quem vende tanta tinta amarela para a PMT e as licitações para a compra...

    ResponderExcluir
  2. Isso é verdade... e em casos mais extremos, ele só pegaria o terreno e levantaria um prédio do zero, aí o cara além de receber pelo aluguel ainda ia ficar com um prédio novinho ao final.

    ResponderExcluir
  3. Licitações ou iLicitações?

    ResponderExcluir
  4. Esta aí provado que administração do Sancler só investe em prédios particulares, se o predio do Posto de Saúde da Cohab fosse particular certamente já teria sido transformado pela PMT, mas como é patrimônio o povo espera a reformar de braços cruzados. Vamos acordar povo!!!!

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  6. Hoje houve plenária de saúde, bem era pra ter, eu esteve lá como trabalhador de saúde, Por que sabia que o palestrante era o secretario de saúde,queria ter a oportunidade de pergunta e saber muitas coisas.Mais infelizmente pessoas que só vai interessada em alguma coisa, o que era para falar de saúde virou um tumulto,provocado pela a fezinha e Senhoria, tudo estava muito bem organizado.depois de ter sido lido e aprovado o regimento por todos,as duas brigavam e queria a todo custo que tivesse 4 vagas para os presidentes das associações e não deixar nem uma vaga para o conselho,os outros que estavam La pra assiste a palestra foi prejudicado por essa duas mulheres e presidente de bairro não deixava,a presidente do CMS tentava continuar e elas não deixavam, e sabe como terminou.o cms acabou com alegria dos presidentes de bairros e deu por suspensa a plenária e disse que eles não queria discutir saúde. Achei bom por que não ninguém vai para Belém,para conferência,mais infelizmente perdemos a oportunidade de discutir a saúde,será que não foi o prefeito que mandou eles fazerem essa bagunça,por que ela tem portaria e são aqueles que aplaudiram o tac

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, racismo, homofobia, misoginia, discurso de ódio e intolerância de qualquer tipo, serão moderados e publicados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!