Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

sexta-feira, 14 de março de 2014

Novo protesto dos Professores do Breu Branco fecha a PA 263.

Adimilson Mezzomo (PSDB) - Prefeito de Breu Branco.
          
Professores de Breu Branco em protesto pela redução de salário por parte da Prefeitura interditaram a PA 263. Parece que esta novela não vai acabar nunca. 
         
O Prefeito de Breu Branco Adimilson Mezzomo (PSDB) nem bem assumiu o cargo depois de muita luta, e já em seu primeiro ano de governo, está perseguindo os professores do Breu com cortes de salário.
        
Enquanto em outras cidades os prefeitos procuram valorizar a educação, em Breu Branco o Prefeito faz exatamente o inverso.
       
ISSO É UMA VERGONHA!!!
         

5 comentários:

  1. O problema é que este cidadão passou uma década tentando virar prefeito e provavelmente em função desta perseguição nem deve ter concluído a escola ou levou nas coxas mesmo (como se diz por aí). Sendo assim: como vai valorizar a educação? Para valorizar é preciso bom senso e educação e este rapaz é a ignorância em pessoa

    ResponderExcluir
  2. Esta questão da ameaça do Prefeito do Breu de contratar professores é fácil de resolver, deixe e ele contratar e depois voltem ao trabalho e deixe que ele pague as duas folhas de pagamento da Educação. É simples assim.

    ResponderExcluir
  3. Na foto acima, qual dos dois é mais *******?

    ResponderExcluir
  4. Vai ser o pior Prefeito da historia de Breu Branco é mais um amigo do Mestre dos Magos de Tucuruí o tal Sancler a cidade que ele ele coloca a mão dando a apoio político e financeiro está assim no Breu Branco a educação está pagando caro aqui em Tucuruí a coisa ta feia

    ResponderExcluir
  5. Por que vocês censuraram a palavra palhaço? Se quiserem troco por clown!

    Porque o termo, como foi colocado na frase, nos pareceu agressivo e pessoal em excesso. A escolha da foto não foi aleatória, foi proposital e tem diversos significados.

    Nosso objetivo é informar, denunciar abusos, injustiças e corrupção no setor público, e não acreditamos que a violência (mesmo verbal) seja uma solução para qualquer problema ou situação, a não ser em legítima defesa da vida.

    Como cristãos, não fazemos apologia a qualquer tipo de agressão ou violência. "Hay que endurecerse, pero sin perder la ternura jamás."

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!