Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

quinta-feira, 27 de março de 2014

Tucuruí - Diretor financeiro do IPASET responde a processo na Justiça Federal por Improbidade Administrativa

O Diretor Administrativo e Financeiro do IPASET (Previdência do Município de Tucuruí), Ademildo Medeiros responde a processo por Improbidade Administrativa na Justiça Federal no Maranhão.
            
A CGU em 2003 constatou diversas irregularidades na Prefeitura de Barra do Corda (MA), segundo a CGU, a Prefeitura de Barra do Corda teria que devolver, já em 2003, a quantia de R$ 1.600.000,00 (1,6 milhões). Se hoje 1,6 milhões é muito dinheiro, imaginem há dez anos atrás, e olha que Barra do Corda é uma cidadezinha pequena do interior do Maranhão e não chega aos pés de Tucuruí em número de habitantes e arrecadação. 
As irregularidades em Barra do Corda, segundo a matéria da CGU, aconteceram na época em que o Ademildo exerceu e acumulou diversos cargos naquele município.
   
Vejam um trecho da notícia da CGU: 
         
"No relatório, os fiscais consideraram a situação do município de extrema gravidade. Foram encontrados indícios de procedimentos ilegais e irregulares não-sanáveis, como falta de planejamento, de controle, gerenciamento, de cuidado com a coisa pública e de respeito à população."
        
Outro trecho da matéria: 
     
"Acúmulo de poder
     
No município, que fica a 350 quilômetros de São Luiz, uma única pessoa controla a aplicação dos recursos do Fundef e julga as licitações municipais. Ademildo Alves de Medeiros é o presidente do Conselho do Fundef e da Comissão Permanente de Licitação há três exercícios consecutivos, contrariando a Lei de Licitações. Ele também é presidente do Conselho de Alimentação Escolar e do Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundo. Ademildo não é funcionário da Prefeitura, mas recebe R$ 3 mil mensais como consultor, prestando serviços de implantação do sistema burocrático de matrículas, reciclagem de secretarias e implantação da sistemática de contas do Fundef. Seu salário é pago, indevidamente, com recursos do Fundo."
           
Leia a matéria completa no site da CGU (Controladoria Geral da União).
            
Ademildo atualmente responde ao processo nº 27.37.00.007699-4 na Justiça Federal no Maranhão por Violação dos Princípios Administrativos, Improbidade Administrativa, Atos Administrativos, Administrativo.
         
Vamos relembrar que o IPASET através do seu Superintendente Ronaldo Lessa Volosky, que também é Chefe de Gabinete do Prefeito Sancler Ferreira (PPS), assinou um contrato com a Plena Consultoria e Investimentos, empresa esta que segundo a Polícia Federal é comandada por uma quadrilha, cujos membros foram presos, quadrilha esta especializada em fraudar Previdências Municipais e que atuava em nove Estados, a saber: Minas Gerais, Paraná, São Paulo, Pernambuco, Pará, Rondônia, Goiás, Maranhão e Mato Grosso do Sul, a Plena Consultoria atuava em 107 municípios. Leia a matéria completa da Plena Consultoria.
   
Processo na Justiça Federal.
            

           

O Folha não tem como afirmar e não pode provar que houve irregularidades e desvios de dinheiro do IPASET, só uma auditoria séria poderia constatar se houve prejuízo ao erário do IPASET. No entanto o fato de que o Superintendente do IPASET e Chefe de Gabinete do Prefeito Sancler Ferreira (PPS), Sr. Ronaldo Lessa Volosky ter firmado um contrato entre o IPASET e a Empresa Plena Consultoria, que segundo a Polícia Federal é comandada por uma quadrilha especializada justamente em fraudar Previdências Municipais, e o fato do Diretor Administrativo e Financeiro do IPASET Sr. Ademildo Medeiros ter sido apontado pela CGU como responsável em 2003 por diversas irregularidades na Prefeitura de Barra do Corda Maranhão, e ainda responder atualmente processo na Justiça Federal por Improbidade Administrativa é muito preocupante, e um forte indício, e não prova, de que irregularidades possam ter acontecido na Administração do IPASET.
      
A nosso ver toda esta situação é muito preocupante, já que o IPASET é a Previdência dos Servidores Municipais de Tucuruí. 
             
Diante de tudo isso, em nossa opinião, o IPASET carece de uma atenção especial do Ministério Público Federal e da Polícia Federal, no sentido de investigar e apurar o tipo de relacionamento que existe, ou existiu, entre a Plena Consultoria e a Direção do IPASET.
    

9 comentários:

  1. Esse tal de Ademildo passou para traz o DE FLECHE e já está pedindo voto para Presidente da LIESTUC

    ResponderExcluir
  2. E o Wellington do JT tá caladim, caladim... Também falar o que com a boca cheia? Já tá na turma do Diko e do Zé Adão, haja orçamento pra propaganda na PMT. Coitado do povo, agora é só vitória...

    ResponderExcluir
  3. Eles só estão no poder por que a população colocou, e os que ficaram de fora... Estão morrendo de inveja né!!! KKKKKKKKKK baba bay!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não concordo com a questão da inveja, morrendo de indignação e revolta com certeza. Poucos estão "dentro" e o resto da população de fora, este é o problema.
      O governo deveria ser para todos e não para poucos, uns poucos incompetentes, uns poucos irresponsáveis, uns poucos cínicos, gaiatos e gaiatas que não sabem nem mesmo se comunicar com educação, respeito e decência.

      Inveja de quê? De enganar, mentir, e trapacear?
      Inveja de corromper, perseguir e zombar das Leis e da justiça? Inveja de ser o contrário ade tudo o que a Bíblia nos ensina?
      Inveja de amar a riqueza acima da honra, da dignidade, da decência e do seu povo?

      Pare de julgar os outros por si mesma, as pessoas não são iguais e nem todos prostituem a sua alma por dinheiro.

      Quem dá uma parte de si e defende o erro e o mal em troca de vantagens pessoais, prostitui-se como a mulher que atribui um preço ao seu corpo. Mas a prostituição da alma é mais odiosa e abjeta do que a do corpo, e é imperdoável.

      Um Juiz que se deixa corromper prostitui a justiça.
      Um político que se deixa corromper prostitui a política.
      Um pastor que se deixa corromper prostitui a igreja.
      Um cidadão que se deixa corromper prostitui a sua própria alma.

      Excluir
  4. E o cidadão que escreveu este texto e julgou todos os "poucos" de incompetentes, irresponsáveis, cínicos e gaiatos prostitui o quê com este pré-julgamento? Será que esta atitude está de acordo com a Bíblia?
    De repente, só os que são próximos de você são paradoxos dos "poucos".... que estão na CMT, PMT, etc.
    Não faça da lingua chicote do próprio rabo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A carapuça lhe serviu bem? Ótimo, use-a.

      Excluir
    2. ''Faze uma cadeia, porque a terra está cheia de crimes de sangue, e a cidade está cheia de violência. E farei vir os piores dentre os gentios e possuirão as suas casas; e farei cessar a arrogância dos fortes, e os seus lugares santos serão profanados. Vem a destruição; eles buscarão a paz, mas não há nenhuma''. Ezequiel 7:23-25

      Provérbios 24

      1 Não tenha inveja dos ímpios, nem deseje a companhia deles;
      2 pois destruição é o que planejam no coração, e só falam de violência.
      24 Quem disser ao ímpio: "Você é justo", será amaldiçoado pelos povos e sofrerá a indignação das nações.
      25 Mas os que condenam o culpado terão vida agradável; receberão grandes bênçãos.

      Excluir
    3. Aquele que não conhece a verdade é simplesmente um ignorante, mas aquele que a conhece e diz que é mentira, este é um criminoso. Bertold Brecht.

      Excluir
    4. Kkkk ''Todos os poucos'', está pérola só pode ter sido escrita por um assessor...
      E é por ''esses'' e outros que Tucuruí é governada...
      Estamos todos ferrados...

      Excluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!