Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Após pressão do SINSMUT e MPE, prefeito faz empréstimo para pagar a Caixa Econômica

Após pressão do Sindicato dos Servidores Municipais e do Ministério Público Federal, a Prefeitura de Tucuruí fez um empréstimo de mais de dois milhões e quinhentos mil para pagar os repasses dos empréstimos consignados que foram descontados dos funcionários da prefeitura e não foram repassados para a Caixa Econômica.
          
Segundo o banco os empréstimos voltarão ainda esta semana, mas se a Prefeitura não repassar os valores mensais dos empréstimos consignados, ou se não pagar as parcelas dos empréstimos o banco volta a bloquear os empréstimos e renegociações de dívida dos servidores do município. Conhecendo o prefeito Sancler Ferreira (PPS), é bom que os servidores da prefeitura que queiram empréstimos ou renegociar dívida se apressem...
              
Um detalhe interessante: O prefeito contraiu o empréstimo com a CEF sem autorização da Câmara Municipal como manda a Lei.
            
Por falar em dívidas...
            
Outra coisa bastante séria é a questão dos repasses da Prefeitura (ou melhor, os não repasses) a Previdência Municipal (IPASET). Como o IPASET não presta contas e não fornece informações a ninguém, o que já é uma ilegalidade e indício de falcatruas, calcula-se que o débito da Prefeitura de Tucuruí para com a Previdência do Município supera o montante de dez milhões de reais. 
           
O pior é que a capacidade de endividamento da Prefeitura de Tucuruí já está no limite, devido a dois empréstimos milionários contraídos pelo Prefeito Sancler (PPS) que comprometeu a arrecadação de Royalties e do FPM, sendo assim fica difícil para a Prefeitura contrair mais um empréstimo deste porte sem oferecer garantias.
                 

2 comentários:

  1. Sabem quem vai pagar a conta vai ser o povo de Tucuruí

    ResponderExcluir
  2. Onde estão os foram eleitos para fiscalizar? ou estão comendo no mesmo prato.....

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!