Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Vereador Bena denuncia a falta de transparência na prestação de contas na Previdência Municipal de Tucuruí

            
O Vereador Bena na última sessão da Câmara Municipal de Tucuruí cobrou a prestação de contas do IPASET (Previdência Municipal). De acordo com o vereador, a Lei determina que seja enviada a prestação de contas trimestral à CMT, mas isso não está sendo cumprido, aliás, não nos cansamos de dizer que Tucuruí é uma terra sem Lei para o prefeito e seus apaniguados, a justiça não os alcança, o que não deixa de ser um incentivo, mesmo que involuntário, para o prefeito delinquir quando e como quiser sem qualquer tipo de receio de sofrer punição.
            
É só ver as graves denuncias que pipocam constantemente e que não são nem mesmo investigadas, que dirá punidas, e a proteção politica e a blindagem que o Governador Jatene (PSDB) dá ao prefeito Sancler Ferreira (PPS), torna este quadro ainda mais terrível e deprimente.
         
Lembramos uma matéria do Folha que denunciou a contratação pelo IPASET de uma empresa para administrar os recursos da Previdência Municipal, cujos donos foram presos pela Polícia Federal por fraude em centenas de previdências municipais em cinco Estados da Federação (Leia a matéria Clique Aqui). 
          
Comentamos ainda em outra matéria, que o Diretor Financeiro do IPASET responde a processo por Improbidade Administrativa na Justiça Federal por irregularidades cometidas na Prefeitura de Barra do Corda no Maranhão (Leia a matéria, Clique Aqui). Some-se tudo isso e a falta de transparência no IPASET, e o quadro se torna alarmante e a prática de irregularidades no órgão uma quase certeza, pois quem não deve não teme e muito menos esconde seus atos.
         
A Prefeitura de Tucuruí deve milhões ao IPASET e ninguém sabe o que o prefeito e o Sr. Voloski que é Presidente do IPASET e Chefe de Gabinete do Prefeito Municipal, fazem com o dinheiro da previdência, já que nem mesmo a Câmara Municipal tem acesso a estas contas como manda a Lei municipal e a Lei da Transparência, o que por si já é um forte indício de irregularidades e de possíveis falcatruas com o dinheiro público.
           
O SINSMUT não consegue informações sobre a Previdência Municipal nem mesmo através do Ministério Público Estadual, que aparenta não ter qualquer autoridade ou respeito por parte da PMT e suas autarquias. Agora imaginem o poder deste prefeito que nem a Câmara Municipal e nem o MPE consegue fazer com que ele cumpra a Lei e preste contas do seu governo e de como usa e gasta o dinheiro público. O que nos faz pensar: o que existe de fato por trás de todo este poder e de tanta impunidade para um simples prefeito do interior? Como diria Shakespeare: Há mais mistérios entre o Céu e a Terra do que sonha a nossa vã filosofia. Tremo e fico muito preocupado só de imaginar o que existe por trás de tudo isso...
           
O Vereador também comenta a apropriação indébita dos descontos dos servidores municipais por parte do prefeito Sancler.
        
    

2 comentários:

  1. Nada que os cidadãos de Tucuruí não mereçam, agora é só vitória galera.

    ResponderExcluir
  2. Agora imagine o prefeito não presta conta.pros vereadores .Como não deve ta essa prefeitura.pelo q eu vejo o prefeito e forte e os vereadores uns fracos e outros copromissados e outros sem força pra lutar.

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!