Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Boatos de que um paciente do Hospital Regional contraiu ebola é falso

               
Circularam boatos em Tucuruí de que um paciente internado no Hospital Regional de Tucuruí estaria com suspeita de ter contraído o vírus ebola na África onde estava a trabalho é falso.
           
Ao tomar conhecimento do boato, nós entramos em contato com um membro da coordenação do SINDSAÚDE em Tucuruí e o mesmo nos informou que realmente houve o boato, mas que o mesmo é falso, não existe o tal paciente e muito menos suspeita de ebola no HRT. Pelo que se sabe não existe nenhum caso de contaminação pelo vírus no Brasil e muito menos em Tucuruí.
           
Portanto que a população fique tranquila, pois o "mal" que assola Tucuruí não é causado por vírus, e sim por parasitas. Mas a "cura" não é difícil, só depende de nós.
                   

4 comentários:

  1. Do jeito que esse HRT é, é capaz de chegarmos com a unha encravada no hospital, pegarmos Ebola e pra curar só amputando o braço que tem a unha com problema. Atendimento top nesse lugar, só peço pra Deus que o Helder faça alguma coisa e bote essa Unacon pra funcionar, pois não aguentamos mais ficar reféns de Belém para quaisquer que sejam os tipos de atendimentos.

    ResponderExcluir
  2. Nao vejo a hora desse prefeito sair de tucurui de mala e cuia. Ass. Fabiano Paiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De mala cheia da grana e cuia com óleo de peroba

      Excluir
  3. Tucuruí tem Ebola sim e faz é tempo. "É Bola" na boca de contratado pra um lado, "É Bola" na boca de contrato do outro lado, a briga é grande por essas bolas kkkkk.

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!