Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

domingo, 15 de abril de 2012

Influência de Jader no TCM preocupa os 'fichas limpas'

Fonte: O Liberal.
   
Sinal vermelho
   
No tribunal ainda prevalece o apadrinhamento ao notório saber.
   
A sucessão de vacâncias no Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), nos próximos dois anos - período em que acontecem eleições municipais e estaduais -, acende o sinal vermelho na vida política paraense, em consequência da prevalência do apadrinhamento sobre o notório saber nas nomeações para o TCM.
  
Políticos de várias cores partidárias desconfiam de que a mudança na composição do tribunal, com três vagas a preencher, coincidindo com as eleições, sirva para emparedar prefeitos, obter apoio de aliados ou tirar adversários da estrada eleitoral.
 
Aliás, a corrida para o preenchimento da primeira vaga no TCM já começou, com a aposentadoria compulsória do conselheiro Alcides Alcântara, na terça-feira, 10. E já produziu - dizem - um candidato rondando a vaga: é Antonio José Guimarães, porta-malas do 'ficha-suja' e até agora senador sumido do Senado Jader Barbalho.
  
E é exatamente o dedo de Jader por trás do porta-malas que deixa 'fichas-limpas' de orelha em pé. O 'ficha-suja' já tem, no Tribunal de Contas dos Municípios, a irmã Mara Lúcia Barbalho da Cruz como um dos sete conselheiros.
   
As próximas vagas serão ocupadas a partir das aposentadorias compulsórias dos conselheiros Rosa Hage, em 2013, e Aloísio Chaves, em 2014, e já se fala em outro candidato de Jader para uma dessas vagas: o fiel escudeiro Parsifal Pontes.
   
Seria, como se vê, a familiarização do tribunal. Sem falar que a cunhada de Jader, Elaine, é auditora do TCM.
  
SÓ QUATRO
   
Os tribunais de Contas dos Municípios estão presentes em apenas quatro estados do País: Goiás, Ceará e São Paulo, além do Pará. Na última prestação de contas, a estimativa de gastos do TCM-PA, durante o exercício de 2010 (compreendido entre maio de 2009 e abril de 2010) ultrapassou a casa dos R$ 7 bilhões.
   
A receita líquida destinada ao órgão foi de R$ 8,5 bilhões no mesmo período – valor que corresponde à metade do saldo da balança comercial paraense no ano passado, que fechou em R$ 17 bilhões. A unidade federativa com maior número de municípios do Brasil, Minas Gerais (853 cidades), não tem TCM, e concentra o controle dos gastos públicos no Tribunal de Contas do Estado. Leia mais...
--------------------------------
Opinião do Folha - Sempre dissemos que dinheiro gasto com o TCM é dinheiro desperdiçado, o Tribunal é lento, ineficiente e sensível ao poder político dos prefeitos.
   
Imaginem o que poderia ser feito com estes R$ 8,5 bilhões, imaginem se somarmos a estes valores os bilhões desviados pela corrupção no Governo do Estado e nos governos dos municípios?
     
Como se pode ver, dinheiro têm, é só não desperdiçar, é só não roubar...
    

2 comentários:

  1. Vou fazer algumas perguntas para os meus amigos do Folha! Eu sei que no Brasil quem tem muito dinheiro pode todo ou quase todo em nosso Estado nem se fala, em Tucuruí principalmente as nossas Leis não são respeitadas, agora eu gostaria de saber se um Ex-vereador pré-candidato já pode fazer cadastramentos de Eleitores ou não é isso ele e seus membros de sua campanha estão cadastrando os nomes e os Títulos e as Seção Eleitoras de votações, falo isso por que pessoas da minha família já vieram em minha casa com uma proposta boa 300(Trezentos Reais) esse e o valor oferecidos por cada voto confirmado no dia da votação pra que não todo dia uma proposta dessas em nossa cidade com povo muito humilde todos vão votar nesse cara há o nome dele bom ele tem uma garagem alugada para a Prefeitura Municipal de Tucuruí, não só ele que vai fazer isso mais todos os pré-candidatos do nosso amigo ****************, há quem e esse Ali e só olhar a cidade amarela, há o nome do pré-candidato começa com a letra *

    ResponderExcluir
  2. Há sim sobre os candidatos do nosso amigo *** **** ******* a maioria dos Secretários do ******** já estão fazendo leilões de votos que dar mais, o pré-candidato de 300 (Trezentos Reais) e o *** só está faltando uma letra para completar o nome de ex-vereador, tem tal **** da ********** também dando dinheiro, mais a nossa Justiça Eleitoral *************, quem vai Jugar o *********** niquem por todo depende de *************

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!