Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

domingo, 22 de abril de 2012

Tunel do Tempo - Flexa algemado.

Flexa Ribeiro algemado.

Flexa Ribeiro, preso em 2004 por fraudes em licitações, acaba de se tornar ouvidor do Senado.

Fonte: Revista Veja - 27/04/2011.
   
Amigos, talvez aqueles entre vocês com memória mais acurada se lembrarão da “Operação Pororoca” deflagrada pela Polícia Federal em 2004. Refrescando a memória: no dia 4 de novembro de 2004, a Polícia Federal prendeu, em operação realizada simultaneamente em 4 estados, 28 empresários e políticos acusados de montar uma quadrilha para fraudar licitações para obras públicas no Estado do Amapá.
    
As acusações contra a quadrilha incluíam a fraude em 17 obras construídas com 103 milhões de reais do governo federal, e a PF alegava que todas as respectivas licitações haviam sido fraudadas, inclusive a do porto de Santana. Um dos presos, o empresário Luiz Eduardo Pinheiro Corrêapreso, seria, segundo a PF, o chefe da quadrilha.
   
E sabem quem também foi preso, na condição de dono de uma das empresas que participavam das licitações supostamente fajutas, a Engelplan?
   
O então suplente de senador, e hoje senador pleno pelo PSDB do Pará Flexa Ribeiro.
    
Ele foi algemado, preso e passou 4 dias na cadeia.
    
O inquérito relativo à Operação sumiu no sorvedouro da Justiça.
    
Agora, Flexa Ribeiro acaba de ser designado ouvidor do Senado da República – encarregado, entre outras tarefas, de examinar acusações contra seus colegas – pelo presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). Fim da matéria da Revista Veja.
-------------------------------------------
   
A Absolvição, o arquivamento do inquérito.
   
Posteriormente e por unanimidade em 26/5/2011o STF (Supremo Tribunal Federal) arquivou o inquérito 2266, atendendo pedido do próprio MPF (Ministério Público Federal), autor das acusações iniciais.
   
O acusado solo desse inquérito, que tramita desde 2005 no Supremo em segredo de justiça, é o senador paraense Flexa Ribeiro (PSDB).
   
Nele, o senador era acusado de formação de quadrilha/bando e fraude de em licitações. Por isso, Flexa chegou a ser preso pela Polícia Federal na chamada Operação Pororoca, deflagrada em Macapá (AP) no final de 2004.
   
Para Flexa Ribeiro, o pedido de arquivamento comprova que não havia irregularidades no processo nem seu envolvimento no caso como foi denunciado.
  
No entanto fica a imagem como recordação do episódio.
   

Um comentário:

  1. Proprio diretor fala o preço das ações perde preço com maior oferta de ações no mercado mas e so eles que vendem , todos os dias pra manter margem contabil da empresa otima, onde esta escrito em fatores de risco pra estar melhorando sempre margem contabil da empresa vc deixa seus acionistas falidos ,ditas pelas falavras de um diretor que eles estão melhorando margem contabil em uma entrevista quando perguntado sobre o lucro da empresa, nunca foi para laep conversão de divida em capital mas sim melhorar margem contabil da empresa a midia para depois vender bdrs a desavisados mesmo que precisse levar todos a falencia , isso ja representa péssima governança da empresa que pode ser bloqueado pela cvm , para abrir algumas lojas de daslu vc deixa seus acionistas falidos , pra laep comprar empresa vc deixa seus acioniotas falidos ,com lucro liquido de 500 milhoes de reais pelo 1T11 vc deixa seus acionsitas falidos , pra falar na venda da parmalat , daslu e ativos da parmalat , onde vc desrespeita a lei do silencio , vc deixa dinovo seus acionistas falidos e investidores não tão menos avisados com perda de capital de 50 a 25 % para laep na compra de bdr´s , total de bdr´s classe A 314, 952 ,241 , porque foi aprovadoaumento de capital para mais 100 milhoes de bsrs no dia 28/03/2012 e presidente sai em entrevista no dia 2 de abril/2012 e depois tiveram despejado quase 15 milhoes de bdr´s ao mercado porque sempre a empresa ganha , e todos perdem nessa jogada da laep com idas a revistas e jornais, desrespeitando a lei do silencio, ainda cometendo crime de estalionato , porque e obtenção de vantagem, causando prejuízo a outro; para tanto, deve ser utilizado um ardil, induzindo alguém a erro, mesmo que seja minimo de prejuizo ainda e crime , em todos os casos das 93 milhoes emitidas bdr´s (930 milhoes , nas 150 milhoes e nas 100 mihloes , todos foram pra falencia , menos a empresa que ampresenta margem contabil e de janeiro a setembro de 372 milhoes de reais, daslu e parmalat recuperadas pela laep e diretoria que em 2011 recebeu remuneração milionaria da empresa , pensam em comprar cepla distribuidora de energia , inventaram um novo negocio da bolsa de valores me da dinheiro , mesmo que seja 5, 17 , 25 e 100 % do seu capital , ja cobre os gastos , remuneração dos exucutivos .

    http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/50969_A+MARCA+ELIAS+NA+DASLU Capa | 04.MAR.11 - 12:00

    Sumário das Decisões da AGE das 14:00 - Aumento do capital autorizado 28/03/2012

    http://img194.imageshack.us/img194/8000/be20120402.png

    http://www.brasileconomico.ig.com.br/noticias/confira-as-noticias-que-sao-destaque-no-brasil-economico_115025.html 2 de abril/2012

    diretor da empresa dando entrevista :
    'No Brasil, o estacionamento é precário, ocupa provisoriamente um terreno baldio', disse o diretor financeiro da Laep
    http://opiniaoenoticia.com.br/economia/gigante-de-estacionamentos-quer-chegar-ao-brasil/ 1/03/2011

    http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/78662_A+NOVA+DUPLA+DO+MERCADO Negócios | 24.FEV.12 - 21:00

    http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/44687_MARCOS+ELIAS+DA+LAEP+FALOU+COM+EXCLUSIVIDADE+A+DINHEIRO 20.DEZ.10 - 20:20

    http://www.infomoney.com.br/cenario-ri/noticia/2281080 " investidores menos avisados que são a grande maioria são super infuenciados por esses comentarios e por esses ataques que vimos nesses dias no mercado" pensem o que acontece quando diretores e presidentes saim em reportagem falando de desinvestimento , venda da parmalat , daslu e ativos da parmalat , perspectivas da empresa . compra de empresas , ja sabendo disso , desrespeitam a lei do silencio

    http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/78662_A+NOVA+DUPLA+DO+MERCADO Negócios | 24.FEV.12 - 21:00

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!