Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

domingo, 8 de abril de 2012

Quais outras figuras religiosas além de Jesus também foram crucificadas?

  
Antes de Cristo, várias divindades em épocas e regiões bem diferentes entre si foram descritas sofrendo o mesmo castigo. Essa punição era muito popular na Antiguidade para reprimir escravos, ladrões e indivíduos que ameaçassem o poder do Estado. 
  
A coincidência de ter sido adotada em vários relatos de figuras messiânicas pode ser explicada pelo registro oral dessas histórias – que eram contadas, mudadas e recontadas até, enfim, serem registradas por escrito anos depois. 
  
Nesse meio-tempo, acabavam influenciando umas às outras. Para alguns pesquisadores, esses casos provam como o cristianismo absorveu outras referências anteriores para “montar” a simbologia em torno de Jesus.
    
PEGARAM PRA CRISTO
     
Histórias de crucificados muito parecidas com a de Jesus
   
SERPENTE ALADA
   
DIVINDADE Quetzalcóatl
   
ONDE México
   
QUANDO 587 a.C.
   
Venerado por astecas, toltecas 
e maias, seu nome combina “quetzal” (uma ave nativa, com belas plumas) e “cóatl” (serpente). Também nasceu de uma mãe virgem para livrar os homens de seus pecados. Foi batizado na água, ungido com óleos e jejuou por 40 dias. Crucificado entre dois ladrões, renasceu e subiu aos céus.
---------------------------------------------------------
   
ENTRE OS ANIMAIS
   
DIVINDADE Hesus
   
ONDE Bretanha
   
QUANDO 834 a.C.
   
Nasceu da virgem Mayence, hoje representada como uma santa envolta em 12 estrelas e uma serpente aos pés. Foi crucificado em um carvalho, considerada “a árvore da vida”, entre um elefante (que simbolizaria a magnitude dos pecados da humanidade) e um cordeiro (alusão à pureza de quem se oferece para o sacrifício divino).
---------------------------------------------------------
   
SOFRIMENTO SEM FIM
   
DIVINDADE Prometeu
   
ONDE Grécia
   
QUANDO 500 a.C.
   
Foi o Titã que libertou e “iluminou” a raça humana
 ao lhe dar o fogo dos deuses. Por essa ousadia, foi condenado por Zeus a viver pregado numa rocha, com o fígado devorado por uma águia. Para os gregos, era nesse órgão que ficavam os sentimentos, e não no coração.
----------------------------------------------------------
   
TRÊS EM UM
   
DIVINDADE Bali
   
ONDE Índia
   
QUANDO 725 a.C.
   
Segundo o historiador Godfrey Higgins, a cidade de Mahabalipore, na Índia, traz registros dessa crucificação, que também teria servido para limpar nossos pecados. “Bali” significa “Segundo Senhor” – ele integrava uma trindade que compunha um só Deus. Era cultuado como Deus e como filho Dele.
----------------------------------------------------------
   
AMAI A TODOS
   
DIVINDADE Indra
   
ONDE Tibete
   
QUANDO 725 a.C.
   
Sua mãe, virgem, era negra. Indra também. Acreditava
-se que ele tinha poderes extraordinários, como prever o futuro, andar sobre as águas e levitar. Pregou o amor e a ternura para com todos os seres vivos, mas defendia que a castidade era o único caminho para se tornar santo.
----------------------------------------------------------
   
JÁ VI ESSA HISTÓRIA...
   
DIVINDADE Krishna
   
ONDE Índia
   
QUANDO 900 a.C.
   
Tem muitos pontos em comum com Jesus. Segundo textos hindus, como o Bhagavata Purana e o Mahabaratha, seu nascimento estava previsto em um livro sagrado. Para evitar que a profecia se concretizasse, o governante da região mandou matar todos os recém-nascidos. Sua mãe era uma virgem de origem humilde, que recebeu a visita de pastores quando deu à luz. Krishna peregrinou por regiões rurais dando sermões, curando doentes e operando milagres, como 
a multiplicação de peixes. Recomendava
 aos discípulos que amassem seus inimigos. Segundo alguns relatos, teria sido crucificado – assim como Jesus, entre dois ladrões e aos 33 anos. Ressuscitou no terceiro dia e subiu aos céus, mas avisou que ainda voltaria à Terra.
----------------------------------------------------------
   
ESPOSA EXEMPLAR
   
DIVINDADE Alcestos

ONDE Grécia
   
QUANDO 600 a.C.
   
É o único caso de que se tem relato sobre uma mulher sendo crucificada para livrar a humanidade dos próprios pecados. Ela também era parte de uma Santíssima Trindade. A morte da deusa gera controvérsia: algumas versões defendem que ela deu a vida para salvar o marido, Eurípedes. Como recompensa, teria ressuscitado ainda mais bela.
----------------------------------------------------------
   
MÃO SANTA
   
DIVINDADE Sakia
   
ONDE Índia
   
QUANDO 600 a.C.
   
Nasceu para expiar os pecados
 do mundo e sua mãe era chamada por seus seguidores de Virgem Sagrada. Assim como Jesus, operou milagres e curou doentes. Foi tentado pelo diabo e deixou mandamentos como “não matarás”, “não roubarás”, “não pecarás”, “não cometerás adultério” e “não mentirás”. Ficou eternizado pelo símbolo da cruz.
---------------------------------------------------------
   
FONTE The Odd Index, de Stephen J. Spignesi; CONSULTORIA André Leonardo Chevitarese, professor do Instituto de História da UFRJ e autor de Cristianismos: Questões e Debates Metodológicos.
  

3 comentários:

  1. Que coisa não?! Vocês são mesmo um bando de ateus atoa!!! A História de Cristo na Cruz foi falada seculos antes de acontecer, era uma profecia!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A matéria é histórica e não religiosa e a matéria não é nossa, apenas a reproduzimos, veja a fonte no final da matéria.
      Outras crucificações citadas também foram previstas (leia o texto antes de comentar).
      Mais uma coisa, a previsão da vinda do cristo (ou messias) é do velho testamento (Daniel, Isaías e Zacarias). O Velho Testamento como chamam os cristãos é o livro sagrado dos Judeus e os Judeus até hoje não acreditam que Jesus foi o messias e não seguem o Novo Testamento. Os Judeus ainda esperam o messias citado no Velho testamento.
      Mas não importa quem está certo, se os Cristãos ou os Judeus, pois é uma questão de fé e fé não se discute, cada um tem o direito de acreditar no que quiser, só o que prejudica e faz mal é o fanatismo e a intolerância.

      Excluir
    2. O Velho testamento da Bíblia Cristã foi extraído da Torá judaica. Torá (do hebraico תּוֹרָה, significando instrução, apontamento, lei) é o nome dado aos cinco primeiros livros do Tanakh (também chamados de Hamisha Humshei Torah, חמשה חומשי תורה - as cinco partes da Torá) e que constituem o texto central do judaísmo. Contém os relatos sobre a criação do mundo, da origem da humanidade, do pacto de Deus com Abraão e seus filhos, e a libertação dos filhos de Israel do Egito e sua peregrinação de quarenta anos até a terra prometida. Inclui também os mandamentos e leis que teriam sido dadas a Moisés para que entregasse e ensinasse ao povo de Israel.

      Excluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!