Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

Texto

As matérias mais recentes do Folha de Tucuruí

Últimas matérias do Folha

Publicidade

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Moro e a lava jato agora terão de enfrentar a corrupção do PSDB... Vão encarar???

            
Moro e a Lava Jato contou até agora com o apoio da Grande Imprensa, da maioria do Congresso que achando que acabando com o PT se livrariam da cadeia, apoio do MP, do Judiciário e do STF, apoio dos empresários da FIESP, apoio dos movimentos fascistas e reacionários do Brasil, apoio dos especuladores e do capital internacional, assim como o apoio de uma opinião pública formada e dominada pela Rede Globo golpista sonegadora. Toda esta força e toda esta artilharia contra um partido político, contra um ex-presidente de 75 anos e contra um (ex) governo inerte e um (ex) Ministro da Justiça para lá de medíocre, inepto e incompetente...
      
Até agora Moro e a Lava Jato blindaram os corruptos do PSDB e assim puderam contar com o apoio da Imprensa golpista e da elite, mas a situação está mudando, a mina de escândalos PT/Lula está se exaurindo, mas Moro e os Procuradores da Lava Jato já se acostumaram com a fama, com os holofotes, com a paparicação da grande mídia e principalmente com o gosto do poder. O problema é que agora os escândalos e as delações (comprovadas) da Odebrecht envolvem os corruptos do PSDB, a blindagem e a parcialidade da Lava Jato para com os corruptos tucanos ficou muito evidente e serve inclusive de chacota para todo o Brasil e até no exterior.
      
Agora a Lava Jato vai ter de enfrentar o verdadeiro poder no Brasil, vai enfrentar os corruptos do PSDB o partido da Grande Imprensa, dos banqueiros, dos latifundiários, dos empresários da FIESP (Los patos), com o apoio das empresas e especuladores internacionais, terá que contrariar também os interesses do Uncle Sam, os interesses dos oportunistas e fanáticos religiosos, os interesses dos fascistas Brasileiros, e os interesses corporativos do próprio Poder Judiciário.
      
Agora sim Dr. Sérgio Moro, Dr. Janot e demais procuradores da Lava Jato, agora veremos como se portam os impávidos heróis brasileiros da moralidade e da luta contra a corrupção, agora veremos se esta valentia e toda esta virtude suporta o embate com um adversário forte, com poder de fogo e que sabe se defender como os corruptos do tucanato, ou seja, vamos testar esta valentia e esta virtuosidade toda contra um adversário à altura. 
                 
Não existe valentia e não existe honra em enfrentar um adversário mais fraco, a verdadeira coragem e a verdadeira honra é diretamente proporcional à força e a capacidade de defesa e de ataque do "inimigo".
    
Em minha opinião Moro e a Lava Jato com certeza vão perder a guerra se tiverem a coragem e a audácia de enfrentar os esquemas dos corruptos do PSDB, basta um mês ou dois de campanha maciça da Globo e do resto da imprensa fascista para lobotomizar a opinião pública e reduzir a reputação do Juiz Moro e a Lava Jato a pó.
    
No embate entre o Moro e a Lava Jato contra os corruptos tucanos eu não aposto um centavo furado na Lava Jato.
     
Veja esta matéria do Jornalista Luis Nassif sobre um enfrentamento da Lava Jato contra os corruptos do PSDB.
     
       
O jornalista Luís Nassif afirmou nesta sexta-feira, 28, que o avanço das investigações da operação Lava Jato esbarraram no "poder real" da elite brasileira. 
    
"Daqui para frente irão se confrontar com as verdadeiras estruturas de poder, o pacto tácito entre mídia, lideranças tucanas, a PGR e os Ministros mais combativos do STF. E perceberão a diferença entre bater em um governo inerte e investir contra o poder real. Será um embate curioso", afirma. 
                 
Segundo Nassif, embora haja uma clara tomada de posição de toda a Lava Jato contra Lula/PT e a favor do PSDB, a mina Lula está prestes a se esgotar. Para sobreviver, a Lava Jato terá que virar o disco. E virar o disco significará romper com o pacto de impunidade do PSDB.
              
"Não é por outro motivo que Gilmar Mendes e seus blogueiros começaram a bater forte na operação e em Sérgio Moro", afirma. "Procuradores e delegados têm o poder de controlar os fluxos seguintes de vazamentos, para uma mídia pouco propensa a dar espaço contra os seus. Depois, no âmbito do STF – para onde irão os acusados com foro privilegiado – a PGR poderá se valer do fator tempo de acordo com seus critérios. Bastará colocar mais gás em alguns processos que nos outros, para controlar os efeitos políticos", argumenta Nassif. 
                
"Mesmo assim, a mega-delação da Odebrecht significa artilharia pesada contra todos os frequentadores do saloon, em um momento em que a blindagem do PSDB passou a incomodar até a opinião a pública não alinhada e se tornar motivo de chacota nacional."
               
Jornalista Luís Nassif
                

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!