Tucurui

Tucurui

Notícias

Alterar o idioma do Blog

sábado, 10 de março de 2012

Projeto para a readequação técnica da BR 422, trecho Vila/Tucuruí Pará

Considerando os elevados índices de acidentes na rodovia BR 422 em Tucuruí, os professores do IFPA Campus Tucuruí estão elaborando o projeto de pesquisa intitulado "Readequação técnica da BR 422 para os pontos críticos localizados entre a Vila e Tucuruí/Pa.

Considerando ainda que o projeto necessitará de parceiros, o Campus Tucuruí promoverá um encontro buscando reunir todas as autoridades do município, além de representantes da sociedade organizada com o intuito de discutir e indicar soluções imediatas a serem executadas na rodovia, objetivando reduzir a grande quantidade de acidentes com vítimas neste trecho.

O representante do Folha de Tucuruí foi convidado a participar da 2ª reunião de discussões sobre a segurança do trânsito na BR 422, que ocorrerá no dia 14 de março de 2012, às 9h no Auditório do IFPA Campus Tucuruí, localizado à Rua Porto Colombo, 12 - Vila Permanente.

Com certeza aceitamos o convite e estaremos lá para colaborar no que for preciso.


7 comentários:

  1. Rapaz....

    O que precisa fazer é colocar fisclização eletrônica de velocidade e punir os INFRATORES. Não venham me dizer que aqueles que partiram na rodovia estavam andando dentro da lei, ou seja, dentro da velocidade permitida. DUVIDO.

    ResponderExcluir
  2. Se depender da PMT, isso daí nunca vai pra frente ainda mais considerando-se a novela IFPA x Pinocler.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo por enquanto3/10/2012 3:59 PM

    Concordo com o anônimo das 04:55,uso essa rodovia quase todos os dias e vejo muitas barbaridades praticadas por condutores irresponsáveis que abusam da velocidade e muitos, do álcool,e fazem ultrapassagens até nas curvas.Uso a mesma à mais de 20 anos com responsabilidade,e não tenho do que me queijar.

    Estradas ruins,cheia de buracos e lama,dificilmente ocorre acidentes,pois todos andam no limite e com cuidado.

    É a minha opinião.

    ResponderExcluir
  4. Realmente não existe combinação com álcool e velocidade. Um dos dois é o vilão. Essa é uma BR de mão única,o que faz com que muitos exagerem.

    Falta Conscientização,Amor à vida e ao próximo.

    ResponderExcluir
  5. É uma BR conhecidíssima, portanto não é para ter pontos críticos e sim mais responsabilidades de muitos condutores.

    ResponderExcluir
  6. Concordo com o primeiro cometario, eu trabalho na vila durante o dia e anoite volto pra ufpa, faço esse trajeto 4 vezes por dia a uns 3 anos sempre com segurança, na minha opiniao a 422 e boa e esta em otimas condiçoes, o problema e a pressa das pessoas que trafegam por ali, a soluçao do problema e mesmo de fiscalizaçao, educaçao no transito, pricipalmente os apressadinhos que por causa de alguns minutos estao perdendo e tirando vidas.

    ResponderExcluir
  7. Concordo com os comentarios acima, pois trânsito está ligado ao comportamento do ser humano, é por isso que está ocorrendo tantos acidentes. Lembro quando a BR, não era duplicada, não aconteciam tantos acidentes, e naquela epoca considerava mais perigosa do que é hoje. As pessoas estão abusando das boas condições em que se encontra a BR.

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, ou afirmações negativas baseadas em “opiniões” ou suposições, tendo como objetivo perseguições pessoais ou politico partidárias, contra pessoas e/ou instituições, e não em FATOS concretos que se possa comprovar, serão moderados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!