Alterar o idioma do Blog

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Clinica Tucuruí suspende atendimento pela ASERT por falta de pagamento

A Clínica Tucuruí e o laboratório suspenderam o atendimento do convênio com a ASERT por falta de pagamento. A direção da Clínica Tucuruí está certa, o hospital prestou o serviço e quer receber pois tem despesas com médicos e materiais, além dos serviços prestados pelo próprio Dr. Mafra.
   
Queremos saber agora qual é a desculpa, pois na gestão anterior disseram que o Prefeito não fazia o repasse por se tratar de adversários políticos que não dialogavam com a administração municipal, no entanto os atrasos continuam como antes, mesmo sendo a nova direção da ASERT aliados políticos do prefeito, que praticamente os elegeu.
   
E agora? O prefeito agora está tranquilo, pois pode atrasar os repasses o quanto quiser que a direção da ASERT não vai fazer nada. Por outro lado os diretores da ASERT já foram eleitos e estão com os burros na sombra, inclusive recebendo uma gorda gratificação, enquanto isso os servidores pagam o pato e a conta, mas não recebem os serviços a que tem direito.
   
O negócio é o seguinte: Quem precisar dos serviços da ASERT e esta se recusar a prestar este serviço que é direito do associado, faça um esforço e tentem pagar do próprio bolso, que o Sindicato se preciso for vai acionar a ASERT e a PMT judicialmente para que o servidor seja ressarcido e reembolsado, pois o desconto no pagamento do servidor está sendo feito e se o prefeito não repassa o dinheiro o problema é da PMT e da ASERT, o servidor não pode ser prejudicado, pois neste caso o servidor é a vítima.
     

2 comentários:

  1. Que roubada nao tem nem tres meses e ja ta asim subir no palanque e facio o dificio e cumprir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por falta de aviso não foi.

      Se enfrentando o prefeito já não é mole, imagina o que acontece ficando de quatro pra ele...

      Diz o antigo ditado: Quanto mais se abaixa mais o bumbum aparece... (irk)

      Excluir

IMPORTANTE: Comentários contendo ofensas pessoais, palavrões, denuncias sem provas, racismo, homofobia, misoginia, discurso de ódio e intolerância de qualquer tipo, serão moderados e publicados ou excluídos a critério da Equipe Folha. Evite também escrever em caixa alta (Letra maiúscula).

Agradecemos pela sua participação.

Um grande abraço!!!